O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

5 de ago de 2015

COMPANHEIRISMO

E então foi assim que dois petistas de carteirinha comentaram a reunião do partido nesta formidanda segunda-feira que abriu o mês de agosto:

- Rui Falcão bancou o Nero com Zé Dirceu.
- Como assim?
- Ora, lavou as mãos...
- Perahê ô, quem lavou as mãos no caso de Jesus Cristo não foi Nero, foi Pôncio Pilatos.
- Ah, e você acha que Nero andava sempre de mãos sujas?!?

Piada ou não, verdade é que o PT lavou as mãos no caso da prisão de Zé Dirceu. A reunião do partido foi uma aula do que é companheirismo nas hostes luláticas.

CUNHA VAI COM
TUDO NA PAUTA-BOMBA

Eduardo Cunha veio com todo gás depois do folguedo parlamentar. Ignorou o apelo e a pressão da tropa oficial e articulou a pauta-bomba que apavora o governo. Ele não atendeu aos pedidos da chamada base aliada para adiar a votação que eleva salário de servidores e procuradoria da Advocacia Geral da União, aumentando os gastos públicos em pleno olho do furacão da crise econômica. Essa rebeldia toda de Cunha não tem nada a ver com o futuro dos aposentados. O veto de Dilma às mudanças do cálculo dos ganhos de aposentados com mais de um salário, não é com a Câmara é com o Senado, império sob domínio do melífluo Renan Calheiros. É ali que o pato come.

VOCÊ PODE ACHAR, MAS
A LAVA JATO NÃO ACHA

E aí, então os petistas e seus governistas fazem de conta de que, uma vez alcançada aquela que seria a última fase da Operação Lava Jato, logo depois da Pixuleco, o Brasil da Silva estaria são e salvo, limpo e imaculado, graças ao empenho e determinação do governo Lula Brahma e Dilma Sapiens no combate à corrupção.

Eles fingem que não sabem que nos domínios da Grande Desordem o Mensalão  de Lula deu origem ao Petrolão da Dilma que está parindo o Eletrolão, que vai gerar o BNDESão e que já tem filhotes em cada um dos 38 ministérios, em cada soleira de porta pública nesse Estado que adotou e apadrinhou o crime organizado que saiu das ruas e dos presídios e se abrigou na máquina pública.

Ou será que você acha que não há propina nos balcões de licitação do Ministério da Saúde, das cartilhas da Educação, nos caminhos da pasta dos Transportes, nas furnas das Minas e Energia, no criadouro de sindicatos pelegos do Ministério do Trabalho, nas lanchas da Secretaria da Pesca e Aquicultura, ou em cada organismo dessa desvairada coisa pública?...

Você até pode achar, mas os delegados da Polícia Federal, os procuradores e promotores do Ministério Público, a turma da Vara de Sérgio Moro não acham.

É disso que eles estão falando quando dizem e assinam embaixo que a corrupção é endêmica, sistemática e organizada nesse Brasil da Silva, descoberto em 1985 quando Zé Sarney assumiu a presidência e deu início a essa democracia formatada pelos esquadrões da morte anunciada de Fernandinho Beira-Collor, Itamar, FHC, Lula e Dilma Sapiens. São 30 anos  luta está apenas começando, companheiros! Parece até que estou ouvindo Pery Ribeiro e Emilio Santiago cantando:

Já são 30 anos de aventura / Desde que mãe teve a doçura / De dar a luz pra esse seu nego / E a vida cheia de candura / Botou canção nesses meus dedos / E me entregou uma partitura / Pra eu tocar o meu enredo / Sei que às vezes quase desatino / Mas esse é o meu jeito latino / Meio Zumbi, Peri, D. Pedro / Me emociona um violino / Mas também já chorei de medo /Como chorei ouvindo o Hino
Quando morreu Tancredo... / Quem se apaixonou por Che Guevara / Até levou tapa na cara, / Melhor é mudar de assunto / Vamos enterrar esse defunto.