O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

13 de nov de 2014

ROBÔ PISA EM PEDRA FIRME NO ESPAÇO
E MANDA PRA TERRA O "CANTO DO COMETA"

Essa do jornal O Globo foi demais: "Sonda robô pousa em cometa a 500 Milhões de quilômetros da Terra". Até aqui tudo bem.

Nem mesmo a distância chega a assustar qualquer motorista paulistano, acostumado a 200 km de engarrafamento de manhã e outros 250 Km à tardinha.

O que "estarrece" qualquer terráqueo é o sutiã da notícia do jornal: "Pela primeira vez na história, uma 'máquina humana' pousa em um cometa". Epa! Como assim, "máquina humana"?...

Então o cachorro de Antônio Rogério Magri, aquele ministro do trabalho do breve e desarvorado governo de Fernandinho Beira-Collor, era gente mesmo, como ele sempre dizia. O Globo é o Magri da imprensa brasileira.

Mas, vamos ao que interessa. A notícia é a seguinte: a sonda espacial Rosetta, de naturalidade européia, viajou 6 milhões de quilômetros durante dez anos para chegar ao cometa 67-P, uma pedra de 4 km de extensão e formato irregular.

Mal aterrissou em pedra firme, já foi captando sons musicais que emitiu de imediato aos cientistas europeus que já estão chamando os ruídos da comunicação de "canto do cometa".

Para os monitores do robô Philae - que hoje habita o cometa - há fortes indícios de que se trate da banda de Bill Haley & His Comets. Há controvérsias.

Em todo caso, pelo sim e pelo não, já foi deflagrada a Operação Abafa, porque isso significaria que os americanos teriam chegado antes ao cometa, enquanto a nave da Agência Espacial Européia (ESA) estava viajando esse tempo todo em sua direção.

Assessores mais chegados dizem que, lá em Brisbane, Dilma teria levantado a hipótese remota de que pode se tratar também de restos de uma partitura musical de algum ancestral de Lula da Silva, pois ela sempre achou que ele é um cara do outro mundo.

Barack Obama, também cupulando na Austrália, até agora não se pronunciou. De qualquer maneira com a chegada do homem ao cometa, a vida por lá nunca mais vai ser a mesma.