O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

26 de ago de 2015

EM NOME DA JUSTIÇA
Rodrigo Janot que não acusa Renan Calheiros que já ajeitou as coisas para o Senado reeleger Janot procurador-geral da União por Dilma Vana, foi chamado de tudo um pouco por Fernandinho Beira-Collor. Talvez por isso e não por mero zelo profissional pediu nova investigação de Collor, desta feita por peculato e crimes em licitações. E assim se faz justiça nesse grande aparelho chamado Brasil da Silva.

MAIORIA DO TSE VOTA
POR PROCESSAR DILMA

A maioria do Tribunal Superior Eleitoral decidiu abrir processo que pode levar à cassação de Dilma Vana. Quatro dos sete ministros já votaram a favor da continuidade da ação de impugnação do mandato da criatura, mas aí... O julgamento foi suspenso, porque a ministra Luciana Lóssio, que foi advogada do PT, pediu vista. Paralisou o julgamento. Quer dizer, mandou o processo para as calendas gregas.

JANOT TEM SHOW
HOJE NO SENADO

Depois da lengalenga de ontem no Congresso, hoje tem mais um espetáculo circense na alta casa de tolerância nacional. Os senadores investigados na Lava Jato vão sabatinar Rodrigo Janot e, malgrado os desaforos de Fernandinho Beira-Collor, ele será mantido por mais dois anos na presidência da Procuradoria Geral da União por Dilma. Ele é o responsável pelo destino das denúncias contra políticos que têm foro privilegiado. Por acaso, ele foi indicado para o replay de sua boca rica por Dilma que está fazendo de tudo para não ser denunciada por uma porção de malfeitos que podem fazê-la perder o mandato.

MEIO MILHÃO PARA
EMENDAR PARLAMENTARES
Ontem Michel temer, o Melífluo, deixou de vez a coordenação das relações políticas do governo Dilma. E rapidamente realizou uma reunião com os líderes partidários. Levou na pasta de trabalhos a módica quantia de meio milhão de reais, gentilmente destinados por Dilma Vana, para emendar parlamentares. Esse cara, ainda pode ser presidente dessa República. Aí, você decide se o pior é a emenda ou o soneto. Eu diria que um é pior que o outro. E vice versa.

CONTRADIÇÃO ESPERADA
Naquela ópera bufa desta terça-feira na CPI-2 do Petrolão, Alberto Youssef e Paulo Roberto Costa se contradisseram sobre suposto pedido a Palocci. E olha que os dois são delatores premiados... Paulinho do Lula reafirmou pedido de doação para a campanha da Dilma; já o doleiro disse na tal acareação que "outro delator esclarecerá quem pediu a grana". De dois patifes cara a cara com quem também tem culpa no cartório, a gente poderia esperar o quê?!?