O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

23 de ago de 2016

CONCLUSÃO OLÍMPICA 

Pronto, acabaram os Jogos do Rio-2016. Não houve atentado terrorista nenhum. No máximo, um que outro atentado ao pudor. Conclusão olímpica: o estado Islâmico é bom camarada; companheiro bom e batuta. 

E vocês, ingratos, devem agradecer essa jornada de paz à dona Dilma Vana que, quando ainda presidia o Brasil, discursou na ONU dizendo que era preciso dialogar com os terroristas:

“Lamento enormemente isso (ataques aéreos na Síria contra o EI). O Brasil sempre vai acreditar que a melhor forma é o diálogo, o acordo e a intermediação da ONU. Eu não acho que nós podemos deixar de considerar uma questão".

Agradeçam, pois, a paz e harmonia internacionais durante esses Jogos que nos foram dadas de mão beijada, pela Mulher Sapiens que, naquela última aparição global ainda deu uma estilingada no Conselho de Segurança, enquanto o conclamava a dialogar com os terroristas: 

"O Conselho de Segurança da ONU tem de ter maior representatividade, para impedir esta paralisia do Conselho diante do aumento dos conflitos em todas as regiões do mundo”.

Querem saber de mais uma coisa: só de me lembrar dessa cena me dá um acesso de loucura e uma vontade insana de virar senador e ir lá nessa quinta-feira só para votar em branco, ou anular meu voto. A favor da Dilma, nem que ela tussa!