O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

4 de mai de 2016

O QUE É DELE TÁ GUARDADO

Não se apoquente. A gente entende a sua impaciência por que Sérgio Moro ainda não mandou prender o Lula. Calma, "o tempo é o senhor da razão", como estampava Fernandinho Beira-Collor em suas camisetas de geração saúde, quando foi breve presidente desse país.

Quando chegar o momento exato, Sérgio Moro manda buscar o escorregadio denunciado. É o seguinte: Sergio Moro e não Lula está com as mãos atadas pelo marasmo do Supremo Aparelho Federal. É lá que dorme a decisão sobre a nomeação de Lula para a Casa Civil; é lá que Lula está homiziado sob a capa do foro privilegiado, porque seu nome está ligado ao de Dilma, ainda presidente dessa República do Petrolão.

Assim, por simbiose, Lula ainda goza do privilégio que é concedido aos que têm cargo público de primeiro escalão. Calma, pois então. O Supremo está na tocaia esperando sexta-feira chegar.

Na sexta, Dilma toma uma goleada de 16 x 5 na comissão de impeachment do Senado e será afastada do Palácio do Planalto podendo habitar o Alvorada, por 180 dias.

Com a Dama fora do baralho afastada do cargo, Lula perde o penduricalho. E aí, meus caros aflitos, Sérgio Moro passa o Lula na sua cabalística 13ª Vara. Desse modo, simples assim, você vai ver que o tempo não passa. Já passou. Demoradinho, assim.

Então, não se apoquente. Lula não perde por esperar. O que é dele tá guardado. Mas a gente entende a sua impaciência.

A TOCHA NO BRASIL

A tocha no Brasil, dito assim desse jeito, ganha foros de uma grande verdade. Afinal, Dilma Vana foi quem a tocha. E inda que mal pergunte: quem mais do que Dilma atocha no Brasil e nos brasileiros? Inda que bem responda, em verdade lhes digo, mais que Dilma só mesmo o Lula. Em todo caso, chegou a tocha olímpica no Brasil. E Dilma foi lá para ser a primeira nesse país a fazer o revezamento do fogo simbólico com toda pompa e circunstância. O grande ausente foi o arremedo de ator e ativista, Zé de Abreu. O cerimonial do Palácio não o convidou, decerto por justificado medo de que ele apagasse a chama com uma patriótica cuspida.

ELE VOLTOU

O WhatsApp voltou. Todo mundo só fala na alegria da sua volta. Ninguém confessa a saudade que sentiu e nem de quanto a vida ficou sem graça. Afinal, o que é a espécie humana sem WhatsApp?!?

TUCANAGEM
O PSDB decidiu que vai apoiar Michel Temer, mas não indicará nomes para o seu ministério-tampão. Quem for bem tucano que se arrisque.

LULA E BUMLAI NA
TRAMA DE CERVERÓ
Rodrigo Janot incluiu Lula e Bumlai - apenas bons amigos - na trama em que Delcídio Amaral, o Tal, tentou obstruir o trabalho da justiça, oferecendo a Espanha, R$ 50 mil mensais e uma rota de fuga para Cerveró. É bom lembrar que só por isso, Delcídio pegou cadeia e hoje é, honradamente, um delator premiado em vez de senador republicano.

FORA DA TRIBUNA
Dilma com a tocha na mão: "O que vale é a luta. E nós sabemos lutar. O momento crítico não afetará a Olimpíada". Pois talvez até que não mesmo. Principalmente por que ela não estará na tribuna de honra do Jogos.

A RECEPÇÃO
E o Zé Serra, aquele que renasce das brumas, tá na boca traveis. Quer porque quer ser ministro de qualquer pasta. Acho que a pasta da Agricultura lhe cairia bem. Kátia Abreu o recepcionaria de braços abertos, com uma boa taça de vinho.

TEMOS VAGAS
Ontem, o marqueteiro João Santana e a sua mulher, Mônica Moura - a Chicleteira, foram transferidos para as acomodações no Complexo Presidiário de Pinais. Já avisaram ao Lula que abriu vaga nas instalações carcerárias da Polícia Federal, em Curitiba.

SE...
Se o impeachment é golpe, o que foi aquilo dentro da Petrobras nesses últimos 13 anos?!?