O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

30 de abr de 2014

JANTAR ESPORTIVO

Nesta terça-feira, Dilma Vana jantou com jornalistas esportivos. Foi para para conversar sobre a Copa das Copas do que para comer o que vinha da cozinha do Palácio. De novidade, nada: apenas que ela jura não estar preocupada com a campanha "Volta Lula".

Ela faz de conta que não se trata de uma onda cada vez mais crescente de um sonoro "Sai Dilma". Se algo de novo foi visto e ouvido na azáfama de cruzar talheres, foi que Dilma está arranjando uma nova desculpa para os atrasos e as gastanças com as obras da Copa.

Ela disse que "se dependesse do meu governo, a Copa seria feita com seis estádios; existem 12 porque a Fifa negociou diretamente com os governadores estaduais". Ah, tá.

DIRCEU VAI BEM, OBRIGADO

Zé Dirceu aproveitou a visita  dos deputados da Comissão de Direito Humanos para se queixar do regime a que está submetido na Papuda.

Não resmunga contra as condições carcerárias - nem poderia, pois se falar muito acaba sendo tratado como os demais presos de lá - Dirceu reclama é do que chama de "regime fechado".

Ele só não falou porque perdeu até aqui os direitos e benefícios do regime semiaberto a que foi condenado. Quis bancar o bodoso, pulou a cerca e acabou levando a pior.

O que dá pena na gente é ver que a Justiça está impedindo Dirceu de fazer o que ele mais gosta na vida: trabalhar; trabalhar por um salário titica como o de qualquer trabalhador brasileiro de verdade.

A propósito, já que a Câmara foi visitar Dirceu, está mais do que na hora da OAB dar um pulinho até a Papuda para verificar se faz bem à Ordem e à classe dos advogados ter um colega condenado por corrupção e formação de quadrilha.