O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

2 de out de 2015

A PERSISTIREM OS SINTOMAS
PROCUREM A PHARMÁCIA MAIS PRÓXIMA

Dilma, a Milagreira: tinha 39 ministérios que, só agora 5 anos depois, ela soube que eram caros e inúteis; anunciou que cortaria dez, criou dois, cortou oito e ficou com 31. Como Dilma não mente, em verdade, em verdade nos disse que cortou na própria carne 8 ministérios e que logo sete deles se fizeram verbo nas orações do PMDB.

Dilma, ao fim e ao cabo, confirmou apenas o que já se sabia: é ruim de português e muito pior em matemática. Na sua cartilha, 39 menos 10 é igual a 31.

E ela foi assim dizendo as coisas, sem um apito nas orelhas, sem um panelaço sequer, nem uma buzinadinha nas ruas...

Então, fico eu aqui só com uma frasezinha dela no meio do anúncio formal, lido em compasso de chá de camomila, dizendo que "vai" cortar 8 ministérios, 30 secretarias especiais, 3 mil cargos comissionados e reduzir em 20% os gastos com serviços de terceiros e aluguéis:  "A União não pode continuar sendo uma grande imobiliária".

Ah, não pode, mesmo Dilma. Não pode nem atrás da pharmácia! O diabo é que até agora pôde. E como podia! Literal e phisiologicamente podia, podia sempre, sem parar.

Então, o que se quer e se precisa saber é quem vai e quando vão devolver o dinheiro que foi desperdiçado durante esse tempo todo, sem a menor necessidade... Ou a reforma agora é que não tem necessidade nenhuma?!? Tá ficando tudo o mesmo do mesmo!

Pois, não é só esse dinheiro indigesto desperdiçado com essa tremenda má gestão que arromba e deixa arrombar o Brasil: cadê o dinheiro roubado nessa enorme indigestão que vem fazendo o país regurgitar desde os tempos da congestão que Lula deixou como herança do Mensalão, do Petrolão, do Eletrolão, do BNDESão?!?

Não basta fazer o Mea Culpa dos lindos dentões pra fora, não se arrepender e ainda querer cadeirinha no céu... Tem que pagar os pecados.

A persistirem os sintomas, chamem a força-tarefa da Lava Jato, por que assim como estava e deixaram ficar, esse país não tem remédio. Licencinha, vou até ali à primeira pharmácia, ver se a gente também pode poder um pouco. Nem tudo nessa vidinha brasileira é apito, buzina e panelaço. De vez em quando é preciso satisfazer as necessidades phisiológicas.