O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

19 de nov de 2015


OS GASES SUBIRAM PARA A CABEÇA

Entrevistar assim, por entrevistar o Lula como fez o apresentador Roberto Dávila, é um descalabro jornalístico. Mas, quem entrevista FHC num dia, forçosamente tem que entrevistar Lula no outro... E assim foi nesta quarta-feira.

Eu assisti a um pedaço da, digamos, entrevista e saí em pedaços da sala. O Cara se livrou de um tumor maligno na garganta, mas os gases subiram para a cabeça.

Ele regorgou que acha "grave" que o mesmo critério adotado com ele não seja adotado com "os outros" pela Operação Lava Jato. Pô, os outros foram convocados a depor e muitos até já estão em cana... A cabeça do Lula está se traqueando: vai ver que ele quer ser preso.

Perguntado sobre a Operação Zelotes que investiga Luís Cláudio, seu filho, Lula voltou à lucidez do Lula de sempre, aquele que tira o corpo fora: "caberá a ele provar que é inocente". Pronto, Lula é ou não é o pai extremado de todos os brasileiros que não o comprometam?

E eu tive estômago ainda para ter a certeza de que os miolos do Metamorfose Ambulante estão fritos: questionado sobre sua candidatura em 2018, ele foi grandioso e munificente como quem sustenta uma cabeçorra que comporta qualquer abstração que pareça bom senso: "espero que o Brasil evolua tanto que eu não precise voltar".

Sumi da sala. Estou desde já sob a ameaça da volta de Lula. Com esse governo da sua criatura que aí está, o criador vai mostrar que tem tudo para ter que voltar. Ainda bem que me resta a certeza de que o bazofeiro Lula sabe lidar com a garganta, mas não consegue controlar as crises de flatulência mental.