O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

31 de jul de 2013

A cabeça desse governo

 Em ali plantando, nada dá de bom.

A cabeça da gente desse governo, um corpo estranho no organismo das democracias, está cheia de esterco. E o pior é que, em ali plantando nada dá de bom. É que não serve nem como adubo.

Vejam que eles semeiam na seara democrática há mais de 20 anos, contando a estiagem dos tucanos, e nada de bom até agora se criou. A não ser que você veja com bons olhos frutos com Sarney, Beira-Collor e outros bichados e contaminados.

Depois de plantar um canteiro eleitoral para 2014, semeando dois anos a mais na safra acadêmica dos cursos de medicina, agora desenterrou a semente vencida. Simples assim, como colher uvas que estão verdes, não prestam.

Depois de ceifar mais de R$ 900 milhões do orçamento das Forças Armadas fez chover R$ 4 bilhões do dinheiro brasileiro na horta dos parlamentares. Simples assim.

Agora anuncia, com cheiro de terra seca e nenhuma fertilidade para a nação ingênua, que vai replantar 11 bilhões de reais em "investimentos". Alhures assim; simples assim.

"Investimento", meu caro agricultor sem terra e sem medo de ser feliz, "investimento"é a chave de ouro que abre todas as portas para licitações peneiradas, o meio mais rápido e rasteiro de lavar dinheiro das burras públicas e tapar o sol da safadeza com a peneira.

Um colibri me contou que vem aí mau tempo. A lona de um imenso mensalão vai cobrir o solo amado dessa pátria mãe gentil.

A verdade é que, quando essa gente usa a cabeça, infesta a Esplanada dos Ministérios e transforma o Brasil num imenso pântano, num incomensurável terreno alagadiço, em que semeando adubo cerebral, faz nascer uma floresta de corruptos verdes e maduros, prontos para se dar e vender.

Eles proliferam assim porque não precisam de esterco de má qualidade. Todos eles se adubam de per si, por moto próprio, sem sangue, suor ou lágrimas. 

De minha parte lhes digo, não suporto o cheiro putrefato que sai da cabeça desses semeadores de grãos da maldade, cujo fruto lhes sacia a sede por dinheiro e lhes satisfaz a fome da ganância. Satisfaz, mas não mata o seu insaciável e desmedido apetite.

Vandalismo - Volta a Teoria do Domínio dos Fatos

Algum corrupto pode ter voltado à ativa e formado nova quadrilha

Não é Carnaval, nem nada... Então se o cara anda mascarado, com capuz a meia boca, o que a polícia tem que fazer é prender o suspeito. Pergunta depois. Se os responsáveis pela segurança pública não agem assim, então passam a ser suspeitos também.

Em que país se vê a pollícia cruzar os braços diante de um mascarado, diante de uma pessoa vestida a caráter como um patife sem caráter?!? Aí tem.

Quem lucra mais com o vandalismo e a baderna que confundem a consciência nacional criando dúvida para cima dos protestos da população indignada contra a corrupção, os péssimos serviços essenciais impingidos pelo governo e as desigualdades sociais? Pergunte-se: quem, quem tem interesse nisso?!?

Há, no seio da máquina administrativa, o bloco dos descontentes com a "falta de oportunidades" que o governo Dilma lhes dedica; há os que querem Lula de volta; há os que pertencem à linha dos mensaleiros - maior facção governista dos dias atuais desse governo estapafúrdio.

Quem nos dirá então que esses vândalos não obedecem às ordens de algum corrupto condenado pelo Supremo não tenha voltado à ativa e formado uma nova quadrilha?!? Faça o seguinte: consulte listagem dos mensaleiros de sempre e depois diga se a teoria da conspiração não pode ser, na realidade, a teoria do domínio dos fatos... No País do Futebol, o Brasil da Silva é uma caixinha de surpesas.
FORA DO PADRÃO

É disso que a gente está falando... Diante do flagrante despreparo, do jeito autortário de ser, da bossa de ser grande coisa em matéria de segurança pública e pessoal durante a semana do papa Francisco, os trapalhões da Polícia Federal desagradaram meio mundo.

O fiasco internacional que protagonizaram caiu no desagrado geral. Repercutiu até em Zurique, na Suiça. E agora a garbosa e sempre vestida a rigor, tipo assim filme de ação, com seus óculos Ray Ban, ternos pretos e gravatas idem, corre o risco de ser dispensada durante a Copa do Mundo de 2014 e não ter sequer acesso livre aos estádios no decorrer da competição.

A banda de Joseph Blatter decidiu que a PF do peremptório Zé Eduardo Cardoso, ministro da Justiça de Dilma não tem padrão Fifa. Mais uma, só mais uma constatação - essa de repercussão planetária - de que o governo brasileiro faz saber, mas não sabe fazer.

30 de jul de 2013

Os donos do Brasil reagem!

Acho que um dia eu vou pro céu!

Vou repetir o que Francisco disse: "Não se deixem manipular". E não o disse só por dizer. Disse porque tinha caraminholas na cabeça. Francisco, o Humilde é mais que isso, um sábio muito bem informado.

Antes que a geração que botou o clamor nas ruas se desse conta, o papa que declarou espertamente que não sabia "muito bem a razão dos protestes no Brasil", já estava ciente das manobras dos donos do poder, tentando corromper a quem tivesse qualquer semelhança com quem lhes parecesse ser "cabeça" das manifestações do povo indignado. Não, nada do que o papa ficou sabendo era mera coincidência.

O Serviço de Inteligência e Segurança do Vaticano não é a balbúrdia da Agência Brasileira de Inteligência que não sabe sequer traçar um roteiro de viagem, mesmo quando teve tempo para isso, desde que Jorge Mario Bergoglio, já na pele de cordeiro de Deus e atendendo pelo nome de Francisco informou que viria ao Brasil, para a Jornada Mundial da Juventude.

Um passarinho, daqueles que não tem nada a ver com o fantasma de Hugo Chávez, tinha lhe cantado que não vem por aí bom tempo...

E então, sábio e duro, mas sem perder a ternura botou no ar o alerta que os brasileiros não podem ignorar: os manipuladores estão voltando à cena do crime e tomando providências, porque gostam de ser poderosos, porque gostam da mentira, da burla, do engodo e da riqueza mal-havida, muito mais do que gostam da verdade, um pesadelo que invade os seus sonhos de dominação social.

Eu percebi que Francisco queria dizer aos jovens e aos velhos que o Movimento Passe Livre foi convidado a abocanhar uma espécie de pedágio para não mais sair às ruas.

Achei que Francisco estava dizendo que havia senhores de anéis, contumazes e debochados predadores do patrimônio público, infiltrando o vandalismo indiscriminado nas marchas da indignação, para que os descontentes pareçam baderneiros e não um imenso bom bocado da renascida brava gente brasileira, cansada de corrupção, de serviços essenciais de péssima qualidade e penetrante crueldade.

Pareceu-me que Francisco percebeu a estratégia de marqueteiros e outros maquiavélicos que o governo mantém levando a mídia embasbacada e afoita a virar seus holofotes para o vandalismo profissional ao invés de tratar da razão principal da indignação que saiu às ruas: a corrupção e a aversão aos políticos que vivem em palácios e se banham à vontade no mar de lama das desigualdades sociais, todos eles garantidos pelas tábuas de salvação da imunidade e da impunidade.

Quando Francisco disse o que disse, ele inspirou-se tenho certeza, no Brasil Fantasia que os comerciais do governo passaram a mostrar nos mais caros horários de TV e nas melhores e mais bonitas casas do ramo jornalístico impresso, sob a égide e o singelo patrocínio da decaída Petrobras e similares estatais que já não têm dinheiro para gastar, como também não têm dinheiro para torrar em marketing e outros planos de publicidade enganosa as 39 arapucas que constituem a Esplanada dos Ministérios.

Eu não tenho religião; religião é coisa dos homens. E nunca ouvi dizer que há provas de que as religiões tenham nascido para que se espalhassem pelo mundo sem cobrança de dízimos, sem templos faustosos, capazes de levar os mais ricos e os mais pobres fiéis aos céus, numa pra lá de merecida volta ao Paraíso.

Mas hoje, depois desses agitados 2013 anos d.C.eu preciso me confessar: o que ele disse me deu esperança de que, um dia, tendo a coragem que o seu Jesus teve de sair às ruas para mudar a vida, a voz dos velhos e dos jovens terá vez e será o grande fator da transformação social que o Brasil brasileiro merece. Pronto, me confessei. Acho que um dia eu vou pro céu.

Eu boto fé nesse Francisco. Vou rezar por ele as orações que ainda me restam das aulas ginasiais no colégio dos padres. Acho que vou rezar pouco... Francisco é um alvo fixo dos poderosos paisanos. E ele ainda diz que o seu maior guarda-costas é Jesus...

Os donos do poder são todos muito bons, só não gostam de ser contrariados. O que Francisco tem a favor de sua perenidade papal é que ele também chega em qualquer canto do mundo dizendo que "não tenho ouro, nem prata"...


O diabo é que o Brasil e o mundo já não precisam mais de um Pôncio Pilatos e nem de lavar as mãos para autorizar a execução de qualquer humilde e despojado na face da Terra.

Hora de passar o Brasil a limpo

O PMDB, do vice-mais presidente da República, Michel Temer, chuta o pau da barraca e insiste em extinguir nada menos do que 19 dos 39 ministérios de Dilma Vana. É uma paulada nas relações com a president@ que acabou de dizer que está determinada a manter os 39 inoperantes ministérios.

A esquerda do PT - te mete com esse partido, ele tem direita, esquerda e centro só pra ele mesmo! - está acusando Michel Temer de sabotagem.

E isso tudo tem um fundo de verdade - Epa! verdade nesse meio?!? - pois Michel, o "sabotador" já disse que vai procurar a chef@ da nação para ameaçá-la com rompimento. Ele não diz, mas o divórcio será irreversível se Dilma não concordar EM pagar o preço da velha amizade com um bom milhar de cargos públicos para o mais perigoso partido político do país, quase tão pernicioso quanto o próprio PT do Mal.

Quer dizer, Michel Temer não é nenhum "sabotador". Quê nada, ele é, em termos de sua facção política, um contumaz chantagista; daqueles que não podem ver numa vitrine um cartaz de "aproveite a ocasião", sem entrar e pegar tudo que tiver pela frente, sem passar pelo caixa... Para pegar o troco.

RODAPÉ - Não só o PMDB e o PT agem na base do toma lá, dá cá... No Brasil, todas as facções de direita, esquerda e de centro são fisiologistas. Só descansam quando satisfazem suas necessidades fisiológicas. Ahê, geração indignada, tá na hora de passar o Brasil a limpo!
CUIDADO COM ELES!
Sei lá, mas pressinto que a juventude católica foi convocada pelo papa Francisco, a fazer mais do que ajoelhar e rezar: "Sejam revolucionários. Tenham a coragem de viver. Jesus teve coragem e saiu às ruas. Não lavem as mãos e não se deixem nunca manipular". Este é, no mínimo, um alerta de Francisco: cuidado, porque os que estão no centro do Poder querem - e têm conseguido - manipular as pontas da sociedade: os jovens e os velhos. Abram o olho com aqueles que estão no meio. Não se deixem manipular.
FALTA MORAL NA HISTÓRIA

A primeira-mulher-president@ da República, Dilma Vana é a imagem ambulante de que nada nesse país é mais problema para o seu governo do que o PT, nem mesmo o guloso PMDB, ou ela mesma, a arguta aprendiz de empresária que conseguiu quebrar a própria loja padrão 1,99 que montou, muito tempo atrás, em Porto Alegre

Ela subiu a rampa em 2010, oito anos depois do reinado estapafúrdio e cheio de escândalos de Luiz Erário Lula da Silva. 

