O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

18 de fev de 2014

CPI DOS BLACK BLOCS

De onde você mais espera que saia o que há de ruim é dali mesmo que sai o que há de muito pior. A CPI dos Black Blocs está a um passo de ser realizada. Isso até que seria uma boa notícia. Seria sim, uma boa notícia, em qualquer outro país, menos no Brasil da Silva.

Imagine, a CPI dos Black Blocs vai ser o palco iluminado justamente de um bloco pralamentar que não nos representa. Quem são esses caras para investigar, debater, destrinchar o vandalismo dos blackbostas que infestam nossas ruas?!?

Quer saber quem são?... São exatamente o público-alvo dos manifestantes sérios que já não suportam mais os corruptos e os governantes que se apropriaram da democracia e nos empurram os piores serviços do mundo em saúde, transporte, educação, segurança e justiça social.

CPI dos Black Blocs é apenas mais um salvo-conduto para a roubalheira e a baderna do crime organizado paraestatal que domina, vandaliza e destrói esse país, sob a máscara da lei que eles mesmo fazem. É o selo de garantia para a impunidade de quadrilheiros, mensaleiros e companheiros bons e batutas.
DILMA EMPURRA LULA PRA LÁ

E então, para quem quer e gosta, saiu mais uma pesquisa "científica" encomendada pela Confederação Nacional dos Transportes e realizada, não se sabe muito bem onde e nem com quem, pelo Instituto MDA, uma empresa mineira de indagações que diz que usando seu trabalho o cliente "poupa tempo e dinheiro".
Como se vê, pesquisa científica, sempre tem seu preço.

Pelo último levantamento, se as eleições fossem hoje, Dilma Vana teria 43,7% das intenções de voto. Marina Silva iria para as urnas com 20,6% de escolha a seu favor. Já o tucano Aécio Neves contaria com 17% e Eduardo Campos ficaria com 9,9% das preferências.

De certo mesmo, de absolutamente confiável e definitivo, dessa pesquisa resulta a informação de que a eleição não é hoje; ficou para outubro vermelho, conforme o Superior Tribunal Eleitoral determinou desde que Dilma Vana foi eleita em 2010.

Há também um ponto a ponderar na rabeira de mais essa providencial pesquisa:  a tristeza de Lula diante da popularidade de Dilma, uma cidadã acima de qualquer suspeita. Isso empurra um pouco mais pra lá a avalanche de votos que sempre faz de Lula o grande salvador da pátria petista que engoliu o Brasil.
FALTA POUCO PRO PT FESTEJAR
A vaquinha da filha de Zé Dirceu já arrecadou em cinco dias mais de R$ 565 mil. A multa de Dirceu é de R$ 971 mil. Falta pouco menos de um terço agora para o PT comemorar mais um pacotão de grana até que enfim contabilizada. Não se tem notícia no mundo de uma relação tão grande de cúmplices de um sistema corrupto do porte do Mensalão sem o menor medo de ser feliz.

CADÊ A BOLA DO PT?!?


No meio de um desses passeios que a Fifa realiza pelos estádios da Copa das Copas de Dilma Vana, inclusive com a digna presença da president@ da República dos Calamares, uma bola de futebol com a cara de Agnelo Queiroz, Dilma Vana e Lula da Silva, causou mal-estar e constrangimento na comitiva oficial que puxava o saco de Jerome Valcke, o secretário-geral de Baltter que gosta de chutar traseiros nacionais. A bola do PT apareceu assim como quem não quer nada. Mais uma catilinária do sem-noção Argh!nelo. Logo, assessores de plantão, deram sumiço no ridículo artefato. Ninguém sabe onde a bola foi parar. Mas eu quero saber. Cadê a bola, cadê?!? Eu quero chutar essa bola!
GOVERNO QUER AVISO PRÉVIO
PARA MANIFESTAÇÕES DE RUA

Projeto do governo prevê "aviso prévio" para manifestações de rua. O governo estuda exigir que os protestos sejam previamente informados às autoridades. É como se fosse assim um Carnaval. Eles querem plastificar a indignação popular contra a corrupção e os desmandos, como fizeram com os folguedos carnavalescos. Primeiro botaram cordas, depois arquibancadas, mais tarde camarotes, praças de apoteose e logo acabaram até com o rei Momo.

Agora, o brasileiro vai ter que avisar antes, justamente para os pulhas que abomina e que são alvo dos protestos de indignação: - Ei, amanhã às 10 horas nós estaremos com raiva de vocês. Vamos nos encontrar na praça, enquanto o lobo não vem.

Essa pandilha de sevandijas que tomou conta do Brasil é mesmo uma súcia de tiranos. Democracia para eles é isso: os vícios deles a serviço de todos
PATÉTICOS

Governo estuda punir mascarados em protestos com até dez anos de prisão. Esses caras são patéticos. Até quando "estudam"...
Reprodução/terramagazine

Agora, os policiais que monitoram manifestações públicas com ordem de prender e arrebentar, sempre que derem de cara com um mascarado, se aprochegarão gentilmente do blackbosta e pedirão que tire a máscara e se identifique.

Pronto, registro feito. O manifestante se retira, volta à comissão de frente, recoloca a máscara e vai que vai que atrás vem gente. Assim, em caso provável de eventual baderna e depredação, ele será condenado a dez anos de cadeia.

Quanto a você, quando acordar desse sonho dourado, muito cuidado para não enfiar o pé no penico. É aí que você vai cair na realidade e ver que essa gentalha está fazendo o Brasil da Silva ficar cada vez mais nojento.

SÓ O CELULAR?
Zé Dirceu agora vai ter que explicar à Justiça o uso de celular na Papuda. Um boa oportunidade para lhe perguntarem também sobre o tal de curso de Direito a distância e tentar saber se ele edita seu blog de futricas, lobbies e consultoria por telepatia.

MAIS MENSALEIRO QUE CARDIOPATA
E então uma vez mais os médicos decidiram que Zé Genoíno é muito mais mensaleiro do que cardiopata. Decidiram que por isso ele não merece aposentadoria. Nesse meio tempo, o Papagaio do Araguaia esperneia e quer que a Justiça lhe conceda prisão domiciliar permanente. Por enquanto não vai levar. Mas tem tudo para debochar dos brasileiros a partir de março, quando o Supremo Tribunal Federal estará sob nova direção. Zé Genoíno em casa,é só uma questão de tempo.

SOB NOVA DIREÇÃO
Questão de tempo também é o almejado emprego de Zé Dirceu. Em março, com ao Supremo sob nova direção, ele afinal, ganhará a grande oportunidade de mostrar ao Brasil da Silva o quanto ele gosta de trabalhar. Enfim, ele poderá justificar esse tempo todo que decorreu desde o dia de sua filiação ao Partido dos Trabalhadores.

ARRUDA CONDENADO
Flagrado com a boca na botija e a mão numa sacola de dinheiro para comprar panetones para farta distribuição no Natal dos pobres brasilienses, o ex-governador do DF, Zé Roberto Arruda, foi condenado agora pela Justiça porque foi improbo ao promover um jogo da seleção da CBF contra Portugal, na antiga versão do estádio Mané Garrincha. Perdeu os direitos políticos por oito anos. Logo agora que já se preparava para ser eleito outra vez. Em nome do amplo direito de defesa e da presunção de inocência, Arruda pode recorrer da sentença. I la nave va. Ou bola pra frente que atrás vem gente.

BUARQUE TRAVEIS
E aí vem de novo, surgido das cinzas, Cristovam Buarque para ser de novo candidato derrotado a presidente da República pelo PDT. Volta à cena, qual Fênix que sai das brumas, porque Joaquim Barbosa não levou em conta as sondagens que lhe foram feitas pelo partido de propriedade do finório Carlos Lupi, grande monitor da proliferação de sindicatos de ocasião.

DILMA TRAVEIS
Preste atenção nos próximos palanques eletrônicos de Dilma. Ela vai anunciar a construção de seis mil quadras poliesportivas em escolas públicas com mais de 500 alunos e prometer a cobertura de pelo menos quatro mil das quadras já existentes no país. Vai construir também 800 complexos esportivos, culturais e de lazer, "em todos os lugares do país". E você vai acreditar, como acreditou nas eleições de 2010 quando ela prometeu exatamente isso. De lá pra cá, tudo ficou como dantes no quartel de Abrantes. A mãe do PAC empacou nas "inaugurações" de pedras fundamentais que nunca saíram do papel. Esse golpe vem sendo dado desde 2002. Esse governo faz saber, mas não sabe fazer.

17 de fev de 2014

PEGA O PATO
Mano Menezes quer ao menos mais um atacante para o time  do Corinthians. É só avisar para ele que, bem debaixo do nariz dele, o Alexandre Pato acabou de ir para o São Paulo. Vai ser fácil encontrar alguém melhor que o Pato pra jogar nessa baba em que o Curingão se encontra. Mas, com Mano Menezes em campo, tudo é possível acontecer. Inclusive, nada. Ou até pegar o Pato de volta só para deixá-lo na reserva.

CADÊ?!?
Inda que mal pergunte, alguém aí sabe dizer onde foi mesmo que o governo Dilma construiu as 500 Unidades de Pronto Atendimento, as tais UPAs, que ela prometeu quando subiu a rampa no lugar de Lula? Vai ver que ela pensa até agora como o seu grande guru que a saúde pública está "à beira da perfeição". Ou que ela acabou mesmo com o crack, como prometeu peremptoriamente um pouquinho antes de habitar o Palácio do Planalto.
14 ANOS DE CHAVISMO
QUEBRARAM A VENEZUELA

Com a economia completamente apodrecida pelos 14 anos de socialismo ditatorial de Hugo Chávez, a Venezuela perdeu até a sua própria identidade quando passou a ser proclamada como República Bolivariana. 

Hoje, nas mãos duras e pernas frouxas de Nicolás Maduro, a Venezuela não sabe sequer o que fazer com as suas formidáveis reservas de petróleo. Elas não servem para nada. 

Os venezuelanos não precisam de gasolina barata, pois não têm para onde ir e vir dentro do próprio país; não tem sequer onde comprar caixas de sapato para empilhar notas de dinheiro, já que precisa mais de 3 mil bolívares para comprar um dólar americano.

E se encontrar caixa de sapato, não tem sapato para comprar, nem comida, nem qualquer mercadoria essencial ou supérflua. Hoje a Venezuela está à beira de um ataque de nervos. Está em plena ebulição. 

Já estão acesos os pavios dos barris de pólvora que hoje substituem os de petróleo numa guerra intestina em movimento. 

E o Brasil aqui, calado. Lula, o grande fã de Hugo Chávez e grande conciliador mundial de nações em beligerância não moveu um músculo da cara na direção de Nicolás Maduro; não foi capaz sequer de ter a ousadia de telefonar para lhe dizer "estamos juntos nessa!"... 

E Dilma Vana, então, nem se fala; ela não fala. A última vez que esteve com Maduro foi para consagrar o presidente na marra desse Venezuela caindo aos pedaços como presidente do Mercosul - um cabideiro de bons ganhos para meia dúzia de presidentes mais malandros do que espertos; um bloco que já não conta nem mesmo com a participação do Paraguai que considera o Mercosul um organismo falsificado; uma coisa tipo assim um grupo bucaneiro do Cone Sul do mundo que conta inclusive com piratas do Caribe.
ELETROBRAS TIPO EIK
A Eletrobras - no país do "apagão, nunca mais" - não está pagando sequer o salário de seus funcionários, imagine se está de bem com o Serasa, SPC, similares e com a ficha limpa na praça. A Eletrobras está com um rombo de mais de R$ 8,7 bilhões. Zé Carvalho da Costa Neto, seu presidente de plantão, é uma espécie de Eike Batista do sistema de geração, transmissão e distribuição do setor elétrico brasileiro. A Eletrobras, criada em 1962 ia muito bem e coisa e tal, mas há 12 anos virou apenas mais uma empresa que sofre o des/controle acionário do governo federal mais desregrado da história do Brasil.

