O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

1 de jan de 2015

COISA NOVA NO VELHO
NÃO FAZ COISA NOVA

Tô nem se vai ser a posse da posse da Dilma pela Dilma. A tropa de mobilização do PT não me atingiu, seus ônibus não passam por aqui, seu lanche não me interessa e essa cerimônia muito menos.

A propósito, quem sobe a rampa é rampeiro. E se quem subir for mulher, o que será? Tô nem aí, uma coisa é certa, se ela subir devagar, você poderá chamá-la de lerda. Tomara que suba.

Droga, tanto faz. O que eu quero dizer é que Dilma vai subir a rampa depois de ter constituído às pressas o seu novo ministério.  Novo, vírgula: seminovo. Tem um monte de peça velha; de ministro de segunda-mão. Ponto final. Ponto final e reticências que sempre cabe mais um...

O que interessa é que ela não me inclua – e não inclua vocês - no bloco daqueles tontos, amigos da Zorra, que pensam que pelo fato de colocar um nome novo numa coisa velha, Dilma concebeu alguma coisa nova.


O que preocupa gente minha gentil que não entra nesse ardil, é que a massa de manobra é tão ignara que prefere ficar sempre com o novo, em vez de ficar com o que é melhor. Se tiver ônibus de graça, lanche numa boa e um bônus-transporte a mais, aí então aí mesmo é que nem se fala.