O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

15 de mar de 2015

MÍDIA AMESTRADA QUER
CONDENAR MOVIMENTO AO FRACASSO

A grande mídia, bem patrocinada, só se refere ao movimento popular deste domingo, como "protestos contra o impeachment".
Não é isso, nem deve ser. Os que estão pedindo o impeachment representa menos de 1/3 dos manifestantes de hoje. O resto sai às ruas contra o governo e a corrupção.
Creditar a mobilização ao pedido de impeachment é condenar o movimento de hoje, um dia de exercício da democracia, a um grande fracasso.
O impeachment, não sai agora. Não sairia, mesmo que fosse o desejo de 100% dos que hoje vãos às ruas, sem camisetas vermelhas e sem a estrela gananciosa.
O impeachment pode ser 100% do sonho brasileiro, mas não é agora que vai se tornar realidade. O regime de governo, o aparelhamento do Estado, a submissão dos três Poderes constituídos ao governo invisível, desmancham essa quimera.
O que se quer e pode ser feito já é fazer com que o governo, volte a temer a voz rouca das ruas, se endireite e comece a trabalhar; o que se quer é romper a corrente de corrupção que aprisiona o Brasil.
O que se quer é que o dinheiro dos impostos deixem de pagar os salários dos cabos-eleitorais que se penduram nos cabides do Estado e sejam devolvidos a nós em bons serviços de educação, saúde, transporte, segurança, justiça e igualdades sociais.
Isso é possível. Eu creio nisso. O impeachment dessa Dilma cujo governo hoje tem apenas 7% de aprovação, será a consequência inevitável de vocês todos que estão nas ruas de todo o país.