O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

12 de ago de 2015

ENVERGADURA
Ah, essa mulher não se emenda. Entusiasmada pelo cheiro das Margaridas, Dilma Sapiens, mais mandioca do que nunca, jogou mais uma jabuticaba contra a gente: "Eu envergo, mas não quebro". Quer dizer, ela se dobra. E até talvez de ajoelhe de quando em vez, como fez outro dia diante de Renan Calheiros, o Verdugo.

SOBREPREÇO & SOBREPRAZO

O Tribunal de Contas da União detectou sobrepreço - imagine! - nas intermináveis obras da refinaria de Abreu e Lima, uma das mais inacabadas do hemisfério Sul. Uma bagatela diante dos padrões do Clube dos Empreiteiros: R$ 673 milhões. A obra é tocada pela imaculada Camargo Corrêa, com a dileta companhia da CNEC Engenharia.

Entrementes, só para que vocês aprendam a conter seus rasgos de euforia, o mesmo TCU deu mais 15 dias para Dilma Vana explicar as contas mal feitas de 2014. A reprovação dessas "contas de chegar" é que pode abrir o caminho para o impeachment, por causa da tal improbidade administrativa. Vai daí que... Nada de novo no front.

SÉRGIO MORO MANDA 
SOLTAR TRÊS LAVAJATADOS

Não tem nada de bondade no gesto. Sérgio Moro segue a letra fria da lei para fazer justiça, nada mais do que justiça. Então mandou soltar o advogado Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, irmão de Zé Dirceu e mais dois - Bob Marques, assessor do mesmo Dirceu e o empresário Pablo Kipersmit.

Moro mandou soltar, não porque sejam inocentes - que os indícios de malfeitoria são muitos - mas mandou-os para o olho da rua porque julga que a prisão de Zé Dirceu já "seja suficiente para estancar a atividade criminosa" da pandilha.

Os três mocinhos - Luiz Eduardo, Bob e Pablo - estavam na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba. O irmão de Dirceu foi sócio da JD Consultoria até 2013; ele é apontado como o cara que fazia a mendicância da propina para o esquema criminoso do mano antigo guerrilheiro de festim.

Depondo para os investigadores, Luiz Eduardo admitiu que as empreiteiras repassaram mesmo dinheiro para a tão ativa quanto passiva JD Consultoria, mas defendeu com unhas e dentes a versão de que a grana representava sempre um "auxílio financeiro" para Dirceu.

Ah, bom. Quem mente assim, não precisa falar a verdade. Esse cara jamais será promovido a delator premiado. Sua carreira de esmoleiro é curta, não tem o menor futuro.

LULA PRÓ-LULA, NO DIA 16

Recebo uma cutucada de fonte fidedigna pela caixa de mensagens me alertando para os informes oficiosos que garantem neste dia 16 de agosto a presença de Lula, o Brahma do Clube dos Empreiteiros, no aglomerado de pelegantes, mistura de pelegos com militantes, que vai ensaiar um panelaço em favor do seu guia malfazejo e mandachuva maléfico.

Uma atitude pra lá de esperada, muito embora, seja só obra do acaso tal movimentação dar-se justamente no dia da mobilização nacional anti-corrupção. Coisa pra lá de previsível em se tratando de quem se trata.

De qualquer maneira, não se espantem se, também por acaso e somente por acaso, uma outra bombinha caseira estalar nos pés do mais danoso petista de todos os tempos. Essa turma, como diria Lula, é tão boa de contra-ataque, quanto o exército de Stédile "é bom de briga".

E uma bombinha caseira dessas viria muito a calhar para provocar o tumulto e a baderna que Dilma Vana ainda não proibiu peremptoriamente, como fazia na Copa das Copas e como fez nas eleições do outubro vermelho.