O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

12 de mar de 2016

Porque hoje é sábado...
Vocês acham que eu tenho cara de me renunciar?...
Deixei os canalhocratas da politicalha pra lá/
e fui assistir ao Messi ver o Neymar jogar

BARÇA 6x0 GETAF

Não há nada mais bonito no futebol de hoije que um jogo do Barcelona pela Liga Espanhola, no estádio de Camp Nou, a casa da bola.

É tudo bonito, todos bem vestidos, bem comportados; tudo familiar, de uma elegância simples e natural. Coisa de espetáculo que vale a pena de se ver. E além do mais, dentro de campo tem Messi que tem Neymar.

Meiominutoi de jogo, o lateral direito do Getaf despertou os mais primitivos instintos futebolísticos em Neymar: chutou-o pelas costas, assim como quem pensava em tirar a Dilma de campo e botar Lula pra virar o jogo. Eu vi logo que aquele lateralzinho ia pagar caro.

Aos 8 minutos, Neymar e Messi elucubraram uma trama diabólica e o zagueiro acabou fulminando seu próprio goleiro. Pura brujería gitana. Coisas de Aandaluzia.

Dois minutos depois, Neymar sofre pênalti. Messi bate a penalidade com certa dose de pena. Quem tem pena se despena. O goleiro defendeu. Vai pagar caro.

Aos 19 minutos, gol de Munir que está no lugar de Luizito Soares. Isso prova que jogando entre Messi e Neymar não há quem não seja artilheiro.

Neymar, espírito cigano com brilhos de andaluz, comete uma de seus mistérios do mundo da bola e acaba tomando uma tapa estabanado e sem malignidade do zagueiro adversário. O juiz não vê. Aos 24 minutos Neymar sofre pênalti. O juiz vê. O juiz não dá. Pagaram caro pra esse cara.

Três minutinhos depois, Messi enfia com efeitoprocurante para Neymar que, com efeito procurante, manda a bola para as redes. O juiz vê e pelo jeito, não teve nada contra. Barça, 3 x 0. Não h´pa nada mais bonito no futebol que um jogo do Barcelona. Nem o meu Vasco pode se arvorar a tanto.

Iniesta joga pela esquerda e invade a direita do Getaf. O lateral nimigo bota a bola pra fora e cai machucado. Iniesta, rapidamente, pega a bola e... não bate o lateral. Espera que o adversário se recupere. Só então executa o arremesso. Isso vale um golaço. Isso é fairplay.

Aos 40 minutos, gol de Messi. Da entrada da área, com efeito desviante. Eu sabia que o goleiro ia pagar caro. Não perca as contas: 4 x 0.

Mais dois minutinhos e um novo show particuar de Neymar. Faz fila na defesa do Getaf. Leva um coice de um truculento irritado que não entende que craque é craque e tem o privilégio de distribuir embaixadas. deveria ter imunidade diplomática dentro de campo.

Fim do primeiro ato do espetáculo. Não há nada mais bonito no futebol que um jogo do Barcelona.

Não tinha nem cinco minutos do segundo tempo e Messi passou para Neymar que apareceu do nada pelo meio da área e botou a guria pra dormir nas redes. Pronto, 5 x 0.

Aos 12, um verdadeiro abuso. Arda, volante invocado, na quina da pequena área, faz um gol de meia bicicleta. No meu tempo isso era gol de puxeta.; no Barça é um feito cíclico - ah, essa falsa cultura esportiva! Então tá, tá 6 x 0.

Mais cinco minutinhos, Messi dá-se ao luxo de imitar Neymar. Faz fila na defesa contrária e quase faz o gol. Imitação perfeita. Se fizesse o gol estaria imitando o Soares, sem o requinte de desperdício do Neymar.

Aí, lá pelas tantas o diretor de TV dá um close na torcida do Barcelona. O futebol fica mais bonito ainda. Mas continua 6 x 0 para o Barça. Torcida joga junto. Mas não faz gol.

E assim é que 6x0 ficou de bom tamanho. Já pensou se esse garoto, o Neymar, não estivesse com um bloqueio bancário de 192 milhões de reais lhe perturbando a cabeça, o que ele não estaria fazendo com os pés?!?