O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

3 de fev de 2016

SÓ BOLA FORA
Diante do flagrante desgaste do papa das conversas fiadas, Lula da Silva, o gabnolão desacreditado, Dilma Vana ordenou que todos os seus ministros defendam o gabolão desacreditado. Como ela também está por baixo e não manda nada, só quem saiu correndo para exaltar Lula da Silva, foi o vassalo da Casa Civil, Jaques Wagner. Os outros não deram nem bola murcha para Dilma. Tá certo, o fato de achar que tem grande autoridade, não é empecilho para que Dilma de vez em quando mande fazer alguma coisa certa. Mas, nem isso ela consegue fazer.

CHATO E IMPERTINENTE
Se eu tivesse um sítio lá em Atibaia, não queria ser amigo do Lula nem que a vaca tivesse um surto de tosse. Que chatice; ele iria me visitar 111 vezes só para andar de barquinho, pescando lambarís e tilápias e tomando vinho da minha adega. Que cara mais chato e impertinente esse Lula, né não?!?

MOSCA TONTA
Essa Mulher Sapiens é demais. Mais do que saudar a mandioca, hoje ela consagrou o Aedes Egyptis: "Esse país é mais forte do que o mosquito"! Vai ver que é por isso que faz cinco anos já que o Brasil tem uma mosca tonta no Palácio do Planalto.

VAIA E APLAUSO
Dilma Coração Picado tomou vaia no Congresso Nacional. Já no caminho de volta para o Palácio disse - e Dilma não mente - que não se incomodou com as vaias recebidas quando defendia a CPMF: "É assim mesmo. Na democracia é assim. É do jogo democrático. Não me incomodei".

Dilma, com ar de quem engoliu um "incomodada é a sua avó!" garantiu que não estava com raiva. Só faltou tirar da bolsa o chavão do Carlos Imperial, cria de Nelson Rodrigues: "A vaia é o aplauso de quem não gosta". Em tempo: aplauso também é da democracia.

De minha parte já vou dizendo que gosto mais da vaia do que do aplauso. A vaia é natural, desafetada, direta; o aplauso é quase sempre metido a besta.