O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

31 de ago de 2014

O AVAÍ É AQUI
Não há forças ocultas, nem time algum na face da Terra, nem mesmo o Íbis, o time mais perdedor do mundo que consiga fazer algo para devolver o meu Vasco da Gama, aquele antigo e saudoso Expresso da Vitória, para Série-A do futebol brasileiro. Não há, pois, como agradecer ao denodado Avaí aqueles 5 a 0 de ontem. Foi tudo muito natural, muito na justa medida do Vasco. Na Série-B o Vasco é o Vasco e o resto é o resto. E o Avaí é aqui... Em São Januário.

PERIGO VERDE
O único grande risco que o Vasco da Gama corre na Segundona do Brasileirão se chama Palmeiras. O time verdoengo paulista está fazendo de tudo para descer de categoria nessa temporada e abocanhar dos vascaínos o vice-campeonato da 2ª Divisão no ano que vem. A coisa é tão descarada que ontem o Palmeiras conseguiu perder de 1 a 0 até para o Internacional.

TERCEIRA VIA

Com Marina Morena Verde da Silva bombando nas pesquisas e nas redes sociais, Geraldo Alckmin diz que acredita na virada de Aécio Neto de Neves.

Se é a virada que a gente ficou pensando, Aécio vai voltar a surfar naquela onda em que Marta gostava de perguntar "é casado, tem filhos?"...

A chance de Aécio, a esta altura do campeonato é Dilma Vana. Bota a president@ em terceiro e ele vai para o segundo turno com Marina verde.

OUTUBRO VERDE
Já não é tão provável, como vinha sendo, Lula da Silva substituir Dilma Vana na candidatura ao Palácio do Planalto. É que pesquisas internas revelaram que a onda marineira é tão grande que nem o imbatível Lula venceria Marina Morena, nestas eleições. O outubro vermelho agora virou outubro verde. Aécio não demonstra, mas anda roxo de raiva.

TODO CUIDADO É POUCO
Não é nada, não é nada, não é nada mesmo. Mas, há que se reconhecer, como a morte deu vida nova a Marina Silva. Resta esperar que a concorrência agora não caia na asneira de inventar um factóide das mesmas proporções para dar a virada em cima da nova sensação de outubro. Por via das dúvidas aéreas é bom diminuir a agenda de voos nessa reta de campanha, posto que em política tudo é possível, inclusive, tudo e mais um pouco.

BARBOSA, O COMUM

Joaquim Barbosa cansou e pediu pra sair do jogo pesado no Supremo Tribunal Federal. Já não é mais aquele fenômeno do twitter e das redes sociais que era antes.

Barbosa não entendeu que era, no Supremo, a última esperança de Justiça para os brasileiros. Ao trocar a toga dos supremos julgadores pela capa do homem comum, Joaquim Barbosa perdeu todo o charme, a beleza e o veneno do poder constituído.

Hoje, ele é gente como a gente. Se for a um jogo do Grêmio periga ser hostilizado por uma torcedora fanática pelas suas cores. Ser uma pessoa comum, aqui no Brasil da Silva, não quer dizer nada e vale muito menos.

VAI TRABALHAR, ZÉ DIRCEU

Ei, o que foi mesmo que Zé Dirceu quis dizer ao chamar Marina de "Lula de saias"?

Acabou ofendendo aos dois: Marina não gostou de ser confundida com Lula, sabe ler, escrever e é professora; Lula detestou essa sua versão fashion porque, se um dia andou de saias, ninguém precisava saber e nem vestiria os modelitos marineiros.

Em todo caso, o palpite de Dirceu serviu para despertar a imaginações de todos os brasileiros, até mesmo das pessoas mais comuns.

O caricaturista genial Chico Caruso, não perdoou e já botou Lula de saias. Repare, no entanto, que em nada se parece com Marina Morena.

Sei lá, não sei porque os joelhos desse Lula de saias me lembraram Nara leão, a Musa da Bossa-Nova.

Bolas, carambolas! Esse Dirceu tem mais é que prestar atenção ao trabalho, ou acaba voltando para o regime que o faz dormir numa cama, daquelas de pau, lá na Papuda.

SEM NOÇÃO
Completamente sem noção, Luciana Genro ficou desconsolada porque ninguém lhe fez perguntas durante o debate dos presidenciáveis na TV  Bandeirantes. É que ninguém sabia o que é mesmo que Luciana Genro estava fazendo ali. Só ficaram sabendo que ela é candidata à Presidência da República, agora, que ela anda reclamando por aí a falta de curiosidade dos eleitores brasileiros.

NADA DE NOVO
In Memorian/Vilmar Tavares
E você está muito curioso com o desempenho da seleção de Dunga nos dois amistosos que vêm por aí? Calma, calma....

Primeiro, os jogos são por rapadura; segundo, nada mudou no futebol brasileiro.

A Copa das Copas não nos deixou legado nenhum.

Só serviu para nos baixar a crista com a morte do galo Felipão e ressuscitar Dunga, o "anão nada diplomático".

Experimente tirar Neymar fora desse time e você vai ver só no que vai dar. Estamos vivendo no mundo da bola, o mais profundo complexo de vira-lata.

30 de ago de 2014

E porque hoje é sábado...

É A ISSO QUE ME REFIRO

Há uma semana, em Novo Hamburgo, durante a "inauguração" de mais um palanque do sistema de trens urbanos, Dilma Vana provocada a falar sobre o fator previdenciário, foi peremptória e ferina como um Tarso Genro vestido de prenda: "Não vou acabar com o fator previdenciário no segundo mandato e nem tratei dessa questão". 

Então, tá. Fiquem todos sabendo desde já que nem é porque Dilma seja a dona do Brasil, é mesmo porque se trata do regime petista de governar. É, como sempre diz Marta Suplicy, "o jeito de governar que Lula nos ensinou".

Mais quatro anos desse governo e nenhum aposentado nesse País vai ganhar mais do que um salário mínimo. Esta é a meta cubana que o governo Dilma estabeleceu para qualquer idoso que tenha se aposentado com mais de um salário por mês.

Então, meus velhos e antigos brasileiros, hoje carcomidos pela ditadura do fator previdenciário, avisem seus cônjuges, seus filhos, seus netos que vocês não valem nada e, porque viveram e trabalharam com dignidade a vida inteira, hoje não poderão garantir-lhes nem sequer o pão que sempre repartiram em família.

Sim, sim, a gente sabe. Eles hoje nem precisam mais da gente, como o governo Dilma também acha que não precisa do voto dos velhos. É que são todos - esses jovens que tão bem os aposentados querem - meio terceirizados na coisa pública, sem concurso e sem diploma, posto que ostentam quase todos, a carteirinha do partido.

Mas, os velhinhos são do tempo em que toma-lá, dá-cá era uma vergonha.

Eles só não têm hoje a mesma força que tinham quando deram duro para que as gerações que aí estão tivessem o gosto e a esperança de viver num mundo igual e com justiça para todos. É por isso que, no máximo, eles só podem hoje diante de uma urna, enfiar-lhe uma bengala em vez de um voto.

Então, meu velho, só por saber disso tudo, você já está com a alma lavada. E o bolso vazio. E o pé na cova. E o velho voto na mão. Use-o como se fosse uma bengala. Com a maior dignidade que uma bengala possa representar.

Ah, sim. Sempre que puder explique a cada um de seus parentes e amigos como você é um sub-cidadão falido que trabalhou a vida inteira e que gastou metade desse tempo pagando impostos para sustentar a máquina pública desses entes superiores que têm meia dúzia de aposentadorias, salários de reis, cabeça de amebas e insensibilidade de malfeitores convictos.

Sabe aquele pé na cova que eles reservaram pra você? Pois, em 5 de outubro, enfie no traseiro deles. É a isso que me refiro.
DÁ MARINA NO SEGUNDO TURNO

Porque hoje é sábado, amanhã é domingo
A vida vem em ondas, com Marina entre os primeiros
E logo seremos todos marineiros

E eis, de repente, não mais que de repente, o Datafolha uma vez mais: Marina Morena e Dilma Vana estão empatadas com 34% de segundas intenções de votos.

Aécio Neto de Neves tem 15%. Não demora nada vai empatar com o Pastor Everaldo.

Se as eleições fossem hoje, não seriam decididas hoje; só depois, no segundo turno.

E aí, Marina Morena Verde da Silva chegaria à Presidência da República com uma goleada de 50% por 40% em cima de Dilma Vana.

E o Brasil da Silva será então rebatizado como Brasil da Silva II.

LULA NÃO PEDE 
VOTOS PARA MARINA

A coisa está ficando cada vez melhor para Marina Morena Verde da Silva. Agora mesmo, o TSE mandou tirar imediatamente do You Tube um vídeo em que Lula aparece pedindo votos para Marina. O vídeo era "editado".

Ficou provado que Lula não pedia votos para Marina Silva e sim para uma versão petista de Marina, uma Sant'Anna que pretende ser senadora lá por Goiás.

O bom disso tudo é que os eleitores ficaram sabendo que Lula - cabo eleitoral de Padilha que não sai dos 5% em São Paulo e carregador do piano de Dilma que despenca nas pesquisas - não pede votos para Marina Morena Verde da Silva. Que fase, essa de Marina! Está dando tudo certo.

ENTREMENTES...
Foto/In memorian-Vilmar Tavares
Enquanto, o governo anuncia Um salário de R$ 788,06; enquanto, por honra e glória de FHC, Lula manteve e Dilma consagrou o fator previdenciário que achincalha os aposentados desse País, os ministros do STF usando seu poder supremo concederam-se aumento de salário: pulam de R$ 29 mil e uns quebrados, para folgados R$ 36 mil.

E só para não perder a viagem, a remuneração dos diretores da Petrobrás teve um reajuste de 43%. O abuso é o sinal mais claro e prepotente da autoridade nesse país. Quem pode, pode; quem não pode, se sacode. No Brasil da Silva todos somos iguais, menos os amigos do rei.

LULA DE SAIA

Zé Dirceu, o presidiário que não quer calar, ao invés de fazer o que tem que fazer no primeiro emprego que arrumou na vida, fica dando pitacos na política. E como sempre dá bola fora.

