O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

11 de out de 2014

O GOLPE DA DILMA

Com a corda no pescoço e sentindo o perigo de não ser mais president@ de ninguém, Dilma Vana agora fala em "golpe da oposição".

E sabem lá vocês o que ela chama de golpe?

Ela chama de "golpe" as denúncias que vêm sendo feitas à Justiça por ninguém mais e ninguém menos do que Paulo Roberto Costa, seu empregado na Petrobrás.

Ninguém mais nem menos do que o Paulinho que Lula, por pressão dos chantagistas que sempre teve como aliados, botou de diretor na estatal do petróleo que foi nosso, antes de ser da pandilha que tomou de assalto a Petrobrás.

TAMO JUNTO, NADA!
Dilma diz que está "estarrecida" com o vazamento dos depoimentos de Paulo Roberto Costa, o Paulinho da Petrozzora e de Alberto Youssef, o doleiro Beto da República dos Calamares. Estranho é que ela não fique estarrecida com os depoimentos.

O que não se pode estranhar é que Dilma finja que não sabe que não houve vazamento algum; os depoimentos foram prestados em audiência pública. Se eu e vocês estivéssemos por lá, poderíamos assisti-la, depois de uma boa dose de Epocler.

Estarrecer-se com um vazamento que não houve é imperdoável para uma mulher que está president@ da República - mostra mais do que falta de bom senso, mostra maucaratismo. Ela deveria estar estarrecida pelo conteúdo das revelações.

Dilma Vana é como Lula e o PT desde que viraram poder e des/governo: tem pavor de ser pega em flagrante. Ela  sabe, melhor do que ninguém, que amigo é amigo e que companheiro é companheiro.

No PT não há amigos. Os companheiros na hora do aperto deixam a companheirada na mão. No máximo, telefonam dizendo a senha do cúmplice abandono: "Tamo junto nessa!".

SEM CAFÉ E SEM BALA

Sem café no bule, Marina Silva deixa escapar aquela pontinha de petista que sempre foi, desde a data de fundação do partido que Lula pegou para ele. Quer agora fazer um troca-troca com Aécio Neves.

Ele dá tudo que ela quer e ela dá seu apoio para ele. Na verdade, Marina está blefando. Não tem bala na agulha. Aécio, pelas pesquisas infalíveis do Ibope e Datafolha, já ultrapassou Dilma Vana sem esse abraço de urso que Marina finge lhe oferecer.

Aécio Neves não precisa de Marina. marina não se elege a coisa nenhuma; seus votos servem sempre para eleger os outros. Aécio precisa mesmo é dos eleitores que no primeiro turno votaram no espectro de Eduardo Campos.


O GOVERNO MANDA EM TUDO

Ditadura é quando o governo manda em todos os poderes de uma república.  Manda nos poderes constituídos e nas suas circunstâncias.

Você conhece hoje algum organismo do Executivo, do Legislativo, ou do Judiciário que não tenha pelo menos o dedo mindinho do governo? Ah, bom. Ah, bom pelo sim e pelo não. Mas não é só.

Ditadura é quando o governo manda também nos poderes instituídos de uma república. Você conhece hoje algum organismo de comunicação social, do chamado 4° Poder e suas circunstâncias, ou dos governos invisíveis e paralelos públicos, notórios e privados que não tenham pelo menos as mãos cheias dos dissimulados ditadores?

Em caso de resposta negativa, então é porque você sabe que essa democracia brasileira é, na verdade, uma ditadura cheia de bolsas de bondades.

No caso, porém, de sua resposta ser positiva - "Sim, conheço; conheço muitos" - então, com toda certeza, você é um deles.