O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

29 de set de 2015

ADIVINHAÇÃO

Nesta gloriosa quarta-feira, o não menos glorioso Congresso Nacional, apreciará dois vetos da também gloriosa Dilma Vana. Um concede reajuste de até 48% aos servidores do judiciário. O outro estende a todos os aposentados do INSS o reajuste anual do salário-mínimo. Adivinhe o que vai acontecer? Pois é, eu também acho a mesma coisa: passa o reajuste do judiciário. E os velhinhos que se segurem na bengala. Mas, por favor, não joguem a bengala fora. Ela será de grande utilidade nas próximas eleições.

CINISMO DEPLORÁVEL

Essa questão do impeachment é coisa que não me abala. É trocar seis por meia dúzia; confundir serenata com retreita.

Ela só preocupa àqueles que lutam para se manter no meio desse plano de poder, sem um mínimo de programa de governo.

Dentre os opositores que estão contra o impeachment, o mais cínico e deplorável de todos eles atende pelo nome de Geraldo Alckmin.

É que a saída agora de Dilma Vana, a mais recente descobridora da mandioca, da mulher sapiens e da tocha olímpica, redundaria em eleições quase imediatas.

Isso, dentro do ninho tucano, só faz bem ao fígado de Aécio Neves.

O ranço da bílis da hipocrisia é insuportável, venha com os ventos de onde quer que venha o fel.

Já disse algumas vezes e vou dizer de novo, o cínico quando se faz de decente é indecoroso.