O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

19 de fev de 2015


VOCÊ SABIA?
Dilma Vana tem na mão quase 110 mil cargos comissionados para distribuir, por indicação e sem concurso a cabos eleitorais do PT e seus partidos associados. Os salários chegam a bater nos R$ 30 mil mensais. Inda que mal pergunte: onde foi parar a qualificação, a capacidade de prestar serviço público desse governo? Se você souber, por favor, não me diga. Avise ao setor de Recursos Humanos da Presidência da República. Os caras serão imediatamente demitidos.

ILICITAÇÃO EM FURNAS
Há uma licitação no ar para contrato de uma agência de publicidade para Furnas. Mais de duas dúzias das maiores agências do país estão se habilitando a meter a mão nesse bolo que passa de R$ 30 milhões por ano. Agora me digam, para o que é mesmo que Furnas precisa de propaganda.

CASO DE POLÍCIA
Que CPI do Petrolão qual o quê! A Petrobrás é só mais um caso de polícia. Ainda há, pasmem, muita roubalheira do mesmo porte para ser escarafunchada. É que a legião dos bandidos é muito maior que a dos mocinhos nesse Brasil da Silva. E o crime organizado dentro estado é como o câncer: evolui.

EXALTAÇÃO À DITADURA


O Brasil está mesmo fora de controle.

O maior carnaval do país exalta a figura de um ditador e leva para a avenida a história de um canalha que há 35 anos manda matar, prender e arrebentar o povo da Guiné Equatorial.

Só esse enredo já bastaria para desclassificar e impedir o desfile da Beija-Flor.

Mas, os pulhas que julgaram a cretinice, ainda tinham que dar a vitória para essa afronta, esse deboche à democracia. Isso, no entanto, não é de hoje.

Os bilhões de dólares em petróleo e os anos e anos de ditadura arregalaram os olhos de Lula que, de presidente, se fez operador e cumpanhêro do déspota Teodoro Obiang.

Esteve lá em 2011 e 2013.

A serviço da Odebrecht, uma das investigadas do Petrolão, Lula já visitou aquele país africano duas vezes desde 2011. 

Numa delas, em missão oficial, pediu para ser acompanhado por Alexandrino Alencar, diretor da empreiteira e um dos suspeitos de pagamento de propina para a Petrobras. 

Só  para que tenham uma ideia do escárnio da Beija-Flor: a Guiné Equatorial está classificada no 144º lugar no ranking mundial de Índice de Desenvolvimento Humano. Merecia mesmo vencer um carnaval no Brasil.

Escárnio da Beija-Flor e desleixo cúmplice do governo de uma democracia que não se respeita; de um governo que é capaz de proibir pau de selfie na passarela, mas permitir essa louvação apoteótica a uma ditadura.