O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

20 de out de 2015

CAMISA DE FORÇA, URGENTE!

Dilma Vana surtou lá na Finlândia: "Meu governo não tem corrupção".

Essa mulher não pode andar à solta por aí. Ela está mais maluca que a girafa da cerquinha. Ela disse isso lá na Finlândia. Deixou o dilmês de lado para se expressar em búlgaro, já que seu pai veio da Bulgária para o Brasil, onde a concebeu com pecado original.

O experimento linguístico foi só mais um delírio dessa cabeça de parafuso frouxo; é que o idioma falado na Finlândia não tem nada a ver com o búlgaro; tem tudo a ver com o húngaro.

Mas, para a criatura que aprende com o criador, tanto faz, ela mente sempre, em qualquer idioma.

Dilma Vana, despauteriou muito mais. Meteu os cachorros no Rui Falcão e disse que "o PT pode ter a opinião que quiser, mas não é a posição do governo".

E desancou também a oposição. No entanto, o que importa para o brasileiro comum que paga as contas mal-contadas dessa flagrante mentecapta, cuja mente nada capta, é que essa senhora não pode andar à solta por aí. É um perigo.

Toda criatura que não consegue perceber o que acontece diante, debaixo, dos lados, às costas ou à frente do seu próprio nariz, tem que ser internada. Urgentemente.

Não se trata de impeachment, coisa nenhuma. Não se trata de golpe, nem nada. O caso é pra camisa de força, urgente. Esqueçam o impeachment. Deixem o golpe pra lá. O caso é de internação no primeiro manicômio que houver por perto dela. De lá, ela pode continuar presidindo o Brasil até 2018. Ninguém vai notar diferença alguma.