O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

16 de fev de 2016

E LA NAVE VA, CAZZO!

Dilma Sapiens, reuniu-se nesta terça-feira, com senadores do bando dela. Dilma simplesmente disse-lhes que "não há o que cortar, nós precisamos da CPMF". A notícia aparente aí nesse lance é que ela quer porque quer e porque precisa enfiar a CPMF goela abaixo da população.

Pronto, essa é a notícia. Só que não. Essa é uma das notícias. Há outras duas. Uma delas não é novidade: Dilma mentiu outra vez. Mentiu quando disse que "não há o que cortar". Há, sim senhora. E há o que cortar de sobra nesse governo trapalhão e perdulário.

A outra é subliminar mesmo. Quando ela diz para seus coiotes da base que "não há o que cortar" está, na verdade, dizendo nas entrelinhas que aquilo que "não há o que cortar" é a garantia de que o que é deles está garantido. Senador que votar pela CPMF pode contar de certo que pra ele não vai faltar, muito pelo contrário vai sobrar.

E assim o des/governo se repete no governo. É uma sequência de lugares-comuns. Tudo é como foi há 13 anos, ou a um segundo. E assim caminha a humanidade nessa democracia de gaveta. Vida que segue. E a fila anda.

Ora bolas, carambolas. Se a Dilma pode usar e abusar dos estribilhos, eu também posso me valer dos lugares-comuns: e la nave va. Ou: Cazzo...Vada a bordo, Dilma!