COMO DE HÁBITO
Esse apagão financeiro na Eletrobras é porque Dilma quis cumprimentar os contribuintes com o chapéu dos outros. No fim, tudo vai dar certo. O Ministério da Fazenda manda cobrir o rombo com dinheiro dos cofres públicos. E fica tudo em casa. Como de mau hábito.

ANTES DOS 70
Joaquim Barbosa confirmou que deixará o Supremo Tribunal Federal "antes de fazer 70 anos". Ele chegará às 70 risonhas primaveras em 7 de outubro. Antes dessa data querida, qualquer dia é dia e qualquer hora e hora de deixar o STF. Em verdade, em verdade, vos digo: Joaquim Barbosa deixará mesmo é Ricardo Lewandowski. Assim que o Supremo entrar sob nova direção, Joaquim Barbosa se manda com malas e bagagens. Esse "antes dos 70 anos" vai ser em março.

DIFÍCIL CONVERSÃO
Que ninguém nos ouça, mas chega a ser comovente a gana com que Lula, Dilma, Dirceu, Ruy Falcão e suas comanditas popularescas tentam esconder o quanto está sendo difícil sua conversão à democracia. O que eles gostam mesmo, sempre gostaram, é de bancar os blackblocs nativos da máquina pública. Socializar pontapés e pular a cerca é bem mais emocionante do que "redemocratizar" um país.

NANICOS BARATOS
Os candidatos a presidente da República, ditos de oposição, estão tentando se aproximar dos partidos nanicos. Mais que natural, posto que os grandes custam caro e gostam de ministérios e cargos públicos, coisa que as siglas oposicionistas não têm para oferecer. Pelo menos, neste momento, enquanto não abocanham o poder e, assim como são o PT e o PMDB nos dias de hoje, serão os partidos de oposição amanhã para todo o sempre, amém.

PEDÁGIO CONTRA APAGÃO
Só porque era fim de semana, mais um apagão deixou Maceió e boa parte de Alagoas sem energia elétrica. Confirma-se assim a promessa tonitruante de Dilma no seu primeiro dia de governo "Brasil, apagão nunca mais". Maceió e Alagoas devem ser algum acidente geográfico, algum relevo terrestre que, por azares da natureza, veio passar uma temporada aqui no Brasil da Silva. É como diz Edison Lobão, o Pai da Energia no País das Maravilhas: "Se quiser ter mais segurança energética tem que pagar pedágio".

CARD-BLACK
O Blackbloc-Card com limite de R$ 150 por sessão de quebra-quebra é a mais nova modalidade de cartão corporativo no Brasil da Silva. Mas está longe de depredar o patrimônio público e social como o cartão corporativo do governo depreda e arrasa os cofres da nação. pelo menos até agora não se viu um baderneiro desses jantando e bebendo vinho às margens do Tejo. Vai ver que é só porque o Tejo corre frouxo em Portugal. Convenhamos, comer e bebericar às margens do Tietê ou da Lagoa Rodrigo de Freitas não é a mesma coisa. Muito menos na lagoa artificial da Pampulha ou à beira das águas naturais do Guaíba. Mas pagar isso tudo com Card-Black não tem preço.

TÁ FEIA A COISA
A coisa tá ficando feia para o governo Dilma que pegou o rabo de foguete da Copa das Copas lançado por Lula e sua pandilha há sete anos em Zurique, na Suíça. Nesta terça-feira, a Arena da Baixada deve ser excluída da Copa. A especulação já é notícia nos cadernos esportivos de Estados Unidos, França e Espanha. O Itaquerão, anunciado como local de abertura oficial da competição, também está na marca do pênalti. E o estádio do Pantanal também está a perigo depois do incêndio que abalou suas estruturas. Quer dizer, nenhuma novidade para um governo que não consegue cumprir uma só promessa das que sempre faz em suas cerimônias de inauguração de pedras fundamentais. A estupefação fioca por conta da Fifa. A gente por aqui, já sabia.

16 de fev de 2014

CORINTHIANS EVOLUINDO
O Corinthians de Mano Menezes continua invicto ao avesso - são seis jogos sem vencer - no campeonato paulista e o modorrento treinador insiste em dizer que o time está "evoluindo". Mano Menezes consegue a previsível proeza de imitar a si mesmo. Está levando burocraticamente o Corinthians para o mesmo lugar que levou a seleção dos cartolas da CBF. Então tá, o Corinthians está evoluindo. Mano só não diz em que direção. Bolas, o câncer também evolui.

NEOCLÁSSICO
Assistir a um jogo do Santos sem Neymar é dose pra mamute; fantasiado de Penharol e com o moleirão Leandro Damião no comando do ataque, aí é overdose do dito cujo mastodonte. Sou Penapolense desde os tempos em que o professor Vanilton Senatore era fullback direito do maior clube de futebol da gloriosa Penápolis, capital da mesorregião da República de Araçatuba. Pouco se me dá que o garboso Penapolense até perca de virada para os desmanchados da Vila, o importante é que não gastei minha TV assistindo a mais um neoclássico do Paulistinha 2014.

PADRÃO FIFA
A Fifa diz que o terrorismo nunca foi uma preocupação para a realização da Copa no Brasil. Claro que não. Aqui, as manifestações públicas são como um domingo no parque para black blocs esculhambadores. De terroristas não têm nada; são meros mercenários, bolsistas pés-rapados que depredam tudo e desestimulam pessoas indignadas com a corrupção.

ACABEM COM NEYMAR
Indignado até o último fio de cabelo - e isso, de per si, já é uma conquista homérica - continuo torcendo para o retumbante fracasso da seleção dos cartolas da CBF na Copa das Copas que o governo precisa ganhar em junho para não perder as eleições em outubro. Já enviei mensagens para os técnicos da Croácia, México e República dos Camarões, as três escolas futebolísticas que o time de Felipão enfrentará na primeira fase da competição: "Grudem no Neymar, não deixem ele jogar! Acabam com ele e pronto, desmancham com o selecionado dos políticos brasileiros. A pátria de chuteiras, agradece".
HAI-KAI
Cadê avanço? / Direita e Esquerda / É puro ranço.

DILMA, A RANZINZA
E LULA, O SORRIDENTE

Todo mundo sabe que Lula mantém um governo paralelo em São Paulo. Fica bem ali, onde ele instalou o seu Instituto Lula, uma central  de fisiologismo e lobby, com jeito de lavanderia geral. Ali se lava de tudo, até roupa suja. O lugar substitui o antigo escritório que Rosemary Noronha dirigia para Lula, com pose de primeira-dama da Série-B da Presidência da República.

Agora, o blog de Cláudio Humberto, o Bateu-Levou do Brasil em tempo de Collor, diz que Lula afaga os políticos que se aconchegam no seu instituto para se queixar da neurastenia de Dilma Vana, dizendo-lhes com o seu humor mais aquoso que "Dilma precisa arrumar um namorado".

Ora, de Lula não se poderia esperar nada melhor nem mais íntegro e decente do que repassar para os choramingões desencantados a própria experiência de sua vida de galante e contumaz cortejador de damas carentes que estejam mais à mão. Se Dilma Vana é ranzinza e rabugenta porque "precisa arrumar um namorado", a gente agora já sabe porque Lula anda por aí sempre tão sorridente e feliz da vida.

TRISTE FIGURA

Eduardo Suplicy, o senador gagá, defensor dos black blocs, homem capaz de vestir cuecas vermelhas por cima das calças e desfilar pelos corredores do Congresso, sem mais o que fazer agora bate boca com o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal. E, uma vez mais, sua batalha é inglória e sem noção. Ele defende a vaquinha eletrônica dos mensaleiros que sempre o relegaram a um segundo plano dentro do próprio Partido dos Trabalhadores.

O ministro Gilmar quer que ele faça uma vaquinha para ressarcir os cofres públicos do rombo de milhões que os mensaleiros abriram durante o governo Lula sob a chefia de Zé Dirceu. O senil e já prescrito senador, mais uma vez, é capaz de não deixar o cavalo passar encilhado por perto dos holofotes da mídia. Suplicy não está sabendo envelhecer. É apenas um cavaleiro de triste figura.

CAMPOS, O VASCO DE LULA

Quem acompanha a politiquice que vem achincalhando o Brasil, já viu que oPT parou de confrontar o governador pernambucano Eduardo Campos, dono do PSB. É que petista não é bobo e sabe que lobo não come lobo. Não come lobo, mas traça até a vovozinha.

A facção que, embriagada pelo poder, dirige o país há quase 12 anos, está pra lá de "desconfiada" que seu presidente de honra, Lula da Silva, manobra para pegar o lugar de Dilma Vana ainda nesse outubro vermelho que nos espera.

Como sabem que Eduardo Campos é o Vasco da Gama de Lula - vice garantido desde sempre - os lulistas pararam de cutucar o proprietário do PSB porque cautela e caldo de galinha não fazem mal a ninguém. Quem está sendo frita é Dilma Vana. Quem sabe daí sai a canja que Lula da Silva vai servir aos velhos companheiros bons e batutas.

LULICE À FLOR DA PELE
Naquela história de procurar Lula da Silva no instituto-sede do governo Série-B da República de Dilma, os políticos queixosos do gelo que a president@ lhes dá, acabam conseguindo - por influência do "Barba" - tudo quanto lhes é negado pelo Palácio do Planalto. Dilma, sempre enfermiça e intratável, diante dessas futricas subterrâneas, passou do costumeiro estado de irritação para o nível de nervos à flor da pele. É uma espécie de urticária de rabugice.

VAQUINHA DE DIRCEU
Entrementes, a vaquinha da filha de Zé Dirceu já arrecadou mais de R$ 300 mil. Coisa de um terço da multa de quase um milhão de reais que ele precisa pagar ao Supremo para o Fundo Penitenciário. Está pra lá de tranquilo, isso é bem menos do que o partido pode lhe garantir antes que a porca torça o rabo para que não tenha que meter a mão no bolso e, mais adiante, ter que explicar ao Leão da Receita de onde saiu tanta grana des/lavada.

15 de fev de 2014

A SÍRIA É NO
MAR DO CARIBE

Nicolás Maduro é a versão venezuelana do presidente da Síria, Bashar al-Assad. Antes de ser derrubado pelo povo, Maduro vai exercitar sua capacidade de praticar genocídio à granel.

Há quase três anos a Síria se desmancha numa guerra intestina que deixará como legado para o próximo governante, seja lá quem for, apenas metade dos que eram, até explodirem as bombas de hoje, pouco mais de 22 milhões de habitantes.

A Venezuela é a Síria do mar do Caribe. Tomara que seus 28 milhões de habitantes não sejam apenas 14 milhões daqui a dois ou três anos.

Agora me digam: como é que alguém pode lutar para manter-se como presidente de uma nação em que milhões de pessoas se dispõem a matar ou morrer porque repudiam sua figura e tudo mais quanto ela representa?!? Só a ambição desmedida pelo poder pode explicar uma desgraça, um mau-fado dessas dimensões.

