O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

22 de abr de 2015

AS DUAS NAÇÕES

Dilma Vana sancionou a proposta que triplicou o repasse de grana pública para os partidos políticos. As facções vão repartir entre si nada menos do que R$ 867, 5 milhões que deixam de ir para saúde, educação, transporte, segurança. Se fosse o fim do fator previdenciário, Dilma Vana teria vetado Enquanto isso, o juiz Sergio Moro prorrogou por cinco dias a cadeia para a cunhada mentirosa de Vaccari. Ela vai ter que dizer de novo que não depositou mesada para a sua irmã, por acaso mulher do velho tesoureiro do PT. Ela foi filmada fazendo isso. E assim é que continuamos aqui, como habitantes assistentes do Brasil do PT e do Brasil da Lava-Jato.

SE A MODA PEGA
Então, Marice Corrêa levou uma cadeia de mais cinco dias porque mentiu para o juiz. Avisem isso para a dona Dilma Vana. Ela que não se atreva a repetir agora para mais de 200 milhões de brasileiros o que disse em campanha para se reeleger. Se a moda pega... A criatura tão cedo não veria a luz do sol.

O BOM COMBATE
O Exército que está em guerra contra a dengue em São Paulo, é pau pra toda obra nesse governo em que a Defesa Civil chega sempre depois. Agora o Exército brasileiro vai ajudar na limpeza de Xanxerê, em Santa Catarina, a cidade que a natureza destruiu, decerto por intriga da oposição.

REABILITAÇÃO
Voltou a levitar o sorriso otimista de Joaquim Levy. Ele já aprovou por antecipação o balanço auditado da Petrobras pela Petrobras que, vai ser apresentado hoje com quatro meses de atraso. Para ele, o balanço vai reabilitar a Petrobras. É como se a Casa do Petróleo de Lula, Dilma e diretores nomeados pela dupla dinâmica, tivesse curtido uma temporada como reabilitanda no Complexo da Papuda e agora ganhasse liberdade condicional. É o primeiro caso de reabilitação que se conhece nos últimos 12 anos.

VACCARI NÃO TUGE NEM MUGE

Não contem que Vaccari vá apunhalar Lula pelas costas. Tudo que ele é deve ao presidente de honra do PT, partido que lhe confiou a chave do cofre. Vaccari só não foi presidente da Caixa porque não tinha curso superior. E no Brasil da Silva é assim mesmo, o cara sem diploma universitário pode ser presidente do País, mas não pode presidir uma instituição bancária.

O velho tesoureiro vai amargar em silêncio, mais do que já amargou com o escândalo da Bancoop, mas as apostas são de que ele não será um delator premiado.

Recados e sinais de fumaça têm sido emitidos à distância para que ele se mantenha, pois tudo que disser poderá ser usado contra ele. É pouco provável que ele receba por telefone o código do silêncio "tamo junto nessa, companheiro!".

A pandilha acha que Vaccari não tuge nem muge. O medo maior é que a família de Vaccari jogue a porcaria toda na pá do ventilador. Providências já estão sendo tomadas.

DIRCEU FEZ LOBBY PARA
A CAMARGO CORRÊA

Julio Camargo, executivo da Toyo Setal e delator premiado, disse em 8 de abril em depoimento à Operação Lava-Jato que Zé Dirceu fez lobby por contrato na Petrobras. Camargo disse que o chefe dos mensaleiros, hoje em prisão domiciliar, interveio pela contratação da empresa junto ao ex-presidente da Petrozorra, Sérgio Gabrielli. Dirceu e Gabrielli, negam. Mas quem tem a delação premiada é Julio Camargo. Acredite em quem quiser. Mais cedo ou mais tarde, a Lava-Jato coloca a dupla em pratos limpos. E traça.