O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

16 de out de 2014

TRISTE PALHAÇADA

Nesses últimos 20 anos, o PT nunca esteve tão apavorado como agora. Está queimando todos os cartuchos para mostrar que é o governo Dilma que está mandando a Polícia Federal e o Ministério Público varrer a corrupção no Brasil.

Só não diz que toda vez que levantam o tapete acham um monturo de companheiros, todos escolhidos a dedo e nomeados como penduricalhos funcionais pelo próprio governo.

O PT não fala que Dilma Coração Valente e mole nessas horas, acaba lhes dando o destino de sempre: os corruptos saem debaixo e ficam em cima do tapete vermelho.

O PT e o governo podem mentir e rir à vontade, com o prazer que isso sempre lhes dá, porque a coisa não vai deixar de ser séria e triste. Mas mentir que combate a corrupção é de matar de rir. Aí dá frouxos de riso. Você se suja todo, rindo.

São palhaços nos fazendo de palhaços. E assim é que o Brasil da Silva está virando um grande circo.

VIOLÊNCIA URBANA

Enquanto o governo não põe em prática uma efetiva política de segurança pública, os bandidos vão aperfeiçoando a violência urbana. Seguem o exemplo que vem de cima: se políticos e governantes tomam de assalto a República, por que eles não podem tomar de assalto quem eles bem entenderem?

Então, a exemplo do que vem de cima e como manda o figurino, eles vão aperfeiçoando seus achaques. Agora, além de assaltarem dentro dos veículos de transporte coletivo, eles estão fazendo arrastão nas paradas de ônibus, onde pegam centenas de trabalhadores desprevenidos de uma vez só.

Não é só com o cambalacho da Petrobras que o Brasil da Silva está no fundo do poço. O Brasil está fora de controle. Aqui, pobre rouba de pobre. Talvez seja por isso que Dilma Coração Valente jura que vai acabar com a pobreza.

CARTELZINHO

Ibope e Datafolha não são doidos de contrariar um ao outro. São concorrentes de longa data; apenas bons amigos. Um não come o outro, nem que a vaca tussa.

Em assim sendo, eis que mexendo um poouquinho aqui e outro pouquinho ali, na base do dois pra cima e dois pra baixo, Ibope e Datafolha concordaram em mais uma solene divulgação quase simultânea de seus últimos levantamentos: se a eleição fosse hoje, Aécio Neves acordaria presidente da República. Olhe só o que os dois infalíveis institutos disseram nesta quarta-feira...

Datafolha - Aécio Neves 51% e Dilma 49%. Em números redondos, para 140 milhões de eleitores, uma diferença de 2 milhões e 800 mil votos.

Agora, o Ibope - Aécio Neves 45% e Dilma 43%. Diferença de Aécio para Dilma, 2 milhões e 800 mil votos. Esse honroso empate de da dados está bom assim, ou você prefere esperar Sensus, Vox Populi e seus genéricos? Melhor ir às urnas no dia 26.

E lembre-se: a persistirem os sintomas, a hora é esta. Se não for agora, vamos ficar nas mesmas por mais 12 anos que nos parecerão um século.