A verdade é que todo governante se extasia por ter a força de um gigante e se realiza com o uso dessa força gigantesca que lhe dá a estatura de um tirano. Resta ao povo o esperança de que todo poder excessivo seja de pouca duração. É por isso mesmo que a esperança é a última que morre. E morre.
HORÁRIO DE VERÃO, FRACASSO RETUMBANTE

E então hoje, quando os ponteiros dos relógios se juntarem, você atrasa a chegada do domingo em uma hora. É o governo brasileiro devolvendo uma hora de vida que escamoteou de cada um dos mais de 200 milhões de habitantes desse Brasil da Silva. Pelo menos isso, esse governo nos devolve.

E só por isso, o governo celebra uma economia de R$ 405 milhões nesses 120 dias de uma hora a menos de vida para todos nós.

Enquanto isso, de 20 de outubro do ano passado para cá - levando-se em conta a média da última década estimada pela Fiesp - a corrupção abiscoitou, afanou, gadanhou desse mesmo Brasil da Silva nada menos do que R$ 28 bilhões.

Se a gente quiser ver a vida com bons olhos, então é bom festejar porque não há nada como uma boa hora de corrupção a menos na vida de um povo bom de coração e ruim de política.

De 20 de outubro até à zero hora deste sábado para domingo de fevereiro, os corruptos deixaram de nos assaltar nada menos de R$ 1,2 bi - três vezes mais do que os R$ 405 milhões que o governo celebra com o estúpido e retrógrado horário de verão.
NAS ASAS DO BRASIL DA SILVA
Lula foi a Belo Horizonte, basofiar histórias sobre os seus dois grandes governos, usando um jato Cessna CJ-3 de Walfrido Mares Dias. Se o senhor não tá lembrado, dá licença vou contar: era um cabra quase macho velho, ministro de Lula e que foi réu no mensalão mineiro, acusado de peculato e lavagem de dinheiro. Ele escapou da cadeia porque a Justiça determinou que os crimes prescreveram quando ele completou 70 risonhas primaveras. Lula não viajou sozinho nas asas da mordomia inescrupulosa. Não se tem notícia de que dona Marisa Letícia tenha integrado a comitiva. Isso, diante dos voos anteriores do galante viajor, quer dizer nada, absolutamente nada.

A PRESSA DO MINISTRO
Zé Eduardo Cardozo, o ministro da Justiça do governo Dilma, que até agora nada fez na pasta que manda na Polícia Federal, promete se empenhar a fundo para que o projeto de lei que combate com rigor as manifestações populares seja aprovado antes da Copa do Mundo. Nem precisa nada disso, afinal os deputados e senadores são os que têm maior interesse em acabar com os protesto contra a corrupção. Em todo caso, o ideal seria que esse projeto fosse aprovado antes do Carnaval. É quando o Brasil mais tem mascarados pelas ruas.
TÁ TUDO DOMINADO

Tá tudo dominado. Os dois blackbostas, um desempregado e outro tatuador, estão indiciados por homicídio doloso de um cinegrafista de TV e pronto, não se fala mais nisso.

Os corruptos de sempre tomaram o controle da situação. Estão fazendo as regras e reorganizando as manifestações de rua no país que tomaram de assalto.

De agora em diante, as passeatas serão ordeiras, coloridas, com cartazes bem feitos, bandeiras de partidos políticos e sindicatos, símbolos do mais perfeito domínio dos fatos. Esses pirulitos marqueteiros, plastificados e com jeito de displays de lojas em dias de liquidação, afugentam o cidadão de bem das ruas e o enfurnam dentro de suas casas, com sua indignação estupefata e reprimida.

E você já não verá mais nas ruas, os brados contra a corrupção, os desmandos, as desigualdades sociais, os péssimos serviços de saúde, educação, transporte e segurança. O governo que quer a Copa pra não perder a eleição e os corruptos sem máscara, de cara des/lavada venceram uma vez mais. Tá tudo dominado.

COMO SEMPRE
O que acontece, na verdade nua e crua, é que o governo e os corruptos se apropriaram uma vez mais da situação. Estão prometendo leis para dominar as manifestações e os protestos de rua, quando a Constituição e os códigos nacionais de Justiça já tratam minuciosamente da questão. As leis existem, só precisam ser respeitadas e aplicadas. O governo e os corruptos - isso é redundância - estão ganhando tempo e espaço para eles mesmos. Como sempre.


VAQUINHA DE DIRCEU
A vaquinha da filha de Zé Dirceu está dando leite. Em dois já arrecadou R$ 225 mil. Ele precisa de pouco menos de um milhão de reais para pagar a multa que a Justiça lhe aplicou por ser chefe da quadrilha dos mensaleiros que tomou do Brasil, na mão grande, mais de R$ 100 milhões. Os cúmplices de Dirceu saem da mesma fornada de sempre. O PT, penhoradamente, agradece.

DILMA E OS RED BLOCS
Os Red Blocs do MST foram recebidos pela companheira Dilma em palácio. Reclamaram mais investimentos para Manaus. É lá que está sendo construída, a pau e corda e muita grana pública, mais uma portentosa arena para a Copa das Copas. Dilma prometeu, antes que eles descessem a rampa sem medo de ser feliz, que até o fim do ano, em nome da reforma agrária, vai assentar 30 mil famílias. E assim é que, tão cedo o Brasil da Silva não verá o MST bancar o Black Bloc vermelho na Esplanada dos Ministérios. Ainda bem, porque ver pelegos e bandeiras estreladas dominando o cenário nacional é tudo que os brasileiros de boa índole e boa vontade não querem e não precisam.

VENEZUELA À BEIRA DE
UM ATAQUE DE NERVOS
A Venezuela perdeu o rumo de vez. A população exige que Nicolás Maduro desarme as milícias chavistas e liberte 69 presos. O país está à beira de um ataque de nervos. A inflação come por uma perna um dos países mais ricos do mundo em petróleo; as prateleiras dos supermercados estão repletas de caixas de isopor vazias para preencher os espaços dos produtos alimentícios e mercadorias que estão faltando; uma lata de leite condensado é disputada a peso de ouro, ou a tapas. Ninguém compra vestidos, camisas, sapatos, simplesmente porque não há dinheiro e muito menos vestidos, camisas e sapatos para vender. Maduro consultou o passarinho Chávez e mandou bloquear imagens no twitter. A guerra civil assombra a Venezuela. Já está na hora de Lula telefonar para Maduro e resolver o conflito: "Estamos juntos nessa!".

O GRANDE CULPADO
Agora o governo está propondo "lei de protesto" sem veto ao uso de bala de borracha e outros aparelhos chocantes em manifestantes mascarados ou não. Os Black Blocs estão inconsoláveis: logo agora que eles resolveram "dar um tempo" é que a coisa vai pegar fogo. A verdade, no entanto, é que o governo deveria estar sendo indiciado pela prevaricação e negligência demonstradas até aqui. O governo com sua leniência e sua propositada tolerância aos abusos e às depredações é o grande culpado de tirar das ruas a população indignada contra a corrupção e os péssimos serviços públicos.

HORA DE SAIR
Joaquim Barbosa, a páginas tantas da revista Veja desta semana, diz o que todo mundo já está careca de saber: "acho que está na hora de sair". Ele não tem temperamento para engolir sapo. Ricardo Lewandowski, por força da tradição do tribunal, assume em março a presidência do Supremo e Barbosa se escatafede no dia seguinte. E então, sob nova direção, a mais alta corte de Justiça do País, ficará bem do jeitinho que o governo gosta. De minha parte, eu como arroz.

O MEDO DE DILMA
A saída de Joaquim Barbosa mete um medo maluco em Dilma Vana. Com Barbosa fora do STF o segundo turno é inevitável, em outubro. Não, o medo de Dilma não é Barbosa. O medo de Dilma é Lula. Ele só espera a primeira pesquisa de opinião dando Barbosa como um dos concorrentes para entrar no páreo.

TERRORISMO DE ESTADO
Ruy Falcão, o presidente do presidente de honra do PT vituperando contra Joaquim Barbosa e Gilmar Mendes, ministros do Supremo Tribunal Federal: "STF faz terrorismo de Estado". É como se repetisse Luis XIV: "L'etat c'est moi". Falcão, o som de Lula, sabe do que está falando. O seu partido é o Estado. Desde 2002 que o PT é o Estado. O bom é que boa parte do povo brasileiro também já sabe do que Falcão está falando. Desde 1985, quando Sarney começou a "redemocratização" do nosso país que essa pandilha de sevandijas vem fazendo terrorismo de Estado.

JEITO PT DE SER ESTADO
Terrorismo de Estado é, para os menos avisados, usar a força da lei e o poder de mando para praticar desmandos sob o manto protetor da própria lei. Mesmo que não seja legítimo, se for legal, tá legal. É o jeito PT de ser Estado. E quando o PT Estado não pode mudar as pessoas, ele não se cansa de mudar as leis.  E quando uma lei é ruim e mal intencionada, ela é a pior forma de tirania e de terrorismo. É o terrorismo de Estado. Falcão sabe do que a gente está falando.

14 de fev de 2014

QUE GOVERNO É ESSE? QUE...

Lobão, o filhote de Sarney, diz em nome do governo Dilma - aquele do "Brasil, apagão nunca mais!" - que o consumidor vai ter que pagar para ter "segurança energética"; rebelião na penitenciária de Pedrinhas, no Maranhão, Dilma chama a Força Nacional; conflito de terras entre colonizadores grileiros e índios, Dilma mete o Exército no meio; Black Bloc espanta pessoas de bem das ruas, Dilma manda o ministro da Justiça prestar atenção ao serviço; bandido tem multa para pagar à Justiça, abre uma vaquinha eletrônica que dá leite em profusão para deleite dos malfeitores... 

Caramba! Que governo é esse; que democracia é essa; que país é esse?!? Já pensou se o Paraguai - o escorraçado do Mercosul - resolve anexar o Brasil? Dilma Vana deve baixar uma medida provisória urgente, urgentíssima obrigando cada brasileiro a cantar guarânia.

MAIS MACONHA
O Senado agora já está prontinho para discutir projeto que legaliza o consumo da maconha. E se acha grande coisa porque ficou sabendo que mais de 20 mil internautas apoiaram a iniciativa. A desculpa é que se trata de uma erva medicinal. A flora amazônica que concentra a maior diversidade de espécies de plantas medicinais comestíveis, oleaginosas e corantes do planeta não é suficiente para essas cabecinhas privilegiadas. Tão privilegiadas que mal podem esperar que fiquem embotadas. O Ministério da Saúde adverte: a persistirem os sintomas, vem aí o popular programa Mais Maconha, com direito a Bolsa de Fumo e tudo mais.

CULPA DO MUJICA
É só o que falta agora, a oposição querer culpar o governo Dilma pelo projeto de legalização da Maconha. Dessa vez, ela não tem culpa nenhuma. Isso é coisa do Zé Mujica, peão de estância lá do Uruguai, um país que só tem fauna, não tem flora.

SUBORNO NA PETROBRAS
A oposição está pedindo investigação sobre denúncia de suborno na Petrobras. A acusação envolve a empresa holandesa SBM Offshore. Que coisa, né não?!? A situação deixar que a oposição peça para investigar. Isso é responsabilidade da própria Petrobras. Se ela não investigar, os milhares de servidores terceirizados honestos e qualificados que transitam por lá, estarão condenados a viver com esses corruptos bandalhos e dissolutos. 

