O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

22 de mai de 2015


MEU PAIOL, MINHA VIDA...
QUERO SER CAMPEÃO DE TIRO AO ALVO

Há coisa de mil anos, quando o FHC era presidente dessa república acadêmica, os tucanos me acusavam de ser petista. Hoje, a elite dominante aburguesada me chama equivocada e maldosamente de ser tucano. Palermas, nem percebem que jamais fico em cima do muro.

 Como percebi há muito tempo que Lula é a encarnação do que de pior desceu sobre esta terra em matéria de destrambelhamento social, agora eu mesmo me acuso de repetitivo e persecutório nessa busca por demonstrar que a "estratégia de coalizão pela governabilidade" aplicada por Lula desde que subiu a rampa em 2002 é o golpe mais pernicioso que uma nação poderia sofrer.

Estratégia de coalizão quer dizer: "quanto custa a sua amizade?... Pronto, com as graças das burras públicas, somos aliados".

Entretanto, malgrado Lula e suas segundas e terceiras intenções, o Brasil é grande e resiste. Vai aos trancos e barrancos, mas a brava gente brasileira resiste. E assim é que vou me repetindo, sem medo de ser feliz. Hoje, uma vez mais, Lula vai pro pau. E já vou destrinchando o que não dá pra não dizer.

Pois foi só o FHC dizer no programa de rádio e TV do PSDB que "nunca antes na história deste País se roubou tanto em nome de uma causa", para Lula acusar o golpe e sair cuspindo fogo. Credo, parece até o dragão da inflação. Se há uma coisa que dá nos nervos de Lula é FHC. Para Lula, FHC é FHC e o resto é o resto. 

E então, ontem, a portas fechadas na Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf), em São Paulo, Luiz Inácio Lula da Silva rebateu possesso a cutucada do tucano. 

E, ao invés de mover um processo por injúria, calúnia e difamação, não desmentiu nada do que FHC disse, mas deu o troco desafiando o tucano a contar "a história da aprovação da emenda constitucional que permitiu sua reeleição". Até nem vejo nada de mal nisso, mas enxergo muito  mais o lado pagão de Lula: levou o tapa e não deu a outra face para bater.

E fica parecendo, uma vez mais que na visão moral e no comportamento ético de Lula paga-se o malfeito com a malfeitoria: "Ora, se o FHC fez, por que eu não posso fazer também?".

Lula, resolveu se fazer de vítima e com veemente temor servil disse que está "assustado com os ataques" que vem sofrendo ultimamente. 

Ele começa por aí a arranjar uma desculpa esfarrapada para não botar o nariz fora das portas das sedes de sindicatos-pelegos, onde se esbalda para plateias amestradas e não corre perigo de ser "baleado" por tomates, nem ovacionado por unidades saídas do urupijo de galinhas pra lá de chocas e muito menos atordoado com o retinir de panelas.

Lula, o acovardado Lula, banca o eterno salvador da pátria e coaxa como o sapo que deseja virar príncipe encantado que "estou assustado. Gente do céu! Agora eles já não querem mais atacar Dilma. Agora eles estão pensando é que tem que balear o Lula pensando que o Lula vai voltar em 2018. Eu nem sei se vou estar vivo". 

Essa não vai colar. Começa que está escasseando o elenco de quem queira ou se anime a beijar o sapo. E vai daí que Lula está redondamente enganado com essa bobagem de que ninguém quer mais atacar Dilma... Quem foi que disse que não? Dilma é alvo fixo. Ela mente. Diz uma coisa e faz outra. Ela pede por isso, faz por merecer.

Outra besteira é Lula dizer que "estão pensando que o Lula vai voltar em 2018"... Ah, vá se catar. Todo mundo sabe que Lula quer porque quer voltar em 2018. Se não for para satisfazer sua fome e sede de poder, vai ser para conquistar imunidade outra vez para a velha coleção de escândalos e a perspectiva de incontroláveis neo-trambiques. 

E quanto ao "eu nem sei se vou estar vivo", isso é coisa de quem nasceu nu e analfabeto. Ninguém sabe se vai estar vivo daqui a pouco. E ninguém precisa, muito menos Lula, ser "baleado" para que cada um cumpra o seu destino aqui nessa terra que os nossos olhos há de comer. 

O que mais me leva a alvejar Lula é que ele, em momento algum, ele contestou as acusações do tucanato. Responder com mais do mesmo, só dá razão às graves acusações que FHC contra Lula. Pra mim Lula é um fracasso como espécie humana. Sua derrocada começou quando ele trocou o homem que poderia ter sido pelo homem que é e não o homem que gostaria de ser.

Ah, eu não resisto. Vivo "baleando" Lula. É que ele me dá munição para isso. Vou até pedir para Dilma Vana lançar o programa Meu Paiol, Minha Vida. Quem sabe nos Jogos Olímpicos de 2016 eu seja campeão de tiro ao alvo.