Agora se sabe - pela boca da própria Dilma - que a criatura só ocupou o lugar do seu criador para continuar cumprindo o regime ditado por quem se acha proprietário do Brasil: fazer saber sem saber fazer. 

Ela, com seu enorme poder de falar e não dizer nada a não ser o que se pode ler nas ocultas entrelinhas, escancarou à nação brasileira o que a nação brasileira já sabia: "Lula não pode voltar ao governo porque ele nunca saiu". 

Mais que uma declaração genial, uma pomposa confissão de que ela é só uma estação, na linha do poder de Lula. O governo Dilma é só uma passarela, por onde Lula vai e vem quando bem entende e quer, sem medo de ser feliz. 

Como nem ela e nem ele são de arregaçar as mangas e pegar no pesado, nada acontece no Brasil além das falsas inaugurações de obras prometidas em palanques mambembes que jamais saem do papel. 

Tudo sempre foi realizado na base do gogó, da garganta. E é justamente aí que a porca torce o rabo. Tanto que Dilma repita a missão de falar por Lula, como Lula falar por Dilma. A falta de moral da História do Brasil é a mesma.

29 de jul de 2013

PIADA PRONTA

Zé Sarney está internado no UDI Hospital, em São Luís, no Maranhão que não tem padrão Fifa. Ele baixou por lá no sábado, depois de passar mal na festa de casamento da neta. Deve ter se empanturrado com marimbondos de fogo. 

Se você tem coragem, diga lá para onde ele vai ser transferido... Não, claro que não foi para o Hospital de Base de Brasília! Lá é um pouco menos ruim que o padrão SUS. Sim, você adivinhou: seu destino é Sírio-Libanês. 

Então, não se exiba: você não é pitonisa, nem nada. O Sarney doente, a caminho de um hospital é piada pronta. 

Agora é só aguardar, o Sírio-Libanês, logo antecipará um boletim médico: "o ilustre paciente, ainda que imortal, está sendo submetido ao tratamento de uma pneumonia; ele está reagindo bem ao tratamento.  Sim, sim, a culpa é toda nossa".
SARNEY PASSA MAL
O imortal Zé Sarney passou mal e se internou às pressas - de tal forma assustado e ligeiro que nem teve tempo de voar para São Paulo, rumo ao hospital Sério-Libanês. Baixou, como senador do Amapá, a um hospital de São Luís. Recebeu tratamento padrão Fifa, como se fosse pelo SUS. Sarney foi acometido de infecção aguda. Deve ter mordido a própria língua. Boletim médico: estável, já que é imortal.

28 de jul de 2013

VALOR RESIDUAL

Tá, o papa Francisco se foi. Voltou nesse começo de noite para o Vaticano. 

O que ele converteu de gente aqui no Brasil, não é nada, comparado com o desejo que ele despertou nos fundamentalistas de serem tratados por seus líderes religiosos da mesma maneira como o humilde argh!entino tratou todo mundo nesta Jornada Mundial da Juventude. 

O que pode ser considerado como um fracasso de Francisco foi a cínica declaração dos políticos dizendo que aprenderam com ele nesta semana como tratar o povo de igual para igual. 

Que ninguém acredite nessa pandilha de sevandijas enquanto todos eles não se confessarem. 

Eles até poderão mentir e omitir, mas que todos irão para o caldeirão comum lá nos quintos da planfa que os lamblanfa, ah não tenham dúvida nenhuma: todos eles irão.

Vox Populi, Vox Dei

 Joaquim Barbosa flagrado com a boca na botija

Então, gente minha gentil que te partiste, a porca agora torceu o rabo. Eis que a sede da Assas JB Corp - vitrine para a compra de um apartamento em Miami, é nada mais nada menos do que o apartamento funcional  do STF que Joaquim Barbosa desfruta como presidente da maisalta corte da Justiça brasileira.

Desde 1993 que o decreto 980 determina que esse tipo de imóvel só poder ser usado para fins"exclusivamente residenciais". Mais que isso, Barbosa não poderia ser sócio de uma empresa, porque isso contraria a Lei Orgânica da Magistratura e o Estatuto do Servidor Público.

Isso quer dizer que Joaquim Barbosa, por não ter na prática o sentido ético que prega na teoria, acaba de entrar para o time dos que podem se candidatar à Presidência da República. Agora vai!

Claro que os mensaleiros e suas quadrilhas vão continuar praticando o seu esporte preferido: desqualificar todo e qualquer possível candidato que não reze pela sua cartilha. Na guerra pelo poder, eles empregam, com maestria, a estratégia da calúnia.

E caluniam sempre com enorme audácia e sem medo de ser feliz. Sabem que de uma calúnia, por inverossímil que seja, sempre deixará uma ferida aberta, um tumor maligno de difícil cura e de largo espectro. É tipo assim uma maratona de metástases.

Mas, se daqui até meados do ano que vem não sair um candidato do clamor das ruas, eu vou continuar não votando em absolutamente ninguém. E querendo que o verbo se faça realidade e que seja mesmo verdade aquela história de vox populi, vox Dei.

Direita e Esquerda no Brasil - Irmã Dulce e Gerson

O que é Direita e o que é Esquerda no Brasil Dilma da Silva

Sem ter o que dizer, nem o que fazer, completamente atônitos e flagrados com a boca na botija, os governistas - fingidos esquerdistas e notórios depredadores do patrimônio público - tentam desesperadamente enfiar goela abaixo da população que as badernas infiltradas nas mobilizações de rua, são artimanha da "direita".

Falam assim como se os protestos que abalaram os alicerces do governo inerte e corrompido contassem com a parceria do PT e de sua companheirada aliada em forma de conhecidas e nanicas siglas partidárias de aluguel.

As mobilizações, o clamor das ruas, não têm nada a ver com o governo; ao contrário, mostram toda a indignação da sociedade contra a corrupção, as desigualdades sociais, a péssima qualidade dos serviços que o governo joga na cara dos brasileiros.

Tanto é que, quando Lula reuniu os sindicatos e organismos amestrados e os mandou para as ruas, com a voz do presidente petista, Rui Falcão, o plano de misturar as coisas foi um fracasso sem precedentes. Nunca antes na história desse país, um governo deu tanto com os burros n'água.

Trazer à baila essa antiga discussão entre Direita e Esquerda nascida na Revolução Francesa quando se fez plausível e levava ao Centro, no Brasil de hoje não leva a nada; é mais uma tentativa desesperada de aplacar a indignação de um povo que já não aguenta mais tanta incompetência e safadeza dentro de um país que está fora de controle.

Começa que, nem lá nem cá, os brasileiros sabem ainda o que quer dizer essa coisa grotesca de Direita e Esquerda, até porque, desde 2002 quando Lula chegou ao poder, ele próprio embolou tudo, misturou alhos com bugalhos...

Os anos luláticos acabaram com a ideologia; ninguém mais instalado na máquina pública quer uma para viver. Está consagrado o fisiologismo: no Brasil Dilma da Silva, governar é só uma questão de satisfazer necessidades fisiológicas.

Ou então Lula não teria feito alianças e nem morrido de amores por figuraças manjadíssimas no submundo da politicalha, como Zé Sarney, Fernandinho Beira-Collor, Jader Barbalho, Renan Calheiros, Rosemary Noronha e um rosário interminável de santos do pau oco que fazem que vão pela direita, fingem que vão pela esquerda e acabam fondo pelo meio.

O que é Direita e o que é Esquerda para o Brasil Dilma da Silva? Eles não sabem nem mesmo o que é Centro, estão querendo agora é usar a sua pública e notória ignorância malvada para, mais do que culpar a tal Direita pelo vandalismo, querem meter o pé esquerdo nas manifestações que não lhe pertencem.

Quiéisso, companheirada? Sair às ruas para protestar contra si mesmo, contra a própria corrupção, contra os péssimos serviços essenciais, contra a capacidade de cumprir uma promessa que seja, uma única obra das duzentas mil que "inauguraram" com pompa e circunstância?!?

Chega! Deu pra bolinha murcha dessa pandilha de sevandijas que há mais de 20 nefastos anos se apropriou do Brasil, começando com Sarney, passando por Collor e Fernando Henrique Cardoso, para chegar triunfal e tristemente às mãos de Lula e Dilma, um par de vasos de custos incalculáveis para a História do Brasil.

RODAPÉ - Bolas, Direita no Brasil é a Irmã Dulce, a Bem-Aventurada Dulce dos Pobres; Esquerda é Gerson, o Canhotinha de Ouro que "gostava de levar vantagem em tudo", como dizia numa velha propaganda, eis que propaganda é a única forma de governar que essa corja, essa farândola conhece. É por isso, porque essa horda quer sempre levar vantagem em tudo, que o Brasil vai na contramão da História. Imagine Dilma Vana no lugar da Irmã Dulce e Lula como se fosse o Gerson... O Brasil estaria, como está, no olho do furacão.

Brasil, País Fantasia

Governos corruptos e dominadores acostumaram o povo a se acostumar com o mal.

Nesta Jornada Mundial da Juventude, vista pelo mundo inteiro, ficou por conta dos governantes brasileiros o show de incompetência, imprevisibilidade, despreparo, irresponsabilidade e tudo mais que deu errado.

Autoridades estaduais, municipais e federais, acostumadas a governar por slogans e a comer pelas mãos de seus marqueteiros criadores de milionárias campanhas publicitárias, mostraram ao planeta que nessa nação imaginária, seus donos e comandantes vivem de fazer saber e não de saber fazer.

O Brasil, mais que um paraíso de trapalhões é um país de fantasia. Já passou da hora de ser visto lá fora e aqui dentro como um país sério. Precisa se livrar do complexo de vira-lata imposto, ditado em pleno terceiro milênio pelos governos corruptos e dominadores que levam o povo a se acostumar com o mal.

27 de jul de 2013

AVISO AOS NAVEGANTES!

Tô começando a ser vascaíno, outra vez. Juninho Pernambucano é para o Vasco, o que Francisco é para os católicos. Capaz de operar milagres, ele castiga impiedosamente quem comete falta. E o jogo contra o Criciuma já está 2 x 0.

Ei, já está 2 x 2. Não dá para ser torcedor do Vasco. Tem um frangueiro no gol. E a regra é sacrossanta: todo time bom começa com um bom goleiro. Ó taí,ó! O jogo já está 2 x 2.

Sim! Dá sim! Dá pra ser Vascaíno, sim senhor! Juninho cobrou outra falta. Dessa vez foi na cabeça de um tal Ednílson - ou coisa que o valha - que só fez meter nas redes do time barriga-verde. Vasco 3 x 2. Dá para ser Vasco, novamente. Talvez até nem seja preciso dar para ser.

Que facilidade fantástica tem o time do Vasco para errar um passe atrás do outro. Não, não dá para ser vascaíno.

O time do Criciuma é um pavor. Dá sim, para ser torcedor do Vasco. Francisco que me perdoe, mas acho que sou daqueles que se "acostumaram com o mal".

Ei, terminou! Terminou! Vasco 3 x 2 Cricuma. Claro que dá para ser Vasco... Com muito orgulho, com muito amor... Vaaasco! Vaaasco! 

O BRASIL MAL ACOSTUMADO

"Afirmo que o governo Lula é o mais corrupto de nossa história nacional. Corrupção tanto mais nefasta por servir à compra de congressistas, à politização da Polícia Federal e das agências reguladoras, ao achincalhamento dos partidos políticos e à tentativa de dobrar qualquer instituição do Estado capaz de se contrapor a seus desmandos." (Roberto Mangabeira Unger)

Esta denúncia foi feita no bojo de um artigo do filósofo Roberto Mangabeira Unger, na edição do dia 15 de novembro de 2005 do jornal Folha de S. Paulo. A data era sugestiva: 15 de novembro, Proclamação da República. O ano de 2005 também: foi quando estourou o escândalo do mensalão.