MINHA HORA DE VOLTA
Oba, exatamente à zero hora, bem no meio do caminho deste sábado para este domingo, o governo vai me devolver a hora de vida que me escamoteou no tal horário de verão. 
COISA DA FIFA
Ei, vocês têm certeza de que não é coisa da Fifa essa baderna toda que redundou na revelação de que os corruptos pagam o Black Blocs para escorraçar das ruas os brasileiros que estão cansados de tanta corrupção e desgoverno? Há quem diga que diante do atraso das obras bilionárias dos estádios e do abandono criminoso pelas prometidas estruturas de mobilidade urbana, a Fifa daria tudo e mais um pouco para cancelar a Copa das Copas no Brasil da Silva. Tome tento! Fique esperto... Se na próxima atração a ação furibunda dos Black Bloc for chamada de rolezinho, tenha a mais absoluta certeza: é coisa da Fifa.

VAQUINHA PELO ROMBO
Gilmar Mendes, ministro do Supremo meteu bronca em cima das vaquinhas dos mensaleiros e disse que o golpe "desmoraliza" a multa e a punição imposta aos criminosos, criando o clima de impunidade. Aí, o patético Eduardo Suplicy pediu explicações para o ministro. Mendes mandou-lhe uma carta desdenhando das dúvidas do senador que anda com um pé na caduquice. Sugeriu-lhe que liderasse uma vaquinha para cobrir os R$ 100 milhões que os mensaleiros abocanharam dos cofres públicos.
O GAMBÁ NÃO É A RAPOSA
QUE CUIDA DO GALINHEIRO

Adivinhe quem está decidindo como e quem deve fazer manifestações de rua no Brasil da Silva? Eles, o governo e os políticos, justamente eles os acusados de corrupção e negligência criminosa no trato da coisa pública. Eles estão fazendo as regras e reformulando, bem a tempo de blindar a Copa e as eleições, as passeatas e os protestos populares.

Já que a manipulação dos Black Bloc veio à tona, agora a ideia é responsabilizar quem quer que seja que, indignado e cansado de desmandos e desigualdades, tenha a ousadia de sair às ruas para protestar contra a patifaria sistemática e organizada que domina os poderes constituídos dessa República dos Calamares.

Daqui pra frente, tudo vai ser diferente: qualquer altercação ou desentendimento com um desses gorilas fardados de escudos, cacetetes, pistolas elétricas, gás de pimenta e bombas de defeito moral, podem prender você como se fosse um blackbosta sem máscara, um mercenário sem o status da propina distribuída pelas vaquinhas das máfias políticas e partidárias.

E até provar que gambá não é raposa, você vira um ficha-suja tipo assim esse Caio Laranja, o Fábio Tatuador, ou até quem sabe uma instigante Sininho, boa de boca de rua.

Daqui pra frente, você será surpreendido no meio da sua passeata contra corruptos e malfeitores paraestatais, por bandeiras de partidos, ONGs de fachada e sindicatos pelegos. E será tido como um deles.

O governo, os políticos, os partidos, os sindicatos pelegos, estão assumindo a reformulação das manifestações populares no país. Logo eles. Os mesmos que deixaram o Brasil fora de controle, agora estão assumindo o controle das vontades do povo. É a velha raposa cuidando do galinheiro.

Quanto a você, meu prezado cidadão indignado e farto dessa democratura patife, recolha-se a sua insignificância. Fique em casa e veja pela TV como o Brasil da Silva sabe lidar com quem ainda tenta reagir contra a corrupção, as desigualdades sociais e os péssimos serviços de educação, saúde, transporte, segurança.

E, no glorioso outubro vermelho, obrigado a votar, você vai lá e elege o mesmo corrupto que afastou você das ruas e o transformou num reles complemento da velha massa de manobra. Há um cheiro de gambá insuportável que infesta esse ano de Copa e de eleições.

13 de fev de 2014

DESCULPE A NOSSA FALHA
O governo mudou de conversa e, enfim, assumiu que há risco real de falta de energia. Quer dizer, Dilma Vana nem se lembra mais do seu brado retumbante no seu primeiro dia de Palácio doPlanalto "Brasil, apagão nunca mais". Nunca mais para essa turma é a qualquer momento. É só mais um caso típico de "desculpe a nossa falha".

NÃO FOI SÓ ELE
Supremo Tribunal Federal negou novo julgamento para quatro mensaleiros. Tá, o Joaquim Barbosa voltou e coisa e tal, mas quem negou a manobra foi o tribunal como um todo e não o presidente bossa-nova do STF.

VAGA PRA DIRCEU
Associação cria programa para atender estrangeiro que deixar o Mais Médicos. Não se espante se, numa dessas, o Zé Dirceu pedir uma boquinha remunerada no programa  da AMB. Ele está que já não se aguenta mais sem trabalhar.

SANDÁLIA E BERMUDA
Contra o calor, os policiais do Rio Grande do Sul testam bermudas e sandálias como fardamento de combate. Depois não se queixem se disserem que os brigadianos gaúchos são pé-de-chinelo.

DILMA, MST E UMA DE ÍNDIO
Dilma Vana recebeu em palácio o Red Bloc, numerosa e manjada facção governista do Movimento Sem-Terra. Disse para os trabalhadores sem terra que nunca plantaram um pé de couve que a previsão é "assentar 30 mil famílias até dezembro". Por acaso, as eleições estão marcadas para outubro. Dilma prometeu assim como quem fosse cumprir nesses 10 meses o que o PT não fez em quase 12 anos de governo e de poder absoluto. Teve Red Bloc que pediu para ela contar uma de índio. Não, de português, não; afinal a ressaca daquele vinho no restaurante chique às margens do Tejo, em Lisboa, ainda não passou.

ROLEZINHOS DE VOLTA
Depois de reunião com autoridades do governo, jovens anunciam a volta dos rolezinhos. Estão morrendo de saudade dos olhares de medo e espanto que enxergam nos filhinhos bregas de papai que têm mania de passear nas praças de alimentação enquanto o lobo não vem.
TINGA E OS RACISTAS

A mídia esportiva brasileira está em polvorosa porque o jogador Tinga, do Cruzeiro, foi hostilizado com gestos e manifestações racistas por parte da torcida de um time que se chama Real Garcilaso, num lugar conhecido por Huancayo, lá do Peru que ganhou do grande campeão brasileiro por 2 x 1.

Bolas, carambolas! Há duas providências imediatas a serem tomadas pelos dirigentes brasileiros: 1ª) Manda o Tinga xingar os racistas de peruanos; 2ª) Chama a sobre-humana ministra Maria do Rosário para mediar a questão. Pronto, quer duas coisas piores do que isso, numa hora dessas?!?

Ah sim, chamaram o juiz de filho-dessa, filho-daquela; de corno e ladrão, mas ninguém deu bola. Ora, todo mundo sabe que, em campo de futebol, a honra da mãe e da família da gente não vale nada.
Vândalo pé-rapado diz ao governo o que deve fazer


Aí, vem então esse garoto blackbosta - jagunço urbano contratado a R$ 150 por esculhambação em passeata - e, indagado por uma repórter sobre quem financia as sessões de vandalismo dos Black Bloc, ele dá o caminho mais simples para a astuta e atenta Polícia Federal: "A polícia tem que investigar". Surreal: a PF e o governo do PT não sabiam disso até agora. Se sabiam, prevaricaram. Têm culpa na morte de Santiago, o cinegrafista da Band, por omissão e negligência. Resta apenas apurar agora se a prevaricação foi culposa ou dolosa.
DEUS É BRASILEIRO
Essa taça Libertadores é o que há de reveladora. Será que o torcedor brasileiro ainda não viu que basta um time brasileiro botar o pé fora da porta para quebrar a cara? O Flamengo perdeu para um time de cantores de bolero lá do México; o Cruzeiro, flamante campeão brasileiro, perdeu de virada no Peru e saiu reclamando de preconceito: chamaram o Tinga de feio. Quer saber, duma coisa? Isso tudo é herança de mais de dois anos da seleção da CBF nas mãos de Mano Menezes. Ele desmanchou o conceito de futebol bem jogado. Cada vez estou mais confiante que Croácia, México e Camarões acabam com as alegrias da Copa das Copas já na primeira fase do Mundial. O governo quer ganhar a Copa para não perder a eleição. Sorte que Deus é brasileiro.
PERGUNTE-SE
Assim como nunca investigou os Black Bloc, o governo também não investiga a mais nova modalidade de lavagem de dinheiro e Caixa-3, as vaquinhas digitais para saldar multa de malfeitores com a Justiça. Pergunte-se por que o governo não investiga esses bandos que depredam a democracia e por que não tem interesse em saber de onde vem o dinheiro das "doações" que deleitam os mensaleiros. Pergunte-se. Continue perguntando...

MST NÃO NOS REPRESENTA
O Red Bloc, arrastão do MST movimento sempre alinhado com o governo, mostrou ontem na Esplanada dos Ministérios que os governistas e os que não gostam de ver o povo na rua bradando contra a corrupção, estão dispostos a reassumir o comando das manifestações populares no Brasil da Silva. Mas, as camisas vermelhas não foram um, disfarce suficiente para esconder de quem se trata. Um bloco desses que sai com cartazes contra a Constituição e Justiça, é o oposto sem limites às mobilizações espontâneas das pessoas de bem que já não aguentam mais a corrupção, os desmandos e as desigualdades de um regime que construiu uma democracia para seu próprio uso e abuso. O Red Bloc não nos representa.

SEM MÁSCARA É OUTRA COISA
A mesma Câmara que, com voto sigiloso, não cassou anteriormente o mandato do deputado malfeitor Nathan Denadon, cassou nesta quarta-feira, com voto aberto, o caro colega por 467 votos a zero. É por isso que todo Black Bloc que passa por você, na rua, deve ter a máscara arrancada da cara. Político, sempre que bota o traseiro na janela, deixa a gente passar a mão nele. De minha parte, se eu me deparar com um fundilho desses pela frente, não passo a mão nele. Dou-lhe um bicanca! E fujo, claro, antes que eles chamem os Black Bloc.

O GRANDE EXEMPLO
Joaquim Barbosa reassumiu a presidência do STF e foi logo botando em ordem a casa que estava sob nova direção. Cortou os naipes de Zé Dirceu que já estava com o pé que era um leque para começar a trabalhar de auxiliar de bibliotecário num escritório amigo de advocacia. Agora Dirceu recorre ao Supremo contra a decisão de Barbosa. A defesa de Dirceu defende a defesa de Lewandowski que abriu vaga para o chefe dos mensaleiros trabalhar fora da Papuda. E assim caminha a humanidade. Um puxa daqui, outro empurra dali... Mas o que causa espanto mesmo, nisso tudo, é o desejo insano de Zé Dirceu de encontrar um lugar para trabalhar. Com carteira assinada e tudo mais. Acho que ele quer começar a reconstruir um novo Brasil. Assim que conseguir emprego, Zé Dirceu será um grande exemplo a ser seguido.
RED BLOC
Nesta quarta-feira, os Red Blocs invadiram a Esplanada dos Ministérios! O MST - quem diria?!? - fez protesto gigantesco e meio depredador contra o governo do PT que não fez a reforma agrária. deveriam ter aumentado o volume e a intensidade dos protestos. Esse governo não fez sequer a reforma urbana.

