O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

19 de ago de 2016

INDA QUE MAL PERGUNTE...

O que é mais engraçado: 1) Marcha Atlética; 2)  Luta Olímpica? 3) A Carta da Dilma?

O que é mais chato: 1) Assistir toda a prova da Marcha Atlética; 2) toda a cobertura do porre dos nadadores americanos; 3) assistir a Dilma lendo toda a Carta do Tchau, Querida?

O que é mais esquisito: 1) A entrada em cena na pérgula da piscina das equipes do Nado Sincronizado; 2) aquele prendedor de roupa no nariz delas; 3) a cara de Sapiens da Dilma ensaiando a leitura da Carta Aberta?

O GARANHÃO, O ZORRO E A BURCA

O Garanhão de Pelotas me telefonou hoje pela manhã me contando que estava ontem no aeroporto de Frankfurt, numa escala a caminho da Turquia, quando ouviu o chanceler alemão querendo proibir o uso da burca no seu país. 

E, depois de aplaudir o político tedesco, o Garanhão foi logo se posicionando e pedindo que eu não deixasse de retransmitir sua visão sobre esses tais de usos e costumes que geram pequenos conflitos por esse mundo afora. Gravei o telefonema que, devidamente autorizado, agora reproduzo para vocês:

- Se eu fosse o Zé Serra, em nome do Itamaraty, eu proibiria o uso da burca no Brasil...
- Como assim, Garanhão; como e por quê?
- Pô, o Brasil é um país tropical. Burca por aí, é máscara.
- Máscara?
- Claro que é. Bolas, aquilo que o Zorro usava na cara nunca foi véu, nem burca, nem lá e nem em Caixa-Prego. Era máscara. A máscara do Zorro, pô!
- Peralá, Garanhão, o Zorro agia lá no Faroeste, pelas bandas do Texas, quase no México!
- Isso mesmo, mas lá ele era o "mocinho" podia usar máscara. Máscara, viu?!? Nunca se ouviu dizer "olha lá, o véu do Zorro! Olha lá, o Zorro de burca!"... Nunca!
- Mas, Garanhão...
- Não tem mas, nem meio mas, meu porta-voz... Caramba, você vê um grupo de burca aí em Brasília, pensa que é uma coisa e pode ser uma reunião de ministros do Supremo!
- Ah, mas o Toffoli todo mundo conhece; o Gilmar Mendes, o Fux, a Carmem Lúcia...
- Pó pará! Burca no Brasil é máscara. E máscara, por aí, desde meus tempos de guri medonho, sempre foi coisa de bandido. 

E mais não disse. Desligou às pressas, dizendo que o voo para Ankara estava quase partindo e ele ainda tinha que aguentar mais uma conexão para Istambul, onde gosta de relaxar e gozar na companhia de suas indefectíveis secretárias. Elas, por sinal já tinham despachado as malas e já estavam na aeronave.