E qual foi a reação de Lula, o vilipendiado? Processou Mangabeira Unger por injúria, difamação, calúnia? Qual o quê... Luiz Erário Lula da Silva, simplesmente nomeou seu detrator para o cargo de ministro da Secretaria de Planejamento de Longo Prazo - uma arapuca safada e inócua criada pelo ofendido presidente da República em homenagem às pedradas que Mangabeira Unger lhe atirou.

E o ferino filósofo aceitou. Calou-se. Unger se desdisse e ficou o dito pelo não dito. O PMDB então e como sempre de olho em mais cargos e mais poder, e também para proteger Renan Calheiros que nadava em denúncias de corrupção derrotou em 2007 a Medida Provisória  que inventara o tal ministério para calar a boca de Mangabeira.

Não adiantou. Lula continuou fazendo o ilustre e desossado moral Mangabeira Unger ficar calado e o indicou para ministro extraordinário de Assuntos Estratégicos.

Por que trazer esse deboche à tona agora, justo agora que Lula não é mais nada nessa República do que senão mentor intelectual de uma criatura chamada Dilma Vana?

Por nada mais do que apenas mostrar que o episódio Mangabeira Unger é o mais notável exemplo do quanto Lula foi pernicioso à nação nos seus oito anos de governo ao implantar e aplicar com desbaratinada obsessão, com impertinente ideia fixa o que chamou de "estratégia de coalizão pela governabilidade".

Lula contaminou a consciência nacional com a prática desonesta e letal à democracia de comprar e vender deputados, senadores, partidos; Lula comandou com enorme vocação para o mal uma aparelhamento político especializado em trocar dinheiro por poder e poder por dinheiro. E essa prática criminosa se fez corriqueira e banal sempre com o dinheiro fácil das burras públicas.

E foi assim que o Brasil se acostumou com o mal. E foi assim que presidentes, ministros, deputados, senadores, partidos políticos perderam a vergonha e transformaram o país num imenso saco de gatos que arranham a democracia; que destroçaram a saúde pública, a segurança, a educação, o transporte, os serviços essenciais numa imensa plataforma de lançamento das suas ambições.

O pior de tudo é que o brasileiro, desavisado, se acostumou com a patifaria, com o engodo, com a esperteza, sem preocupação com a ética e com a moral.

Nesse momento em que a indignação está levando o povo às ruas, não há nada melhor para explicar o clamor popular do que todos saberem que a raiz da indignação, dos protestos, dessa mobilização hoje latente e viva nos quatro cantos do Brasil, é a maquiavélica, desmoralizante e perniciosa estratégia de coalizão, um esquema de compra e venda de consciências, lançada e posta em prática por Lula para blindar seus desmandos, o achaque aos cofres públicos e à estrutura da máquina administrativa.

Está, em cada cartaz que hoje pede o fim da corrupção, em cada faixa que pede mais saúde, mais educação, mais segurança, melhores serviços essenciais, a única chance de lavar a sujeira política que mancha o Brasil de ponta a ponta.

Não serão as eternas e mentirosas reformas encenadas no Congresso Nacional ou nos escaninhos dos poderes constituídos e submetidos ao comando pernicioso em vigor que removerão a lama que escorre da Esplanada dos Ministérios, da rampa do Palácio ou da Praça dos Três Poderes que moralizarão o Brasil.

É a indignação do povo que vai promover amais urgente e libertadora reforma: a reforma moral. Ela é que vai estabelecer o regime que o Brasil precisa e merece: corrupção, não! Ladrão é ladrão, cidadão é cidadão.

O clamor das ruas - de quem nunca se acostumou com o mal - vai conseguir, sim que amanhã ou depois, não muito longe daqui e sem muita demora, todo poder emane do povo e em seu nome seja exercido.

26 de jul de 2013

A RAZÃO
Especialistas em cerimônias do Vaticano garantem que já descobriram a razão pela qual, se fosse convidado, Lula não iria ver o papa Francisco: medo de que o papa insistisse em ouvir a sua confissão.

O VELHACO E SEUS SENTIMENTOS

Ele me provoca os instintos mais primitivos

Ele é agressivo, mas nem por isso tem coragem; não sabe o que é afetividade, nem efetividade; ele causa aflição em vez de simpatia quando sorri de soslaio;

De altruista não tem nada, mas sobra-lhe ambivalência; confunde amizade com camaradagem e companheirismo bom e batuta;

Amor para ele é angústia, ansiedade; sua empatia logo se transforma em antipatia; o arrependimento não é jamais pela sua apatia; cobre-se de autopiedade para esconder a arrogância; mistura bondade, carinho, compaixão com ciúme, inveja e constrangimento;

Sua coragem disfarça a culpa; curiosamente seu contentamento causa depressão e rima com desapontamento; seu deslumbramento desperta menos dó que decepção; sua verdade é dúvida; seus acenos de esperança são a linha do egoísmo; seu entusiasmo é euforia que beira o fanatismo que leva à sua fajuta epifania;

Sua felicidade tem o preço da frustração que remete à frieza da gratificação e à dureza da ingratidão; ingratidão lhe desperta a histeria da gula que leva ao mau-humor e à hostilidade; acha que humildade é humilhação e curte um tipo de incômodo diante de quem tenha inspiração;

Há dentro dele uma permanente indecisão entre interesse, inveja, a ira, o ódio; vai ao isolamento e, por luxúria, deixa-se no ostracismo até que lhe passe a mágoa, e melancolia e o medo; faz do nojo a face do seu orgulho que quase não o deixa esconder a ostentação;

Não tem paciência com as paixões, nem pena, nem piedade; seu prazer é fingir que não tem preguiça; qualquer preocupação se traduz em pânico disfarçado de falsa resignação; não guarda remorso e tem raiva de sobra; só a solidão lhe causa sofrimento;

Uma surpresa fora do roteiro que seu ghost writer escreve o deixa coberto de susto, banca o tímido e cai prostrado em profundo tédio;

Sua indisposição para com a verdade não surpreende mais ninguém, ele é capaz de tudo e mais um pouco para manter sua soberba, sua pretensão de superioridade sobre todos e acima de tudo; e aí então não tem a menor vergonha de suas ostensivas manifestações de arrogância.

É assim tão sem vergonha que não se furta de apresentar esse perfil como cartão de visita e como uma espécie de salvo-conduto para subir a rampa de um palácio, ou as escadarias da presidência de uma dessas republiquetas de banana que infestam o Cone Sul do Mundo.

Esse tipo de oportunista manhoso, velhaco, safo, biltre, poltrão, me provoca os instintos mais primitivos. É quando saio de mim mesmo e posso assumir até a personalidade de um mensaleiro que apunhala mensaleiros pelas costas. É quando, então, acordo com indisposição estomacal. Bendita liberdade para vomitar tudo que me fez tanto mal!


REFORMA COMPLICADA

Reforma, seja lá qual for, já é um movimento complicado. Imagine a reforma política - ainda que necessária - sendo executada pela mediocridade de alta periculosidade que reina no Congresso Nacional, grande casa de tolerância do país.

Toda reforma que tiver esse Parlamento por origem, será mais do que inoperante; será tão medíocre e corporativista que logo precisará ser reformada.

O Brasil precisa urgente de um grande reforma de costumes; sem a reforma moral dos três Poderes, estaremos na contramão de Fernando Pessoa e nada valerá a pena, posto que a alma do Brasil continuará pequena. Corrupção, não! Ladrão é ladrão, cidadão é cidadão.
MANHÃ DE FRANCISCO
Sempre distanciado dos políticos, o papa rezou missa "privada" às 7h30 lá no Sumaré carioca; depois confessou um grupo de jovens na Quinta da Boa Vista; e foi visiutar jovens detentos. Nenhum deles confessou nada demais: um disse que gostaria de ser padre; outro garantiu que está pronto para ser deputado ou senador e o mais perigoso deles confessou que um dia ainda vai ser presidente da República.
ESQUEÇAM O QUE ESCREVI
O papa é que nem Dilma: ela nasceu em Minas, mas gosta muito mais do Rio Grande do Sul; o papa nasceu na Argh!entina, mas prefere o Brasil. Tá bom, tá bom... Lembrei FHC, o ateu defensor da canabis sativa: "Esqueçam o que escrevi". Mas tem só mais uma coisinha: Francisco não tem nada a ver com Lula; o ousado brasileiro da Silva anda blindado há mais de 12 anos.

Enfim, Habemus Papam!

 Habemus Francisco!

Francisco, por onde passa, deixa uma esteira notável; deixa o sinal de que o povo - muito mais que os mandantes e comandantes do seu país - tem o temido poder de ocupar as ruas em busca do seu destino, de sua boa fortuna, sua sorte, seu lugar ideal de ir e vir e de viver. É dessa força que pode ser redescoberta uma nação séria e honesta que se chame Brasil. É daí que pode surgir uma pátria livre de corruptos, de mensaleiros e de todos aqueles que se apropriam indebitamente do país.

O papa não deu a mínima para a ineficácia do cerimonial e da segurança brasileira. Confiou apenas na gendarmeria do Vaticano, uma tropa de pacificação desarmada.

Saiu às ruas, botou fé na sua Igreja. Não se deixou blindar. Distante da politicalha parou o papamóvel e beijou crianças; tantas beijou que desceu do carro e foi ao encontro dos idosos que se apinhavam pelos cordões do passeio - próprios para os velhos Carnavais, jamais para ele, Francisco. E beijou e cumprimentou e afagou idosos; mais que isso desceu da pompa para reverenciar a geração de circunstâncias mais experientes.

O valor de cada beijo, cada benção, em cada criança, em cada jovem, em cada idoso é uma lição de humildade. É assim que Francisco vai levar franciscanamente a sua Igreja às ruas não só do Brasil, mas às ruas e às grandes avenidas e as periferias do mundo inteiro.

Esse gesto permanente e espontâneo tem a força da bondade, da esperada justiça e das igualdades sociais; a isso não tem poder humano que seja capaz de superar, nem de ser mais forte.

Esse papa vai incomodar o mundo; é bem provável até que possa acomodar o mundo.

TODO MUNDO QUER FRANCISCO - No Rio de Janeiro, o cacique Raoni - aquele do beição com rodela - ainda está aguardando convite do papa Francisco para uma dança de paz. Ele quer discutir com o papa a questão indígena e o desmatamento da Amazônia. Se é por isso, então o MST também quer conversar com o Sumo Pontífice, afinal, mesmo com todo frio e toda chuva, o sol nasceu pra todos. Na verdade, todo mundo reconhece que dá mais pé falar com o papa do que esperar alguma coisa do governo Dilma Lula Rousseff.

PADRÃO SUS
Zé Genoíno e Zé Serra passam bem. Na verdade, o povoestá pulando e andando para sua recuperação. O que há de bom na notícia é que a dupla de Zé serve como duas grandes alavancas para transferir todos os pacientes do SUS para hospitais padrão-Fifa tipo assim Sírio-Libanês. É pra isso que o brasileiro carrega a maispesada carga de impostos do mundo.

POBRETÃO FELIZ - Eike Batista já não é mais um bilionário. Pelo ranking Bloomberg, Eike Maravilha deve só ao Fundo Mubadala nada menos do que US$ 1,5 bilhão. Bloomberg fez as contas e garante que o patrimônio de Eike não passa de míseros US$ 200 milhões. Ainda assim, Eike Maravilha não depende do Bolsa Família e nem do Minha Casa, Minha Vida para sobreviver. Talvez ainda precise um pouquinho mais do BNDES. É o que se pode chamar de um pobretão feliz. Ainda.