Disse que "Marina é o Lula de saia". Que nada, Marina é a saúva de Lula. Ou o PT agora parte para a desconstrução de Marina - como é do seu jeito e feitio - ou Marina acaba com o plano de poder do PT de Lula, Dilma, Rui Falcão, Dirceu, Delúbio, Genoíno, Sarney, Collor de Mello, Valdemar Costa Neto...

E o que é isso que deu na cabeça de Zé Dirceu que agora fica imaginando o Lula de saia?

Essa vida de cárcere é bem pior do que pode parecer.

Lula de saia... Cruzes! Cá pra nós, mas ninguém, a não ser um Zé Dirceu, poderia imaginar uma cena pior nem mais ridícula que essa. A cadeia deve mesmo estar fazendo mal para Dirceu. Pelo visto, ele agora só pensa naquilo.

29 de ago de 2014

PRÉ-SAL

Olhem aqui, gentem! Vampará com a hipocrisia. Pré-sal é só pra meia dúzia de espertos. Petróleo é só um mal necessário, desde os tempos de Getúlio Vargas e, de lá pra cá, nada mudou. A não ser os donos dos poços sem fundo da Petrobraba.

O futuro do Brasil é brasileiro: os combustíveis têm que ter cheiro de mato, cheiro de etanol extraído a partir da cana-de-açúcar. Quer coisa mais nacional; quer coisa mais nossa?!? Pré-Sal é coisa de Lula em dias de escândalos abafados.

BRIC-À-BRAC

Sabe aquele troço, um bloco chamado BRIC(A) - Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul?... Pois, o ridículo PIB - Produto Interno Bruto brasileiro fez o Brasil da Silva voltar para a lanterna do garboso grupo.

No ranking econômico de todos esses países emergentes que integram o bloco, o Brasil Dilma da Silva é um negócio tipo assim Sociedade Esportiva Palmeiras. Quase um Vasco da Gama. Não demora nada cai fora da competição e vai para a 2ª Divisão.

E você se lembra ainda daquela "parada técnica" de Dilma em Portugal? Pois, há "restrições técnicas" agora no caminho da economia brasileira.

E o bom mesmo é que se diga: a crise mundial como um todo e o mundo em particular não são responsáveis pela fraqueza da atividade brasileira.

Comparando alhos com bugalhos, o Brasil Dilma da Silva está muito atrás das economias dos Brics e até das Américas Latina e do Sul. Traduzindo do português para o português: isso quer dizer crise doméstica mesmo.

ARANHA É ARANHA,
MACACO É MACACO

Aquela jovem que foi flagrada com a boca na botija chamando politicamente errada o goleiro Aranha de macaco, não sabe nada de biologia, nem de evolução do mundo animal e, muito menos, de jogo de bola.

Bolas, Aranha é aranha; macaco é macaco.

Pois, agora, por sua burrice sócio-desportiva ela foi afastada do seu trabalho.

Patrícia Moreira trabalha como auxiliar de saúde bucal - seja lá o que isso queira dizer - em uma clínica que presta serviço para a Brigada Militar gaúcha.

Coitada, é uma boca-suja; nem sabia que isso era preconceito, da mesma forma que não sabe  e nunca soube sequer o que é futebol. Estava só se exibindo. O namorado deve ser colorado.
MUITO POR FAZER
E então eu vi de novo a Dilma Vana na TV. E ela disse, dentre outras coisas que não começou e não terminou,  que "ainda temos muito por fazer". Quer dizer, não disse nada. O muito por fazer ainda é tudo que ela tinha que ter feito e não fez. Seu governo só não foi pior que os dois des/governos de Lula porque faltou competência para ser mais incompetente.

DOIS POR DIA
Polícia paulista mata dois por dia e as fontes de informação dizem que o índice de mortandade  é maior "desde 2006". Como assim, maior que desde 2006? De lá pra cá, o PCC parou de matar gente em São Paulo? Então, quem é que mata?!?

UMA BANANA
O Grêmio diz - quer dizer os porta-vozes da diretoria dizem - que o clube vai expulsar os torcedores racistas que chamaram de macaco o goleiro Aranha, do Santos. E se não forem sócios? E se a tal manifestação foi só uma guerra de espécies?.. Bolas, Aranha pode não gostar de macaco. E vice versa ao contrário e coisa e tal. Em todo caso, os dirigentes não podem dar uma banana para esse tipo de comportamento grotesco e incivilizado.

AMADORES FORA
Tá bom, Aécio, mas se o "Brasil não é para amadores", pelo menos deve estar cansado de tanto profissional que ultimamente vem tomando conta dele. É bom completar sempre o discurso, senão as palavras o vento leva.

PAÍS ROMÂNTICO
Já que o nosso PIB não cresce, então vamos festejar o crescimento da população: o IBGE acaba de garantir que já somos mais de 202 milhões de habitantes nesse Brasil da Silva. Já pensaram se todos nós resolvermos, a um só tempo, endurecernos pero sin perder la ternura?!?

SEM NOÇÃO
Sem noção é Luciana Genro. Saiu do debate da Band disparado farpas contra quem não tinha nada para lhe perguntar. Ao invés de ficar quieta, saiu reclamando que ninguém lhe deu bola. Jápesnou se alguém resolve lhe perguntar alguma coisa... Sei lá, coisa tipo assim será que chove amanhã na horta de Alckmin, em São Paulo? Ou, quem foi que você não conseguiu tirar hoje do armário... Maconha é bom pra tosse?

QUEM FOI?
Dilma Vana disse outro dia, querende defender sua companheira boa e batuta, Graça Foster que "não se pode confundir a Pterobrás com seus agentes autores de malfeitos"... Tá, então tá. A Petrobrás é ótima, mas quem foi que botou essa pandilha de sevandijas lá dentro?

GAROTINHO DESLIGA DILMA
Essa é de matar: no Rio de Janeiro, Garotinho tirou seu apoio formal à reeleição de Dilma Vana. Mais degradante que isso, só mesmo um ataque não combinado de blackblocs. Garotinho é esperto. Diante das últimas pesquisas, resolveu fazer com Dilma Vana o que, ao melhor estilo Lula, todo petista faz quando o companheiro já não é mais aquele.

DESCONTRUÇÃO GERAL
A marquetice dos tucanos é muito fraquinha mesmo. Quer desconstrir Marina Morena Verde da Silva com a tese de que o Brasil não é para amadores. E enquanto louva os feitos de Aécio Neto de Neves como governador das Minas Gerais, esquece que Lula da Silva, nunca tinha sido mais que um pulador de cercas no ABC paulista, quando subiu a rampa do Palácio em janeiro de 2003. Se quiser desconstruir Marina, precisa saber mostrar que Lula desconstruiu uma velha nação para construir esse desarvorado Brasil da Silva.
VARA DE OURO


A atleta brasileira Fabiana Murer é uma das mulheres que melhor se dá com vara. Saltou, de novo, mais alto que todas as concorrentes na competição Diamond League. Ganhou, merecidamente, mais uma medalha de ouro.

ARRUDA FORA DO AR
O Ministério Público pede o fim imediato da campanha de Arruda no Distrito Federal. Ele foi condenado porque é ficha-suja. Arruda pode recorrer. E então ele acha que tem direito a continuar no páreo até que se esgotem todos os recursos que a elástica legislação brasileira permite. O diabo é que Arruda não é do PT. Nesse Brasil da Silva todos são iguais, menos os petistas.

CONFLITO EM GAZA
Consequência da beligerância em Gaza: mais de 100 mil famílias sem casa. Chama o mediador-mor de conflitos internacionais que ele vai lá e lança o Minha Gaza Minha Vida e tudo se resolve.

MORTE EM PEDRINHAS
A penitenciária de Pedrinhas, no Maranhão, registrou ontem a 13ª morte neste ano. Não, ninguém precisa ficar angustiado, não há um só detento por lá que se chame Sarney.

ASSALTO EM ÔNIBUS
A moda agora é assalto à mão armada dentro dos ônibus do Rio e de São Paulo. Logo essa modalidade vai se espalhar por todas as capitais desse Brasil da Silva. É pobre assaltando pobre. Coisa que não aconteceu durante a Copa das Copas. Já nem é mais de se perguntar cadê o legado da Copa; pergunte logo cadê o delegado?!?

A AVASSALADORA

Dilma Vana anda com sorte.  Levantamento interno do PT, quase sigiloso, mostra que nem mesmo Lula conseguiria bater Marina Morena Verde da Silva. A avaliação realizada pelo partido que Lula preside com honra, mostra que Marina poderia até mesmo vencer no primeiro turno.

Se querem saber, eu já vi isso acontecer uma vez com Ciro Gomes. Depois ele desandou e ficou no lugar que merecia.

Quem foi de fato avassalador nesse país foi o Caçador de Marajás, Fernandinho Beira-Collor. E conseguiu ser avassalador para o Brasil mesmo quando morou na Casa da Dinda e, de quando em vez, subia a rampa do Palácio do Planalto.

Na hora da saída a toque de caixa usou a porta dos fundos. Então, isso quer dizer que Lula, por enquanto, não pensa em tirar Dilma da corrida. Por enquanto.

REFORÇO CUIDADOSO
Dizem os especialistas em coisas do acontecido que Lula já monta a estratégia de desmontar a imagem de Marina Morena Verde da Silva. Enquanto alguém remexe no baú das miudezas da vida pregressa marineira, os lulistas vão espalhar que Marina é só uma "onda". Enquanto Marina surfa, os marqueteiros de Dilma Vana e Aécio Neto de Neves surtam. Não sabem o que fazer. O staff de Marina ganhou um reforço especial: uma equipe de mecânicos de aeronaves. Se alguém aí souber a razão para tamanha precaução, pode dizer. Depois não se arrependa.

SOMOS QUANTOS, EXATAMENTE?

O IBGE revelou ontem que o Brasil tem uma população "estimada" em 201.032.714 habitantes. Epa! Como assim "estimada"? Bolas, 201.032.714 é um número preciso, exato.

