O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

31 de mar de 2016

PRESIDÊNCIA DE HONRA

Desde 1.500 quando Cabral se perdeu com as Índias e deu com os costados por aqui, esta é a primeira vez que o Brasil está sendo governando por um presidente de honra. E, pasmem!, esse exemplo de honradez e virtudes se chama Lula. Lula da Silva, o Inimputável. Ele está a boa distância dos palácios do Planalto e do Alvorada fazendo amigos e nomeando aliados, no andar de um hotel às margens plácidas do Paranoá. 


LENDA URBANA

Existe a lenda de que, uma vez depurado o caso das conversas telefônicas invadidas pela Dilma Vana, mulher maravilha com direito a foro privilegiado, Lula deve voltar para a Vara de Sérgio Moro. mas isso é pura lenda. Até que a fila ande, DIlma realiza seu sonho dourado de homiziar Lula na Casa Civil. Lulalá fica a salvo de Moro e cessa tudo quanto a antiga Musa canta.

MILITÂNCIA EM MOVIMENTO

E então, hoje foi dia de protestos de rua contra o impeachment, pela democracia e por Lula até debaixo d'água e mesmo que a Dilma tussa. Poucos militantes, muitas milícias e um show artístico em cada esquina. 

As contagens de participantes são as mesmas de sempre. As contas dos "organizadores" não fecham com as contas dos institutos de pesquisa que ainda se preocupam com isso que não batem com as contas da Polícia Militar que não se preocupa mais com isso e com as nossas que vemos tudo pelo Brasil que tá na TV. 

Em todo caso, só para tomar alguma coisa como parâmetro, peguei a Praça da Sé, antigo coração democrático da pauliceia. Lá, pelas contas dos organizadores, cerca de 50 mil dos menos de 15 mil manifestantes que a Polícia contou e menos dos 10 mil que eu calculei usavam camisetas vermelhas. 

Só uns lá que outros portavam flamejantes e tremulantes bandeiras nacionais. Acho que era até pra disfarçar. O vendedor de sanduba com mortadela desistiu do negócio; vendeu a carrocinha, aderiu à mobilização e já se inscreveu no Bolsa-Família.