SEQUESTRADOS DO CORINGÃO - Os cinco torcedores corinthianos sequestrados pela justiça boliviana não chegarão mais a tempo de ver o próximo jogo do Coringão. O abobalhado chanceler Patriota, do Itamarati falou e não disse nada, uma vez mais. Há mais do que R$ 50 mil envolvidos no resgaste dos sinalizadores: aquele senador boliviano aconchegado à embaixada brasileira na Bolívia é uma das moedas de troca.

AH, BOM - A assessoria da primeira-mulher-president@ da República jura que o Blog da Dilma, aquele que acusou Joaquim Barbosa de "bater em mulher", não é oficial. Simples assim.

NEM PLANO B - Os governos do Rio de Janeiro dão um show de incompetência no que quer que seja e no lugar que for. Tiveram quase um ano para programar o mega evento que serviria de encerramento oficial para a visita do papa ao Brasil e a agora, por causa da lama, tudo teve que ser transferido para Copacabana.  Não tinham sequer um plano B - como de hábito acontece com organismo mais eficazes e previdentes. Deus é brasileiro, sim senhor. Usou a natureza para mostrar a lama que é a política nacional.

25 de jul de 2013

O SILÊNCIO RETUMBANTE
Nenhuma vaia no antigo Maracanã para o velho Lula, ou no novo Maná Garrincha para a veneranda Dilma, foi tão retumbante quanto o minuto de silêncio mais profundo e respeitoso que uma multidão já prestou como homenagem a um sentimento abstrato como a fé e a uma figura concreta como o papa Francisco aqui no Brasil ao vivo e ao mundo, em cores, pela rede de transmissão de TV mais carregada de sincera e pura emoção desse início de milênio.
PAPA & PRESIDENTE
O papa Francisco abraça, conversa, acena, sorri, fala... Mas não dá autógrafo. Vai ver que ele não sabe escrever. Então, pronto! O Lula já pode ser papa. Ou o papa pode ser presidente do Brasil.

Esse é o papa Francisco

Sabe quem é esse papa Francisco? É tipo assim um presidente de uma nação com mais de 1 bilhão e 200 milhões de seguidores. É como se fosse o prefeito de milhões e milhões de prefeituras, se cada sacristia fosse um paço municipal. Não é nenhum presidente de honra de um partido qualquer, mesmo que fosse o maior partido do mundo.

Esse papa Francisco é só isso, um papa que desceu do trono no Vaticano, despojou-se de prata e ouro e sair por aí na companhia de Jesus Cristo - que ele tem como seu maior companheiro, e então ganhar as ruas do maior país católico do mundo carregando incenso e mirra.

O humilde papa franciscano desfila pelo Brasil das desigualdades sociais, da corrupção desenfreada, com o resumo de sua missão: ele porta embaixo do braço, espalha em cada aceno, em cada gesto, em cada sorriso, em cada sinal da cruz, a síntese do evangelho e da fé cristã - Cristo como opção pela pobreza, o incenso que simboliza a espiritualidade e a mirra, sinal de imortalidade.
GENOÍNO SE SALVA DO SUS
O condenado e ainda deputado Zé Genoíno foi submetido nesta madrugada de quarta para quinta-feira, a uma cirurgia cardíaca de emergência. Tinha uma "dissecação de aorta". O mensaleiro passa bem. O laudo médico não tem o timbre do SUS. Por acaso, como é de bom tom e corriqueiro para depredadores do patrimônio público e seus assemelhados, o boletim tem a logomarca do Hospital Sírio-Libanês. Você pelo menos sabe onde fica esse popular nosocômio?!? Então coloque o seu coração na fila.
GENOÍNO SE SALVA DO SUS
O condenado e ainda deputado Zé Genoíno foi submetido nesta madrugada de quarta para quinta-feira, a uma cirurgia cardíaca de emergência. Tinha uma "dissecação de aorta". O mensaleiro passa bem. O laudo médico não tem o timbre do SUS. Por acaso, como é de bom tom e corriqueiro para depredadores do patrimônio público e seus assemelhados, o boletim tem a logomarca do Hospital Sírio-Libanês. Você pelo menos sabe onde fica esse popular nosocômio?!? Então coloque o seu coração na fila.
SAIA JUSTA NO ITAMARATI
Antonio Patriota, entrou numa saia justa - o que não é novidade no Itamarati. A chancelaria da Bolívia - isso existe! - nega que os cinco reféns corinthianos serão libertados hoje. Vai ver que a oferta de R$ 50 mil de propína aguçou a ganância da turma lá da cadeia de Oruro. Agora na Bolívia, a liberdade é só uma questão de preço. Desse jeito, o torcedor "mais ilustre" do Corinthians vai ter que deixar o pé-frio de lado, sair da toca e resolver o impasse.

PARANÓIA
Arapongas alertaram o ministro da Saúde de Dilma, Alexandre Padilha, sobre a possibilidade cada vez mais viável de que instituições médicas estariam atuipetando de inscrições o programa Mais Médicos. A desconfiança é de que no momento exato os inscritos desistiriam, tornando o projeto inviável.

DOIS PESOS
Joaquim Barbosa responde com absoluto silêncio às revelações sobre a compra de um apartamento em Miami. A facção mensaleira do PT responde com indignação ao desprezo que o presidente do STF lhe dedica. A mesma pandilha de inquisidores não tem a menor curiosidade pelo profundo silêncio de Lula sobre a Operação Porto Seguro que detonou o escândalo Rosegate.

GLEISI FICA
Gleisi Hoffmann, desenfurnou o desejo de permanecer como chef@ da Casa Civil de Dilma até o início do ano que vem, quando largará o osso para tentar o filé de uma governança pelo estado do Paraná. Aloízio Mercadante está mais tiririca que nunca. Além de não saber bulhufas de ensino, não aguenta mais o Ministério da Educação.

24 de jul de 2013

Liberdade, ainda que tarde!

Corinthians pagou resgate de R$ 50 mil

Sabe aqueles cinco torcedores corintianos que estavam presos na Bolívia acusados de matar com um sinalizador um garoto da inchada boliviana? Pois não estavam presos. Tinham sido sequestrados. Soube-se hoje, dia de sua libertação.

O Corinthians pagou à família de Kevin Espada, o menino morto, um resgate de R$ 50 mil e pronto, eles já podem gozar o pleno sol da liberdade. Assim que chegarem ao Brasil ficam reféns do Corinthians para o resto da vida. É assim que funciona.

À diretoria do Corinthians resta apenas cassar o título de "torcedor corintiano mais ilustre" do boquirroto Lula, companheiro bom e batuta de Evo Morales, dono da Bolívia - que nesse confronto não moveu uma palha, não deu um pio.

O silêncio pusilânime do aprendiz de mecenas alvinegro revelou à nação corintiana que Lula, além de pé-frio tem canela de vidro: não entra em bola dividida.

RODAPÉ - Há uma boa alternativa para que o silencioso torcedor não perca a carteirinha de "mais ilustre": no próximo jogo do Corinthians a diretoria convida-o para o camarote de honra, onde estarão os cinco sequestrados pela polícia boliviana. Eles esperaram cinco meses por um gesto, uma palavrinha que fosse de Lula e a atitude nunca foi tomada, a voz rouca do Pai da Cidadania jamais se fez ouvir na cela fétida de uma cadeia de Oruro, onde viveram desde 20 de fevereiro.
CADÊ O LEÃO?!?

Lula, o falastrão - que só não abre a boca para falar da saudade de Rose - disse para a turma do gargarejo lá no seu instituto que vê preconceito de "conservadores" contra Dilma. E defendeu mais até do que os alibababescos 40 ministérios que ele e sua criatura inventaram para chupar o sangue da nação.

Mais para debochado do que para irônico, Lula disse que "eles vão tentar mexer no Ministério da Igualdade Racial, eles vão tentar mexer no Ministério dos Direitos Humanos, mas ninguém vai querer acabar com o Ministério da Fazenda".

Nem adiantaria mesmo. Com esse ministério ele já acabou há muito tempo. A propósito, além de Rose, cadê o Leão da Receita que não ruge mais contra as riquezas ilícitas desse país?!?

SEU NOME É GAL
Entrementes, na Inglaterra, o casal real Willian e Kate encontraram o nome para seu primogênito: George Alexander Louis. Isso dá uma boa sigla e um ótimo apelido. Podem chamá-lo de GAL... Seu nome é Gal

Depois de 2 mil anos fui à missa

No ar o tilintar da sineta; o milagre da conversão.

Acabei de ir à missa do Papa Francisco. Gente boa. Já fiquei sabendo assim de cara que o talento é a alma do homem e o sucesso é a razão dos que pensam que são os tais. Não foi bem assim que ele, Francisco, disse; o que ele falou foi algo como "a fé é o corção espiritual do povo"...

Mas, tá bom, a missa foi supimpa. Uma pequena, como diria, uma pequena decepção na homilia de Francisco. Pô, ele não pediu para votar em Dilma no ano que vem e nem tampouco rezou que Lula é a salvação do povo.

Depois veio a oração da comunidade e, ninguém - dentre tantas orações - pediu para rezar pela cura gay nem nada... Mas aí tá bem, acho até que nem cabia, né não?

Ah sim, o Alckmin apareceu. Tava melhor acomodado que todo mundo na basílica. Bem ali, na turma do gargarejo... Ei, cadê as hóstias que estavam aqui?!?

Aí veio a liturgia eucarística e, quer saber duma coisa? Eu sou meio ateu assim como FHC, meio agnóstico tanto quanto Dilma é sincrética apóstólica e coisa e tal, mas nem chego aos pés de ser meio fiadisso e fiadaquiolo quanto o Lula...

Mas, em verdade, em verdade, vos digo: se o papa me convidasse... Eu iria! Esse cara é gente boa, não é como certos espertalhões que se dizem filhos do Brasil só porque Deus é brasileiro.

E chegou a hora da oração eucarística... Pô que saudade. Bateu saudade, sim senhoras e senhores! Lembro que perdi o lugar de coroínha titular, na capela do Colégio Gonzaga, porque o outro sacristão era mais forte do que eu e me roubou a sineta na hora de tilintar e de mostrar quem é quem numa missa de domingo, antes do joguinho de futebol no pátio do educandário.

Sinceridade? Nunca mais fui a uma missa com o mesmo entusiasmo cristão.

Deixa pra lá que é chegado o momento da oração pela paz. E rezei baixinho com Francisco, o único humilde exemplar argh!entino da história da humanidade: "O Senhor esteja convosco, no morro, no arrastão, nos presídios, no Congresso Nacional, nos partidos, na rampa da Esplanada dos Ministérios"...

Tô levando fé. Sei lá por quê, acho que é pelo fato de vir aí a hora da fração do pão. Caramba, Francisco pegou a maior de todas as hóstias da paróquia! Pegou um enorme naco e deu o resto para o resto.

Eu vi - juro por tudo que é mais sagrado! - um padre novinho mastigando e bebendo o corpo e o sangue de Cristo, necessariamente nessa ordem.

Isso não pode. Quer dizer, no meu tempo não podia. Ele vai pros quintos! O nosso Cara vai estar esperando-o por lá.

Aí veio outro padrezinho de pouca idade e, coisa de noviço, acabou com o vinho do cálice. Rezou o resto da missa em português, grego, hebraico e latim. Acho que o papa Francisco o entendeu e o perdoou.

