O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

22 de out de 2015

O BRASILEIRO QUE NÃO TEM PREÇO

Dentre as coisas que o povo brasileiro mais gosta é ter um governo. É um povo quase ordeiro que adora ser governado. O brasileiro se acostumou com isso. É da sua natureza ter quem e o que resolva as coisas maiores e melhores por ele.

O povo respeita as instituições públicas, os aparelhos de governança, os gabinetes de fiscalização, os chamados organismos oficiais de defesa do cidadão.

Dentre as coisas que os políticos, as ditas autoridades, as chamadas forças vivas, os governantes mais gostam é que o povo brasileiro goste de ter governo e governantes.

O que os donos do poder mais abominam, em todos os seus escalões, do presidente da República ao barnabé da prefeitura de uma cidade de qualquer porte, é ver e sentir o povo organizado. É que um povo organizado é um povo independente, sem necessidade das benesses de governantes.

Eles se apequenam diante de um povo, diante de um homem sem ambições desmedidas, sem ganância por riqueza ou poder. Eles tremem diante de um povo que descobriu que políticos e governantes só tem conversa, cargos e carguinhos em profusão e dinheiro sujo para oferecer.

Os senhores dos anéis, das gravatas de etiquetas poliglotas e colarinhos brancos, têm pavor pelo povo ou por alguém do povo que nada lhes peça e que nada queira dessa democracia propineira em que seus donos compram sua amizade ou simpatia com cargos que nem são deles, são públicos e notórios; com dinheiro roubado do próprio povo.

Os que se apropriaram do Brasil e recriaram uma democracia caolha para eles mesmos, os corruptos mais que passivos sempre muito ativos sabem que o seu maior obstáculo, o seu maior perigo é o brasileiro íntegro, digno, honesto, um homem que não precisa e que nada quer do poderoso de plantão permanente que se acomodou nas cadeiras e balcões da máquina pública.

É que eles não podem comprar esse brasileiro. Um homem que nada quer, não tem preço. Experimente não querer nada dessa bagaceirada... No mesmo instante você saberá o que é mesmo essa tal de liberdade. E talvez até reinvente a democracia que este seu país precisa.

RODAPÉ - Se você pedir um emprego ou dinheiro para um desses pequenos grandes ditadores, eles farão das tripas coração para atendê-lo, desde que em troca você passe a ser mais um companheiro. E você será. Será, como eles, um bom companheiro; bom e batuta. Submisso e filhadamãe. Filhadamãe, mas pense na rima.

Peça a essa casta superior e impoluta, alguns serviços públicos essenciais como saúde, educação, transporte, segurança, igualdades sociais, justiça, qualidade de vida e você logo estará morrendo de saudade do futuro.