PARA OS ÍNTIMOS
O inepto e discursador ministro da Justiça disse ontem que vai tomar providências para garantir a liberdade de imprensa. Epa! Só falta agora ele se apresentar: - Meu nome é Zé Eduardo Cardozo, mas pode me chamar de Constituição.

PONTAPÉ E FUGA
Já vou dizendo, não preciso de uma lei que proíba o uso de máscara em manifestações públicas. O cara passou por mim na rua usando máscara dou-lhe um pontapé no mais baixo pico da bandeira da sua desprezível anatomia... E me mando em desabalada carreira, antes que ele me dê um tiro. O Ministério da Justiça adverte: não tente fazer isso em casa.

FORA DE CONTROLE
Governo que promove a desordem urbana é incapaz de fazer uma reforma agrária. O Brasil da Silva está fora de controle.

VEIO COM TUDO
Depois que passou o susto da garganta, vejam só o que anda acontecendo por aí: caça ao Black Bloc, matador; invasão Red Bloc à Esplanada; Lewandowski x Joaquim Barbosa; volta do dragão da inflação; reforma ministerial estapafúrdia... É, o Lula entrou com tudo mesmo na campanha pra tomar o lugar de Dilma Vana. Só agora Dilma se dá conta de que, em matéria da eleição do outubro vermelho, ela sempre foi o plano B.
SIGAM A SETA!

Só os mais ingênuos e desavisados não sabiam que os Black Bloc são mercenários a serviço dos corruptos desse Brasil da Silva.

Agora que mataram um homem de imprensa,o governo vem, com máscara de solidariedade, exigindo "rigor" na investigação e punição desses baderneiros, depredadores e jagunços urbanos que tiram o povo das ruas e o escorraçam para dentro de casa. Essa reação do governo é puro jogo de cena. A Copa vem aí. O Brasil não pode perder em junho para o governo ganhar em outubro.

O rigor na anunciada caça aos Black Blocs não se dá agora por uma razão de cuidado e atenção para com a sociedade; não é um programa de governo. O gOverno só tem plano de poder. É uma questão de pressão de baixo pra cima que o governo sofre para fazer o que já deveria ter feito há muito tempo, se não fosse ótimo para ele o fim prematuro das manifestações ordeiras dos cidadãos indignados contra a corrupção e os péssimos serviços de educação, saúde, transporte, segurança que sufocam o país.

Onde estiveram socados durante esse tempo todo a Polícia Federal, o Ministério Público, o Ministério da Justiça, os governos de todos os calibres - municipais, estaduais e federal -  que não sabem até agora quem são os Black Blocs, para quem eles trabalham, por quem são pagos, a soldo de quem eles estão?

Pohaaa! Sigam a seta! Qualquer Sherlock de revista em quadrinho sabe disso. Sigam a seta! Sigam seus passos. Basta bater na porta da casa de cada um desses corruptos públicos e notórios que se abrigam nas gavetas da máquina pública e nos escaninhos do poder estabelecido.

Todo mundo sabe quem são eles: usam gravata e colarinho branco e estão sempre em lugar certo e sabido, agindo às escâncaras, sem medo de serem felizes.

Querem mesmo saber quem tem interesse em tirar o povo das ruas, quem tem medo dos que já não aguentam mais a corrupção, os desmandos e as desigualdades sociais?

Comecem a varrer hoje mesmo a Praça dos Três Poderes; vasculhem a Esplanada dos Ministérios e investiguem pra valer as sedes dos partidos e das facções de todas as siglas; bisbilhotem os institutos de palestras milionárias, as ONGs oportunistas, os organismos de fachada que se dizem defensores da cidadania.

Simples assim. São eles os chefes dos Black Blocs, jagunços urbanos que depredam a democracia para que seus chefes e financiadores, os canalhas de gravata e colarinho branco possam continuar depredando, sob o manto da legalidade, o patrimônio e as burras públicas.

12 de fev de 2014

MAIS OU MENOS
Por onde passa um boi, passa a boiada. Continua a debandada cubana. Mais de vinte já deixaram o arroxo do programa eleitoreiro Mais Médicos. O governo, perdidaço como sempre, tenta contar quantos já deram no pé. Desta vez é o Ministério da Saúde que paga o pato. Inaugurou a pedra fundamental da importação de médicos estrangeiros aos borbotões e agora não sabe o que fazer com eles. A saúde pública no Brasil da Silva segue nas mesmas. Os políticos continuam se tratando nos hospitais de referência como Sírio-Libanês, Copa D'Or, Samaritano e outros que não são pro nosso bico. O Mais Médicos é um sucesso internacional em termos de contratação de mão de obra escravizante. Já está virando o Menos Médicos.

DESPUDORADO
Agora é a vez do PP. O partido quer mais cargos em troca de apoio à reeleição de Dilma Vana. Se isso não é mensalão explícito e escrachado a avó deles é bicicleta. Pura fisiologia. E ai de Dilma que não satisfaça as necessidades fisiológicas! O Brasil da Silva perdeu o pudor.

BLACK BLOC OFICIAL
Black Bloc não tem nada a ver com terrorismo. É anarquia sistemática e organizada. São blocos que trabalham a soldo para aqueles que não querem ouvir a voz rouca das ruas bradando contra a corrupção e o descaso do governo com a saúde, educação, transporte, segurança e igualdades sociais. Black Bloc é o governo que há quase 30 anos vem depredando os cofres públicos impunemente.

BEM ASSIM
Veja se não é bem assim: mal começa uma manifestação popular e logo os Black Bloc tomam a frente da passeata, depredam tudo e desfazem o movimento do povo pelo povo. E veja se não é bem assim também: mal o povo se manifesta contra os desmandos, a corrupção, as desigualdades sociais e os deputados e senadores tomam a frente encastelados no Congresso Nacional, depredam a vontade popular usando a Constituição como arma e acabam com as manifestações. Vida que se segue.

DESFAZENDO BLACKBLOQUICES
Enquanto isso, Joaquim Barbosa, já nos estertores de seu mandato como presidente do Supremo Tribunal Federal desfaz as blackbloquices de Lewandowski. Revogou duas decisões sobre reajustes de IPTU concedidas por Lewandowscki e também a sua decisão que abria brecha para a vaga de emprego para o necessitado mensaleiro Zé Dirceu. Essa garantia de lei, dura lei, vai perdurar até março, quando Barbosa deixa o STF sob nova direção. Esse Ano da Copa promete.

CADEADO ABERTO
Caio Silva de Souza, o blackbosta assassino de Santiago Andrade, cinegrafista da TV Bandeirantes, estava escondido numa pousada em Feira de Santana, a coisa de 100 km de Salvador,na Bahia. Infelizmente, ele não ofereceu resistência ao ser preso. Ainda resta a esperança de que algum agente penitenciário deixe o cadeado da cela aberto e ele tente fugir. É tudo que a turma está querendo, para fazer o que tem que fazer.

DIRCEU NO LUGAR CERTO
É comovente o desespero dos seguidores de fidelidade canina a Zé Dirceu diante da força de lei que Joaquim Barbosa usa para deixar o chefe dos mensaleiros na Papuda, lugar seguro e bom para estudar direito a distância. Pena que isso acaba em março, quando Lewandowski assume - por tradição da Corte - a presidência do Supremo. Aí sim, o Brasil vai ver o que é bom pra tosse.

BOLSA TROTE
A questão dos trotes a calouros do ensino superior é de uma estúpida e medieval falta de educação. De educação e de objetivos, de bom senso, de respeito; falta absoluta de modernidade, atualização e de referenciais humanos. Ontem veteranos da Cásper Líbero, depois de obrigarem os alunos que chegam à universidade a enfiar um pepino na boca, uma veterana engraçadinha atou com fitas adesivas um garoto a um poste da Avenida Paulista. Ele ficou quase uma hora manietado ao sol paulistano.Com isso, ela deve ter garantido o seu diploma universitário. Trote de calouros é puro atraso e humilhação gratuita e sem qualquer sentido. Isso, sem levar em conta que, do jeito que entram hoje nas universidades sem saber nada, saem de lá sabendo a mesma coisa. Esses palermas, metidos a malandros dariam tudo para trocar um diploma por uma bolsa família acadêmica.

11 de fev de 2014

BARBOSA COLOCA LEWANDOWSKI
E DIRCEU NOS DEVIDOS LUGARES

Com uma canetada só Joaquim Barbosa botou dois nos seus devidos lugares: devolveu Lewandowski a sua cadeira de espaldar alto no Supremo Tribunal Federal e manteve Zé Dirceu nas suas acomodações do complexo penitenciário da Papuda.

Lewandowski, como era esperado, exercendo o plantão da presidência do STF, mandou avaliar o pedido de emprego feito por Dirceu como auxiliar de biblioteca de um escritório amigo de advocacia.

Barbosa chegou e deu meia volta na manobra. Lewandowski vai ter que aguardar seu reinado para março, enquanto Dirceu vai permanecer na cadeia praticando seu esporte preferido: elucubração de uma democracia só para ele e seus companheiros bons e batutas.
USAR SANTIAGO PARA PROMOVER
A COPA É UMA INDIGNIDADE

Sinto muito que o pobre do cinegrafista Santiago Andrade, da TV Bandeirantes, tenha perdido a vida nas mãos de um blackbosta canalha, como todos eles que usam máscaras e enxotam das ruas a população que já não aguenta mais a corrupção e os desmandos. 

Mas, não serão os marqueteiros de um governo que precisa da Copa para ganhar as eleições que irão me convencer que sua morte foi "o legado para uma Copa de paz e festa". Isso é golpe, abjeção, baixeza, tramoia, degradação e imoralidade. 

O uso cretino e oportunista da imagem do cinegrafista assassinado por esses mercenários só reforça a certeza de que essa Copa é inoportuna para o Brasil e oportuníssima para a pandilha que inventou uma democracia particular e se apropriou indebitamente do País.

Essa Copa é oportuníssima para o bloco de vivaldinos que enfiou essa falcatrua monstruosa e ciclópica goela abaixo de um povo que não tem dinheiro nem condições de ir aos estádios monumentais, construídos para o bem-estar da elite de alma mensaleira que não têm medo de ser feliz. 

Se um trabalhador brasileiro entrar numa dessas arenas será devorado pelos dentes afiados de impostos do Leão que se alimenta do seu suor e despedaçado pelo dragão da inflação. Pela aventura de pisar numa arenas dessas, seus filhos ficarão a pão é água, até que o imprevidente pai de família entre numa fila eleitoral no mês de outubro. 
O LEGADO DO CINEGRAFISTA
SANTIAGO ANDRADE

O governo já está usando a morte do cinegrafista da TV Bandeirantes, assassinado por black blocs, como apelo e logotipo contra as manifestações populares que tanto o atemorizam com relação à Copa do Mundo, um evento que antecede as eleições de outubro. Uma Copa que precisa dar certo para o governo não perder.

Canalhas, da tropa de choque das comunicações oficiais, já usam a tragédia de Santiago Andrade, ainda insepulto, como referência para comover os movimentos de rua dos cidadãos de bem que clamam contra a roubalheira da Copa, contra a corrupção, contra os descasos para com a a saúde, a educação, transporte, segurança e igualdades sociais.

Agora os pulhas dos bem patrocinados e muito bem remunerados esquadrões formadores de opinião bradam aos quatro ventos: "Legado de Santiago será uma Copa de paz e de festa"!