Uma falha do cerimonial - ou seria da liturgia? - não havia uma fila de idosos para a comunhão; o tempo aí não foi questão de preferência. Mas nada assim tão grave que se compare com as catilinárias do Itamarati.

O que passou, passou. Veio a oração de depois da comunhão. E foi então que ao erguer a imagem de Nossa Senhora Aparecida, Francisco fez sua opção pelas minorias. A santa padroeira dos brasileiros é afro-descendente e mulher! Tão mulher quanto nossa querida e amada president@ Dilma Vana!

Tá quase dando pra minha bolinha. Sempre foi assim, as missas -por melhores que o sejam - sempre me deixam cansadinho.

Agora é a Consagração. Papa Francisco rezou pela nossa eternidade. Pronto acabou com Sarney e seu bando de imortais. Somos todos iguais perante a Lei de Deus.

E assim então recebemos a benção solene: "O Senhor esteja convosco"! Acho esse Francisco um gênio. Tenho a nítida sensação de que ele inventou essa benção agorinha mesmo.

E desse jeito e com esse sentimento de fé inabalável na costumeira humildade argh!entina, chegamos todos nós, abençoados crédulos, à despedida solene.

Agora é a nossa vez. Vamos nós, bora vamo!  Todos juntos e a uma só voz: - Viva Nossa Senhora Aparecida! Viva o Papa Francisco!

Ei, ei, ainda não terminou. Deixem que me confesse. Abram-me os vossos braços que eu vos abrirei meu coração. Só não espalhem... Eu me converti! Mas voltar a crer não é nada demais. Espantoso e que foi preciso um papa argh!entino para operar esse milagre!

Lula defende 40 ministérios

Diz que "eles" vão mexer nos ministérios; mas "ela" foi quem fechou o gabinete de Rose...

Aí então, Lula da Silva falando com voz tão forte quanto rouca e arranhada, numa sala-palanque armada no na Secretaria da Igualdade Racial, um dos ministérios que ele mesmo criou quando era presidente oficial da República e não o presidente miltante que atua no governo Dilma, ele saiu em defesa da manutenção do alibababesco conjunto de 40 ministérios que superlotam a Esplanada, em Brasília:

"Eles vão tentar mexer no Ministério da Igualdade Racial; eles vão tentar mexer no Ministério dos Direitos Humanos"... Peralá, meu! "Eles" quem, cara pálida? Os que têm o SUS para cuidar da saúde, ou os que têm o Sírio-Libanês para deitar e rolar?!?

A hipocrisia do cara é tão grande que ele não relembrou para ninguém que foi "ela", Dilma Vana, sua president@ co-pilot@ quem "mexeu" e acabou com aquela prostiputaria que ele, Lula, montou em São Paulo sob a gerência de Rose, a primeira-dama dos telefonemas grampeados e dos negócios excusos.

Quem "mexeu" foi ela e não os indefinidos e misteriosos "eles" de sempre. E foi então que, na falta do rendez-vous presidencial, "ele" o Cara, ativou de vez o seu conveniente e rendoso instituto que, para mais do que palestras bem remuneradas, não serve para lavar mais nada.
DITADURA LEGAL
A Justiça deu um prazo de 72 horas para o governo esclarecer o programa "Mais Médicos". Deveria pedir bem mais que isso. deveria pedir esclarecimento para toda e qualquer Medida Provisória. Se você ainda não se deu conta, Medida Provisória é o instrumento ditatorial que faz de Dilma a 2ª mulher mais poderosa do mundo no ranking da revista Forbes. O mal maior é que uma MP não faz só Dilma póderosa; faz com que qualquer legalhé que chegue à Presidência da República seja um dos poderosos mais perigosos do planeta. O Brasil, sob medidas provisórias, é um regime que coloca o poder Executivo acima do Legisltivo e do Judiciário. Se isso não é ditadura, a sua avó torta era uma bicicleta.

EFEITO SANFONA
Quando soube que o sanfoneiro Dominguinhos morreu, Djlama Santos dançou.

QUEDA PARA O ALTO
Não é nada, não é nada, a marolinha se não esconde tubarões, pode estar atraindo o dragão da inflação. A queda nos empregos formais foi de 21,1% neste mês.

NOME REAL
Lá em Londres, o casal real Willian e Kate ainda não chegou à conclusão a respeito do nome que deve dar a seu filho. Não há - ao que informa os arautos da coroa - nenhum possibilidade que venha a ser chamado de Lula II e muito menos Lulinha. Em todo caso, melhor perguntar no Bairro do Ipiranga.

COMISSÃO DOS GUARDANAPOS
Cabral, o que descobriu a polícia de pacificação, resolveu criar por baixo dos guardanapos a Comissão Especial para Investigar Atos de Vandalismo. A patifaria pode quebrar o sigilo telefônico e da internet sem necessidade de autorização judicial. O maior depredador do patrimônio público carioca quer antecipar-se à ditadura que Lula e Dilma vêm implantando paulatinamente no Brasil.
ALDO REBELO NA FABTur
Pois agora se sabe que o comunista Aldo Rebelo, ministro do Esporte de Dilma, fez um voo comunitário pela FABTur com a mulher e o filho para ir a Cuba no Carnaval. Para todos os efeitos ele foi a Havana em missão oficial e levou de carona a esposa e o garoto. Disse que ambos tinham sido convidados pelo governo cubano. Quando se deu o voo da alegria o nome dos dois foliões não constava na lista oficial da comitiva. Em todo caso, grande coisa isso tudo né, não? O que é para esse governo um voo com passageiros clandestinos numa aeronave da FAB? E para Aldo Rebelo, então, o quê tem isso demais? Para quem, como ele, aguentou firme e impoluto um chute no traseiro desferido pelo Jerome Valcke, secretário da Fifa, isso não é nada. Nem doer dói.

DITADURA EM APARECIDA
A PM paulista promete barrar cartazes de protesto em Aparecida. De acordo com a polícia, as manifestações próximas a Francisco serão "sufocadas de imediato". Opa! Se os caras não estiverem de máscara e não mostrarem violência, esse comportamento da polícia é repressão im/pura. Tipo assim ditadura. Uma coisa é certa: os cartazes não serão contra o papa; não será, pois, ao despojado Francisco que a polícia estará protegendo. O que o governo não quer é que a indignação do povo seja vista na TV pelo mundo todo. A PM está protegendo é a sagrada imagem de Dilma Vana.

O SALVA-VIDAS


Após tubarão a matar a jovem turista paulista de 18 anos, promotor de justiça quer vetar banho de mar em Pernambuco. Besteira, deveria chamar o salva-vidas conterrâneo Lula da Silva para mediar essa questão. De uma guarita blindada, ele só entraria no mar em caso de emergência.

Quimioterapia não cura perniciosidade

A quimioterapia é um tratamento que afeta o funcionamento celular. É empregada para detonar o câncer. Pode também ser utilizada para males de autoimunidades. E logo você vai descobrir que para casos de impunidades também.

O vírus da perniciosidade, no entanto, resiste a todo e qualquer tratamento de choque, caso venha a ser tentado em quem quer que seja; quanto mais em quem não saiba viver sem ele.

Lula, o inventor dos "10 Anos de Governo PT", mentor intelectual e agente ativo da nefanda "estratégia de coalizão pela governabilidade" não só é imune, como também é impune a qualquer tratamento quimioterápico que pretenda acabar com a perniciosidade político-social com que contamina o Brasil.

Depois de andar por aí, em lugar incerto e não sabido, eis que Lula ressurge com sua verve furibunda diante de acólitos da CUT, do MST, ABGLT e da moribunda UNE, instituições desacreditadas que reuniu em seu instituto, uma reconhecida central de palestras milionárias, lavagens históricas e elucubrações perniciosas, no charmoso Bairro do Ipiranga, em São Paulo.

E foi ali então que Lula, o Imune, destilou seus venenos. Começou queimando o que chama de "manifestações contrárias aos partidos políticos" e rezou como se fosse o papa da política nacional: "O que vem depois da negação política é sempre pior".

Epa! Peralá! O que a voz rouca das ruas está negando não é a política; pelo contrário está fazendo política pura. O que as manifestações de rua estão "negando" é a corrupção, a roubalheira, a impunidade, as desigualdades sociais, o enriquecimento ilícito.

Mas, qual o quê! Ele deita e rola como o ruinoso de sempre. Mostrou-se contrariado e discursou vituperante que "quando a president@ Dilma demarcou o campo de classe do governo ela passou a ser atacada pela mídia tradicional 24 horas por dia". E ainda tirou mais uma de suas lasquinhas: "Perto do que estão fazendo com ela, até que eu fui bem tratado pela imprensa".

Epa! Peralá! Esse não é o Lula que a gente conhece. Não é o Lula que que dá o troco, mais cedo ou mais tarde, a quem ousa enfrentá-lo ou simplesmente contrariá-lo.

Ora, se a mídia tradicional publicou mentiras, calúnias, injúrias, difamações, o Código Penal está bem aí à disposição para punir com rigor e até com cadeia os seus inimigos, perseguidores e detratores. Do contrário, até prova em contrário, tudo é verdade.

Quimioterapia, mesmo quando tenha efeitos pífios, acaba revigorando o ânimo, salvo horrorosas exceções. Mas, tudo bem até que nem seja o caso.

O que sucedeu lá na ONG do Lula no Bairro do Ipiranga, é que ele deu mais um grito retumbante contra o que chama de "falsidades das redes sociais sobre meu estado de saúde" e não deixou de tangenciar as referências a respeito de seu filho genial, o Lulinha, ter virado sócio da Friboi, de Wesley Batista, um empresário vertiginoso que, a partir das sucessivas composições do Ministério da Agricultura e Agropeculiaridades, se tornou um biliardário de respeito e tão genial quanto o filho de Lula que, está na cara, "nada tem a ver com isso".

E só para provar que ainda é o Cara que gosta de dar telefonemas, confessou para a sua reduzida e seleta plateia que "precisei ligar lá para pedir uma nota oficial dizendo que os bois são deles".

Mas Lula estava naqueles dias. E foi em frente e antecipou para o pequeno comitê de sindicalistas domados, o que repetiria em mais uma palestra em Brasília: "Mais uma vez, os setores conservadores estão colocando as unhas de fora. A luta, companheiros, continua".

E então defendeu decisões do governo, como a convocação de um plebiscito para a reforma política e a instalação do programa Mais Médicos; "É preciso melhorar a saúde, sim. Se os médicos brasileiros não querem trabalhar no sertão, que a gente traga médicos de fora".

Epa, de novo! Peralá! Cadê o Lula que mentiu descaradamente, do alto de seu apartamento cinco estrelas no Hospital Sírio-Libanês que "a Saúde Pública no Brasil está à beira da perfeição"? Cadê esse Lula, cadê?!? Esse aí que está rouquejando turbinado é o mesmo de ontem? É?!? Então esse Lula é mentiroso; falso, pernicioso. E isso não tem cura.

23 de jul de 2013

O PAPA E O BISNETO DA RAINHA

Os repórteres não perdem nada de vista, nem por um átimo de segundo na cobertura de Sua Santidade, o Francisco. Relatam tudo que podem, de tudo quanto é canto, de todos os lugares por onde o papa pisa.

Os paparazzi se esmeram: - O papa deitou, o papa acordou, tomou café, rezou, acenou, andou, descansou, almoçou, pestanejou, relaxou... Caramba, o papa é só vitalício, mas não imortal como o Sarney, o Paulo Coelho, esses ungidos intermináveis.

Ninguém noticiou se, quando, como, por que e onde o papa urinou de ontem pra hoje, nesta semana, no mês inteiro, ou desde que é o mais humilde, franciscano e simpático papa de todos os tempos.

