O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

25 de jul de 2016

OLHA SÓ A CARA DE ENTUSIASMO DE LULA
Isso aí foi o lançamento da candidatura de Fernandinho HaHaHaddad, invencionice de Lula, a reprefeito de São Paulo.

ENCOLHER O ESTADO
Diante de um Estado bandido não há outra saída a não ser reduzir o tamanho da máquina administrativa do governo. Diminuir o tamanho do Estado e limitar o poder das instituições que estão a seu serviço. Em um Estado que deveria ser laico, o governo é Deus.

ALEXANDRE, O GRANDE
IMITA O CARDOZÃO

Nesta segunda-feira, uma rebelião na penitenciária de Caruaru, resultou em seis mortos e onze feridos. 

A capacidade do presídio é para 350 detentos, mas ele abriga hoje mais de 1.400 presos. Isso é que é ressocialização. 

E, para que a gente não esqueça o pusilânime Zé Eduardo Cardozo, advogado-geral de Dilma, esse Alexandre, o Grande, ministro da Justiça de Michel Miguel, tem a mesma obrigação de reformular o sistema penitenciário e, pelo visto, tem também a mesma incapacidade do seu antecessor para cumprir com as suas obrigações.

PAGA E NÃO BUFA!
Dilma pediu e levou: foi prorrogado por 30 dias o prazo para apresentação da sua defesa das contas do seu governo em 2015. É interessante de se ver, mas não é surpresa nenhuma, que Dilma esteja querendo acabar logo com "a agonia" do impeachment, mas não se importe em prolongar para todo o sempre o pagamento das contas que ela ficou devendo ao país. Paga e não bufa, madame!

UM QUARTO DOS PRESIDENTES
Que maravilha! 45 chefes de Estado já confirmaram presença nos Jogos Olímpicos do Rio. Isso quer dizer um quarto apenas dos presidentes que proliferam por esse mundo de Deus, Moisés e Alálaô, ô, ô, ô, ôôô. Tradução: a turma que não vem gosta mesmo é de governar; que três em cada quatro líderes mundiais acham que esporte é coisa de quem não tem nada melhor para fazer pelo seu povo. 

OITO ANOS DE
INCOMPETÊNCIA

O Brasil da Silva, aquele que a pandilha de espertalhões apresentou ao COI para trazer os jogos para cá, teve oito anos para organizar a Olimpíada. Agora, a oito dias de começar a competição, a Vila Olímpica é um desastre. 


Falta, água, falta luz, falta gás, falta organização e sobra aparatos de segurança nem tão seguros assim. As delegações da Inglaterra e dos Estados Unidos, acham a mesma coisa que a Austrália achou. Só que a Austrália decidiu que não fica nas instalações oficiais que o Brasil lhe oferece por medo de estalações e outros riscos. 

Agora vem o Nuzman, porta-voz da comandita que trouxe esses inoportunos Jogos para cá, dizer que "todas as Vilas Olímpicas apresentaram problemas. Todas"! Mentira. Mentira deslavada. 

Eu estive na Vila Olímpica da Grécia, em Atenas-2004 e não havia um único problema dessa natureza. 

O que pode haver de similitude entre os Jogos da Grécia e estes aqui no Rio de Janeiro, é o legado de dívidas e os prejuízos que cairão sobre as nossas costas, como caíram nas costas do povo grego.

PREPARE-SE PARA DEPOIS DA ELEIÇÃO
FAZER COMO FAZ O PORCO-ESPINHO

Prepare o bolso e a alma para depois das eleições. Vem aí o pacotão de maldades do governo-tampão. A coisa vai ficar feia. Nem vai ser tanto por querer, mas por absoluta consequência inevitável do destrambelho estabelecido pelos 13 anos e meio de PT no poder. 

Lula e Dilma, como prometeram, fizeram o diabo para ficar no governo. E, se vocês não estão lembrados, dá licença de contar: o Michel Temer esteve sempre junto com eles, até os gorgulhos, companheiros. 

O tempo é a única saída que nos resta. Embora curto, até 2018 o tempo nos dará tempo para dar um jeito de moralizar os partidos políticos - acabar com 98% deles, quem sabe até voltar ao bipartidarismo - e nos dará chance também de escolher quem deve ser escolhido para candidatar-se a presidente dessa República. 

E mais do que isso, por enquanto, nada se tem para fazer. Quem sabe, em último caso, denunciar para o Estado Islâmico que Lula, Dilma, Aécio, Marina, Alckmin, Ciro, Serra, Bolsonaro e similares andaram ofendendo e maldizendo Maomé... 

Em todo caso, para depois das eleições de outubro, prepare o bolso e a alma que por aí vem chumbo grosso. 

Eu diria até que o melhor seria a gente preparar o nosso pior e mais espevitado espírito de porco. E então, quando chegar a hora, fazermos como o porco-espinho quando faz amor com a porca-espinho: com muito cuidado.