E a pandilha que treme diante da indignação popular ordeira não tem meias medidas e tenta desmobilizar o povo dizendo que a tal Copa de paz e festa "é a única resposta que a sociedade brasileira pode dar ao festival de atrocidades cometidas por marginais desde as "jornadas de junho".

Peralá! Quem é mais atroz e criminoso do que os corruptos que vêm depredando há quase 30 anos o patrimônio público da máquina administrativa azeitada por eles mesmos; quem mata mais do que governantes que não tratam da saúde pública, não oferecem educação, não se importam com os descalabros da mobilidade urbana, não garantem segurança pública? Quem?!?

Santiago Andrade foi um repórter que morreu, no cumprimento do seu dever profissional, pela insanidade do desgoverno brasileiro, que tem nas mãos um país fora de controle.

Santiago não é uma bandeira que possa ser desfraldada justamente por esses governantes que fazem uma inoportuna, corrupta e nababesca Copa ao invés de priorizar serviços essenciais e justiça social.

O legado de Santiago seria não haver Copa. Mas não é. O melhor legado de Santiago foi a sua trajetória de cinegrafista destemido, competente e cumpridor de suas obrigações, em clima de paz ou de inevitáveis conturbações urbanas.

Ele sabia que, cansado e indignado só com discursos, roubalheira e demagogia o povo acaba saindo em busca dos seus ideais e vai às ruas amotinar-se até construir uma revolução. Por isso ele ele estava lá. Esse foi o legado de Santiago Andrade.
O 2° PRIMEIRO ESCALÃO
Então tá, Lula já está mostrando as caras. Eleger-se presidente repetente do Brasil da Silva é o de menos para ele. Seja lá com quem for de vice. Pode ser até o Eduardo Campos esse que o trem não pega. O pior para Lula vai ser montar o seu primeiro escalão.

Aqueles integrantes dos primeiros oito anos de poder estão quase todos na cadeia, ou pelo menos com um pé no xilindró. Vai ter que reinventar a roda. Isso não é difícil para quem já inventou o Brasil da Silva. Ainda mais agora que os três Poderes constituem um só nessa República dos Calamares.

No fundo, no fundo, o maior dilema para Lula vai ser onde enfiar Dilma Vana. Quem sabe, ora pois, numa embaixada às margens do Tejo, degustando bons vinhos verdes e destrinchando lagostas vermelhas...
IGUAIS
Tucano Eduardo Azeredo, querendo defender-se da acusação de mensaleiro mineiro: "Sou tão inocente quanto Lula"! Ah bom, agora a gente já sabe com quem está falando.

HAI-KAI
Ah, não engula!
"Eu sou tão inocente
Quanto o Lula".

O TELEFONEMA
Assim que soube da declaração de Eduardo Azeredo, prevendo as piores consequências, Lula telefonou para o boquirroto político tucano: "Estamos juntos, nessa!".
MENOS, MENOS
Como tudo que não acontece além das "inaugurações" de pedras fundamentais nesse governo Dilma, como não vinha acontecendo na quadratura Lula da Silva, o programa Mais Médicos foi só arrancada e holofote. 

Na prática, os servos cubanos receitam paracetamol  pra coluna, AAS infantil pra dor de cabeça e medem a pressão de quem tem bicho-do-pé, enquanto esperam sentados pelos gordos proventos de U$ 400 que saem dos U$ 5 mil que o Brasil paga ao governo dos irmãos Castro por vassalo colocado no Brasil. 

O Mais Médicos, está devagar; quase parando. E a turma que veio de Havana está com o pé que é um leque para brincar carnaval. 

Como qualquer obra ou programa desses gestores de meia-tigela - do Fome Zero, ao Luz para Todos; da Minha Casa, Minha Vida à transposição do São Francisco, do Mais Médicos ao menos Pré-Sal - esse acordo escravagista e inconstitucional só se prestou para dar a largada, criar ilusões e parar pelo meio do caminho que a coisa é mais trabalhosa do que Dilma e Padilha pensavam. E trabalho, já se sabe, não é bem a praia desses descobridores do Brasil da Silva.

LULA NÃO FOI
O PT comemorou 34 anos de uma existência sem medo de ser feliz nesta segunda-feira. Dilma Vana estava lá e discursou e tudo mais. Lula da Silva, presidente de honra do partido, não estava. Tinha, decerto, muitas outras coisas bem mais interessantes para fazer. 

Do jeito que o PT e o seu governo passaram a tratar a questão do Black Bloc, não demora nada, o próximo vândalo a ser preso em flagrante ação depredadora será o dirigente de um partido qualquer da oposição. Nunca antes nesse país o PT apoiou com tanta veemência as manifestações de rua contra -  imagine só! - a corrupção, os péssimos serviços de saúde, educação, transporte e segurança prestados pelo seu governo ao povo brasileiro. É comovente ver Gilberto Carvalho, o secretário mala-preta do caso Celso Daniel discursando sobre como a violência gera violência e coisas assim. Ninguém depreda mais o patrimônio público do que o governo.
LULA QUER PRA JÁ

Dilma está frita. Curado do câncer, Lula vem aí com Eduardo Campos embaixo do braço, travestido de vice para mais um período de des/governo e demagogia.

Lula induziu Dilma a uma reforma ministerial que ela - como tudo em que se mete - não soube fazer. Foi atrás de Lula e colocou Mercadante na Casa Civil - ele vai ser o Dirceu de Lula nessa nova edição mensaleira superstar que o país vai padecer.

Dilma tirou Helena Chagas e entregou de mão beijada para Franklin Martins, o setor de comunicação social do governo. Lula inventou Padilha para governador de São Paulo e deixou o enredado Arthur Choiro na Saúde, sem contar o prontuário de Paim no MEC. E que Dilma se dê por satisfeita por não ter recebido ordem de arranjar um emprego para Delúbio no lugar de Guido Mantega, na Fazenda.

Dilma não moveu e nem move uma palha que não tenha o sopro, o bafo de Lula. Dilma não controla mais nada; tá sem PAC nem mãe no meio dessa fritura.

Nesta terça-feira o blog de Cláudio Humberto, o Bateu-Levou do Brasil nos tempos do Collor, está dizendo de cima abaixo em sua coluna o que venho dizendo há mais de dois anos nos meus espaços de mídia: sai Dilma, entra Lula.

Lula, tem pressa e não tem paciência. Não aguenta mais quatro anos de Dilma pela frente e acha que 2018 está muito longe para ele começar mais um estirão de oito anos de poder absoluto e escandalosamente aloprado.

Lula acha que já vai estar muito velho em 2026 para fazer mais uma mudança de volta de Brasília para a gloriosa São Bernardo do Campo, coração do ABC, sede institucional da República dos Calamares. Sabe que dessa vez serão bem mais do que apenas 11 caminhões de tralhas, crucifixos e souvenires.

10 de fev de 2014

LUTA CHUTA A
PRÓPRIA INOCÊNCIA
Um cabo-eleitoral especialista e notório como Lula da Silva atira pedra nas vidraças da mais alta corte de Justiça do País e sai em defesa de malfeitores condenados e presos por corrupção, desvio de verba pública, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, tráfico de influência, evasão de divisas e outros delitos e transgressões e fica tudo por isso mesmo. Isso é manifestação explícita de cumplicidade. Mais que isso, demonstração de pleno conhecimento, conivência e coautoria. Direito público carece de denúncia? Isso é mais do que manifestação de solidariedade, é confissão. No Ano da Copa, Lula da Silva chuta a própria presunção de inocência.

FOME DE GOL
Não é por nada, não que a president@ da República chama este 2014 de "Ano da Copa" e não de "Ano de Eleições Presidenciais" como seria de se esperar da governanta de um país politizado e culto. É que nesse governo todo mundo é come-bola. E que fome de gol...
MOSTRE A FOTO
Se você já viu uma bandeira, um estandarte-pirulito do PT, partido presidido com honra por Lula da Silva, nas manifestações de rua contra a corrupção, por favor, mostre a foto.

MAIS UM FORA
O PDT é mais um dos chamados partidos da base aliada que está tirando o corpo fora da campanha de Dilma Vana à reeleição. Neste fim de semana, o senador do Mato Grosso, Pedro Taques defendeu que a sigla entregue os cargos que ocupa e deixe o governo. Mas, como diria o inocente filósofo Pinochio, "a política é dinâmica".

TENHA MEDO
Estou com esses blackbostas na cabeça. Black Bloc existe porque o governo é Black Bloc. Esses velhacos, esses bisbórrias depredam e vandalizam a democracia. Lutam pela ditadura. Eles atemorizam e escorraçam para dentro de casa a população que se manifesta contra a corrupção e o descaso oficial com a saúde, educação, transporte, igualdade social, serviços essenciais. A ação destruidora e baderneira desses birbantes celerados interessa tão somente ao crime organizado que se apropriou da lei e da des/ordem desse país. Quem permite Black Bloc é Black Bloc. Tenha medo. O Brasil da Silva está fora de controle.

ISONOMIA NA MARACUTAIA
O tucano mineiro, Eduardo Azeredo, se diz agora tão inocente quanto o breve metalúrgico retirante nordestino, Lula da Silva, para efeitos de julgamento pelo Supremo Tribunal Federal. E pede isonomia legal: "Assim como Lula não foi questionado por ações da Visanet no processo do mensalão, eu também não posso ser responsabilizado por um eventual caixa-2 do partido na campanha de 1998". Pois olha só, meus companheiros bons e batutas... A gente prefere mesmo é que, como Eduardo Azeredo agora, o Lula seja julgado hoje pelo STF, enquanto a Magna Corte não está sob nova direção. E a bem da justiça, que seja processado e julgado pelo conjunto da obra. 
AZEREDO QUER SER LULA
O tucano Eduardo Azeredo agora diz que quer ser tratado no valerioduto de Minas Gerais como Lula foi tratado no Mensalão. Ora, quem não pediu o impeachment de Lula quando estourou o escândalo foi o próprio partido de FHC. Azeredo agora já percebeu que o PT não é o PSDB. De qualquer maneira, o bom para o país seria que Lula fosse tratado como Eduardo Azeredo está sendo tratado agora. Ainda há tempo.

ESTRATÉGIA DE COLISÃO
Que falta de vocação administrativa e que cintura dura para a dança das cadeiras tem a president@ Dilma Vana. Foi se meter a fazer uma mini reforma ministerial para facilitar suas andanças rumo à reeleição e acabou dançando. Agora a criatura está chamando o criador pra dar um jeito na bagunça. Dilma Vana, desde os tempos de mãe do PAC, revela magnífica incapacidade de realização. Conseguiu fazer da "estratégia de coalizão pela governabilidade" uma perigosa rota de colisão.

SEM SALTO ALTO
Jair Bolsonaro na Comissão de Direitos Humanos da Câmara Federal é a versão Maria do Rosário sem salto alto no Parlamento brasileiro. O Brasil da Silva merece.

DEIXE-OS SOZINHOS
Toda manifestação popular que permitir uma quadrilha Black Bloc na sua comissão de frente vira Black Bloc na mesma hora. Em qualquer manifestação popular ordeira, assim que uma gangue Black Bloc aparecer, basta deixá-la tomar a frente do movimento. E deixar seus bandidos irem adiante. Sozinhos. Basta parar e olhar. Assim que eles entrem em confronto e sejam abatidos a bombas de defeito moral, gás lacrimogênio e balas de cimento armado, a mobilização pode retomar a caminhada. Em paz, com a mais justa indignação.