Isso dá um sentimento assim de aflição quase tão grande quanto a gente não saber que nome o príncipe William e sua linda Kate vão dar ao bisneto da rainha da Inglaterra.

10 Anos de Governo do PT - Pista sem álibi

Nunca antes na história desse país houve uma esculhambação moral tão grande, tão desenfreada e tão deslavada quanto a que se vê e se sente em cada organismo, em cada engrenagem, em cada gaveta da máquina pública brasileira.

Nada melhor para relembrar quem foram os mentores intelectuais e agentes autorais de tanta roubalheira perpetrada pelos mensaleiros de todos os calibres do que essa esfuziante, festiva e ufanista celebração dos "10 Anos de Governo do PT". 

Pena é que o ciclo de rememorações dos malfeitores, Vândalos e depredadores do patrimônio público esteja chegando ao fim. A farra itinerante termina ainda esta semana em Salvador, na Bahia. 

Mas antes que a a velha musa cante, o circo mambembe que pretendia louvar os feitos não feitos do PT no poder, serviu para deixar a pista clara e sem álibi de quem são os culpados por esse crime continuado que vem vitimando o Brasil desde 2002 - quando Lula subiu a rampa - até agora quando Dilma rola rumo ao chão enlameado da Esplanada.
DILMA NÃO LEVOU
Esse papa é papo firme. Dilma Vana discursou seu improviso por escrito puxando a brasa para a política, induzindo a conversa para uma velada parceria com temas de antigas versões da Campanha da Fraternidade e outros programas, uns que outros ligados à juventude católica. Não levou. Francisco falou de flores e de amores aos próximos e distantes.

BARBOSA E O MICO
Do ato de beija-mão, um desfile dos mais perigosos que nunca antes na história da Igreja um papa já enfrentou, o destaque ficou para a flagrante e ostensiva falta de respeito que o ministro Joaquim Barbosa nutre pelo cargo de president@ da República. Cumprimentou Francisco e passou liso por Dilma que ficou de mão estendida para o mundo ver o mico. Os assessores de Barbosa disseram depois que o presidente do Supremo Tribunal Federal já havia se encontrado antes com Dilma Vana e que, por isso, só por isso, não havia necessidade de cumprimentá-la uma vez mais. Quer dizer, um cumprimento por dia a Dilma Vana já está pra lá de bom.

IN/SEGURANÇA DOS INTOCÁVEIS
Francisco deu um show de amizade direta com Deus. Ele foi mesmo o grande avalista de sua segurança física. Quando os agentes de segurança do governo se meteram colocaram o papa em risco iminente. Um inesperado desvio de rota, tido como estratégico pelos Intocáveis - segundo declarações dos outros tipos de segurança e policiamento cariocas - deixou o carro do papa prensado entre centenas de populares ensandecidos por beijar também a mão do papa e um corredor de ônibus, justamente desviados da rota antes estabelecida para o passeio do maior estadista do Vaticano. Em matéria de segurança é isso que o Brasil vive todo santo dia. O governo faz saber, mas não sabe fazer.

22 de jul de 2013

Era uma vez...

Tudo foi espontâneo, nada programado. A afronta foi tão grande que parecia nos libertar da letargia e, como um empurrão ou um tapa na cara, nos levou naturalmente a organizar o que há muito tempo não era organizado e a tentar ordenar o que há tantos anos não tinha ordem. 

O movimento tomou forma própria e autônoma ao longo dos primeiros dias, das primeiras mobilizações, dos primeiros conglomerados de protestos.

Num país e num continente onde as coisas espontâneas, improvisadas constumam levar ao desastre ou se dilacerarem em si mesmas, a rebelião do povo movida a indignação contra a corrupção e as desigualdades alastrou-se pelo Brasil inteiro numa sucessão de fatos que se armavam uns sobre os outros e seguiram adiante, multiplicados por um fio condutor, como se fossem resultado de uma longa programação anterior, que jamais ocorreu até a geração da internet e das redes sociais.

RODAPÉ - O texto é uma adaptação do Capítulo II, do livro do jornalista Flávio Tavares, "1961: O Golpe Derrotado - Luzes e sombras do Movimento da Legalidade". Isso aconteceu em 1961 - há 62 anos, pois. Qualquer semlhança poderá ser mera coincidência.
EXTRA! PAPA NO PPS
Petistas e tucanos manobram de todas as formas para que Roberto Freire não consiga ter uma audiência com o papa. Temem que Freire consiga convencer Francisco a assinar ficha com o Partido Popular Ssocialista. Numa dobradinha com Zé Serra o PPS seria imbatível nas eleições do ano que vem. Todo boato sempre tem um fundo de verdade. Como Freire já convidou meio mundo para entrar no seu partido, deixar um papa de fora - ainda que argh!entino - muito mais que uma indelicadeza, seria uma burrice desperdiçar uma chance como esta.

21 de jul de 2013

O CARA
Henrique Meirelles, ex-presidente do Banco Central cutuca por baixo: "O Brasil precisa atrair investimentos"! Bolas, é só a Dilma Vana nomear o Eike Batista consultor de negócios do Instituto Lula.
DESCULPA
Henrique Alves admite que os R$ 100 mil em grana viva roubados do seu carro eram seus. Mas isso, só agora, depois de arranjar uma boa desculpa. Já apareceu até um outro deputado, da mesma laia, dizendo que se tratava de parte da compra de um imóvel. Amanhã, eles contam uma de índio.

TUCANAGEM
Dilma não foi ao encontro da cúpula do PT. Mandou dizer para Rui Falcão que a culpa era do papa. Dito assim desse jeito até parece que a visita de Francisco é tucanagem.

MAIS BOLSA QUE SAÚDE
Portal da Transparência: o governo gastou até agora R$ 12,1 bilhões como Bolsa Família. Em compensação e, por extrema bondade, destinou para a Saúde R$ 9,8 bilhões. Um exagero para quem, como Lula, acha que a "a saúde pública no Brasil está à beira da perfeição".

GARÇONETE POR MORDOMO
Loucos por cargos, salários e bocas-ricas, os partidários de Michel Temer, o vice-mais presidente que o Brasil já teve, estão querendo que ele abocanhe o lugar de Ideli Salvatti no Ministério das Relações Institucionais. Sai a garçonete e entra o mordomo dos filmes de vampiro.

CHUTES NOS TRASEIROS
Marta é o suplício de Alexandre Padilha e Aloízio Mercadante. Desponta como a mais forte candidata do PT ao governo de São Paulo. É assim que ela vai usar a sola de sapato para devolver a Lula o chute no traseiro que ele lhe aplicou para eleger Fernandinho HaHaHaddad, o Inoperante.

MAIS NADA
Não está restando mais nada para Lula. Só se estiver padecendo de doença mental e não na garganta para pegar na marra o lugar de Dilma. Seria a maior de todas as confissões de culpa que, como mentiroso-mor da República, ele já aplicou na história desse país.

DEUS É O TEU AMIGO

Ó tu que és um homem de fé; que acreditas em Deus; que Deus é bom; que Deus é justo; que Deus está contigo; que Deus é universal; que Deus éamor; que Deus é fiel; que Deus é teu amigo...

Ó tu que és assim, então tu não precisas de intermediários para andar e falar com Deus. 

O padre, pastor, benzedeiro, bruxo abispalhado ou seja lá quem for que, em nome da religião te disser que pode interceder por ti junto a Deus está mentindo; está te passando o conto do vigário; é um intrujão, um farsante, um impostor.

Aqueles que mais se apresentam como intérpretes, intermediários, amigos de Deus são os que menos acreditam em Deus. 

Deus não é, nem nunca será mais amigo de alguém do quanto tem sido teu amigo.

Ou então - ó crédulo - Ele não seria bom, nem justo. E nem seria Deus.

Políticos desistem de ir ao papa pela FAB

Desistência de usar aeronave da FABtur obriga brasileiros a muitas e muitas orações.

Não é agora, por dá cá aquela palha, que a geração de brasileiros descontentes e indignados precisa sair às ruas todo santos dia,  para protestar contra a corrupção, os desmandos, as desigualdades, a safadeza dos governantes e do senhores dos anéis e usuários de colarinhos brancos.

O valor residual das manifestações é o medo que ficou incrustado na pele desse tecido político de péssima qualidade.

Hoje mesmo, uma pandilha de 50 ou 60 parlamentares descarados já havia até começado a deliberar sobre qual a aeronave de FABtur que os levaria em bando para ver o papa Francisco no Rio de Janeiro. Foi só falarem nisso e já começaram a sentir as reações negativas que lhes caía nos lombos disparada pelas temidas, hodiernas e eficazes redes sociais.

Infelizmente os abusados desistiram. E agora, cada deputado e senador que quiser ver o papa vai ter que voar por conta própria. Uma lástima. Eis que para todos eles agrupados num aparelho da FAB, bastaria uma única reza forte para que o voo da alegria se transformasse numa viagem para os quintos da planfa que os lamblanfa; uma só reza para um só voo teria mais chance de ser atendida pelo Criador do céu e da terra.

Agora, as orações terão que ser pulverizadas. Cada eleitor descontente fará a sua reza e então haja fé - se é que há tanta esperança assim - para que tudo dê errado no voo de cada canalha voador.

Claro, a reza forte é só para que nenhum deles chegue a tempo de beijar o anel do papa; não chega a ser nada daquilo, nada daquela hecatombe providencial que, no fundo, no fundo, você está pensando para eles lá no alto. E, para que você não passe por desalmado é bom que todo o mundo cristão saiba: essas orações devem atingir apenas e tão somente os canalhas voadores.

Os deputados e senadores bonzinhos estarão livres desses percalços tipo assim turbulência, pouso de emergência, desvio de rota, roubo de malas pretas, cuecas e bagagens. Só isso, nada daquilo que seus rogos de praga estão elucubrando e desejando fervorasamente.

RODAPÉ - É bom dirigir orações para a comitiva presidencial. Dilma Vana vai levar uma chusma de ministros e conselheiros com ela para seu encontro com Francisco na segunda-feira. Tomara que tudo dê certo.

20 de jul de 2013

LEPROSO
Lula, é mais que um reles mortal despeitado por que foi barrado no baile da Jornada Mundial da Juventude; Lula é o mesmo de sempre quando desdenha e diz que "nem aceitaria um encontro com o papa Francisco"... No fundo, no fundo, ele está tirando o corpo fora de um momento carar a cara, por breve e insignificante que seja, com Sérgio Cabral, o governador que há bem pouco o levou para ver as obras do Maranovo. Cabral caiu em desgraça popular; isso para Lula, o companheirto bom e batuta, é o mesmo que estar com lepra.

Lula não foi convidado pelo Papa

Água benta fria na fervura do rei dos frutos do mar

Esse papa Francisco é mais brasileiro que todos os outros. Não convidou Lula pra nada. Fora do altar, Lula desdenha do ostracismo a que foi relegado e diz que se fosse convidado "não iria". Dor de cotovelo. Sairia correndo, como foi correndo beijar o anel do outro lá em Roma.

Entrementes, o seu instituto de palestras e mensagens prontas avalia a hipótese de emitir ainda a bom tempo uma nota de boas-vindas ao Sumo Pontífice.

Só para não dizer que não se falou de espinhos: um "esquecimento" desses cometido por um papa repercute pelo mundo inteiro. Só de católicos há mais de 1 bilhão e meio neste planeta que, agora, já se sabe, não foi Lula quem criou. E um chega pra lá desse ricocheteia e deixa estilhaços em incontáveis milhões de sacristias e de igrejas cristãs pelo mundo afora.