Estimada seria uma população de "mais de 201 milhões" de habitantes. Em todo caso, fica por isso mesmo. Há quem diga que somos mais de 202 milhões e 700 mil moradores nesse Brasil da Silva.

Pelos mesmos precisos contadores de pessoas dessa Terra de Vera Cruz, o estado de São Paulo teria hoje - caso ninguém batesse as botas e ninguém nascesse ao corre do dia - nada menos de 43,6 milhões de residentes; Minas Gerais, 20,5 milhões de pessoas; a Bahia, 15,5 milhões e o Rio Grande do Sul, coisa de 11,1 milhões de guapos e lindas prendas. Roraima, não chega a ter meio milhão de habitantes.

CORAÇÃO VALENT@
O blogueiro Cláudio Humberto pergunta na sua coluna de hoje - uma das páginas virtuais mais lidas em Brasília - por que os marqueteiros de Dilma que faz questão de ser chamada de president@ não a chamam de Coração Valent@. Eu diria que ela não chega a ser gent@ como a gente.

TÁTICA DO ENCONTRÃO

Apareceu na TV o Mano Menezes batendo palmas.

O aplauso foi bem na hora em que o corintiano Guerrero deu uma trombada no juiz igualzinha àquela que botou o atacante Petros do mesmo Curingão na geladeira por meio ano.

Tem momentos em que o Timão parece até o Botafogo: há coisas que só acontecem com o Corinthians.

Na coletiva plastificada, depois do jogo, Mano Menezes se irritou porque um repórter perguntou por que ele estava aplaudindo justo naquele momento em que a bola estava parada.

Queria, decerto, que o jornalista pensasse que ele estava matando mosquito.

De minha parte, acho que esse tipo de encontrão nos árbitros é uma nova estratégia de Mano Menezes para o futebol do Corinthians que, mais do que isso, não apresenta nenhuma novidade dentro de campo.

FOME DE VOTO
Que coisa maluca a fome de voto dessa gente. Anteontem, no Rio de Janeiro, Dilma Vana almoçou com Garotinho num restaurante popular que vende por R$ 1 o prato cheio. Ontem, em São Paulo, num boteco de trabalhadores, Aécio Neto de Neves tomou com Zé Serra, um café em copo plástico com pão de queijo. Hoje, Marina Morena Verde da Silva vai querer jantar os dois.

GRÊMIO 0 x 2 SANTOS

Foi bom ver Robinho em campo. Melhor ainda foi ver leandro Damião no banco. O Kaká no São Paulo fez o Alexandre Pato voltar a jogar bola; duvido que Robinho produza o mesmo efeito no Leandro Damião.

Sorte para o futebol, do grêmio é que o Santos não é a Alemanha. Já o jogo do Grêmio de Felipão é o mesmo aquele da Seleção.

Sem mais o que dizer, ressalte-se que o melhor jogador do Grêmio é aquele guri que corre o tempo todo, o Zé Roberto. Desse jeito, ele vai ser a revelação do campeonato.

Ah, sim, sim, o Santos ganhou de 2 a 0, com um gol de retruque do Robinho. No meu tempo, gol assim valia dois. Mas aí já ficaria 3 x 0 e iria parecer que o Felipão tinha jogado contra a Holanda.

28 de ago de 2014

TÃO RUIM QUANTO...

Então o Inter, sob a batuta do grande e temeroso Abel, foi enfrentar o Bahia com um time misto. Tomou dois a zero em casa. O time misto apenas provou que ele e Abel são tão ruins quanto o time principal.

Essa coisa de "poupar" os times em favor de uma competição mais importante, é um dos males do futebol brasileiro. Pura desculpa esfarrapada para manter o emprego dos treinadores.

É por isso que o futebol brasileiro é execrado hoje até pela seleção da Ucrânia que cancelou o amistoso contra o time da CBF.

E o torcedor brasileiro ainda se presta para pagar às TVs a cabo quando tem uma pelada anunciada como "clássico" dentre as duas mil e quinhentas competições do calendário esportivo desse depauperado e folclórico Ex-País do Futebol.
O QUE FOI QUE MUDOU?
Vai ver você até já esqueceu, mas em junho/julho do ano passado os homens de boa vontade, as pessoas de bem, as famílias saíram às ruas para protestar, sem a baderna dos blackblocs encomendados, contra a corrupção, o descaso e o descalabro na educação, na saúde, no transporte, na mobilidade urbana, na segurança. De lá pra cá, o que foi que mudou?!?

O MOTIVO & BLERGH!

Por que, certamente, num segundo turno eu não me prestaria a votar no status quo, eu provavelmente encontraria em Marina Morena Verde da Silva, pelo menos uma razão para que ela contasse com o meu mirrado, compungido e compulsório voto.

E acho que já encontrei esse motivo em um dos seus melhores discursos. É aquele em que ela diz "quero que você me ajude a ser a primeira presidente desse País a assumir o compromisso de governar sem buscar nova eleição".

Essa coisa de agarrar-se ao poder pelo poder; essa coisa tucana e petista de repicar mandato, de repetir a dose, de dar replay numa nação é mais que me angustiar e enojar; é uma coisa que me causa enjoo, me provoca engulho. Blergh!
DESAFORO EXPLICATIVO

Eu ontem li um escrito de Fernando Henrique Cardoso e, antes que ele mande a gente esquecer o que ele escreve, vou dizendo o que ele disse: "Agora vejo o motivo pelo qual a presidente Dilma Rousseff não conseguiu obter grau de pós-graduação na Unicamp: ela entende pouco de economia".

Com isso FHC rebateu as críticas que Dilma Vana fez, dizendo na TV que os tucanos "quebraram o País três vezes". FHC escreveu também que em 1993, quando era ministro da Fazenda, renegociou a dívida externa e que em 98 fez acordo de empréstimo com o FMI pelas consequências da crise da Ásia e dificuldades externas.

Ele disse também que, no segundo semestre de 2002 - pouco antes de entregar a batuta para o PT e suas circunstâncias - renovou com o FMI por causa do "efeito Lula".

Então é assim que, estou repassando isso agora para você, porque logo ali Fernando Henrique, o escritor, vai pedir que esqueçam o que ele escreveu. Sei não, mas fiquei com a impressão de que a escrivinhação de FHC foi mais desaforo que explicação.
CAIXAS DA PETROBRABA

Todo o cabalamento cometido por Luiz Inácio Adams, advogado-geral do Governo acabou pressionando os ministros do TCU - Tribunal de Contas também do Governo, a votar contra o bloqueio dos bens de Graça Foster, president@ da Petrobraba.

Como um deles pediu vista, o julgamento final ficou para quando setembro vier...

O Palácio do Planalto comemorou a desfeita do tribunal como se fosse um gol de placa.

A quem interessa não pagar a conta de quase R$ 2 bilhões que a turma braba da Petrobraba tirou dos cofres públicos?!?

Você decide. Ou Não. Deixa assim só pra ver como é  que fica.

De qualquer maneira, o Tribunal de Contas da União dos ministros pelo bem do Governo trocou a caixa-preta da Petrobrás por uma fulgurante caixa-vermelha.

LEGADO COPA DO POVO

Pois então, vejam só: o novel MTST - Movimento de Trabalhadores Sem Teto, está comprando aquele terreno da "Copa do Povo" por R$ 35 milhões... Com verba pública, ora bolas, carambolas!

Isso aqui ô, ô é um pouquinho do Brasil iá-iá, ou não? A inclusão - inclusão, é ótimo! - dos sem teto será feita pela modalidade "entidades" - isso abre caminho para o MTST indicar quem vai levar uma casa nas costas, ou quem não será caracol.

E já se explica: é que pelas regras do Minha Casa Minha Vida Entidades, criado em 2009 para atender às reivindicações dos movimentos que lutam por moradia, um grupo com projeto cadastrado e aprovado no Ministério das Cidades, pode comandar as obras e escolher a dedo quem vai votar, ops!, quem vai morar nas futuras unidades habitacionais.

Nesse caso, então, o MTST não terá que viabilizar o conjunto "arbitracional" no terreno da Copa do Povo, tendo que pedir registro e nem mesmo mediante cadastro na Secretaria de Habitação da capital paulista, pois o projeto não será de responsabilidade da Prefeitura de São Paulo.

Assim é que, para o bem de todos e felicidade geral da eleição, o empreendimento Copa do Povo fica exclusivamente sob o comando do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto.

RODAPÉ - Crie agora mesmo aí na sua cidade um Movimento Sem Teto e invada uma área pública qualquer. Não precisa ser uma praça. Crie uma bandeira com a devida sigla, coloque um título na ocupação  - tipo assim Copa do Voto -  e faça o seu empreendimento num instante que o governo garante. Mas tem que ser antes de outubro.
QUANDO DER...
A correria é grande. Não estranhem se não tenho respondido às mensagens e comentários expressos por vocês aqui no Face. Quase pedi férias, mas resolvi endurecer e continuar dando pitacos lépidos e fagueiros sin perder la ternura. Grato pela leitura. Quando der no jeito volto às respostas e bate-papos. Não levem em conta o perfil do autor da frase que vou usar; vale apenas o apelo para que continuem lendo minhas escrivinhações: "Não me deixem só!".

ESTILO PALMEIRAS
O Palmeiras comemorou ontem, ao seu melhor estilo, o primeiro dia do seu centenário de fundação. Perdeu para o Atlético de Minas Gerais por uma a zero. E mais não se diga porque mais não será perguntado. Ninguém quer saber o que já sabe de cor e salteado. O Palmeiras é o melhor companheiro do Vasco da Gama. Morre de inveja porque o Vasco está na Segundona.

SABE NADA...
Marina Morena Verde da Silva garante que não sabia e não sabe nada sobre qualquer irregularidade sobre o uso do jato de campanha em que viajava com Eduardo Campos nos dias em que o avião na caía. Sabe de nada, inocente...

O MELHOR DE MARINA
O que Marina tem de bom e de melhor é que, em todas as pesquisas sob encomenda, se a eleição fosse hoje, ela venceria Dilma Vana no segundo turno. Agora mesmo, levantamento contratado pela CNI mostra que Marina meteria uma goleada de 55% a 45% em cima de Dilma Vana. A persistirem os sintomas, se a eleição for pra lá do dia 5 de outubro, seremos todos convidados a viver no Brasil Verde da Silva.

