O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

19 de ago de 2016

OLIMPÍADA, ORA BOLAS!

BRASILÍMPICAS   X   CANADÁ

Nem bem tinha começado o jogo e, aos cinco minutos, o Canadá meteu uma bola no pau de Bárbara. Pau... Trave, bem entendido. Mas, de qualquer forma, foi a primeira dorzinha da disputa.

Aos 25 minutos, a Número 6 do Canadá furou a medalha de bronze das brazucas. Essa Seleção do Vadão está martirizada.

Acabou-se o que era doce e quem comeu regalou-se no primeiro tempo e no vestiário a bagunça iniciou-se. Todas as jogadoras brasileiras cometeram o erro fundamental de escutar as instruções do técnico Vadão.

Não adianta, por mais que se esforce, a Marta jamais será vaiada como Neymar. 

os 7 minutos do segundo tempo, por ironia do destino, o Canadá que tinha feito o primeiro gol com a N° 6, dobrou o placar. O gol foi da N° 12.

Aos 10 minutos, quase o terceiro gol canadense. Mas a atacante delas preferiu bater no pau outra vez. Como essas gurias gostam de bater ali...

Aos 33 minutos, Gol de Beatriza, a Bia. De virada, assim como se fosse o velho Dinamite. Mas, na verdade, percebe-se que para as mulheres brasileiras o que não é ouro é biju; o que não é primeiro é último. Ganhar ou perder dá no mesmo. Afinal, faltam só quatro anos para a próxima Olimpíada.

Coitada das meninas. Lutaram. Lutaram muito. Mas, não era judô, nem luta olímpica; era futebol. Deram azar. Foram disputar medalha logo no Itaquerão. Ali tem a caveira do burro enterrada. 

RODAPÉ - Falando sério. As meninas da seleção não tê,m culpa nenhuma. A culpa é do Brasil de cartola que não tem futebol feminino.