Lula é ardiloso e pra idiota é que ele não serve: jamais recusaria um palanque desse amplitude. Logo ele, que faz de tudo um pouco e muito mais para ser candidato a candidato a um Nobel da Paz. Pap Francisco, O Bom, jogou água benta fria na fervura do rei dos frutos do mar.
"Ei, mamãe, tira seu dinheirinho da Poupança e aplica na inflação". (Henfil)

19 de jul de 2013

MENTIRAS DE UM CANALHA
Lula desmentindo boatos sobre metástases do velho e nada saudoso câncer na garganta: "Não é correto que um canalha conte essas mentiras". Comos assim "essas mentiras"?... Pelo visto, um canalha pode contar outras mentiras.

DEMOCRACIA SOB MEDIDA
O caradura da semana, Alexandr Padilha diz que "rejeição ao 'Mais Médicos' faz parte da democracia". O que não faz parte da essência da democracia é o governo usar e abusar do instituto ditatorial das Medidas Provisórias que passam por cima do Legixlativo e do Judiciário. Isso sim é uma democracia sob medida.

BERRUGA
 E Lula Erário da Silva não perde a pose. Depois de se homiziar nos confins da África, ou em território Sírio-Libanês, Lula Erário da Silva, fala pelos cotovelos sem olhar ninguém nos olhos e dizer: - É de você e com você que eu estou falando... E então vai em frente e banca o grande conselheiro "o PT precisa se reaproximar dos movimentos". Até parece que o cidadão que é cidadão vai deixar que isso aconteça. A nação indignada não veste vermelho, não usa bandeiras, nem conta estrelas cadentes. O PT perdeu o bonde da história e agora dá berruga nos dedos que apontam pra ele.
FRANCISCO NÃO É MC DALESTE
Papa não canta rap

Então, a Segurança Nacional que não dá atenção ao dia a dia da população brasileira, agora com religiosa preocupação diz que "Papa Móvel sem blindagem é temeridade". O Vaticano manda dizer que não abre mão do roteiro traçado para os dias do encontro da juventude no Brasil e que a sua grande "proteção é Deus". 

Tá bom, mas isso aqui no Brasil cheira como uma questão de fé demais. É bom não desafiar os deuses republicanos. Vejam só aquele miniastro do rap, MC Daleste... Andou cantando que meganha bom era meganha com uma bala na testa e coisa e tal... E deu no que deu, levou uma azeitona no peito.

O Tiro foi tão preciso, que até os melhores investigadores conseguiram concluir que o balázio partiu de um gatilho primoroso, de um atirador de elite. E onde é que se encontra esse tipo de caçador de gente, hein, hein?...

Pois é. Mexeu com eles, mexeu com eles. Só para mostrar que tinham razão tudo pode acontecer, inclusive um pipoco só para mostrar que um papa desprevenido não vale por dois.

E já tem malandro de bom coturno espalhando que Francisco quer pelo menos empatar em comoção popular com o papa João Paulo II que sofreu um atentado à bala.

Mas isso foi em Roma, há 26 anos. Caramba, hoje é 2013 e o centro do Rio de Janeiro, como se sabe é muito mais tranquilo que a buliçosa Praça São Pedro. Ah sim, e Francisco é o primeiro papa argentino humilde e não um cantor de rap da ostentação

Vândalos Oficiais

O governo Cabral, não só porque o papa vem aí, mas porque está contra a parede, agora mandou a sua polícia pacificadora prender todo e qualquer mascarado que andar pelas ruas do Rio de Janeiro. Bolas, nunca antes na história desse país se usava máscara para andar pelas ruas a não ser no Carnaval.

O disfarce foi tolerado até aqui pelas autoridadesde esquinas porque interessava desestabilizar a mobilização popular que combate a corrupção. Como a manoibra não colou, então vamos à caça. Uma caça mais do que justa - afinal todo mundo tem medo de mascarados - mas é uma caçada que chega com enorme atraso, como de hábito acontece nas relações dos governantes com a população.

Enquanto isso, os predadores oficiais, os verdadeiros vândalos da máquina pública, continuam livres, leves, soltos agindo desmascaradamente nos palácios e gabinetes estatais.

Meu nome é Dilma

O meu nome é Dilma

E Luiz Erário Lula da Silva voltou. Ressurgiu das cinzas, nasceu das brumas e chegou bravateando como sempre contra os desmazelos cometidos pela máquina pública, esquecido que o governo anterior ao de Dilma Vana foi exercido por ele mesmo.

De lá pra, ou se quiserem dos anos de FHC até aqui, o Brasil desfila impoluto e garboso a toque de caixa pelo vício da corrupção, por promessas não cumpridas, imoralidade, escândalos, saúde e segurança só para eles, os Intocáveis, educação desmantelada, transporte caótico, impunidade, desigualdade e injustiça social, obras superfaturadas e abandonadas pela metade, estádios monumentais e rombos idênticos, tudo no mais perfeito padrão mensaleiro.

E dentre as coisas que nada disse a não ser bazófia, Lula garantiu que não tem câncer na garganta e, com sua antiga sutileza de breve metalúrgico, anunciou que tem um candidato à Presidência da República e que seu nome é Dilma.

Note-se aí que o indesmentível dono do PT e consagrado distribuidor de alianças, afirmou que "tem um candidato"... Não desdisse, em momento algum, e nem rememorou sequer de leve aquela sua ameaça no ano passado de que "eu não deixaria um tucano assumir o governo do Brasil".

Isso, no popular, quer dizer que se Dilma diante das quedas vertiginosas de prestígio e de aceitação tiver um rompante e resolver largar o cargo e seus encargos, Lula estará rente que nem pão quente para subir de novo a rampa e dar continuidade a tudo do que nada fez de bom desde 2002 até os memoráveis dias de hoje por essa pátria amada, idolatrada, mãe gentil de generosas tetas.

TÚNEL DO TEMPO - Em 1° de janeiro de 2010, no primeiro minuto após a entrega da faixa presidencial para a primeira-mulher-president@a da República, Lula - o Incrível Extraordinário usou o púlpito do Palácio do Planalto para reverberar à nação: - Agora o meu nome é Dilma.

18 de jul de 2013

EIKE SERIA O CACHOEIRA DAS ELITES

O olho do furacão financeiro em que está metido o maga empresário, hiper-bilivisionário Eike Batista é o mesmo centro de tormenta em que Carlinhos Cachoeira foi surpreendido. Assim é que Eike até parece o Cachoeira das elites.

De repente, ninguém quis saber como é que eles ficaram tão ricos sozinhos. Tanto para Carlinhos Cachoeira quanto para Eike Batista, o dinheiro caía do céu. Dois santos empreendedores. 

A Polícia Federal, o Ministério da Fazenda, a Receita Federal não têm curiosidade nenhuma aparente com relação ao fenômeno negocial dessas duas figuras da vida nacional. Vai ver que tanto um quanto o outro, um dia, foram funcionários do Zoológico de São Paulo...

17 de jul de 2013

TELEFONA E CONFIRMA

Se o Lula não continuasse metendo o bedelho em tudo; se o Lula não fosse presidente de honra e bem remunerado do PT... 

Se o Lula não tivesse o instituto que agenda suas palestras milionárias pelo mundo afora; se o Lula não tivesse instalado a sede do governo genérico em São Paulo, sob os cuidados de dona Rose... 

Se o Lula não continuasse sendo o presidente da Dilma, a sua luta contra o câncer não despertaria a atenção de ninguém, a não ser de sua família, seus parentes, seus afins e aconchegados. 

Mas como não é nada disso, Lula volta e meia vira notícia porque estaria internado, fazendo quimioterapia e coisas quetais por causa de sua laringe que continua sendo castigada de tanto que ele fala. 

Se o Brasil não fosse o Brasil da Silva que virou, o mistério seria facilmente desfeito: bastaria telefonar para o Hospital Sírio-Libanês e pedir para falar com um médico da equipe que trata de Lula e suas circunstâncias: 

- Ei, amigo Kalil, o Lula taí? Então manda um abraço pra ele e diz que eu estimo suas melhoras. Sim, sim, sou amigo dele; quer dizer, eu o conheço de outros carnavais; sou seu fã. Brigado, muito brigadinho.

O Chavismo de Dilma na TV do Brasil

Estava eu dormitando após o almoço eis que, senão quando, de repente e não mais que de repente, me acordei com o timbre estridente e monocórdico de uma versão nacional de Hugo Chávez.

Com a cara e os trejeitos de Dilma Vana, o chavismo invadia minha sala de TV. Lendo com desenvoltura canibalista os escritos do seu improviso no telepromter da TV Lula ela, desfiava com prepotência segura, o que chama de "5 pactos".

Jogava assim, na cara dos brasileiros, uma rosário de baboseiras com ar de bravata, na certeza de que o povo pagará os patos. Saí da sala, escafedi-me.

Resolvi dormitar no quarto, na cama que é lugar quente, com fones de ouvido escutando uma velha versão de Elis Regina do abolerado "Dois pra lá, dois pra cá".

E então, sentindo o frio em minh'alma, me deixei dormir, não sem antes pegar o computador e digitar esta confissão do fundo do coração: "Acredito na justiça sempre que vejo algo parecido com o que Dilma esteve fazendo hoje com o povo brasileiro. Acredito piamente, pois a justiça não pode estar muito longe quando a mentira está tão perto".

Dilma que vá se catar. Vou tirar uma soneca e limpar a consciência de tanta e tão maldita impureza. Aqui, neste quarto, não escuto esse melancólico arremedo de passarinho brasileiro de Hugo Chávez dar um pio sequer. Se der, juro que pego meu estilingue.
A PF NÃO REPRESENTA O PAPA!

Tá bom, em termos de "reforma política" - matéria da moda no país - pode até não ser lá essas coisas a visita do papa Francisco ao Brasil, mas uma coisa ele já está deixando bem claro: a PF não o representa! 

Ele acabou de ordenar uma redução no esquema de segurança de sua viagem ao Rio de Janeiro, para a Jornada Mundial de Juventude, e a Aparecida, na semana que vem.

Com isso ele contraria o planejamento elucubrado pela Polícia Federal, responsável pela proteção de chefes de Estado estrangeiros em visita ao Brasil. 

O governo brasileiro foi avisado pelo Vaticano, que Francisco quer "contato com o povo" durante o evento e na missa no santuário de Aparecida. 

E assim é que, se houver algum atentado, ou vaia muito retumbante, nada será para ele. Todo crédito vai para a cambada de governantes e políticos descarados que querem lhe beijar o anel... Ou quem sabe, bem mais até que isso.
CRIME ORGANIZADO
Com esse jeito debochado de ser, os três poderes que zombam da justiça e gargalham da desigualdade social, não são mais nem menos do que facções especializadas em latrocínio e pilhagem. Os mensaleiros são o menor e mais singelo exemplo do crime organizado da máquina pública.
REFORMA POLÍTICA?!?
Sem medo de serem felizes e sem nenhum temor pelo clamor das ruas os deputados continuam zombando dos brasileiros. Acabam de formar um "grupo de trabalho" que tem três meses para apresentar o modelo de reforma política para o Brasil. Saiba aqui, quem são os ilustres pares e ímpares que o representam:

Além de Vaccarezza - coordenador do grupo que derrubou o petista gaúcho Henrique Fontana - foram escalados para nos representar, os notáveis Berzoini, Marcelo Castro (PMDB-PI), Marcus Pestana (PSDB-MG), Guilherme Campos (PSD-SP), Esperidião Amin (PP-SC), Luciano Castro (PR-RR), Rodrigo Maia (DEM-RJ), Júlio Delgado (PSB-MG), Miro Teixeira (PDT-RJ), Antonio Brito (PTB-BA), Leonardo Cadelha (PSC-PB), Manuela D’Ávila (PCdoB-RS), e Sandro Alex (PPS-PR). Engulam, pois, essa pandilha e façam todos, bom proveito. Eu estou de dieta rigorosa.
TAPA NA CARA
E agora um tapa na cara! Com dois mensaleiros condenados pelo Supremo Tribunal Federal - Zé Genoíno e João Paulo Cunha - a Comissão de Constituição e Justiça vota hoje, nada mais nada menos do que a PEC dos Mensaleiros! Eles querem derrubar o Brasil. Se daqui a 30 ou 40 anos você contar isso para os seus netos e eles acreditarem, fique certo, eles vão achar que você é mesmo a avó torta - que a direita já foi morta.
CANTANDO DE GALO
O Atlético-MG enfrenta hoje o Olímpia, no Paraguai, no jogo de ida pela decisão da Libertadores. Cuca já avisou: - Semana que vem tem a volta. É como se tivesse cantando de galo:- O que fizerem com a gente aqui, a gente vai fazer lá com vocês! Futebol é negócio... de guerra.