NÃO PRECISA DE INIMIGOS
O site do PT que usa o codinome de "Muda Mais", coordenado por Franklin Martins, vassalo de Lula e desafeto de Dilma Vana, está em plena campanha "Volta Lula". Editou ontem críticas à autonomia do Banco Central e o jeito do governo controlar a inflação. Os petistas do "Muda Mais" botam nos ombros de Dilma Vana as opiniões controversas sobre o papel do BC. Quem tem companheiros assim, não precisa de cutucões marineiros e muito menos bicadas de tucanos.

MELHOR PARA BRASÍLIA
Arruda vai recorrer da decisão do Tribunal Superior Eleitoral que impugnou a sua candidatura ao governo de Brasília. Se for confirmada a sua retirada do páreo, não vai dar nem Agnelo e muito menos Rollemberg. Ganha Jofran Frejat, hoje vice de Arruda - única mancha na sua trajetória política. Melhor, bem melhor para Brasília.

COPA NA RÚSSIA
Distante ainda quatro anos da Copa de Todas as Copas, a Rússia já inaugurou dois estádios. Detalhe: arte-finalizados; não têm nada para concluir mais tarde. Nenhum dos dois recebeu um centavo do dinheiro público. Quer dizer, lá a corrupção não é praticada por esporte.

CAIXA-PRETA
Não, Aécio Neto de Neves garante que não é contra o Bolsa Família. Ele só quer mesmo é abrir o que chama de caixa-preta da maior compra de votos de todos os tempos na história mundial.

TC DO GOVERNO
O governo pressionou e a maioria dos ministros do Tribunal de Contas da União livrou Graça Foster do bloqueio de bens. Graça já estaria flanando sua im(p)unidade por aí, como todo companheiro bom e batuta desse governo que usa a coisa pública como privada, se o ministro Aroldo Cedraz não tivesse pedido vista. Já deu para ver, no entanto, que o Tribunal de Contas não é da União; é do governo. Mais um, só mais um.

TRISTE SINA
A Copa do Brasil é o caminho mais curto para alçar qualquer time de mediana qualidade à Libertadores, um passo decisivo para o primeiro título internacional na carreira de Vanderlei Luxemburgo. Pois ontem, o Flamengo fez jus à urucubaca do seu treinador nessa longa jornada do nada para lugar nenhum: levou 3 a 0 do Coritiba, no Couto Pereira. Já no vestiário, Luxemburgo estampava tristeza ao ver sua saga traduzida numa garatuja na porta do sanitário: "Triste sina, ser poeta de latrina".

LÁ LONGE
Para que ninguém fale mal dos "legados da Copa", Bragantino e Corinthians foram disputar a Copa do Brasil na Arena Pantanal, lá em Cuiabá, vizinha de porta e de sala das cidades de São Paulo e Bragança Paulista. É que desse jeito, o elefante não parece tão branco assim. O que, na realidade importa é que o Bragantino - que já mandou o São Paulo FC pras cucuias - meteu 1 a 0 no Curingão. Pena que, por ser assim tão longe, não deu pra ver direito a cara de paisagem que o Mano Menezes sempre faz nessas hora in/felizes.

SEM NOÇÃO
A quem interessar possa: a balança comercial de petróleo e derivados, a chamada "conta petróleo", acumulou um déficit de  27,6 bilhões de dólares. Isso é que é a autossuficiência que Lula anunciou em pleno 2006, ano de estouro do escândalo do Mensalão. É por isso que Dilma Vana, quando falam em Pasadena e seus derivados e similares e genéricos, diz que a Petrobrás está acima de seus agentes malfeitores. A Petrobraba caiu do 12° lugar no ranking das maiores e mais sólidas empresas do mundo para a 120ª colocação. Isso não é autossuficiência é ser auto-suficiente... E sem noção.

27 de ago de 2014

UM MAR DE PESQUISAS

E dê-lhe que te dê-lhe pesquisa eleitoral. Isso é mais que uma onda; é um mar de pesquisas sob encomenda. E lá vamos nós nadando contra a correnteza. Então, já que o estupro é inevitável, gozemos. Ou, baixando ainda mais o calão, usemos a senha companheira "tamo junto nessa!".

Olha o que deu em São Paulo: Geraldo Alckmin, seria eleito  no primeiro turno, pois tem 50% das Más intenções de voto, contra 26% de Paulo Skaf. Alexandre Padilha, o poste implantado por Lula é  o símbolo da rejeição paulista ao PT: continua estagnado nos humilhantes 5%. Cadê Lula, o Puxador de Voto; cadê Lula, aquele que elege até um poste?!? Tomou Doril e sumiu, pondo em curso o velho golpe do companheirismo petista.

Em Brasília, o TRE impugnou a candidatura do ficha-suja Zé Arruda, dono de mais de 30% das intenções de voto. Com isso, Geraldo Magela e Argh!nelo Queiroz estão empatados em 16%. Arruda vai recorrer para concorrer. Aí ganha e não leva. A Capital da República vai acabar caindo no colo de Magela que vai ganhar graças à rejeição que o brasiliense tem pelo PT na terra em que Dilma é residente e domiciliada.

No Rio de Janeiro, com 28% Garotinho corre um páreo fácil. Azar dos cariocas. Em Minas, o aliado Pimentel supera o tucano Pimenta da Veiga pelo placar de 37% a 23%...

O bom mesmo disso tudo é que o debate da Band teve péssima audiência. Não, por ser na Band; sim, por ser um debate desses candidatos que os seus respectivos partidos escolheram para que a gente vote em um deles para presidente do Brasil. Política é ficção; partido é facção.
IBOPE TIRA A TURMA DO PALÁCIO
E COLOCA NO BOLSA FAMÍLIA

Daqui pra frente vai ser sempre assim, o brasileiro vai viver de pesquisas científicas de opinião sob encomenda até a ante-véspera de 5 de outubro. E só então, na boca-de-urna, todos os institutos acertarão os seus levantamentos.

Isso, qualquer emissora de rádio comunitária e até eu e você, sabemos fazer. E vamos todos acertar nas moscas que sobrevoam as urnas rodeadas de candidatos e políticos, objetos do desejo dos pequenos e espertos insetos dípteros.

Fato é que saiu mais uma rodada de pesquisas do Ibope. E deu pânico nas hostes palacianas.

Se a eleição fosse hoje, a turma do governo estaria toda no olho da rua, formando o mais extenso cordão de desempregados do Brasil: Dilma Vana perderia a boca-rica no segundo turno para Marina Morena verde da Silva.

O engraçado é que essa mesma turma defende com unhas e dentes o Bolsa Família, mas dá um dedo mindinho para não ser um de seus usuários.

Os dados desse Ibope presidencial foram os seguintes, para o impossível caso da eleição ser hoje: Dilma Vana teria 34% das intenções de voto; Marina Morena se pintou com 31% e Aécio Neto de Neves teria com seus 29% que se contentar em pedir a seus eleitores que se transfiram no segundo turno para a ficha dos equilibrados da ecologia.

E então, como se fosse hoje o dia do sufrágio final, Marina Morena Verde da Silva meteria uma goleada de 45% a 36% na Dilma, Coração Valente. Eis por quê, meus diletos crentes, deu pânico nas fileiras e na rampa do Palácio.

Mas, em verdade, em verdade, lhes digo: brotou euforia na companheirada boa e batuta que remurmura com ares de felicidade o velho refrão do samba de uma nota só "Volta Lula". Tristeza de uma, alegria de outro.

É aqui como se a eleição fosse hoje que, pé ante pé, começa a entrar na corrida o seu vizinho, pai-de-todos, fura-bolo e mata-piolho, como se fosse mais que um pequeno polegar, um nanico diplomático. Sem o mínimo... de pudor.

26 de ago de 2014

ELEIÇÕES PAULISTAS
Vai ver que esse piripaque do Geraldo Alckmin no fim de semana foi alguma coisa que ele andou tomando só para mostrar pro Paulo Skaf que não é bem assim aquela história de que ele governa "sem tesão".

FILHOS DE DEUS
Hoje tem debate de presidenciáveis na TV. Quero só ver quem é mais filho de Deus: Marina ou Alckmin. Dilma Vana não conta; o seu criador é outro.

PÁREO INDIGESTO
Marina Morena Verde da Silva é pule de dez, a maior barbada para chegar na terceira colocação no páreo até a rampa do Planalto. E se ela está pensando em apoiar quem estiver bem na fita da segunda chamada contra Aécio Neves, pode ir se segurando nas patinhas de trás que já na reta de chagada do governo vai levar o tradicional coice do vencedor.
IGUAL A TODOS, 
MAS NÃO PETISTA

Rodrigo Janot, procurador-geral da República nem precisou procurar muito para ser contra a transferência de Roberto Jefferson para prisão domiciliar.

Com câncer - um mal bem pior que cardiopatia oportunista - Bob Jeff se queixa de que a prisão não oferece cuidados nutricionais nem higiênicos necessários à sobrevivência.

Bob Jeff é igual a todo mundo na gandaia política que assola o País, mas não é petista e pior ainda, foi quem dedurou o esquema que ele mesmo batizou de Mensalão.

Para que se entenda melhor esse tipo de decisão, lembre-se que Janot foi escolhido pela president@ Dilma Vana para substituir Roberto Gurgel na PGU. Dia 17 de setembro ele vai comemorar o primeiro aniversário de sua ascensão ao cargo máximo da Procuradoria-Geral da República.






ENTREMENTES
Em três ou quatro dias o poder estabelecido resolveu a rebelião do presídio de Cascavel. Lá, em São Luiz do Maranhão, professores estão em greve há 90 dias. Os governos brasileiros, de todos os calibres e coturnos, só conseguem dar um jeito no que está errado na base da violência.

QUEM?
A grande pergunta da moda: - Quem, financiava e protegia Abdelmassih? A grande pergunta que caiu de moda: - Quem financiava e protegia o esquema de Rose?

