O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

30 de abr de 2014


PF NO PÉ DE PADILHA
A Polícia Federal anda mesmo rebelde. Se continuar trabalhando assim desse jeito nessa tal Operação Lava Jato, o governo não vai saber mais o que fazer. Agora a PF descobriu que o charmoso doleiro Beto Youssef, uma espécie de Don Juan de lavanderia, tinha grande influência sobre Alexandre Padilha. O antigo ministro da Saúde de Dilma, hoje novel mancebo candidato ao governo de São Paulo por determinação de Lula, desmente: "Não tive nada com ele e juro que nunca mais vou ter".

MÚLTIPLA ESCOLHA
Assinale a opção que você considera mais correta: 1) Volta Lula; 2) Sai Dilma; 3) Deixa assim como tá; 4) Livrai-nos Deus desse par de vasos.

REGALIAS E LIBERDADE
E então um grupo de parlamentares foi ontem até a Papuda para verificar se Zé Dirceu e outros mensaleiros de somenos notoriedade gozam de regalias na cadeia. Como era de se esperar os governistas acharam que não e os opositores acharam que sim. Até aí morreu o Neves. A notícia mesmo é que o grupo voltou de lá, livre, leve e solto.

COPA, SIM; COPA, NÃO
Entrementes, se deu em São Paulo mais uma manifestação contra a Copa do Mundo. Ia tudo numa boa quando os blackbostas entraram em ação no meio de cerca de mil manifestantes e sabe lá você o que foi que eles fizeram? Você não vai acreditar: queimaram álbuns de figurinhas! E agora, o que será que a Fifa vai fazer, chutará o traseiro de um ministro? Haverá Copa, não haverá? Ó céus! Ó vida!

CHAMA A CAVALARIA
São Paulo anda bem agitadinha; é a legítima capital do estado precário dos paulistanos. Ontem fechou o pau entre sem-tetos e parlamentares representantes do hilário prefeito HaHaHaddad que não consegue emplacar o plano diretor que prometeu para ser eleito. Está na hora de chamar a cavalaria rusticana. O Exército existe no Brasil da Silva para isso mesmo. E para algumas missões impossíveis na PTbrás também.

CUBANOS ATENCIOSOS
Dilma, só para não falar em pesquisas, trocou de assunto e disse como quem tem o domínio dos fatos que os brasileiros preferem ser tratados por médicos cubanos. E, sem perder a ternura, foi dura com os doutores nativos: "é que os cubanos são mais atenciosos que os brasileiros". Ah, tá. Então é por isso que no outro dia Lula ficou tonto e correu para o Sírio-Libanês. Vai ver que lá ninguém fala a voz rouca das ruas. Quero só ver se, na hora de medir a pressão arterial, Dilma vai chamar um médico de Cuba. Ah, sim... Os médicos brasileiros agradecem o elogio e mandam avisar que nas eleições de outubro vão escolher para presidente alguém que seja mais atencioso.

QUE PAÍS...
Terceiro milênio, Século 21 e um seminário no Rio debate limites entre a privacidade e a censura de imprensa. Parece mentira, mas esse é o Brasil da Silva. Tem 514 anos de história e ainda não sabe os limites das verdades de uma democracia, a liberdade de pensamento e de expressão.

ALGO VAI MAL
Não é por nada, mas o governo vai aumentar os impostos sobre a cerveja e o refrigerante. É assim que vai se consolidando a inflação que Guido Mantega, em nome de Dilma, diz que não existe. Alguma coisa vai muito mal num país na hora em que o governo começa mexer no preço da cerveja e do combustível. Ou você já esqueceu que a gasolina subiu na bomba do posto de serviço aí da rua onde você mora?

A PRESSA DE RENAN
Renan Calheiros que não queria a CPI da PTbrás exclusiva, agora tem pressa e quer que ela comece na terça-feira. É que agora tá tudo dominado. O relator e o presidente são do PT e do PMDB; dos 13 membros viris e varonis da comissão, dez são gente boa e três da oposição. Como há a possibilidade de que a CPI seja mista - mistureba de senadores e deputados - Renan agora tem pressa. Essa CPI tem que terminar em pizza, ora bolas. Tomara que comece logo para terminar logo. A PTbrás tem que ir mesmo é para uma Delegacia de Polícia.

DUAS COISINHAS

Dilma e Lula - ela mais que ele - têm mesmo que reduzir os cambalachos da PTbrás a duas reles coisinhas sem importância.

A primeira, é que a negociata foi só com a refinaria de Pasadena e não uma prática constante e abusiva de trambiques por onde quer que haja uma refinaria plantada pelo mundo afora.

A segunda, é que quem meteu a mão e assinou sem ler direito os documentos de compra, venda e remelexos não foi a Dilma, foram o Paulinho e o Cerveró, dois lobistas subalternos mais espertos que Lula, então presidente da República e mais espertos ainda do que a própria Dilma, uma simples president@ do Conselho de Administração da PTbrás.