O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

28 de abr de 2016

CRIME PREMEDITADO

Dilma Vana, Coração Que Abana, decidiu que não vai fazer transição com o vice Michel Temer. Grande coisa. Vai só repetir o gesto democrático do Figueiredo com Zé Sarney, em 1985. Mas ela vai mais além do que foi o general que gosta mais do cheiro dos cavalos do que das pessoas: Dilma baixou ordem no Planalto para deixar Temer sem informações sobre a administração. Pronto, mais que um boicote raivoso, isso é uma afronta ao país e aos mais de 205 milhões de brasileiros. E apenas mais um crime de improbidade administrativa. Um crime exasperado e tempestuosamente premeditado.

DILMA AMEAÇA FAZER TOUR MUNDIAL
PARA DEFENDER A TESE DO GOLPE

Já com um pé na porta dos fundos do Palácio e o outro no olho da rua, Dilma Vana ameaça fazer um tour pela América Latrina e pelo mundo afora, para "reforçar a tese do golpe".

Uma vez afastada, ela adverte, como quem dá uma ensinadela nos mais de 130 milhões de eleitores, que vai visitar países que têm chefes de Estado alinhados ao PT, tipo assim Uruguai, França, Itália...

É bom saber com que roupa ela vai; é bom saber desde já, de onde ela vai tirar dinheiro para essa volta ao mundo em 180 dias. De doações do Clube das Empreiteiras para palestras é que não vai: não há quem queira patrocinar uma conferência com Dilma. Ainda mais quando o tema a ser tratado - "Impeachment sem crime é golpe" - é a fórmula do contágio internacional do Mal de Lula, o Vírus do Avesso, aquele que diz uma coisa e todo mundo sabe que é outra.

Duvido e faço pouco que o dinheiro saia do bolso da Dilma; vai ser brabo de sair dali a grana suficiente para tanto: ela vai ter seu salário reduzido à metade. Dos canos americanos é que não sai uma miserável moedinha, nem que a Dilma tussa. Só se for do cartão corporativo do governo, mas cartão corporativo para quem está compulsoriamente afastada do governo é um escândalo. O diabo é que é só mais um...

Dilma Vana não pode viajar para lugar nenhum no avião presidencial, porque a aeronave é para presidentes no exercício do cargo e quem vai estar lá, sentadinho na cadeira dela, é o Michel Temer. O avião é dele e ninguém tasca.

Então, é bom ficar de olho nessa temporada turística, para ver quem vai patrocinar a farra dessa jornada mundial da Serenata do Adeus.

TEMER PROMETE O
FIM DA REELEIÇÃO

Michel Temer está prometendo anunciar o fim da reeleição já na cerimônia de sua posse na cadeira da Dilma Vana. Quem está gostando dessa cantilena são os tucanos. Daqui a dois anos eles podem abocanhar o Palácio do Planalto. Eu acho muito isso de acabar com a reeleição. Mas, é só meio bom.... Eu acho bom, mas é pouco.

Vai ser bom por inteiro, se a reeleição acabar em todos os níveis eleitorais e não só no pleito presidencial. Tem que acabar com a reeleição de cabo a rabo. Cinco anos de mandato pra todo mundo, sem direito a repeteco para presidente da República, governador, deputado estadual, federal, prefeito, vereador.

Isso acaba com o empreguismo, com a famigerada "estratégia de coalizão pela governabilidade"... Emprego público, só por concurso - única forma de implantação da verdadeira meritocracia. Fim de terceirizações. Fim de cargos em comissão. Fim do apadrinhamento e fim das quadrilhas que instalam o crime organizado dentro do Estado.