O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

3 de ago de 2015

AI, ME APUNHALARAM DE NOVO PELAS COSTAS!

Esta segunda-feira está impagável. O Brasil da Silva é um quadrinho. Zé Dirceu dessa vez não deu aquele soco no ar, marca registrada do heroi que se entrega de pé esbravejando em tonitruante silêncio "a luta continua, companheiros!"...

É que, nesta esplendorosa manhã de segunda-feira Zé Dirceu foi preso sob a acusação da justiça de que foi ele quem montou o esquema de assalto sistemático e organizado à Petrobrás.


E mais que não socar o vento, Dirceu nem deu ainda qualquer sinal de que espera o tradicional telefonema de Lula com o código de silêncio sepulcral "tamo junto nessa, companheiro!".

Agora então, eu preciso saber só uma coisinha: pô, o Dirceu era unha e carne com Lula, a quem, diga-se de passagem, nunca chamou pelo codinome Brahma; o Dirceu era ministro-chefe da Casa Civil do governo Lula; o Dirceu é e sempre foi o segundo nome mais forte e mais representativo do PT; Dirceu foi quem mudou o PT de um jeito que fez o Lula ganhar aquela primeira eleição dele para presidente vitalício do Brasil...

Pô de novo. O Lula já era o presidente infalível de honra do PT quando Dirceu já era o mesmo Dirceu de sempre... Esse Lula, amigo, camarada,companheiro bom e batuta, não sabia de nada... É um pateta, né não?!? É sim.

É o maior pateta que já se viu na história em quadrinhos do Brasil. Mais que Pateta é o Superpateta. E ainda quer se meter a pegar o lugar da Dilma Sapiens para retomar o Brasil da Silva...

Perahê ô! Sai pra lá com essa mandioca! Esse cara não é o Pateta... Esse cara é o Pluto. Tão cachorro quanto o Pateta que tinha jeito de gente e até falava como gente nos desenhos animados, o Pluto tinha jeito de cachorro, mas não falava como gente...

Bem do jeito que o Superpateta está agora em silêncio nesse episódio, como quem não viu nada, não sabe de nada, não fez nada. Se alguém ouvir um ganido no meio dessa história em quadrinho não é o Superpateta é o Pluto que está ladrando: - Ai, me apunhalaram de novo pelas costas!