POBRE CENTENÁRIO
A cara do futebol brasileiro: Palmeiras completa hoje 100 anos de existência. Quer contratar Ronaldinho Gaúcho para escapar do grupo da morte no Brasileirão.

PERIGO VERDE
Marina Morena verde da Silva é o grande perigo das eleições de outubro. Aécio Neto de Neves vai ter que bater na candidata pero sin perder la ternura. Vai precisar dela no segundo turno.

DIÁLOGO IMPOSSÍVEL
Por que será que, nesses programas de "debates" na TV, o candidato honesto não age como tem que agir? Bastaria dizer ao adversário: - Não respondo nada a você... Não falo com ladrão!

CADÊ?!?
Alguém aí pode explicar por quê o PT, partido do governo que manda e desmanda no Brasil há 12 anos, sumiu dos "santinhos", dos banneres, dos posters, das rotundas dos programas de TV? Cadê a estrela, cadê a sigla vermelha? Cadê as provas, cadê?!?

O MAIOR IBOPE
Em Brasília, o candidato seja de que partido for que mostrar aversão ao PT ganha mais voto do que qualquer outro que tenha projetos consistentes com relação a educação, saúde, transporte, segurança. O PT, em Brasília, é intragável. Falar mal do PT é o maior Ibope.

FACÇÕES
A raiz do mal da política brasileira está nos partidos políticos. E não venham pra cima de mim os patrulheiros de plantão com suas cantilenas de defesa da democracia porque, se não são não ingênuos e simplórios, eles são espertos o bastante para advogar em causa própria na defesa de suas boquinhas ricas. Política é ficção; partido é facção.

TORNEIO DE PÊNALTIS

Sempre que dá no jeito, lá pelas seis horas da manhã, eu e meu neto, Thiago, damos a nossa caminhada pelas trilhas comuns do condomínio. Ele vai em frente e eu paro na mini-academia a céu aberto e ele segue por mais uns dois quilômetros na orla do conjunto residencial e volta.

Ali, ele se exercita por uns dez minutos e começamos a volta pra casa, com uma parada obrigatória na quadra de futebol soçaite. É quando retomamos o campeonato de pênaltis entre nós.

É uma série de dez penalidades. A gente se reveza na arte de ser goleiro e atacante na competição - tenho ojeriza pela palavra "disputa". O único excesso que se pode cometer nas cobranças é bater na bola com meia-força; não mais que isso.

O confronto está acirrado. Um dia ganho eu, outro dia ele ganha. Neste último sábado, Thick me aplicou o golpe do fim de semana - que é quando mais perdura a flauta do vencedor sobre o vencido. Ele me apareceu com uma bandagem na mão e um amigo à tiracolo. E, na maior cara de pau, me apresentou o parceiro:

- Vô, esse aqui é o Bola Sete. Eu cobro os pênaltis, mas ele vai defender por mim...

Eu olhei o goleirão enjambrado. Não parava de aparecer gente na minha frente. Bola Sete deveria pesar uns 135 quilos. Era um gordo espalhado por todos os lados do seu corpanzil.

Entrou embaixo do gol e deixou de sobra, não mais que dez centímetros entre ele e as traves. Bola por cima, nem pensar. Matei no peito:

- Tá bom, bora vamo nessa, companheiro...

Cá pra nós, ele merecia ser chamado de companheiro. Começamos as cobranças. Ele batia primeiro. Converteu quatro e eu também. Bateu o último da sua série: gol! 5 a 4.

Era a minha vez. Fui para a bola e dei uma bicanca! O gorducho nem viu por onde a brazuca passou. Ainda bem, pois se acertasse nele furava. Lépido e faceiro peguei a bola no fundo da rede e fui saindo da quadra:

- Pronto 5 a 5. Empate.

Dei as costas e fingi que não ouvi o Bola Sete perguntar para o meu neto:

- Pô, vale porrada?!?

Na hora do café, o Thick só falou de música e do show da sua banda naquela noite, numa boate do Píer-21 no Lago Sul.

25 de ago de 2014

COM LATINHA E TUDO

Anderson Lúcio de Oliveira é aquele beberrão de porta de boate que agrediu com uma violenta e traiçoeira cotovelada a jovem Fernanda Santiago.

Ela caiu dura na calçada; o país inteiro ficou de queixo caído com a violência do golpe. E com a frieza do agressor.

Ela está no hospital; ele está preso e vai responder por tentativa de homicídio qualificado, aquele tipo de crime em que a vítima não consegue se defender.

Tá, o valentão está preso e coisa e tal, mas até agora não levou nenhuma cotovelada daquelas, só pra ver o que é bom pra tosse.

O Brasil inteiro torce para que ele termine de tomar aquela cerveja... Com latinha e tudo.

REBELIÃO EM CASCAVEL

Dizem, ninguém sabe direito, que há mais de 20 mortes na rebelião do presídio de Cascavel, no Paraná.

Para as autoridades a rebelião acabou. Para os rebelados, nem bem começou.

O ministro da Justiça de Dilma, o ativo Zé Eduardo Cardozo, tá nem aí.

Só pensa naquilo: a vaga de Joaquim Barbosa, no Supremo Tribunal Federal.



FILIAL DE ABDELMASSIH
Médico de "fábrica de bebês" na Tailândia vai se entregar. Isso é o que diz a polícia de Bangcoc. O tailandês realizava fertilização in-vitro em mulheres que cobravam para ter filho por outros casais. A polícia daqui quer saber agora se ele não passava de um gerentão da filial tailandesa do consultório de Abdelmassih.

REDE PT
Vendo Marina Morena Verde da Silva toda cheia de fé, caridade e esperança para as eleições de outubro, fica certo de que todo partido Rede Solidariedade tem seus dias de PT.

O SALVADOR
E enquanto o Palmeiras beira a rabeira do Brasileirão no ano do seu centenário, Ronaldinho Gaúcho negocia a camisa 100 do time ainda para esta temporada. A Mancha Verde já o considera assim como uma espécie de Lula: entra no certame como salvador do clube, como Lula entra na TV para salvar a campanha de Dilma.
CONFUSAS
Dilma Vana, atrevida: "Marina confunde ser president@ com realeza". Ah, isso é besteira. Há quem confunda governo com poder; democracia com medida provisória; coalizão com compra de aliados...

CRISE INTESTINAL
Geraldo Alckmin teve alta dois dias depois de uma providencial infecção intestinal que o tirou dos debates de TV com os demais candidatos, todos atrás deles nas pesquisas de intenção de votos. Há quem diga que a crise nos intestinos foi porque ele tem engolido muito sapo.

BAIXO ÍNDICE EM CASCAVEL
Quatro presos morreram na rebelião do presídio de Cascavel, no Paraná. Só esse baixo índice de mortandade é que pode explicar porque a comissão de negociação está fazendo cera, tá devagar quase parando.

VOTO RELIGIOSO
Grandes especialistas em profecias do acontecido calculam que Marina Morena Verde da Silva deve atrair o voto dos evangélicos. Ninguém diz que, com isso, ela pode perder o voto dos católicos. Aí, o bicho pega. É que, pelo último censo do IBGE sobre o assunto, em meados de 2012, havia no Brasil 123 milhões e 280 mil católicos apostólicos romanos. E pelo mesmo instituto haveria no País 42 milhões, 275 mil evangélicos de todas as confissões.

SINTOMAS DE SEMPRE
E não esqueça, a persistirem os sintomas, todos os brasileiros são iguais, menos os companheiros bons e batutas.

FICÇÃO & FACÇÃO
Ainda hoje editei um texto botando a culpa do brete eleitoral que encurrala o eleitor brasileiro nos partidos políticos de todos os tamanhos e feitios. Eles são todos, sem tirar nem pôr, fisiologistas. Então vou repetir: os partidos só estão felizes quando conseguem satisfazer suas necessidades fisiológicas. No Brasil da Silva, política é ficção; partido é facção.

REBELIÃO EM CASCAVEL

Rebelião no presídio de Cascavel. Presos decapitaram dois homens e mataram outros dois, atirando-os de cima do telhado. E aí as autoridades informam que a comissão de negociação com os rebelados vai prosseguir mantendo conversações nesta segunda-feira. Ah tá. Mas, vão negociar o quê?!? Queimaram colchão, durmam no chão.

Coitada dessa sociedade que, além de pagar mais de R$ 2 milhões pelo mandato de um deputado, ainda tem que sustentar essas cobras reabilitandas que não se reabilitam nunca; que entram ruins e saem muito piores?!?

A RAIZ DO MAL

Há 165 candidatos a governador nesta campanha para as eleições de 5 de outubro. Nada menos de 63 deles têm processos na Justiça ou em tribunais de Contas. Eles respondem a nada menos de 327 ocorrências; 46 deles já foram condenados, dez dos quais por improbidade administrativa. Tá bom assim, ou você quer mais?

Depois dizem que o brasileiro não sabe votar. Peralá! Não tem em quem votar.

E sabe onde está a raiz de todo o mal da política nesse Brasil da Silva? Numa arapuca chamada partido político. São verdadeiras gaiolas de achacadores de dinheiro público e colecionadores de aves raras que colocam a seu serviço.

Os partidos, tenham lá o tamanho e o feitio que tiverem, são o que não têm escrúpulos, nem qualquer prurido de vergonha quando escolhem aqueles a quem colocam como representantes da sociedade para governar em nome  do povo.

TROCANDO ALHOS POR BUGALHOS

O ex-diretor da Petrobraba, Paulo Roberto Costa botou na vitrine da Justiça a sua oferta de delação premiada. O governo e suas circunstâncias entraram em pânico.

Neste fim de semana, sem mais o que fazer - que governar não é preciso - Dilma Vana recebeu a imprensa amiga. E, saltitando a ameaça do bode expiatório delator, disse que "não se pode confundir as pessoas com as instituições".

E como estava disposta a se dar por satisfeita contando a História Oficial na matinada dominical, Dilma Vana foi além e se superou: "a Petrobrás é muito maior que qualquer agente dela. A Petrobrás está acima de eventuais falhas de conduta de seus funcionários".

