O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

29 de abr de 2015

STF PROMOVE REVOADA
DE AVES DE RAPINA

Pois então, como se esperava a 2ª Turma do Supremo Tribunal do Governo Federal está se saindo melhor do que a encomenda. Ontem mandou de volta pra casa um bando de nove empreiteiros que estavam presos na hotelaria da Polícia Federal em Curitiba.

Os prezados companheiros são todos acusados de corrupção ativa e passiva, formação de quadrilha - que atende pelo codinome de cartel - desvio, fraude em licitações e lavagem de dinheiro.

A 2ª Turma autorizou a revoada dessas aves de rapina para o doce aconchego de uma boa prisão domiciliar, com o requintado detalhe de uma tornozeleira eletrônica para cada exemplar dessa fauna de predadores do patrimônio que pertence a todos nós, brasileiros de segunda classe.

O placar foi de 3 x 2 para o time dos presos. E os goleadores foram Teori Zavascki, relator da turma; Gilmar Mendes, o Estranho; e Dias Toffoli, o Óbvio Lulante.

A cambada que foi para casa, não pode voltar às suas respectivas empresas, tem que devolver os passaportes em dois dias, usar como adorno as tornozeleiras eletrônicas, de 15 em 15 dias cada um deles deve se apresentar à Justiça e não nenhum deles pode manter contato com outros envolvidos na Operação Lava-Jato.

No conjunto de restrições, nada consta contra a visita dos advogados de cada um deles, quando bem quiserem e para o que bem entenderem. E é aí então que mora o perigo. Cada nobre causídico poderá ser promovido a pombo-correio nessa fauna de rapinagem.

E inda que mal pergunte: quem vai cuidar dessa pandilha 24 horas por dia?!? Desde já, os brasileiros de boa índole agradecem, penhorados, os relevantes serviços prestados por essa notável 2ª Turma do Supremo do Governo.

RODAPÉ - Cá pra nós, mas não lhe parece que esse Supremo Tribunal do Governo quando trata de escândalos superlativos, como Mensalão, Pasadenão, Petrolão, age como se fosse um cartel de soberanos, digamos, taxativos?

MARTA TROCA O PT
POR "UM NOVO CAMINHO"

E, afinal, depois de muito chute no traseiro, Marta Suplicy deixa o PT após 33 anos de militância no partido de Lula, o Mistagogo Petista. Disse que vai buscar "um novo caminho". Besteira. Conversa mole pra molusco se engasgar. Quem é do mar não enjoa: ela vai buscar é outro partido, por que o caminho é o mesmo de sempre: a Prefeitura de São Paulo.

ACAREAÇÃO

Como era de se esperar, não deu em nada a acareação entre Alberto Youssef e Marice Lima. Os dois são sócios da mesma confraria, rezam na mesma gruta, o Sindicato da Intermediação e Operação de Negócios Públicos & Notórios.

Um olhou na cara do outro, não riu nem nada, e olho no olho, Youssef repetiu tudo que tinha dito, inclusive sobre aqueles dois repasses de R$ 320 mil a Marlice, por ordem de Vaccari, tesoureiro do PT e, por obra do destino, cunhado da acareada.

De sua parte Marlice, olho no olho, cara a cara, não disse e ainda desdisse sem nada dizer. O detalhe é que Youssef é delator premiado. Marlice Lima é só irmã da mulher de Vaccari.

E, como todo mundo sabe por indução do velho e pranteado Leonel de Moura Brizola, o Caudilho das Frases de Efeito, "cunhado não é parente".

DADOS DO NEPAL
Governo diz que a tragédia no Nepal já causou 5 mil mortes, mas que "esse número pode chegar a 10 mil". Quer dizer, as contas devem estar sendo feitas pelo Ibope ou Datafolha: a margem de erro é apenas o dobro para mais, pois todo mundo sabe que para menos não pode ser.

BRASIL E INDONÉSIA ESTÃO DE MAL
O corpo de Rodrigo Gularte, fuzilado ontem em Jacarta, pode demorar a chegar no Brasil. Para o Itamaraty pode parecer que o erro final do brasileiro fuzilado foi pedir para ser enterrado no Brasil.

Na verdade, se os nanicos diplomáticos resolverem sair dos salamaleques e dos lamentos póstumos, logo, logo o último desejo de Rodrigo será atendido. Quanto às relações entre Brasil e Indonésia, parece que Dilma e Hasan estão de mal... Tomara que nunca façam as pazes.

TERCEIRIZAÇÃO TRAMITA
E a terceirização já está tramitando na Câmara dos Deputados. O que é mesmo que isso significa ninguém sabe, ninguém viu. Verdade é que se trata, como diria Lula, o Mestre Malfazejo, de uma faca de dois legumes. A terceirização é defendida com unhas e dentes pelos patrões, rechaçada veementemente pelos pelegos e cinicamente pelo governo. Só nos resta desconfiar.

EU COMO A GALINHA...

Aldemir Bendine, o coroado da Petrobras, diz que em 40 dias aquela Casa do Petróleo que já foi nosso vai apresentar um "novo plano de negócios". Ah, tá. Eu falei que ele é coroado; eu não disse que ele é delator premiado. Então, acredite, se quiser.

Em todo caso, o anúncio serviu para eriçar os pelos dos melhores consultores e lobistas do ramo.

Estão todos a postos, eis que a comissão de intermediação vale tanto a pena como se fosse um daqueles "salários de êxito" que a expedita e breve chef@ da Casa Civil Erenice Guerra (*) conseguia na mais santa paz como "taxa de sucesso", para a Capital Assessoria, de seu filho Israel Guerra.

Quando você ouvir de um arauto do governo falar em obras ou em negócios pense logo em "taxa de sucesso", vulgo tráfico de influência. Esse mal não tem cura,é da natureza do Brasil da Silva.

De minha parte, quando ouço e vejo essas coisas, volto sempre àquela brincadeira de criança quando se fazia um trato que era selado por um aperto de mãos: - Aperte aqui a mão, aperte os ossos; somos sócios... Eu como a galinha e você lambe os ossos.

(*) - BREVE, por que Erenice Guerra escolhida a dedo por Dilma Vana foi chefona da Casa Civil no largo período de rápida prosperidade que transcorreu de 30 de março a 16 de setembro de 2010.