O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

24 de fev de 2016

QUE FEIO, LULA!
COMO ASSIM "ERRAMOS"?!?

A internet fez o milagre de tornar as revistas semanais em publicações diárias de notícias, reportagens e entrevistas, então está aí nas revistas e jornais de hoje parte do que, com pose de vítima, Lula afirmou ontem no programa do PT na TV:

"De um tempo para cá parece que virou moda falar mal do Brasil. As pessoas que ficam falando em crise, crise, crise, repetem isso todo santo dia e ficam minando a confiança no Brasil. É verdade que erramos, mas acertamos muito mais".

Eu já sabia. Lula foi apenas o mesmo Lula de sempre: um demolidor de adversários imaginários. Pelo menos Lula nunca, jamais, os identifica. São seres abstratos - "as pessoas que ficam falando"... Quer dizer, abstraídos por Lula que, longe de ser um Dom Quixote de La Mancha é um arremedo de Sancho Pança que enfrenta moinhos de vento.

É que assim ele não corre o risco de apanhar, de perder a luta e ainda banca o destemido, o corajoso que nunca foi. Dá nome aos bois, bicho. Mesmo que a Dilma tussa!

Pelo menos uma vez, banca o teu personagem preferido, o Metamorfose Ambulante e transforma o teu lado medroso de sempre numa porção valente de um Barba delator, de um Brahma de colarinho maduro no Clube do Bilhão; vê se te transformas em um Cara de coragem.

E que coisa, Lula! Que feio. O que é isso de passar para os outros o que é culpa tua?... Como assim "é verdade que erramos, mas acertamos muito mais"?!? "Erramos" quem, cara pálida? Quem errou foste tu. Tu és o PT, Lula. E mais ninguém. Todos petistas sabem disso muito bem.

Pergunta para o Rui Falcão, teu subalterno presidente do partido se, por acaso a Polícia não deixar que concorras ao lugar que deste de mão beijada para a Dilma em 2018, quem será o candidato do PT à Presidência do Brasil. Pergunta, só por perguntar.

O PT és tu. Tu fundaste o PT; tu presidiste o PT; tu te elegeste sempre com o PT que se entregou ao PMDB e aos sócios nanicos de ocasião

Lula, tu és o PT do Mensalão; tu és o PT do Petrolão e suas ramificações degenerativas; tu és mais que o resumo do PT feito pelas tuas elucubrações: tu és esse PT de centenas escândalos, de dezenas infindáveis de delatores premiados, de operadores, consultores e receptadores; tu, Lula és mais que os sintomas, tu és a doença; muito mais que o PT, tu és o princípio e o fim do PT.

E tu bem o sabes por que. Porque o PT nunca passou além do patamar de ser Lula. Tu não deixaste o PT ser na realidade o Partido dos Trabalhadores, tu não deixaste ninguém se criar dentro do partido só para que o PT fosse o Lula e nada mais que o Lula.

Tanto é verdade que, ao cumprires os oito anos constitucionais de Presidência da República, inventaste e iluminaste um poste que habitasse o Palácio do Planalto por apenas quatro anos e nada mais que isso. E aí levaste o tombo.

A criatura gostou de sentar na cadeira de espaldar alto do poder e derrubou o criador. Dilma Sapiens te enfiou a mandioca, digamos, goela abaixo. E de tal forma enfiou que saiu até uma desculpa para não voltares ao trono em 2014. A justificativa veio em forma de tumor maligno, justo na garganta por onde passou a mandioca, raiz da grande derrota da tua história de camaleão das massas.

Mas deixe-se isso pra lá e voltemos ao programa do PT na TV que eu, repito, não vi e não gostei... Diz aí, Lula, quem são "as pessoas que ficam falando".

Elas assim, poderão sair de dentro dos teus moinhos de ofensas deletérias e te jogar na cara o que sabem de ti e o que podem contar pa ti, pa tu contá pa tua patota que te contaram: tu és o PT doentio e pernicioso de hoje que engoliu o PT quase saudável dos portões de fábrica, porque agora tem nos tentáculos alma e espirito de crime organizado enfiado no corpo do Estado.