RECOPA SUDAMERICANA
Sob os auspícios da Conmebol, hoje à noite tem Corinthians x São Paulo. É pelo título da Recopa Sudamericana, uma competição entre o campeão da Libertadores e o vencedor da Copa Sul-Americana. Uma coisa tipo assim quem ganha a Recopa é melhor que os melhores das outras copas... Até parece. Ninguém dá bola para a Recopa Sul-Americana. É que ser melhor da Sul-América não quer dizer bulhufas. A Libertadores vale alguma coisa, porque tem aquele jogo final lá no Japão que tem jeito de título mundial.

16 de jul de 2013

NA GAVETA
Pelo que sei o STF não existe para fazer favores. Ao contrário dos que têm o poder de escolher seus ministros a dedo - e até sem um dedo lá que outro - o Supremo Tribunal Federal existe para pronunciar sentenças definitivas.
NA GAVETA
Pelo que sei o STF não existe para fazer favores. Ao contrário dos que têm o poder de escolher seus ministros a dedo - e até sem um dedo lá que outro - o Supremo Tribunal Federal existe para pronunciar sentenças definitivas.
CENSURA PRÉVIA
Toda essa algazarra em torno dos grampos de Obama só tem um grande objetivo: a volta da censura prévia. A webmedia que hoje resgata a liberdade de credo, pensaamento e expressão está na mira da pandilha de sevandijas que atraem para o Congresso as moscas tontas do Palácio do Planalto e dos tribunais de justiça do país afora.

Alô, alô, aviadores do Brasil!

 Alô, alô aviadores do Brasil! Quero um avião da FAB pra me mandar daqui de vez! Fiquei sabendo das pesquisas mais recentes e então há notícias de que Dilma despencou; que Lula, como o seu gogó, já não são mais mais aqueles.

Há números que indicam - cruzes! - Marina Silva com 20% outra vez; depois vem Aécio Neves e bem pra lá Eduardo Campos. Quer dizer, se Dilma não for bipresident@ vem o Lula para ser tri; se não der na cabeça nenhum dos dois, Marina Morena sobe a rampa; ou não, pois, Aécio Neves pode fazer Tancredo se virar no sepulcro e eleger o neto; como se não bastasse e, em penúltima instância, o cara pálida pernambucano de olhos azuis poderia sentar na cadeira mais cobiçada da Esplanada dos Ministérios.

E aí, então, porque depois da penúltima vem a última instância, o clamor das ruas poderá levar o País para dentro dos quartéis. Isto sim, seria uma enorme perda de tempo.

Não só por voltar 50 anos na História, mas essencialmente porque não encontrariam ninguém de dragonas por lá - estão todos de pijama na Petrobras.

Alô, alô aviadores do Brasil! Pelamordedeus, não é que não haja uma luz no fim do túnel, nem que o clarão seja um trem; o que é mesmo, gente boa e desprevenida, é que o Brasil não tem nem túnel, quanto mais um trem. Na falta de condução melhor - que de ônibus ninguém é maluco de sair por aí - pelamordedeus, um avião da FAB, urgente!

Dilma 31,3% dos votos - "Volta Lula"!

Um instituto que atende pelo codinome de MDA em aconchego com a manjadíssima Confederação Nacional do Transporte - que tão bem serve ao povo brasileiro - divulgou esta manhã dados de uma pesquisa "científica" antecipando números que sairiam das urnas para bater na cara do povo se a eleição para presidente fosse hoje.

A primeira-mulher-ainda president@ Dilma Vana lidera o ranking dos ungidos por suas facções políticas com 33,4% dos votos; a ex-ministra sabe-se lá do quê, Marina Silva é a segunda colocada com 20,7%; Aécio Neves, o Bobão tem 15,2% e o governador de pernambuco, aquele carinha de cara pálida e olhos azuis vem na rabeira com 7,4%.

Isso quer dizer, "Volta Lula"! Simples assim. É que com esses números, ela iria para o segundo turno e dançaria., porque oposição unida jamais será vencida!

Se Dilma ganhasse, seria tão ruim pra o Brasil quanto seria ruim para o Brasil a vitória de qualquer um dos seus opositores. O Brasil está num beco sem saída. E a bandidagem está armada.

Enquanto não houver reforma moral, o Brasil vai ser esse mar de lama que aí está. Chega de corrupção. Ladrão é ladrão, cidadão é cidadão.

A ARMA
Pensando bem nessa História do Brasil que essa pandilha proprietária indébita dos três poderes republicanos vem fazendo a pau e corda, aos trancos e barrancos, aos golpes e manobras, me dou conta de que o Direito é a mais perigosa arma que eles usam contra o povo desse país de inocentes úteis.
CALOTE DE DILMA
E então houve aquele dia em que Dilma Vana prometeu ao Congresso Nacional destinar R$ 20 bilhões para educação e saúde. O tempo correu e o duscurso não saiu do papel. Agora os tucanos estão chamando a primeira-mulher-president@ de não ser diligent@ e estar contaminada pelo vírus do papo furado, herança do seu antecessor. Ficaram para trás, não se sabe bem aonde, R$ 10,3 bilhões prometidos para a educação e R$ 9,7 bilhões para a saúde. Nem mesmo a grande casa de tolerância nacional tem paciência para continuar praticando o esporte que mais gosta: a enrolação. Já o Tribunal de Contas da União atestou que o governo Dilma não executou 73% dos investimentos em educação e nem 55% na educação. Todo mundo quer saber no que é mesmo que o governo gasta tanto tempo e dinheiro. Melhor perguntar ali no Bairro Ipiranga.

CHAPÉU DOS OUTROS
Lula tem aparecido mais na África do que em fotos com validade vencida. Suas palestras - em esperanto, decerto - têm rendido bons frutos. Pelo menos para o governo do Congo que ganhou meio milhão de toneladas de arroz brasileiro e foi perdoado de uma dívida de mais de US$ 350 milhões, coisa de quase R$ 1 bilhão, só porque Dilma gosta de "fazer bonito" na frente dos outros. É a Bolsa Chapéu dos Outros.

PORCARIA AMBULANTE
A porcaria ambulante que transita de colarinho branco e gravatas gritantes que falam os mais diversos idiomas, tá nem aí para o grito das ruas contra a corrupção, a imoralidade e a amoralidade provocante e debochada. Nos últimos dois anos - menos um pouco do que isso - de 2011 para cá, os ilustres senadores da República esbanjaram mais de R$ 53 milhões só na grandiosa tarefa de serem apenas senadores e nada mais. O custo-benefício é um deboche para a sociedade. Logo a turma vai estar nas ruas. Sem bandeira, sem camisetas e bandeiras vermelhas. Só com a indignação.

15 de jul de 2013

O GRANDE ADVERSÁRIO
Não dá para ter pena de Dilma. Ela é tudo que Lula fez por ela. Agora, faz quase dois anos já que Dilma largou de mão a Presidência da República, para ser candidata de si mesma ao próprio palácio que ocupa em nome de seu inventor. Com isso, ela tornou-se uma criatura refém do seu criador que é presidente de honra do partido que usa Rui Falcão como presidente de fachada para incomodar o governo que o PT quer derrubar. Nenhum partido é mais adversário de Dilma do que o PT de Lula.
MAIS SAÚDE
Você sabia que o governo brasileiro gasta com o funcionalismo público R$ 215 bilhões por ano? Então saiba que com toda essa grana o governo poderia construir pelo menos 750 mil postos de saúde devidamente equipados. Como metade do funcionalismo de Dilma é constituída de reles cabos eleitorais, então o governo está deixando de oferecer aos brasileiros 375 mil postos por ano. Isso é que é "Mais Saúde".
PERGUNTA & RESPOSTA
- Dilma é a 2ª mulher mais podewrosa do mundo?
- Melhor perguntar pro Lula, ali no Bairro Ipiranga.

Cadê Rose?!?

Dilma Vana mexeu no local do crime

Todo mundo, menos o PT e a base aliada, está querendo que Dilma Vana reduza  o número "criminoso, absurdo e desumano" dos seus ministérios. Mas, turrona como ela só, Dilma só acabou até agora foi com aquele escritório de negócios escusos, misto de rendez-vous e instituto cidadania gerenciado por Rosemary Noronha e que Lula fazia de governo paralelo, em São Paulo.

Isso sim foi maquiavélico, "criminoso, absurdo e desumano": ela mexeu no local do crime. Agora Rose e Lula, tanto quanto a própria Dilma podem esbravejar: - Cadê as provas, cadê?!?

Hoje, Rose tomou chá de sumiço e Lula, quando não está sumido presumidamente numa sessão de quimioterapia clandestina, está homiziado no seu instituto de palestras no charmoso Bairro do Ipiranga.

Mas a charada é fácil, eis que sempre fica uma pista: se você quer saber cadê Rose... Melhor perguntar no Bairro Ipiranga.

14 de jul de 2013

O CLÍNICO GERAL

O PT bota as mangas de fora. Alexandre Padilha, só será candidato ao governo de São Paulo no ano que vem se o "Mais Médicos" der certo. Para dar certo o "Mais Médicos" precisa de muito Mais Isso e Aquilo: Mais Hospitais, Mais Postos de Saúde, Mais Equipamento, Mais Estrutura, Mais Competência...

A Marta Suplicy vai ser a salvação da lavoura. Aloízio Mercadante que mete o nariz em tudo, está sempre um passo atrás da president@ Dilma, contenta-se com o cargo de "clínico geral" da República.
JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE
Os organizadores da Jornada Mundial da Juventude estimam que o maior encontro católico do mundo, terá um custo de pelo menos R$ 350 milhões. neste valor já estão incluídas as despesas indiretas, como a alocação das forças de segurança. A festa será de 23 a 28 deste mês, no Rio de Janeiro. Tomara que do dia 29 em diante o Brasil comece a perceber o chamado "valor residual agregado". A Copa das Confederações que custou muito mais à nação, não deixou nenhum sinal de ordem e progresso até agora. A jornada católica, mexe com a alma da população; a Copa só revelou espírito de porco.
VAI DE ÔNIBUS
Sérgio Cabral, o Rei dos Guardanapos em Paris e governador do Rio de Janeiro que, apesar dele, continua lindo, estufa o peito e anuncia que não usará mais o helicóptero do Estado como transporte pessoal. Que lindo! Quanta magnanimidade. E a farra aérea que ele cometeu até agora foi para a conta de quem?!? Já que por isso ele não vai perder o mandato, Cabral deveria ser condenado a cumprir o trajeto diário de sua mansão até o Palácio Guanabara nos ônibus do transporte coletivo urbano carioca até o fim do governo.