E trocou em gordos miúdos o que estava querendo dizer: "É muito maior que qualquer agente dela, seja diretor ou não, que cometa equívoco, crimes - ou, se for julgado, que se mostre que foi condenado, isso não significa uma condenação da empresa".

Ela tentou desenrolar mirando num repórter mais curioso: "Posso te falar uma coisa? O Brasil e nós todos temos de aprender que, se pessoas cometeram erros, malfeitos, crimes, atos de corrupção, isso não significa que as instituições tenham feito isso."

Ora bolas, carambolas! Ninguém quer condenar a empresa. A empresa já foi condenada pelos dirigentes que tem; pelos presidentes que seu Conselho Administrativo tem tido; pelos presidentes dessa República que a vem fazendo padecer e encolher.

Ninguém está confundindo coisa alguma. Quem está trocando alhos por bugalhos é a própria president@, em nome do seu governo e do interminável governo Lula. Não é por nada que a Petrobrás caiu da 12ª colocação no ranking das mais maiores e mais sólidas empresas do mundo para a degradante 120ª posição. 

Não é por nada, mas é por causa de tudo que esses terceirizados desqualificados em petróleo, mas especialistas em negócios malfeitos têm cometido as maiores barbaridades políticas e policiais com a Petrobrás e empresas similares encravadas na máquina pública desse regime desgovernamental que já dura 12 anos. 

Essa pandilha de agentes da Petrobrás é mesmo inconfundível. Todo mundo sabe de quem se trata, só a Justiça brasileira não sabe o que fazer com a camarilha. 

Ninguém quer condenar a Petrobraba, nem qualquer outra empresa estatal. Todo mundo quer mesmo é condenar seus gestores e gerentes malfeitores. 

POR QUE?
Inda que mal pergunte: Por que caiu o avião de Eduardo Campos? Por que a caixa-preta do avião é a primeira caixa-muda da história da aviação nacional? Por que a gente não pode perguntar essas coisinhas bobas?

24 de ago de 2014

ASSÉDIO SEXUAL
Vejam só mais esta aqui: 44% das cassações de registros de médicos são por assédio. Dos 61 médicos que perderam o direito de trabalhar, de 2009 até hoje, nada menos de 27 foram condenados por assédio sexual. Os outros 34 não devem ter feito o cursinho Abdelmassih de pós-graduação em reprodução humana.

22 de ago de 2014

ERUNDINA COM MARINA
Pois é, então a Luiza Erundina vai ser a coordenadora-geral da campanha de Marina Morena Verde da Silva. É isso aí, sempre dá errado tudo aquilo que não tem nada para dar certo. E ficamos combinados que política é ficção; partido é facção.

MEU CENTENÁRIO

Hoje acordei com vontade de cometer uma inconfidência. Então, vamos lá... Este é o ano do meu centenário. Vou fazer 100 anos.

Desses anos todos, 75 são meus; os outros 25 são de Thiago, o neto com que Luciana e Marcelo fizeram o desaforo de me brindar naquele dia 4 de novembro de 1989 para o saldo positivo da minha existência.

De lá para cá, parei de fazer aniversário. Os anos são todos sempre dele.

Celebro ano a ano, desde aquele dia no Laranjal, aqueles mesmos 50 anos de um churrasco interrompido pela notícia de que Thiago estava fazendo o seu primeiro xixi no mundo.

Comemoro, pois, neste 1914, o meu centenário, mas continuo em bodas de ouro com a vida, malgrado tenha nascido em 1939, quando explodiu a 2ª Guerra Mundial... Não, eu não tive culpa nenhuma; eu nem conhecia o Hitler.
DEPOIS DA POSTURA,
A PRÓXIMA ATRAÇÃO

Está nas manchetes de hoje: Dilma defende postura de Graça em relação à doação de imóveis. 

A president@ disse que Graça já deu as explicações necessárias sobre as doações de bens após revelação do caso Pasadena. 

E foi mais adiante: defendeu a atuação de Luís Inácio Adams em favor da chef@ da turma da Petrobraba.

Primeira coisinha: postura é de quem põe ovo; postura é de galinha. Segunda coisinha: qual é a notícia? Dilma defender a postura de Graça Foster é apenas um pouco mais do mesmo. 

Ela defendeu a postura de Erenice Guerra, de Pedro Novais, de Palocci, de Alfredo Nascimento, de Wagner Rossi, Orlando Silva, Carlos Lupi, Fernando Pimentel, quase defendeu Lula no caso Rose e até a si mesma no cambalacho da refinaria de Pasadena. Então tá, qual é a próxima atração?!?

ESPERE SENTADO
Cristovam Buarque, o senador de uma nota só, vai apresentar projeto que obriga a identificação nos programas de TV e rádio dos candidatos ficha-suja.

A imagem na tela deverá ser acompanhada da devida, necessária e útil informação.

Uma coisa tipo assim embalagem de remédio de venda permitida somente com prescrição médica. Adivinhe se o projeto vai para a gaveta... Cristovam que espere sentado.



A DUPLA
Continua o reboliço nas hostes do PSB agora de Marina Morena Verde da Silva. Dela, pero no mucho. Quem vai pegar a coordenação da campanha é, ninguém mais nem menos do que... Luiza Erundina. Essa é a dupla. Agora vai.


GOVERNO-CAMPANHA

O governo Dilma não é bem um governo; é mais uma campanha eleitoral permanente. Uma das suas melhores bancas de voto é o Bolsa-Família.

Apresente uma carteira dessas para um eleitor tamanho Bolsa-Família...

O governo-campanha de Dilma vem injetando este ano mais de R$ 2 bilhões por mês nessa legião de ociosidade, eis que só desempregado tem direito a esse óbulo perdulário e esperto do governo. É o maior banco de votos da história do Brasil.

Com quase 14 milhões de beneficiários, o Bolsa Família reúne, com o grupo de afinidade - cônjuges, filhos maiores, irmãos e afins - um bolsão que beira os 50 milhões de eleitores de cabresto.

Quer dizer, um em cada quatro brasileiros recebe auxílio do Bolsa-Família.

Tradução: numa mesa de bar com quatro tomadores de chope, pelo menos um deles está desempregado. Nada no mundo é igual a isso.

Ainda que mal pergunte: que pleno emprego é esse que o Lula e a Dilma vêm falando no horário político da TV?!?

REVOLUÇÃO NA CAMPANHA DO PT

Na terça-feira, o jornal Estado de S.Paulo deve promover uma revolução na campanha do PT. Ou não. É que ele encomendou uma pesquisa eleitoral para o Ibope neste fim de semana.

Se Dilma se der mal na parada, ela vai ser acometida pelo mal súbito de desânimo e desencanto pelo poder. Aí, cai fora e entra Lula da Silva, o salvador da pátria. Simples assim. Só que não.

O efeito tragédia já deu a Marina Morena Verde da Silva o que tinha que dar. Daqui pra frente ela só vai patinar. Aécio Neto das Neves continua o mesmo bananão, só falta ser atirado dentro de campo na cabeça do Daniel Alves.

Assim é que, para gáudio de quem olha a política com bons olhos, terça-feira que vem ainda não será a vez de Lula da Silva, o autodenominado Metamorfose Ambulante, dono de todas as verdades petistas.

POBRE BRASIL

Pobre país aquele em que propaganda enganosa na TV e pesquisa eleitoral sob encomenda decide uma eleição para presidente da República.

É chegada a hora do voto distrital e facultativo.

Assim como está, o voto é arma do povo contra o povo. Isso não é eleição é uma espécie de ritual fanático que, sem disparar um tiro, usa o voto como instrumento de ataque para ferir o próprio povo.

21 de ago de 2014

O QUE IMPORTA

Especular agora o que é que Marina Morena não tem que o Eduardo Campos tinha é chover no molhado. Pouco importa. O que interessa é que vai ter segundo turno. E o povo não vai "admitir baderna".

Se a grande final vai ser contra Dilma ou Lula, pouco importa. O que vale hoje é que a tragédia do Partido Socialista Brasileiro levou o pânico aos proprietários do Brasil da Silva.

O segundo turno é o grupo da morte. Quem não faz, toma; quem não mata, morre. Se der Aécio, Marina não vai com Dilma na prorrogação. Se der Marina, Aécio não se junta com a turma braba do Bardahl.

É exatamente esta teoria da conspiração que anima os companheiros luláticos a ensaiar o brado retumbante: Volta Lula! E então o Brasil vai saber com quem é mesmo que está falando.

RODAPÉ - Veja que Lula é um não-candidato que aparece mais do que qualquer candidato a qualquer coisa nas eleições de outubro. Tomou conta do programa do PT. Sua imagem é a última a sumir da tela em todos os campeões de audiência do governo na TV. É a cara de Lula que fica na mente do eleitor que deveria ser de Dilma. Isso é mais que publicidade enganosa subliminar. É campanha objetiva de venda.
COORDENADOR DA CAMPANHA
SE IRRITA COM MARINA E SAI FORA

Carlos Siqueira ontem foi dormir secretário-geral do PSB e acordou hoje fora da coordenação da campanha de Marina Silva. Ele teria se irritado com a nova candidata e deixou a coordenação. Sentiu-se desprestigiado por Marina - dizem os apagadores de incêndio das fogueiras de vaidades. Marina tá nem aí. Colocou Valter Feldman, da Rede, no lugar de Siqueira. Bom, o incomodado se retirou e agora já sabe quem é que manda nesse troço. I la nave va.

NERVOS DE AÇO
E então, vamos que vamos. Amanhã, ou depois, você vai na TV que a transposição do rio São Francisco está quase pronta. Mas não vai ficar sabendo, no horário político do governo que a produção de aço no Brasil da Silva está dando os doces. De janeiro até o mês passado, todo mundo melhorou nesse quesito, menos o Brasil. A produção na China aumentou 5,1%; a da Rússia aumentou 2,5%; a produção da Índia cresceu 1,4% e a do Brasil da Silva caiu 1,1%. Esse Brasil você não vê na TV.

FUTEBOL E POLÍTICA

Lula sempre que pode mistura futebol com política. Só no papo, pois é o pé-frio mais temido nas galeras corintianas e nos vestiários das seguidas seleções brasileiras que temos tido o desprazer de assistir pagando mico dentro de campo.

