O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

20 de mai de 2015

ALEA JACTA EST...
EIS O IMPÉRIO DA JUSTIÇA

Esse episódio do Fachin está morto e sepultado. O cara foi ungido ministro do Supremo Tribunal do Governo e pronto! A sorte está lançada. Luiz Edson Fachin é mais um dentre os 11 donos da justiça final e peremptória nesse país.

A sua sabatina foi histórica no quesito punhalada nas costas. Um dos Brutus que pulularam pela Câmara Alta da República foi o tucano Álvaro Dias que cravou seu voto em Fachin, ainda que ao arrepio de seu próprio partido.

E ele tentou justificar sua trairagem ontem mesmo: "Havia uma predisposição pelo veto à indicação do nobre sabatinado. Era um voto contra Dilma. Mesmo que o candidato ao STF fosse Ruy Barbosa, ele seria vetado".

Uma ova, seu Álvaro! Uma Ova! Ruy Barbosa não se submeteria a nenhuma sabatina nesse Senado. No máximo, Ruy faria uma Oração aos Jovens, alertando-os contra certo tipo de senadores que andam por aí. Mas, isso já passou. Alea jacta est.

Fachin é só mais um general nessa legião de 11 senhores de anéis, patrícios com capinhas de super-heróis que resumem a justiça nesse império do Cone Sul do mundo. Entre mortos e feridos, nesse Império da Justiça, nós relegados plebeus, estamos todos mortos e sepultados.

TOFFOLI JULGARÁ OS
DENUNCIADOS DA LAVA-JATO
E sabe o quê mais? Pois ontem, ninguém mais nem menos do que Dias Toffoli foi consagrado presidente da 2ª Turma do Supremo Tribunal do Governo. Não é nada, não é nada, a segunda turma do STF é que vai julgar os políticos denunciados pela Operação Lava-Jato.

CADÊ AS PROVAS, CADÊ?!?

Ontem, o Príncipe dos Sociólogos saltou das tamancas no programa tucano de TV.  Mandou ver: "Nunca antes nesse país se roubou tanto em nome de uma causa". E foi mais fundo ainda: "Os escândalos começaram no governo Lula".

Bem, se agora Lula da Silva não pedir para FHC provar o que disse, todo mundo vai ter que pensar que Lula não processa FHC por que ele está mesmo coberto de razão.

Em todo caso, os exércitos de fidelidade canina ao jeito político de Lula dirão que ele não viu o programa de ontem, não ouviu nada, não sabe de nada. E a criatura Dilma saltará em defesa do seu criador, vai querer as provas de que FHC disse mesmo o que disse: "Cadê as provas, cadê?!?".

De outra parte, é pra lá de certo que dessa vez Fernando Henrique Cardoso não vai pedir que esqueçam o que ele disse.

VOCÊ SABIA...
Que o governo tem nas mãos um exército fanático de 110 mil terceirizados, comodamente assentados em cargos comissionados?

O JUIZ DO BRASIL
NÃO ESTÁ SÓ!

Prestem atenção nisso aqui... O Ministério Público Federal usa, faz tempo, faz meses já, nas investigações das negociatas do BNDES, uma estratégia diferente da Operação Lava-Jato.

Em vez de concentrar todas as iniciativas em um só magistrado como é o caso do juiz Sérgio Moro, titular da Vara de Curitiba, o Ministério Público distribuiu sua atuação entre cinco juízes. Os mais de 60 pedidos de prisão no caso do BNDES foram feitos pelos cinco magistrados.

Dê no que der, aconteça o que tenha que acontecer, os brasileiros de boa índole já sabem agora que há mais que um único juiz honrado, decente, justo, equânime, probo e trabalhador nesse país.

Há muitos outros Sérgio Moro por esse Brasil afora e adentro. Os homens de bem já podem respirar mais aliviados. A justiça começa a entrar nos eixos nesse país. Talvez ela ainda tarde, mas está chegando o tempo em que não falhará.

Eu pedi sua atenção para isso: Sérgio Moro não está só nessa terra tomada de assalto por ídolos de pés de barro e pequenos ditadores disfarçados de lideranças sociais. A Justiça começa a tirar a venda dos olhos e a usar a espada como tem que ser usada.