O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

16 de nov de 2015

SEM TRÉGUAS
Dilma Vana, na Turquia, peremptória como sempre quando se trata de dizer o que os outros devem fazer, pediu "combate sem tréguas" ao terrorismo. Ela apenas repetiu mais ou menos a mesma coisa que bazofiou por aqui quando alardeou "combate sem tréguas" à corrupção. Dilma Vana, perdeu uma vez mais a chance de ser objetiva: bastaria mandar um dos exércitos de Lula para lá. Ou, uns três ou quatro... Primeiro, iria o exército de Stédile, depois o da CUT e logo em seguida, o exército dos movimentos sociais fantasmas. Isso seria até bom para revitalizar as forças dessas legiões depauperadas que, por aqui, já não metem medo e não fazem nem cócegas em ninguém.

INFLAÇÃO LUMINOSA DE 100%
Quando o governo, safardanamente, acendeu a tal de luz vermelha nas contas de energia, a gente passou a economizar o consumo pela metade. Mas as contas dobraram. Em dezembro do ano passado paguei R$ 118,24. A conta do mês de outubro deste glorioso 2015 chegou ontem: R$ 217,52. Simplesmente 100% de aumento, em dez meses. Minha aposentadoria teve 6,8% de aumento e a inflação anunciada com base no IPC nos últimos 12 meses é de 9,8% com sérias chances de ser tida e havida como 10% redondos. Ainda estou quebrando a cabeça para saber qual foi a parte que eu não entendi quando disseram que esse é um governo que não rouba e não deixa roubar. Em todo caso, dê uma olhada na sua conta de luz de um ano atrás e veja em quanto ficou a sua versão de mais esse outubro vermelho.

QUESTÃO DE ESTADO
No Brasil da Silva é assassinada uma pessoa a cada 9 minutos, coisa de 6 ou 7 por hora. Isso quer dizer assim por baixo, nada menos do que 144 mortos a cada 24 horas. Lá na França, o mundo desabou com 129 mortos e 200 feridos num dia de fúria do Estado Islâmico. Quer dizer, o Brasil sofre um atentado por dia igual ao de Paris. E o "combate sem tréguas" da Dilma ainda não deu as caras por aqui. Vai ver que é só porque o atentado que matou 129 lá em Paris foi concentrado e a grosa dos assassinatos diários por aqui é cometida em cascata, tipo assim efeito dominó: o pessoal é dizimado aos montes, mas de maneira sistemática. Quando a gente consegue contar dez minutos, já sabe que escapou com vida. Então, inda que mal pergunte o que é que o Estado Islâmico tem que o Estado brasileiro não tem?!?