Pois, então agora eu também vou misturar alhos com bugalhos. Também sou filho de Deus, ora bolas, carambolas.

Está acontecendo com o país político o mesmo fenômeno de submissão à mediocridade que o futebol pentacampeão do mundo atravessa.

O futebol caiu nas mãos de uma pandilha de treinadores tidos como "professores" e havidos como um zero à esquerda em matéria de modernidade tática e estratégia de jogo.

A política e, fundamentalmente, as eleições caíram nas mãos de uma pandilha de marqueteiros donos da verdade que já começaram a dar com os burros n'água. Já tem gente trocando o reino por um cavalo.

Grande parte da população já não se deixa levar pelo Brasil plastificado que eles mostram na TV, sem medo de ser feliz à base da propaganda enganosa.

Programa político na TV é chato como filme dublado: a voz da Mulher Maravilha é a mesma da filha do Marlon Brando, na trilha do Poderoso Chefão; a fala do Capitão América é igual à do Batman que é igual à fala do He-Man, igualzinha à do Indiana Jones.

No horário político de rádio ou televisão, a voz, o jeito de falar, a entonação, o som irreal das falas de todos os candidatos é sempre igual. Aécio diz a mesma coisa que a Dilma que, por sua vez, diz o que diz; e Marina diz que diz o que Lula diz que diz mas não diz.

Isso está dando zebra. Os programas eleitorais têm sido um fiasco em termos de audiência.

O infalível Ibope atestou ontem, por exemplo, na Grande São Paulo, que na segunda-feira os canais fechados de TV pularam de 8,2 pontos para 16,4 - simplesmente dobraram de audiência. A Globo desabou na mesmo horário para 17,3 pontos, coisa que não acontecia há muito tempo.

Quer dizer, no horário nobre, de maior concentração de audiência, os eleitores que têm TV a cabo fugiram da patacoada eleitoreira.

É mais ou menos o que acontece quando o medíocre futebol do Brasileirão invade a sala das nossas casas. O telespectador sai à cata dos velhos e manjados filmes da HBO, Cine SKY e outros bichos. Até o Manhattan Conection da semana passada tem mais audiência. Ver Lula falando na TV é como assistir às coletivas do Felipão. As caretas são as mesmas. E os resultados são iguais.

CADÊ O LEGADO?
O Brasil inteiro tem baderna. Em São Paulo, arrastões, sequestros, assaltos; no Rio, permanente confronto entre moradores dos morros e a Polícia de Pacificação; em Minas, greves e tiroteios;  no Rio Grande do Sul, na Bahia, no Maranhão, no Rio Grande do Norte, bala com bala pra tudo que é lado. Cadê a segurança padrão Fifa? Cadê o legado da Copa?!?

JÁ PASSOU
Tá o avião caiu. Mas agora caiu a ficha: Marina Silva é candidata à Presidência da República.

SELFIELITE
Dilma Vana, amando tirar selfies: "Não sou marciana, sou humana". Ah bom. Isso sim é que é notícia.

SABEM DE NADA, INOCENTES...

Agora, os investigadores - alguns deles, não todos - acham que o ex-diretor de Abastecimento da Petrobrás, Paulo Roberto Costa, Beto para os mais íntimos, pode levar pelas costas uma pena até maior que Marcos Valério, o laranjão do Mensalão. Valério pegou mais de 40 anos de cadeia.

A velha Turma da Petrobraba

O que Valério operou em grana mensaleira não chega nem aos pés do esquema fraudulento de mais de R$ 10 bilhões que o doleiro Alberto Youssef, Beto também para os íntimos, mandava e desmandava nesse Brasil da Silva.

Do jeito que o governo está fazendo a Justiça tratar do assunto, até parece que Paulo Roberto Costa era e continua sendo o  único vigarista dentro da Petrobrás.

A president@ da casa não sabia de nada, inocente... Os conselheiros administrativos não sabiam de nada, inocentes... A president@ do Conselho de Administração não sabia de nada, inocente... O então presidente da República, não sabia de nada, inocente...

O QUE BONNER PENSA DA VIDA

O que é que William Bonner está pensando da vida? Que jeito é aquele de entrevistar a Dilma? Pô, ele fez com ela, a mesma coisa que já tinha feito com o Aécio Neves e com o saudoso Eduardo Campos. Pro Eduardo então ele perguntou até pela mãe do cara. Bonner que se cuide, qualquer noite dessas o Eduardo ainda vem puxar os pezinhos dele.

Mas, o que é que esse cara tá pensando da vida? Cara, a mulher é president@ da República. Como é que ele se mete a espremer uma laranja dessas como se fosse fazer um suco, como fez com Aécio e Campos? Que maus modos desse inquisidor. É por essas e outras que o Lula usa o Franklin Martins pra regular a internet.

E então, a gente pergunta uma vez mais: O que é mesmo que o William Bonner está pensando da vida? Desse jeito, se perder o emprego na Globo, vai acabar trabalhando no SBT, no lugar de Gugu Liberato que até hoje não tem substituto na TV do Homem do Baú.

O QUE FAZIA NO PARAGUAI
Pergunta que não quer calar nos corredores do Complexo Penitenciário do Tremembé: - Se esse Abdel fazia tudo que fazia às pressas nas pacientes que botava pra dormir no seu consultório, o que será que não fazia com a mulher em casa, com tempo de sobra para relaxar e gozar no Paraguai?

O MÉDICO DAS ESTRELAS

Está lá no site R7 Notícias para quem quiser ler e saber: Roger Abdelmassih, o Médico das Estrelas, tratou um número sem conta de gente famosa.

No seu fichário está, entre muitas superstars, a atriz Luiza Tomé; no meio dos astros, o Rei Roberto Carlos, Tom Cavalcante.

Dentre as mais pacientes famosas, até as mulheres de Pelé e de Fernando Collor de Mello.

É, só tem uma coisinha, o Pelé não afrouxou a marcação. Foi junto. Quem foi Rei, nunca perde a majestade.

Consta também o nome de Gugu Liberato. Tá, mas pelo que eu sei foi só isso, pô.

Há quem diga até que, naquele dia, Gugu chegou meio tontinho em casa.

Uma coisinha boba, tipo assim happy hour. Bolas, Gugu e Roger sempre foram apenas bons amigos.
DILMA, CORAÇÃO VALENTE

Eu vi o Brasil na TV. E vi a Dilma de chef de cuisine. De anteontem para ontem, quase me recuperei. Afinal, chef é chef.

Com algum esforço ela quase conseguiu a façanha de interpretar a cozinheira.

Mas logo tive a recaída. Eu vi ontem na TV: Dilma, Coração Valente! Que interpretação. Não colou.

Dilma ficou menos para Ricardo 1°, Coração de Leão, do que para uma nova Joana D'Arc. Não que represente os ideais da Donzela de Orléans, mas sim e tão somente porque pode estar prestes a perecer na fogueira... das vaidades.

Dilma - Coração Valente, foi demais. São tantas emoções... Desse jeito Zé Genoíno vai pedir pra voltar para a Papuda.

PETROBRABA

Graça Foster está por um fio. Ela e Nestor Cerveró repassaram imóveis para filhos e parentes assim que o escândalo de Pasadena subiu a rampa do Palácio do Planalto.

Conhecendo Dilma como conhece, porque a criatura é cria do criador, Gracinha foi dando um jeito de esconder seu patrimônio que foi parar nas mãos de terceiros, mas sob a capa do conhecido e tradicional jeitinho do usufruto.

Quanto a Nestor Cerveró, já está agarrado no pincel há bom tempo. Essa turma é mesmo assim, na hora do aperto o companheirismo vai pras cucuias.

Dilma já está sabendo do efeito jurídico que pode desabar sobre sua parceira Graça que, não fosse isso aqui a República dos Calamares, já estaria respondendo por fraude e improbidade.

Antes de lembrar que Pasadena é apenas a senha que abre o poço sem fundo da Petrobrás, paraíso de terceirizados da pior espécie, é bom não esquecer que se trata de mais um escândalo do "extraordinário" segundo governo Lula, perpetrado com a assinatura de Dilma Vana, então chef@ da Casa Civil e president@ do poderoso e distraído Conselho de Administração da Petrobrás.

Com a turma do óleo sujo que tem lá dentro, a Petrobrás já é conhecida no mundo inteiro como Petrobraba. Nem Bardahl resolve mais.

VELHA FARRA
De janeiro a julho a farra dos cartões corporativos do governo - aqueles que são secretos e podem ser usados para comprar de tudo um pouco e muito mais - torrou mais de R$ 34,5 milhões. A Presidência gastou mais de R$ 12 milhões e o inerte Ministério da Justiça, bateu em R$ 8 milhões.

CADÊ?
E o legado da Copa, cadê? Cadê, o legado, cadê?!? E inda que mal pergunte cadê a apuração dos passadores de gabaritos com perguntas e respostas para fraudar a CPI da Petrobrás?

VARGAS LEVOU 11 X 0

O Conselho de Étitica votou ontem por 11 x 0 a cassação do mandato de André Vargas, agente do doleiro sedutor Alberto Youssef no Parlamento brasileiro.

Ele só deve perder o mandato lá pelos meados de outubro. Mas isso é o de menos. O que ninguém fala é que o esquema movimentou bem mais do que os R$ 10 bilhões que vêm sendo anunciados por aí. Tem mais de meio mapa do Brasil político envolvido nisso até o pescoço.

O frágil baiano, Luiz Argôlo é outro que o trem vai pegar. Mas, Alexandre Padilha é candidato do PT ao governo de São Paulo e faz de conta que nem era ele o ministro da Saúde quando corria frouxo o esquema Labogen.

VIDA DE CÁRCERE
Movimentos feministas, em desagravo à dor e à vergonha das mulheres vítimas de Roger Abdelmassih, o especialista em reprodução desumana, já estão elaborando a agenda dos dias de visita íntima do mais novo morador do presídio do Tremembé. O candidato a deputado, Kid Bengala, é o primeiro da lista.

