O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

19 de out de 2015


CRUCIAL PARA O BRASIL

Em vez de governar - coisa que não faz há muito tempo - Dilma Vana foi tratar de chumbregarias e torrar pelo menos 5 bilhões de dólares comprando caças de guerra, bons de briga, lá na Suécia.

Dentre outras parvoíces, como dizer que sente muito "ser um brasileiro" o presidente da Câmara dos Deputados do Brasil da Silva acusado lá fora de ser corrupto, Dilma teve a pachorra de soltar o despautério que "a CPMF é crucial para o Brasil".


Ora, a gente podia simplesmente dizer que crucial para o Brasil é ter um governo honesto. Mas, a indignação empurra e a gente acaba indo um pouquinho mais além das tamancas. Então vejamos, por que a CPMF, o imposto do achaque ao cheque, é "crucial"...

Bolas, porque vai arrecadar de 50 a 60 bilhões de reais dos brasileiros. Esses bilhões são um pouco menos do que a metade que os gatos comeram. E os gatos se refestelaram porque o governo se refestelou e deixou que se refestelassem.

Então agora, para Dilma e seus gatos pardos, é "crucial" a CPMF, como crucial é também o tal ajuste fiscal que precisa ultrapassar as frenéticas pedaladas que Dilma deu e continua dando em seus bordejos pela Esplanada, pelo Brasil e pelo mundo afora, onde anda aplicando calotes e prestando contas de contas mal contadas.

Crucial para o Brasil, é ter um governo que não minta e não deixe mentir; que não pedale e não deixe pedalar; que não arrombe e nem deixe arrombar. Um governo que honre a palavra do seu antigo, hoje relegado guerrilheiro de festim e ídolo de pés de barro, subchefe do Mensalão, Zé Dirceu.

E então que, em nome de sua biografia e de sua palavra de honra, este seja "um governo que não rouba e não deixa roubar". Isso é crucial. Simples assim.

RODAPÉ - Acho difícil que a palavra de Dirceu seja honrada assim, duma hora pra outra. Vejam que Dilma Vana não perdeu tempo e mentiu para os suecos que sabia pilotar o avião de combate. Até nesses momentos de puro deleite, a verdade é crucial.