O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

27 de ago de 2015

DEU JANOT NA CABEÇA

Surpresa na Esplanada dos Ministério. Venceu o favorito. Rodrigo Janot é bicampeão na Procuradoria Geral da República de Dilma. O triste da sabatina de ontem no Senado foi a dolorosa opção que restou aos que assistiram à patacoada senatorial, de torcer por Fernandinho Beira-Collor no embate com o inevitável vencedor. Cruzes, o que essa democracia de gabinete faz com os brasileiros!..  E foi assim, como a flor ao luar se deu, que deu Janot na cabeça. E é assim, bem assim que os processos que merecem banquetes no Palácio do Planalto continuarão na gaveta. Renan Calheiros e Dilma Vana respiram aliviados.

A 1ª PEDRA DO DOMINÓ

Pronto, a CPI do Petrolão está conseguindo o que mais sonha na vida: melar a Operação Lava Jato. Por causa daquela acareação entre Youssef e Paulinho do Lula, os dois vira-casacas do crime organizado que virou Estado nesse Brasil da Silva, o Supremo agora vai julgar o recurso contra a delação de Alberto Youssef. Os propineiros e seus dois grandes chefes acreditam que essa é a primeira pedra do dominó. Derrubado Youssef a fila vai desandar. Dias Toffoli recebeu a papelada com indescritível prazer. Foi como se lhe tivesse despertado os instintos mais primitivos.

RECADO PARA O DESMANCHE
Na sua laudatória peça de defesa de si mesmo, Rodrigo Janot deixou lá mesmo na sabatina do Senado, o caminho aberto para começar o desmanche da Operação Lava Jato. Discursou que "delação premiada não é prova". Pronto, foi dado o recado para a Corte de Lewandowski. Democracia de gabinete é isso. Entre quatro paredes, ou em amplas salas, em pequenos institutos, em arremedos de assembleias, em rançosas centrais sindicalistas, a minoria representa e decide pela maioria. Sabe o que é mesmo que eu penso disso? Essa democracia relativa está cheirando a ditabranda absoluta. Esses simpáticos e cínicos soberanos acham que é uma grande coisa eles nos darem o direito de concordar com eles em tudo e por tudo.

CUIDADO!
Está em curso, nas hostes governistas a volta do famigerado imposto de achaque ao cheque. Dessa vez a famigerada CPMF que está atravessada até hoje na garganta de Lula vai voltar atacando todo e qualquer movimentação no seu talão de cheques e no cartão de crédito também. Preparem panelas, pirulitos e bengalas que tudo isso vai ser preciso para prevenir a população de mais esse golpe tão cruel quanto cretino.