O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

26 de fev de 2015

O FANFARRÃO MANDA ATACAR

"Nós também sabemos brigar!"... Ah, mas vai te catar, falastrão! Só mesmo coisa de Lula. Ele não pode ver uma plateia amestrada que começa a delirar. É um gabola, um fanfarrão. E sempre que diz uma coisa está dizendo outra.

Disse lá para a claque reunida num salão da ABI que "sabemos brigar, sobretudo se o exército de Stédille vai pras ruas". Pronto, ele lançou o terror para os brasileiros indignados que, pelas redes sociais, estão planejando em sair às ruas no dia 15 de março.

Dessa vez não foi uma bravata; foi uma ameaça. Convocou a pelegada para brigar por ele nas ruas - que nessas horas ele tem crises de Homem Invisível e cócegas nos pés. Na verdade, a incitação à violência é fácil de se fazer quando se tem capangas e guarda-costas às custas do erário público. Aí é fácil bancar o valentão.

E mais fácil ainda é desestabilizar um governo, mesmo - ou principalmente - que esse governo seja o da Dilma-2. Ele deu a nítida impressão de que deseja defender a Petrobrás. Não disse de quem. De quem, então cara-pálida? Quem foi que roubou lá dentro? Quem botou os ladrões lá dentro? Para quem os ladrões roubaram?

Foi só impressão. Ele estava lançando um toque de recolher para a mobilização dos brasileiros que já não suportam os senhores do crime organizado que saiu das ruas e se acomodou dentro do Estado. Ele disse uma coisa, mas pensou como black bloc para melar o movimento que está sendo preparado para o dia 15 de março.

Esse duelo vai ser notável. É uma luta dos companheiros de Lula contra os ladrões da Petrozorra. É uma cena diante de um espelho. Espero que nenhum dos litigantes errem um tapa em ninguém e, se sair tiro ainda que com bala de borracha, que estejam todos com a mira calibrada. Lula vai acabar sabendo que o exército de Stédille é só para batalhas autofágicas.