GRANDE BLACK BLOC
Só a incapacidade - ou a consanguinidade - do governo em lidar com mascarados baderneiros, ameaçadores, vândalos e perigosos podem explicar a existência de uma ameaça social como os Black Blocs. A lerdeza e o descaso com que o governo trata essa pandilha de bandidos urbanos deixa a nítida impressão de que se tratam de espécimens da mesma laia. A plena liberdade dos Black Blocs faz do governo o grande Black Bloc do país. E faz sentido. Nesses últimos anos, onde quer que o governo meta a mão, ele destrói alguma coisa, ele bagunça tudo.

9 de fev de 2014

DOMINGO DE FUTEBOL
NO PAÍS DA COPA DAS COPAS

No Ano da Copa das Copas, o Brasil da Silva se arrasta como antigo e famoso País do Futebol. A pátria anda mal de chuteiras. Os campeonatos regionais, feitos às carreiras, servem mais para sururus de arquibancada do que para espetáculos de domingo que, por aqui, já não é mais dia de futebol.

E então, jogados às pressas, as competições se esparramam pelos estados da República. Tanto é que mal começaram e neste domingo já tivemos uma jornada de clássicos. Teve até uma espécie de Gre-Nal em Porto Alegre que terminou empatado, mas com sabor de uma consagradora derrota para tricolores e colorados.

De resto, em Minas, o Cruzeiro bateu o América; no Rio, o Vasco empatou com o Nova Iguaçu; no Paraná, o Sub-20 do Atlético ganhou do Coritiba; em São Paulo o Palmeiras empatou como Audax, o São Paulo perdeu para a Ponte Preta... Como se vê tudo isso agora é clássico no Brasil da Silva, sede da Copa do Mundo.

Mas nada disso teve mais atrativo e emoção do que assistir-se nessa tarde de domingo a mais uma exibição de gala do flamante Corinthians, de Mano Menezes. Não é por nada não; é que o Corinthians não é um time, não é uma paixão; é mais que isso, maldição.

Depois que o Cara fez o lobby que viabilizou o PAC - Plano de Azarão do Curingão, começou a surgir o Itaquerão e a desaparecer o Timão. E se foi Tite e veio Mano.

Mano é um Black Bloc do esporte; um depredador de equipes de futebol. O Corinthians tá que é um desmanche de carros usados e abusados, tem peça solta pra tudo que é lado.

Foto/Reproução/Jovempanonline

O time deu pra apanhar até da própria torcida, sempre tão organizada quanto fiel e apaixonada. Em todo caso, como a eqiuipe tem um técnico mascarado, com medo dos cidadãos de bem que usam camisetas corintianas, ela entrou em campo nesta domingueira disfarçada de Penharol.

Nem o time uruguaio foi um dia tão amarelo e preto quanto o Corinthians foi neste domingo de sol paulistano contra o garboso Mogi Mirim, do velho mestre Rivaldo.

Ah sim, o jogo! Pois, até que enfim, sucesso!

Depois de quatro derrotas seguidas e merecidas, finalmente Mano Menezes já ostenta a notável invencibilidade de uma partida. Tá, a gente sabe, não foi vitória; foi um aguerrido e heroico empate em um golaço para cada lado.

Mas o ataque de Mano não fez gol; o zagueiro do Mogi marcou contra. Parece pouco, mas foi um jogo fora de casa. Um jogo, não... Um empate; para o lanterna do grupo, um empataço! E contra o Mogi Mirim!

O Corinthians já era a cara do Cara. Com a Maldição do PAC do Itaquerão, tem hoje a máscara do Black Bloc do esporte e o fardamento do Penharol. Agora vai.

RODAPÉ - A camiseta que o Corinthians surrupiou do Penharol, de Montevidéu, tem tudo para ser procurada pelos detonadores de rojão: parece um caixa eletrônico atraindo meio mundo "vem pra cá você também; vem!".
O PT SOZINHO

Deu na edição deste domingo no jornal O Globo: "Parte do PMDB quer maior afastamento do governo Dilma". E no sutiã mostra a razão: "Deputados insatisfeitos com espaço na Esplanada ameaçam votações".

Ah tem um monte de versão nas entrelinhas: 1ª) "Insatisfeitos com espaço" quer dizer, na verdade, com a "falta de espaço" com que Dilma lhes mostra seu desdém; 2ª) "Ameaçam votações" não significa outra coisa do que senão "vão votar contra, a menos que..."; 3ª) Não se trata, nem de longe, daquela votação de outubro vermelho, são votaçõezinhas de churumelas palacianas, boas para eles mesmo e ninguém mais.

De qualquer forma, o recado está aí, o PMDB sabe que o PT sabe mais do que ele e do que todo mundo e mais um pouco que, em qualquer eleição, o PT sozinho está pessimamente mal acompanhado.
DEVERES
Em Ribeirão Preto, Lula da Silva, presidente de honra do PT, defendeu os mensaleiros e reverberou que "juiz do STF não deve fazer política". Então tá. E político não deve se meter a fazer justiça. Até porque acabaria condenado por si mesmo. Outra coisa que dono de partido político não deve é roubar; deveria também não deixar roubar.

O CULPADO
Pensando bem, se Lula - até aqui sem dar um pio sobre o mensalão - agora tem autoridade e liberdade bastante para julgar que os juízes do Supremo julgaram errado os mensaleiros, então é porque ele sabe de tudo aquilo que sempre disse não saber sobre o mensalão que sempre disse não existir. Qual é a farsa, afinal? No fundo, no fundo, o grande culpado pela prisão dos mensaleiros se chama Lula da Silva. Ele saiu do governo e prometeu que se dedicaria, "em tempo integral", a provar que o mensalão era "uma farsa". Lá se foram quatro anos de palestras pelas Áfricas, de rolos com a pandilha de Rosemary, sua telefonista predileta, de consultas pelo SUS no Sìrio-Libanês e ele nada provou. Os companheiros estão na Papuda e em outros complexos similares. Todos muito bem tratados, em boa companhia, todos doidinhos para trabalhar e se sentindo como se estivessem em casa.

INÉRCIA
Sem mais o que dizer para justificar sua inércia como chefe da Casa Civil, Gleisi Hofmann diz agora que "máquina pública sofre de acomodação e inércia". Epa! Ela está falando da máquina montada pelo próprio governo Dilma dentro do mais puro modelito Lula. Não é a troco de nada que Lula estabeleceu a "estratégia da coalizão pela governabilidade" como cartilha para Dilma. Ela fez, como ele: terceirizou a administração pública com cabos-eleitorais sem qualificação profissional e sem qualquer aptidão funcional. No Brasil da Silva, os paraquedistas mandam e desmandam nos servidores de carreira que, em contrapartida adotam a operação tartaruga sem que os aspones bem comissionados e mal preparados cheguem a se dar conta do merecido boicote. E o brasileiro que se lixe.

SUSPEITO
A manchete: "Suspeito de ter repassado rojão que feriu cinegrafista da Band é preso no Rio". O cara foi filmado andando numa boa ao lado do blackbosta que disparou o artefato e é chamado de "suspeito". Suspeito, somos eu e você que não saímos de casa... Entrementes, magnânima, Dilma Vana "presta" solidariedade ao profissional ferido. Ah, bom. Agora vai.

SOLIDARIEDADE
Cá pra nós e que ninguém nos leia e nem nos ouça, mas essa coisa de político "prestar solidariedade" em momentos pesados e nefastos é de um cinismo oceânico, que nem mesmo o mais ingênuo filho de Eva desses paraísos que igrejas de esquina andam loteando, tem saco para crer e aguentar. É como telefonar dizendo "estamos juntos nessa!".

ENFIM, SEGURANÇA
Enfim, uma boa nova para a segurança da "Copa das Copas" que Lula inventou e Dilma encampou noque deveria ser o Ano das Eleições Presidenciais: "Protestos contra Copa colocaram em risco Hnerique Alves e dois ministros. Epa! Opa! Pô, Henrique Alves é o presidente da Câmara Federal! E dois ministros são donos de 5% dos 39 mais valorizados prédios destinados pelo governo Dilma à sesmaria que atende pelo nome de Esplanada dos Ministérios. Agora, o bicho vai pegar. Com essa pandilha correndo perigo, enfim a Copa terá segurança.

I/MOBILIDADE URBANA
Enquanto isso, as obras de mobilidade urbana - apelido de transporte, segurança, suporte à saúde, comunicações, infraestrutura, acessos, estacionamentos e coisas e tal e loisa e o escambau - estão todas atrasadas. Cansado de receber chute nos glúteos, Aldo Rebelo dessa vez vai deixar que Jerome Valcke, o secretário-geral da Fifa dona do Brasil da Silva que se meteu a fazer a Copa, converse diretamente com Dilma Vana. Com ela, talvez o caixeiro-viajante de Joseph Blatter, entenda de uma vez por todas o que é mesmo que o governo brasileiro quer dizer com a expressão "pátria de chuteiras".

NUMA FRIA
Deu no Estadão Online: "Médicos cubanos moram em repúblicas e vivem de cesta básica". Teve um médico que veio de Havana que disse aos repórteres em tom mal-agradecido à graciosa atenção que recebeu de Padilha e Raúl Castro: "Ganho menos que enfermeira". Tá, meu doutor. Mas, com diploma ou sem diploma? E outra coisa: só por isso, meu? Quer dizer que, se enfermeira ganhar menos, fica bom?!? Fica a impressão de que esse cubano está querendo até organizar o regime escravagista que o aflige. Faz sentido? Coitados. Estão perdidos. Entraram numa fria.

WALTER, A ESPERANÇA DA COPA
Cadernos de esporte: "Com gol do estreante Walter, Fluminense bate o Flamengo". Bate, não. Tripudia. Triginou: 3 x 0. E o "estreante" é um idoso que está beirando os 60 anos de carreira e carrega uma barriga de 99 quilos de futebol. Não é coisa assim que se ressalve como uma "vitória" da terceira idade; é o fracasso explícito da bola murcha que o brasileiro anda jogando. O sucesso de Walter é a minha esperança de que a seleção dos cartolas da CBF não passa pela Croácia, na primeira fase da Copa.

STF SOB NOVA DIREÇÃO
Em plena edição da marcha eleitoreira por Padilha no governo de São Paulo que o PT chama de "Caravana Horizonte Paulista", Lula da Silva faz proselitismo e aproveita para dar aulas aos ministros do Supremo Tribunal sobre como devem se comportar sob nova direção. Ricardo Lewandowski assume, agora em março, a presidência da mais alta corte de Justiça do país. O Brasil que se prepare.

ATO FALHO
No meio de seus ataques de verborragia, Lula acaba cometendo atos falhos. Empolgado com ele mesmo, lá pelas tantas, em Ribeirão Preto, na tal edição da "caravana horizonte paulista", o bem-remunerado presidente de honra do PT, colecionador de escândalos rouquejou: "Não fizemos tudo que poderíamos ter feito, mas vamos fazer ainda mais". Epa! Isso é uma ameaça. Mais que previsível, partindo de quem parte. Prepare-se então que o PT vai não fazer muito mais ainda do que não fez e poderia ter feito. É a marcha pela inércia. Própria daqueles para quem o trabalho não é a sua praia.

Ó RAIOS!
Dúvida de um observador lusitano: - Ó raios! O que faz essa gaja que tem poderes para desembarcar uma comitiva presidencial num restaurante às margens do Tejo, em Lisboa, que não determina a natureza a parar com esses raios que atingem a rede elétrica do país que ela comanda?

