O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

16 de nov de 2014

QUIZ
Responda, sem piscar, quem mandou a Polícia Federal montar a Operação Lava Jato para investigar e prender os corruptos do Petrolão: 1) O presidente vitalício Lula da Silva; 2) Dilma Vana, a governanta do quarto governo Lula consecutivo; 3) Zé Eduardo Cardozo, ministro da Justiça do PT; 4) o juiz federal Sérgio Moro; 5) A mãe do Badanha?

O MAL

Vejam só o mal que o PMDB faz à democracia. À democracia... qualquer democracia. Ainda que seja esta democracia à brasileira, inventada no pós-Diretas Já e a partir de 1985, quando Sarney assumiu a Presidência da República dos Calamares que se estende até hoje, depois de passar por Collor, Itamar, FHC, Lula e Dilma. O PMDB já nem faz mal à democracia; é o mal da democracia.

Seu mais recente golpe ao regime que cuida da vida dos brasileiros garantiu Vital do Rêgo, engavetador-oficial de qualquer CPI que não faça bem ao governo no cargo vitalício de ministro do Tribunal de Contas da União. Esse tribunal é que vai avaliar as contas estrambólicas do governo do PT unha e carne com o PMDB.

Em contrapartida, o PMDB de Temer oferece de bandeja ao PMDB de Renan Calheiros, o ministro Zé Eduardo Cardozo, da Justiça de Dilma para o lugar deixado por Joaquim Barbosa no Supremo Tribunal Federal, onde vão cair todos os malfeitos e malfeitores dessa embananada República.

E estamos conversados. É assim, dominando as mais altas cortes de Justiça de um país que se consolidam os governos totalitários, as democraturas. Essa banda bandalha perdeu o medo de ter medo do povo brasileiro.

RANKING
Pelos dados da da organização canadense Trace Matrix, o Brasil é vice-campeão no ranking internacional de países que espalham a praga do suborno empresarial. Em um grupo de 185 países, a China fica em primeiro lugar e deixa para o Brasil o honroso segundo lugar na lista dos especialistas em propina. A Rússia não faz feio, está no 149° lugar e a China ostenta a 137ª colocação.

ANTES TARDE DO QUE NUNCA

Aécio Neves está só esperando que Dilma Vana refaça o seu ministério para que ele monte uma verdadeira Esplanada paralela.

Para cada ministro, Aécio diz que terá um "ministro" pra pegar no pé do titular governista. A ideia é marcar corpo a corpo cada ministro; monitorar item por item cada conta e cada decisão tomada em cada gabinete do governo até que chegue 2018.

Por que isso não foi feito desde 1985, quando Sarney começou essa baderna que têm sido esses governos, uma atrás do outro, é que ninguém consegue entender. Em todo caso, antes tarde do que nunca.

DE ROTINA
Neste sábado, Lula  se submeteu a mais um check-up médico. Coisa de rotina para quem extirpou um tumor maligno na garganta. De rotina também é a informação de que o exame não foi feito por nenhum médico cubano. Eles ainda não foram contratados pelo Sírio-Libanês.

MEDO E ALENTO
Sabe qual é o pavor dos empresários que estão sendo presos pela Operação Lava Jato é que aconteça com eles no Petrolão, o que aconteceu com os empresários no Mensalão: pegaram as maiores condenações e, ao contrário dos mensaleiros políticos, eles ainda continuam presos. O grande alento é que agora o Supremo Tribunal do Governo Federal está sob nova direção.

O GRANDE ALVO
Adivinhem só quem é, hoje, nesses tempos de cólera do Petrolão, o grande alvo da artilharia governista de desconstrução de biografias? Se você disser que é o juiz federal Sérgio Moro, vai ganhar e receber pelo correio uma caixa de fósforo vazia. É que eles já terão queimado a última cabeça de pau para acender o rastilho da dinamite que destrói quem não é da pandilha de sevandijas.

JUSTIÇA POR VENDETTA:
QUE ASSIM SEJA BEM-VINDA

De todos os erros e malfeitos de Lula, presidente vitalício da República, desde 2002, o que mais o atormenta hoje começou no seu primeiro ano de poder desmedido.

Foi quando ele fez um bonito para a nação e acabou com a greve salarial da Polícia Federal. O movimento paredista dos Intocáveis brasileiros já tinha nove meses de gestação quando Lula não deu bola para os gemidos daquele parto difícil e, acometido de uma ousadia impensável, o abortou.

De lá pra cá, de cada dez escândalos que explodem no governo do PT, PMDB & Associados, dez são abortados pela Polícia Federal. A oposição congressual nunca moveu uma palha contra a mixórdia generalizada da corrupção deslavada.

Se arrependimento matasse, Lula ao invés de acabar com a greve dos federais, teria criado uma CPMF, um imposto do cheque especial só para dar aumento de salário para a PF.

Não seria propina e facilitaria toda essa cultura mensaleira e petrozoneira que hoje assola o País dos Calamares, sob os cutucões dos Intocáveis.

Pobre Brasil que, para ter um vislumbre de justiça, precisa que ela venha por vingança. Mas que venha. Que assim seja. Amém. Que assim, por vendetta venha a essa pandilha de mafiosos; e que assim seja muito bem-vinda.

Não estranhe, por favor, o fato de que eu tenha me deixado tomar pelo espírito revanchista. É que não há melhor vingança do que a gente saber que está se vingando.

O que mais me dói na consciência cívica é que eu não tenha encontrado outra forma de me vingar das baixezas dessa elite bagaceira que tomou de assalto o meu país, sem cometer a vilania de estar adorando me vingar de cada um deles, de todos eles.