O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

3 de fev de 2015

INDA QUE MAL PERGUNTE...
Hoje, 3 de fevereiro de 2015. Inda que mal pergunte: o que foi mesmo que o governo seminovo Dilma-2 fez de bom e produtivo pelo Brasil até agora? No seu modo de ver as coisas, quando é que você acha que esse governo de ideias de segunda-mão vai começar?

QUE PRENSA
Veja só a prensa em que Dilma Coração Ambivalente & Combalido está metida: Eduardo Cunha, o novo dono da Câmara dos Deputados quer porque quer que Henrique Alves seja nomeado já como ministro de alguma coisa. E Cunha já tem dois alvos fixos para derrubar logo, logo: Aloízio Mercadante e Pepe Vargas. Dentro dessa canoa furada, Dilma Vana já escuta o famoso "dá, ou desce!".

BURRICE POLÍTICA

Ao alvejar Mercadante, o novo vice-rei do Parlamento - rei mesmo é Renan Calheiros - pode estar dando um tiro no pé. É que derrubando Mercadante, Eduardo Cunha estará fazendo as vontades de Lula que foi menosprezado pelo papagaio de pirata de Dilma nesse processo sucessório no Congresso.

Lula põe na conta de Mercadante a principal razão do fracasso do PT que ficou de fora de tudo e mais recolhido que cabeça de tartaruga assustada. Nessa história, brincando, brincando, o partido de Lula perdeu mais de uma centena de cargos de gordos salários na Câmara, sem contar que nem vai sentar à mesa diretora da Casa.

Lula chora as mágoas e diz, intramuros no seu instituto inútil para causas sociais que Dilma e Mercadante não tiveram "humildade e nem inteligência política". Epa! Chamou a criatura de burra. De vez em quando, o Cara dá  uma dentro.

CUNHA MIRA O NOVO PL DE KASSAB
Eduardo Cunha não é bobo. Uma das primeiras ações de sua gestão é impedir a criação do novo PL partido que Gilberto Kassab, agora ministro, está criando por inspiração de Dilma Vana para enfraquecer o PMDB. Essa estratégia foi uma das causas da derrota acachapante do governo no Domingos das Traíras lá no Congresso.

EMPREITEIRO PREMIADO
ENTREGOU RENATO DUQUE

Começou bem o episódio da Série Empreiteiros Premiados.

Nesta segunda-feira, Augusto Ribeiro de Mendonça, dono da Toyo Setal, na condição de delator premiado, passou para a Polícia Federal notas fiscais e contratos que comprovam o pagamento de propina a Renato Duque.


Este senhor, afilhado do Zé Dirceu que ainda apitava alguma coisa nessa República, segundo Mendonça, usava empresas de fachada para maquiar os repasses de dinheiro que faziam chover na sua horta.

Para o Ministério Público, Renato Duque, ex-diretor de Serviços da Petrobras, captou mais de 650 milhões de reais em propina.


Então, inda que mal pergunte: você acha que esse cara tem que ser preso, ou devolver os 650 milhões com juros e correção?

Quem sabe, as duas coisas?!?

Quanto a Augusto Mendonça, sua palavra vale quanto pesa: é  um delator premiado. E delator premiado não mente.

Parece mentira, mas é a triste verdade: delator premiado é hoje uma das figuras mais dignas e confiáveis desta triste sociedade brasileira que os redemocratizadores da República criaram.