8 de fev de 2014

CUNHA RENUNCIA
Já acomodado na Papuda, o mensaleiro João Paulo Cunha acabou, até que enfim, renunciando ao seu mandato de deputado federal. O gesto magnânimo de Cunha contou de imediato com a demonstração de alívio solidário do Partido dos Trabalhadores em forma de nota a quem e a quantos mais interessar possa: "A bancada do PT manifesta seu profundo respeito e solidariedade à decisão e reafirma a certeza da inocência do companheiro". Mais que uma confissão de cumplicidade, a nota é o sinal público do jeito PT de tirar as pedras do seu caminho. Com a renúncia, Cunha agora contará com uma boa vaquinha digital do partido, como prêmio de consolação. É como se Lula, presidente de honra do PT, tivesse lhe telefonado: "Estamos juntos nessa!".

A ANOS-LUZ
Diante do pedido de 22 anos de cadeia para o tucano Eduardo Azeredo feito pelo procurador Rodrigo Janot, o presidenciável Aécio Neves saiu em defesa do habitante da mesma flora: "Essa questão está a anos-luz do mensalão". E entrou na mesma ladainha dos políticos de qualquer sigla: "Azeredo é um homem de bem. Até os adversários reconhecem a sua honestidade". Disse que não conhece as razões que levaram Janot a pedir essa punição; que "se houve algum delito, deve ser punido" e coisa e tal e trololó e... Pois é. O que se vê nisso tudo agora é o que se vê em tudo o tempo todo nesse país tropical, bonito por natureza. Como assim "a anos-luz do mensalão"? Estará a anos-luz em número de envolvidos; a pandilha será menor que a de Dirceu? Ou estará a anos-luz em matéria de grana mal-havida? Aí, pega mal. Quem rouba um tostão, rouba um milhão. O Brasil está a anos-luz de um verdadeiro estadista há muito tempo.

COMO SE FOSSE LEI
O que o Brasil não pode esquecer é que não foi esse governo o inventor da corrupção. A turma que aí está há quase 30 anos só a organizou, sistematizou e institucionalizou. Corrupção agora é como se fosse lei. A seriedade é exceção. Talvez até tenha sido isso mesmo que Zé Dirceu quis dizer quando vociferou impávido e colosso que "esse é um governo que não rouba e não deixa roubar"!

7 de fev de 2014

COMPRE VOCÊ TAMBÉM
A SUA MÁSCARA

Vamos combinar: de dia ou de noite passou por mim, mascarado, eu enfio a mão na cara e dou no pé em seguidinha que essa gente é bandida.

O que é que a polícia está pensando que vale para uma sociedade se fica olhando hordas de mascarados a passar por seus esquadrões, com paus e pedras nas mãos e não os detém por suspeição de assalto, baderna e ameaça ao patrimônio público e à população?

Quem é que comanda essa polícia - criada para garantir a segurança pública - que a deixa inerte e impassível até que um Black Bloc atire a primeira pedra?

Bolas, mascarado - fora do Carnaval e das tragédias gregas - é bandido; máscara é acessório de disfarce para quem quer e precisa esconder a identidade. Coisa de meliante, de covarde, de quem tem medo de mostrar a cara.

Só há um tipo de máscara que se pode admitir, no caso de um dia a gente topar com um bloco desses pulhas pela frente: a máscara contra gás lacrimogênio.

E assim é então que, sem mais delongas, ficamos combinados: vamos comprar cada um de nós a nossa máscara de proteção e um bom estoque de bombas de efeito moral. O governo talvez aprenda com o povo o que não sabe e nem quer fazer pelo povo.
MENSALÃO MINEIRO

Manchete: "Procurador pede 22 anos de cadeia para Eduardo Azeredo pelo Mensalão Mineiro". Eduardo Azeredo se defende e afirma que é "totalmente" inocente.

Então já se vê que, nessas horas, tucanos têm a mesma cantilena da fauna lulática, mas não perdem a pose: esse "totalmente" quer dizer que ele se diz muito mais inocente do que qualquer um da turma do Zé Dirceu dos bons tempos de chefe da Casa Civil.

Então tá. A gente acredita. Mas todo mundo aqui tá louquinho para lamentar sua prisão. Ela vai ser mais injusta na penitenciária de Contagem do que a pena que os pioneiros do mensalão cumprem  no complexo da Papuda.
DIVORCIADOS DE VOLTA
Tá na mídia, a partir da rádio Vaticano: Francisco quer divorciados de volta para a Igreja Católica. Esse papa está cada vez mais perigoso para os templos de esquina do mundo.

O INVENTOR
Com a corda toda, Lula reaparece sob os holofotes em ano eleitoral. Saiu de cara em defesa da candidatura de Alexandre Padilha. Grande novidade. É o inventor falando da invenção. Quero ver Lula falar sobre o paradeiro de Rose, a primeira-dama do governo Série-B que a Dilma mandou fechar lá em São Paulo.

O PROCESSO
É a vez de Pizzolato. Agora ele diz que é vítima de um "processo político". Só não explicou se é um processo político judicial, ou um processo político mensaleiro. Em todo caso, ele não tem como negar que usar o passaporte do irmão morto é falsidade ideológica. Nesse processo ele é vítima dele mesmo.

CONTRATEM O GURU
O que o eleitor brasileiro precisa é dar-se conta de que ao votar em candidatos lançados por Lula, Dilma e lideranças do partido do governo, está elegendo para governador e para presidente da República, ninguém mais nem menos do que João Santana. Este é um regime plástico. O Brasil da Silva é única e exclusivamente a consequência inevitável do marketing político. João Santana é o Guru da República, o criador das falsas necessidades que levam o brasileiro a comprar alhos por bugalhos. A oposição deveria seguir o exemplo de Corinthians e São Paulo: fazer um troca-troca tipo Jadson por Alexandre Pato. Deveria procurar o PT e oferecer todos os seus marqueteiros em troca de Santana. É o único jeito de se dar bem na próxima eleição.

SÓ MAIS UM
Mais um operário morre em uma obra de estádios para a Copa. Desta vez foi na Arena de Manuas. Este é o terceiro por lá; ano passado morreram dois. A pressa de fazer o que a Fifa manda dá nisso. É. Foi só mais um operário.

MÍDIA INGÊNUA
Tem gente na mídia domesticada querendo que Tuma Jr. apresente provas do que denuncia em seu livro "Assassinato de Reputações". Bolas, quanta ingenuidade. Primeiro, o cara escreveu um livro e não um processo judicial; segundo, será não leram o título da obra? Em todo caso, o que espanta é que até agora os mais atingidos, tipo Lula, Gilberto Carvalho - ambos soltos - e Zé Dirceu, este na cadeia, não moveram uma palha até agora contra as acusações, nem por injúria, calúnia ou difamação.

Esta foi tirada do blog do Garotinho (www.blogdogarotinho.com.br). Veja:

Reprodução do Diário do Poder
Reprodução do Diário do Poder

A imprensa carioca acusa manifestantes de terem jogado a bomba que atingiu a cabeça de um cinegrafista da Bandeirantes, que está internado em estado grave. As imagens – conforme podem ver abaixo – mostram um rastro de fumaça típico das bombas de gás e não de coquetel molotov ou cabeça de nego como a TV Globo informou ontem.

Mas o repórter Bernardo Menezes, da GloboNews, que estava perto afirmou que viu um PM lançar uma bomba de gás que atingiu o cinegrafista. 
LAMENTO E FESTA
Enquanto a Gaviões da Fiel lamenta o fracasso da greve dos jogadores, o PT festeja o anúncio de que Pizzolato não será deportado para o Brasil. É uma sacudida a menos na porcaria do mensalão que iria respingar nas eleições de outubro.

DINHEIRO PÚBLICO
NA COPA DAS ELITES
O governo abriu a Copa. Não é nada, não é nada, 97% dos gastos de R$ 80 bilhões com a Copa das Copas são dinheiro público. Grana que deixou de ir para a saúde, educação, transporte, segurança, justiça e mais igualdade social. E olha que essa vai ser uma Copa que não tem nada a ver com aquela grande paixão esportiva que virou parte da cultura brasileira, principalmente nas camadas mais pobres da sociedade - celeiro dos maiores jogadores do mundo. Esta é uma Copa para as elites de alma mensaleira. Só por curiosidade: você aí, vai a algum jogo dessa Copa? Tá, você vai. E quantos amigos seus também vão? Ir pela TV, não vale.
MAIS MÉDICOS PODE IR PARA O
MINISTÉRIO DA AGRICULTURA

A médica Romana Rodriguez vai acionar na Justiça do Trabalho o programa Mais Médicos pedindo ressarcimento de U$ 13.800 que - com o conhecimento do colega brasileiro - o governo cubano abocanhou indevidamente. Romana revelou ao mundo que o governo Dilma usa os médicos cubanos como laranjas do governo de Raul Castro.

Cuba recebe do Brasil mensalmente U$ 5 mil para cada um dos 5.378 médicos importados pelo programa que pretende dizer que Dilma cuida da saúde, além de servir como alavanca para a candidatura de Alexandre Padilha ao governo de São Paulo.

Nesse reboleio, na curta e florescente safra de três meses, o governo cubano já embolsou promovendo mão de obra escrava nada menos do que a mixaria de U$ 74.216.400,00 - coisa assim pra cima de R$ 200 milhões em dinheiro dos brasileiros.

Dilma Vana deveria aproveitar a onda de reforma ministerial para tirar o programa Mais Médicos do Ministério da Saúde e colocá-lo sob nova direção na pasta da Agricultura, especialista na arte e manha de cuidar de laranjais. Laranja de Cuba é o que não falta.
ISABEL E DILMA

Dona Isabel Cristina Leopoldina Augusta Micaela Gabriela Rafaela Gonzaga de Bragança e Bourbon (Rio de Janeiro29 de julho de 1846 — Eu, França14 de novembro de 1921), popularmente conhecida como princesa Isabel, foi a última princesa imperial e regente do Império do Brasil por três ocasiões, na qualidade de herdeira de seu pai, o imperador Dom Pedro II, e da imperatriz Dona Teresa Cristina. Foi a terceira chefe de Estado e chefe de governo brasileira após sua avó D. Leopoldina e sua trisavó Dona Maria I. Foi cognominada a Redentora, pois quando regente do Império brasileiro assinou a Lei Áurea que aboliu a escravidão no Brasil. Isso tudo tá na história do Brasil e no Google. É só consultar. Para facilitar, eu colei e editei esse texto.

Dilma Vana Rousseff (Belo Horizonte14 de dezembro de 1947) é uma economista e política brasileira, filiada ao Partido dos Trabalhadores (PT), e a atual presidente da República Federativa do Brasil. Durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, assumiu a chefia do Ministério de Minas e Energia, e posteriormente, da Casa Civil. Em 2010, foi escolhida pelo PT para se candidatar à Presidência da República na eleição presidencial, sendo que o resultado de segundo turno, em 31 de outubro, tornou Dilma a primeira mulher a ser eleita para o posto de chefe de Estado de governo, em toda a história do Brasil. Isso tudo está na história do Brasil e no Google. É só consultar. Para facilitar, eu colei e editei esse texto. Mas, qualquer um pode saber dessas coisas em qualquer horário político gratuito na TV.

A Princesa Isabel, aboliu a escravatura. A president@ Dilma Vana importa médicos cubanos. Eu só juntei essas duas figuras da história do Brasil para facilitar.