SÃO PAULO NO QUARTO
Agora sim, Muricy Ramalho até parece no São Paulo, o Mano Menezes do Corinthians. Ontem ganhou do Abel Braga, do Internacional por 1 x 0 dentro do Beira Rio e puxou o Colorado para o terceiro lugar. O São Paulo agora está no quarto. Sabe lá de que jeito a turma está comemorando.

LUXEMBURGO VIVE
Vanderlei Luxemburgo já se sente tipo assim Muricy e Mano Menezes e um pouco menos Abel Braga. Ganhou de virada do Atlético Mineiro, no Maracanã: 2 x 1. Está impossível. Quer reforços. Faz tempo que só trata de futebol no Flamengo.

PERIGO ARGENTINO
Já o treinador Gareca mostrou ontem, uma vez mais, a troco de quê mesmo foi que veio para o Palmeiras. Perdeu mais uma de virada. Dessa vez, foi para o Sport, lá no Recife. Esse argentino é um perigo para o meu Vasco da Gama. Ano que vem, com o Palmeiras no páreo, vai ser difícil levar mais um caneco de vice da Segundona para a sala de troféus, lá em São Januário.

20 de ago de 2014

DEZ RESPOSTAS QUE DILMA 
NÃO LEMBROU NA HORA...

Pois então, agora se sabe que Graça Foster, a Musa da Petrobrás, doou imóveis para seus filhos assim que deu o estouro de Pasadena. O Tribunal de Contas da União adiou uma vez mais a decisão no caso da refinaria texana. 

O que é mais que essa mulher precisa fazer para ser posta no olho da rua por justa causa?!? 

Depois você não sabe por quê Dilma Vana não conseguiu responder às perguntas de William Bonner, sobre a escolha de corruptos no seu governo.

O que Dilma não quis falar foi isso aí que agora se recorda de um a dez. Dê a nota que você quiser. Isso aqui não prova do Enem nem nada. E também não espere gabarito. Vamos que vamos:

1) ERENICE GUERRACasa Civil. Você se lembra ainda? Ela foi acusada de cobrar comissão de êxito para projetos do agrado de afins;

2) PEDRO NOVAIS - Ministério do Turismo. Se enrolou com dinheiro público nos lençóis de um motel. Pulou a cerca e acabou envolvido, dentro do próprio Ministério, em desvios de dinheiro na chamada "Opereação Voucher";

3) ANTONIO PALOCCI Casa Civil. A velha história do casarão das farras foi abafada pelo PAC do P - Plano de Aceleração do Crescimento de Palocci. Ficou rico da noite pro dia.

4) IDELI SALVATTI - Ministério da Pesca - Cadê as lanchas que estavam aqui? E para o que é mesmo que elas estavam?!?

5) ALFREDO NASCIMENTO - Trnasportes. Bola grossa do Dnit pra fora. Luiz Antonio Pagot sabia o que fazia e coisa e tal;

6) WAGNER ROSSI - Agricultura e Agropeculiaridades. Bode grosso na Conab - Companhia Nacional de Abastecimento. Abastecimento, adivinhe de quem?

7) ORLANDO SILVA - Ministério dos Esportes - Orlando herdou o Segundo Tempo de Agnelo Queiroz. Deu no que deu. Em nada.

8) CARLOS LUPI - Ministério do Trabalho. Cobrança de "pedágio" para verbas de convênios e coisas assim; indústria de sindicatos e saída pela porta dos fundos, sem que fosse disparada uma só bala na direção do ministro bazofeiro que declarou amor à president@;

9) Lula da Silva & Rosemary Noronha - Chatô da Presidência, em São Paulo. A Operação Porto Seguro, da Polícia Federal serviu para fechar a sede do governo paralelo montado por Lula, mas não redundou em nada. Parece que os celulares de todo mundo foram bloqueados.

10) LULA, DILMA, GRAÇA FOSTER - Petrobrás. Refinaria de Pasadena, apenas como ponto de referência. É a porta de entrada para um poço sem fundo.

Pronto, só para começar, fique-se assim com dez respostas que Dilma Vana não deu para as perguntas de William Bonner naqueles eternos 15 minutos que a president@ viveu como candidata no Jornal Nacional.
CHEF DE CUISINE
Reprodução/Horário político na TV

Chef é chef. Sempre. Pode ser no restaurante, no Palácio, na TV... Chef é chef. Mesmo quando faz massa, miojo ou coisa que o valha. Mesmo quando os utensílios são iguaizinhos aos seus aí na cozinha da sua unidade do Minha Casa, Minha Vida. Dilma Vana, chef de cuisine na TV é impagável. Isso é que é alterar um perfil, não é aquela besteirinha que fizeram lá na rede de internet do Planalto com a Miriam Leitão e o Sardenberg. Esse perfil da Dilma aí, eu quero ver de novo. Não há cartão corporativo que pague uma cena dessas. Isso não tem preço.
VASCÃO IMBATÍVEL

O meu Vasco da Gama segue o mesmo. É imbatível na sua saga pelos vice-campeonatos. Ontem mesmo, na gloriosa Série-B do claudicante futebol brasileiro, o time da Cruz de Malta não deixou escapar a chance de continuar na vice-liderança.

Perdeu para o lanterna Vila Nova por 2 a 1, quando tinha tudo para chegar à primeira posição da tabela. Esse vice-campeonato da Segundona ninguém nos tira. Vasco é Vasco; o resto é o resto.

Ah sim, o jogo foi aqui em Brasília, no valioso e inacabado Maná Garrincha. Não fui. Eu me recuso a botar os pés naquele monumento à depredação dos cofres públicos.

CADÊ VOCÊS?
Tá, então tá, Eduardo Campos morreu. Marina Morena Verde da Silva ficou no seu lugar. Dilma foi bancar a Ana Maria Braga na TV. Lula fez o que gosta, eu comi arroz e ele... Pois é. E então, o que é que anda mais sumido: o escândalo da Petrobrás, ou o Michel Temer na campanha de Dilma Vana? Tá nem aí, né não? A memória do brasileiro só vai mesmo até à Missa de 7° Dia.

ÀS MOSCAS
Hoje, por mero acaso, assim como ontem e anteontem, os deputados e senadores se esqueceram de que o Congresso Nacional existe. Os nobres parlamentares sumiram; foram todos para os seus currais eleitorais. O  prédio da Casa do Povo está lá, às moscas. Coitadas, vão morrer de fome.

NEM SANTINHO
A coisa tá feia pros lados de Dilma Vana. Paulo Skaf e Alexandre Padilha, postulantes ao governo de São Paulo foram ontem para a TV sem levar sequer um "santinho" da candidata de si mesma à reeleição. Fogem dela como o diabo da cruz. Não demora nada, os dois aparecem na telinha abraçados a um poster de Lula, o Salvador.
OS DIAS ÍNTIMOS DE ABDELMASSIH

Então foi preso, em Assunção, depois de uma folga de quase três anos no Paraguai, o médico especialista em reprodução humana, Roger Abdelmassih que usou e abusou de pelo menos 39 pacientes enquanto elas estavam sob sedativos no seu consultório.

Ele está condenado a 278 anos de prisão por ter cometido 52 estupros. Fazendo bem as contas, alguns foram repeteco.

Ele foi trazido de volta para uma delegacia de Foz do Iguaçu, no Paraná, pela polícia brasileira e ficará preso no pouco luxuoso complexo do Tremembé, em São Paulo.

Nada disso é mais relevante agora do que a expectativa dos agentes penitenciários em torno dos dias de visita íntima de Abdelmassih.

A comunidade carcerária mal pode esperar para ver, ou até mesmo só ouvir, o especialista em reprodução humana em plena atividade. Não há quem não queira ver o doutor relaxar e gozar.

O CANDIDATO
Nesse primeiro programa gratuito do PT na TV ficou desavergonhadamente claro que Lula é muito mais candidato do que Dilma Vana. Travestido de cabo eleitoral, Lula fez o contraponto de todas as cenas e falas do programa. Se o efeito velório de Eduardo Campos corresponder aos medos do plano de poder do PT, a cama já está feita e Dilma cai fora para Lula se deitar na fama.

CADÊ O TEMER?

Olhando a cara de Michel Temer depois desse primeiro programa de TV do PT não dá para notar nenhuma reação.

Ele é assim mesmo, não move um músculo da face em nenhuma situação.

Jamais interpretaria, por exemplo, um Abdelmassih em um remake do filme o Médico e o Monstro.

Ele seria, na melhor de todas as hipóteses aquele impassível mordomo de filme de vampiro, criação imortal do velho babalorixá baiano, Antonio Carlos Magalhães.

Mas, a título de curiosidade política e ainda que mal pergunte: cadê o PMDB no filme de mocinho do PT? Cadê o companheiro Michel Temer, cadê?!?

NA COZINHA
Até parecia a Ana Maria Braga; em dados momentos, lembrava o sucesso televisivo "Bem Simples" com as receitas da Vovó Palmirinha... Dilma Vana esteve impagável como dona de casa. Ah ver Dilma na cozinha naquele programa do PT não tem preço.

SEM EXPLICAÇÃO
Dilma não explicou até agora por quê continuou renomeando ministros acusados de corrupção e malfeitos públicos e notórios para os cargos que ocupavam quando ainda não tinham sido flagrados com a boca na botija. William Bonner quer saber.

DAS DUAS, UMA
Eu sou um dos mais de 12 milhões de eleitores aposentados que querem um candidato desses todos que estão loucos para presidir o Brasil que lhes responda: O que você vai fazer com o fator previdenciário?!? E já vou dizendo logo. Só há duas coisas a fazer com o fator previdenciário: a outra é acabar com ele!

QUEBRA DE BRAÇO

A brontossaura Luiz Erundina que chegou a mandar o pungente recado "estou à disposição do PSB" continua enchendo o saco de todo mundo.

Ela quer porque quer que Marina Morena Verde da Silva assine uma carta-compromisso com os ideais partidários socialistas brasileiros.

A  pode até ser mais ranzinza que Marina, mas nunca será mais turrona que a herdeira das lutas de Chico Mendes. Erundina perde essa quebra de braço porque está com dor de cotovelo.