O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

31 de jul de 2015

BARBADA
A CBF anunciou ontem seu apoio à candidatura de Zico à presidência da Fifa. Agora sim, ficou uma barbada para Michel Platini. Nada de novo no front: o Brasil sempre foi freguês de caderno da França em matéria de futebol.

RONALDINHO X GRÊMIO
Para desespero de Moisés Pereira, o profeta das tábuas tricolores, Ronaldinho Gaúcho estréia neste sábado contra o Grêmio. Laura Ramos, tricolor de quatro costados, acha que que o prato da sabatina é traíra à escabeche. De minha parte, acho que o Grêmio, uma vez mais, vai pagar caro por isso.

O NOVO CLUBE
Com lucro apenas para a promotora do encontro de ontem no Palácio da Bananosa, foi criado à moda Brahma, o Clube da Governabilidade, composto por Dilma, a Mulher Sapiens e 27 Homo Governatoribus de bom preço. Cá pra nós, que ninguém nos leia porque todo mundo já está sabendo, aquilo lá foi o resumo federativo da Bulhufas com os Néris de Pitibiribas.

VELHINHOS DO BOLSA FAMÍLIA
E, como já se esperava, Dilma Tocha de Mandioca, atochou uma vez mais nas costas dos aposentados. Conforme prometeu que faria mesmo que a vaca tugisse, mugisse ou tossisse, ela vetou a mudança no reajuste das aposentadorias com, mais de um salário mínimo. A matéria volta ao Senado que pode - mas, não vai - derrubar o veto da Mulher Sapiens. Esse governo não descansa, enquanto não transformar todos os aposentados em usuários do Bolsa Família.

ORTODOXIA
Em Israel, um indócil judeu ortodoxo esfaqueou seis hostis manifestantes de uma inusitada parada gay em Jerusalém. Foi preso em seguidinha - que a polícia de lá não é como a turma das unidades de pacificação de Belém do Pará, terra onde, para o eterno atacante Claudiomiro do Inter, nasceu Jesus. O judeu ortodoxo demais não teve nem tempo para botar a culpa nos dóceis fieis do Estado Islâmico.

NOSSA DEMOCRACIA
E então, basta a gente prestar só um pouquinho de atenção para perceber que, desde a indigitada presidência de Tancredo Neves, o melhor presidente que o Brasil nunca teve, os reinventores da política brasileira - de Sarney até Dilma - se contentam que o voto seja o grande e único sinal de democracia nesse país. E o pior é que os eleitores também se acham democratas por que são obrigados a votar.

LEU E FEZ AMIGOS
Para acalmar deputados e senadores que andam de mal com o governo, Dilma Sapiens liberou esta semana, nada menos do que R$ 1 bilhão em r/emendas parlamentares. É nisso que dá uma presidente sem programa de governo ter tempo de sobra para ler o que não deve. Dilma só botou em prática o que andou lendo no último fim de semana: o best-seller "Como fazer amigos e influenciar pessoas". Só teve o trabalho de adaptar a versão original.

BAGACEIRADA
A advogada Catta Preta escapou de ser ovacionada na CPI-2 do Petrolão. Foi cortejada por Ricardo Lewandowski, presidente supremo do Tribunal do Governo Federal. Ela disse que se sentiu ameaçada pela CPI e Lewandowski acreditou. Desobrigou a advogada de nove entre dez delatores premiados a dizer o que tinha para dizer na CPI. Isso quer dizer nada, absolutamente nada. Como tudo que se diga em qualquer CPI, um instituto que já deveria ter saído do mapa há muito tempo. E cá estamos nós, perdendo tempo e dinheiro com essa bagaceirada.

PRENDER LULA, POR QUE?!?
Ainda ecoam pelos ares do Planalto Central como nunca antes na história desse país os rumores de que Lula, o Brahma interlocutor de luxo dos melhores sócios do Clube do Bilhão, seria preso pela força-tarefa da Lava Jato. Ora, isso só pode mesmo ser intriga da oposição. Por que Lula deveria ser alvo dos federais da Lava Jato? Só se for pelo simples fato de que ele, um dia, teve a boa ideia de ser presidente de honra do PT. Mais que isso, não há vivente nesse mundão brasileiro que possa imaginar. Essa coisa de perseguir inocentes já está ficando chata. Tudo que é demais, excede. Essa boataria é bem coisa de Brasília mesmo que, nos finais de quintas-feiras já começa a viver a perspectiva de sábado, véspera mais do que certa de domingo, o Dia da Criação para Vinícius de Morais e para jornalistas com voto de pobreza, tolos e incheridos como eu.