O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

4 de mar de 2016

QUE RICA SEXTA-FEIRA!

Pois então, vamos por partes, como diria o Jack Estripador.

01) E inda que mal pergunte, já vou perguntando: que tipo de gente deixa a mulher, os filhos, a família em casa e sai pra rua para dizer que "tamo junto nessa, companheiro" a um energúmeno astuto como esse que se diz "achincalhado" pela lei e pela ordem?

02) Ah que rica sexta-feira... O que mais me balança o coração em compasso de alegria é o sentido de justiça que a Lava Jato já deixa como legado: aquele Lula líder das massas por ser pobre, de pouco estudo, humilde, honesto como nenhuma outra alma viva nesse país já não consegue mais esconder o novo rico, cheio de casas, apartamentos, barcos, fazendas, sítios, dinheiro no banco na conta dele e dos filhos que existe dentro dele mesmo, o Lula que tomou o Brasil de assalto há 13 anos;

03) Mais que isso, minha alegria é saber que Lula já não pode e nunca mais vai poder desfrutar o produto de sua espertíssima ganância: quando Lula irá de novo ao sítio que ganhou dos amigos,muito mais pobres do que ele, lá em Atibaia; quando vai andar de pedalinho, de barquinho; quando vai relaxar e gozar a vida nababesca, de luxo, pompa, circunstância que transformou o breve metalúrgico lhegalhé, num dos mais portentosos novos ricos desse país de botocudos estrelados? Dime cuando, cuando, cuando...

04)  A Lava Jato, qual Operação Mãos Limpas, já começou a transformar o Lula da Silva aqui no Brasil naquele abjeto Sílvio Berlusconi, lá da Itália;

05) Os tumultos, na frente da residência de Lula e no aeroporto de Congonhas, são de gatos pingados que querem se alistar nos exércitos fantasmas de Stédile, movimentos pelegos e black blocs de aluguel. Não conseguiram lotar um ônibus bem provido de pão e mortadela;

06) Não fiquem frustrados porque não foi pedida ainda a prisão provisória  de Lula. Afinal, ele hoje está apenas inaugurando a sua fase de de Metamorfose Ambulante, transformando-se de testemunha de Jeová em um ser quase humano intimado pela Lava Jato - primeiro passo para ser promovido a investigado por suspeição, patamar que leva ao posto de meliante, escala para a condição de condenado a morador de uma boa e duradoura hotelaria carcerária, ou ao uso domiciliar de uma reluzente tornozeleira eletrônica;

07) E o Lulinha não mandou tocar fogo no país. Se mandou, ninguém deu bola para ele. Nem para ele nem para o pai dele. Pensei que o Brasil ia invadir o Brasil, mas que nada. Os exércitos de Brancaleone, acostumados a rebeliões intramuros do Instituto Lula e das sedes de umas que outras centrais sindicais, não saíram às ruas...

08) Abri uma garrafa da minha reserva de um tempranilo Marqués de Riscal, safra 1972 que eu trouxe lá de Elciego, em 2004 quando estive lá pela Espanha. Sei lá porque abri essa relíquia, numa véspera de sábado... Mas me bateu uma vontade assim feliz da vida de celebrar a pedra fundamental da história de uma nova democracia. Acho que foi por causa dessa rica sexta-feira! Saúde. Tintim.

09) Faz pouco, muito pouco que acabou o depoimento que Lula fanfarroneou que não daria à Polícia Federal, nem que a Dilma tossisse;

10) Um brinde, pois, a Lula - aquele que sempre outra coisa quando diz uma coisa e que, airoso e fagueiro, saiu da sede da Polícia Federal, esgueirando-se num carro preto, de vidros idem, pelos fundo de Congonhas. Salve, salve esta rica sexta-feira!