O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

21 de jan de 2013

A posse pública de Obama

Globo News: "Barack Obama assume publicamente o segundo mandato na presidência da República". Cá pra nós, a coisa dita assim desse jeito parece até muito mais que um juramento, uma confissão de culpa, né não?!?

E Hugo Chávez fez mais uma desfeita: influenciado por Fidel, não foi à posse e nem psicografou nenhuma mensagem com votos de longo e saudável mandato.

Já Lula da Silva não cabe em si de possesso. Assim como o Corinthians não o convidou para ir ao Japão, Obama nem lembrou do seu nome para assistir à solenidade da posse em Washington. Duas chapuletadas dessas, são demais para qualquer mortal imagine só o estrago que não causaram no ego do Deus de Rosemary, O Filho do Brasil.

Cerimoniazinha bem água-com-açúcar essa película norte-americana. Não houve sequer uma reles tentativa de atentado contra Obama. Fosse no tempo dos Kennedy até o Frank Sinatra estaria pronto para colocar o presidente na linha de tiro de  uma grande produção como A Um Passo Da Eternidade.

E aquela limusine preta reluzente não tem nem a metade do charme e nem chega aos aros dos pneus com câmera e banda branca do nosso glamuroso Rolls Royce presidencial desfilando pela Esplanada dos Ministérios, com os nossos ídolos abanando pra galera agradecida, faça chuva ou faça sol...

E pronto, chega, está provado: Washington não é Dallas; Barack Obama não é John Kennedy e Beyoncé não tem nada de Marilyn Monroe. O mundo continua sendo uma imensa delegacia para um grande xerife.