O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

9 de out de 2014

QUAL É A NOTÍCIA?

Adivinhem a que campanha política são ligados aqueles três empresários detidos ontem no aeroporto de Brasília trazendo de Belo Horizonte, num avião particular, R$ 116 mil não contabilizados? Pois a Polícia Federal descobriu que têm tudo a ver com a eleição de Fernando Pimentel.

Ah, bom. Então qual é a notícia? Nenhuma, já que notícia é só aquilo que você até agora não sabia. Agora, tem uma coisinha: adivinhe quem saiu em defesa de Pimentel? Isso mesmo, ela. Dilma Vana Coração Valente. Mas isso também não é notícia; nem sequer chega a ser uma adivinhação.

ENTREMENTES...
CHAMA O LADRÃO!

Enquanto a contadora Meire Poza contava ontem na CPI que o PT pagou chantagista com dinheiro sujo, detalhando que buscou três vezes com militante do PT o dinheiro que era para o malfeitor Enivaldo Quadrado; enquanto a contadora contou que o doleiro Alberto Youssef para isso movimentava enormes quantias, inclusive em malas, o Paulo Roberto Costa, confirmava ao juiz Sérgio Moro, no Paraná, que o esquema de corrupção que implantou na Petrobrás financiou campanhas do PT, PMDB e do PP.

Nesse meio tempo, o piloto e o copiloto do avião que transportava os três emissários ligados a Fernando Pimentel com R$ 116 mil não contabilizados, resolveram silenciar a respeito de tudo que envolve o voo endinheirado que pousou em Brasília.

E então é isso, a farra corria frouxa na Petrobrás, voa pelos céus de BH e Brasília, corre frouxa nas sedes do Partido dos Trabalhadores e Lula, presidente de honra do PT e presidente do Brasil enquanto os cofres da Petrobrás eram arrombados, não sabe de nada. E então é isso, enquanto tudo acontecida sob o nariz de Dilma Vana, então president@ do Conselhão da Petrozorra, hoje president@ da República querendo mais quatro anos de gandaia, ele e ela, Lula e Dilma, não sabiam e nem sabem de nada, inocentes...

Ah, chama o Chico Buarque. Eu quero que ele cante o seu velho sucesso "Acorda, Amor!". Eu canto com ele o refrão: "Chama o ladrão! Chama o ladrão! Chama o ladrão!"...