O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

5 de mar de 2016

UMA RICA SEXTA-FEIRA, MAS...
ISSO FOI BOM, OU FOI RUIM?!?

E então ontem foi uma rica sexta-feira... A Polícia apeou o novo rico do pedestal e o trouxe de volta ao mundo dos que não tem eira nem beira. Mas, inda que mal pergunte, isso foi bom ou foi ruim?

Meio apressadinho demais para o meu gosto. Ligeiro demais para o que deveria ser. A viagem coercitiva foi curta; ao invés de Lula  ser levado até Curitiba, colocaram-no em uma escala na sede da Polícia Federal, logo ali no aeroporto de Congonhas.

Lula prestou depoimento a distância, tipo teleconferência, por três horas e se deu por vítima de "falta de respeito democrático". Ah, isso não foi, não. Foi respeito democrático, Lula. Sucede que você foi intimado e respondeu à intimação, mandando para Sergio Moro uma peça jurídica feita por seus criminalistas.

E mais, ainda: na véspera você se "exibiu" ostentado a bazófia de que "não vou prestar depoimento, nem que a Dilma tussa", ou coisa parecida. Você foi quem desrespeitou a democracia, Lula. E então levou nos dedos. Com a Justiça não se brinca. Pelo menos não se deve brincar.

Você pagou o mico que achou que jamais pagaria. Mas, o lado bom pra você é que agora você e seus canalhocratas estão prevenidos. Já sabem que a porteira está aberta e que, por onde passa um boi passa a boiada. Então, você vai se reorganizar. Ganhou tempo para isso. Você vai dar um jeito. Por que a luta continua, companheiros!

E assim, quase colocado no papel de pobre coitado e perseguido pela direita que "não se conforma" com a ascensão de um pobre ao confortável mundo dos 'bacanas', você poderá retomar sua caminhada rumo ao Palácio em 2018.

Porque hoje é sábado, amanheci com o gosto amargo na boca de que a alarmante,ágil e breve ação policialesca dessa rica sexta-feira vai me fazer engolir o reerguimento dessa decaída e depauperada figura da politicalha que assalta esse país.

A Lava Jato redescobriu o canalhocrata que, um pouco mais adiante com a corda toda que poderiam continuar lhe dando, estaria política e socialmente morto e sepultado. Menos, menos... Apenas usando tornozeleiras eletrônicas, para o bem do povo e felicidade geral da nação.

Em todo caso, desde ontem, as suas casas Lula, são casas de enforcado, onde se vai falar de corda o tempo todo. E este é o lado bom, de tudo de apressado que possa ter acontecido ontem: Lula, você é um novo rico que já não pode desfrutar em paz o conforto, o luxo e a riqueza que matam o pai da pobreza que você vem interpretando com galhardia há 13 anos, desde que pela vez primeira subiu a rampa do Palácio do Planalto, em 2002.

Lula, você já não pode mais esconder dos pobres e oprimidos a grande farsa que você é quando se faz de pobre e oprimido também.

Ontem mesmo, logo depois de prestar depoimento a distância, você ressurgiu das cinzas lá na sede do PT em São Paulo. Intramuros e para a claque em petit comité, você articulado como é na hora de discursar besteiras cômicas e satisfatórias para seu público cativo, encontrou forças para relançar-se candidato a presidente da República.

Que dia e que hora, hein Lula, para alguém que não se envergonha de um episódio vergonhoso, fazer uma ameaça de tal tamanho e envergadura!

E você ainda teve tempo para, quase em artísticas lágrimas crocodilianas, queixar-se profundamente: "eu me senti prisioneiro. Hoje, eu me senti prisioneiro!"...

Pois, olha Lula, enfim, concordamos: eu também o senti prisioneiro. Só achei que foi por muito pouco tempo.