O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

24 de mar de 2013

Sanatório em Reconstrução
Diante da necessidade de reconstruir alas novas e outros corredores sanitários e levando em conta algumas dificuldades insanáveis de tratamento de urgência a postagens e fotometrias, o SANATÓRIO DA NOTÍCIA entra, a partir desta data, - 24/03/2013 - em regime de alta para uma necessária e urgente quarentena. Estamos mudando de endereço e de identidade. E tudo então será eterno enquanto dure. Com o transplante momentâeno da nossa equipe de trabalho para outro nosocômio de informação, prometemos voltar a atendê-los, quando menos estiverem esperando. Por hoje, gratos e revigorados pelas suas milhares e milhares de atenciosas visitas nesse período de internação, convidamos para que continuem nos contagiando com a sua companhia no novo endereço, já com novo nome, mas sob a mesma direção: CADEIA DE NOTÍCIAS, vulgo www.cadeiadenoticias.blogspot.com

22 de mar de 2013

CRISE DE IDENTIDADE
O Rei do Tango, Carlos Gardel, não era arghg!entino; Lionel Messi é, mas joga na Espanha; Francisco é papa, mas de argh!entino não tem nada: parece pobre e é humilde. Em compensação, Cristin a Kirshner é argh!entina, mas não chega nem aos pés de Evita Peron.

A Casa da Democcracia

Verba indenizatória de deputados vai subir 12,7% e chegar a míseros R$ 38 mil mensais. A deslavada afronta faz parte do pacote de bondades para os deputados.

O reajuste, que só depende do aval da Mesa Diretora, foi definido para compensar o fim do 14º e 15º salários. Eles vão ganhar por mês, só com essa cretinice, o equivalente a cinco anos de trabalho de um operário que ganha salário mínimo. Cá pra nòs e quem ninguèm nos ouça: você acha mesmo que a democracia passa pel Congresso Nacional?!?

Vai, Top-Top!

Grandes empreiteiras bancaram 13 viagens de Lula ao exterior. No exterior, Lula fala em repassar pedidos a Dilma Vana. Então tá, agora Dilma já pode demitir o aspone para assuntos aleatórios, Marco Aurélio Top-Top Garcia.

SERIA JUSTO
Grupo de Carlinhos Cachoeira deve pagar mais de R$ 100 milhões em bens à União. Seria mais do que justo, se fosse verdade e Cachoeira e sua quadrilha não pudesse recorrer da decisão judicial em nome do mais legítimo e interminável "direito de ampla defesa"; seria mais do que justo, se a quadrilha de Rosemary e seu grande chefe também tivessem que devolver o que roubaram e recompensar a União pelos prejuizos e atraso que causaram ao país. Seria. Mas não é.

OS INCLUSIVISTAS
Justiça concede liberdade a motorista que atropelou ciclista e jogou seu braço em um córrego em São Paulo. Justa decisão, já que os criadores irresponsáveis de ciclovias continuam soltos. Criar ciclovias sem antes conscientizar o trânsito maluco das grandes cidades é como abrir a porta da jaula e lançar os ciclistas às feras famintas. É o que está acontecendo com os deficientes no Brasil dos "inclusivistas". Em nome da eleitoreira inclusão social, com o amém do MEC e do governo populista, eles jogam  cegos, surdos, mudos, paraplégicos, tetraplégicos, pessoas com Síndrome de Down, deficientes físicos e com déficit intelectual, em "salas especiais" da rede de ensino(?) regular, como se já tivessem qualificado professores e conscientizado os estudantes e os pais de alunos para viver e conviver com quem não desfruta das mesmas condições exigidas pelas convenções sociais. Está faltando cadeia para esses burrocratas malfeitores e desumanos que transformam ciclovias e salas de aula em verdadeiras jaulas.

DEPUPASTOR
O depupastor Marco Feliciano (PSC-SP) bateu pé e disse que vai continuar na presidência da Comissão de Direitos Humanos. De nada adiantou o apelo do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) ao líder do PSC, André Moura, para que o pastor deixasse o cargo.
Desde que foi escolhido para presidir a comissão, Feliciano é alvo de protestos pelo país após ter feito declarações consideradas homofóbicas e racistas.

ELE E OS OUTROS
O presidente da Câmara disse que PSC tem até terça para decidir sobre saída de Feliciano. Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), fez de conta que ameaçou esperar até a próxima terça-feira uma decisão do PSC sobre a renúncia do pastor Marco Feliciano da presidência da Comissão de Direitos Humanos. O cara vem sendo bombardeado pelos grupos de combate à homofobia, ao racismo e outras novidades. Pena que os resultados esperados por essa mobilização popular não tenham alcançado o mesmo patamar no caso da derrubada do próprio Henrique Alves quando assumiu a presidência da Câmara e de Renan Calheiros que se apropriou do Senado.
 
ENTREMENTES...
Enquanto isso, o PT continua querendo trazer de volta a censura. Para Rui Falcão, presidente do partido, "é um direito do governo não enviar o projeto por conta da correlação de forças", mas ele garante que a sigla vai se associar às entidades (?!) que estão querendo convencer a sociedade de que esse marco é necessário. O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, declarou que acha "incompreensível" que o partido misture regulação da mídia com investimentos. Não é com isso que o PT está misturando a censura. O PT está misturando é o poder com a democracia. Nada nem ninguém roubam mais do PT que o próprio PT.
 
CONDENANDO SIGLAS
Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal defende o fim do uso de iniciais para identificar réus em inquéritos e ações penais que tramitam naquela Corte. A regra foi adotada na gestão de Cezar Peluso, em 2010, e hoje fica a critério de cada ministro suspender o sigilo quando considerar necessário. Não há nada mais ridículo nesse país do que julgar letras ao invés de malfeitores. É como não mostrar a cara de menores assassinos e banmdidos contumazes. Eles são soltos e continuam a transitar entre as pessoas de bem, com a tranquilidade de não serem reconhecidos nas ruas, gozando o pleno sol da liberdade.
 
DESONERAÇÃO DE ARAQUE
Desoneração da cesta básica "é ilusionismo", bateu pé e reclamou nesta quinta-feira na tribuna da Câmara o tucano baiano Jutahy Magalhães. Ele bateu com força no anúncio de desoneração da cesta básica feito pela presidente Dilma Vana: "O governo se apropriou de uma matéria aprovada pelo Congresso Nacional há pouco mais de seis meses e agora lança como iniciativa própria por meio de uma escancarada propaganda eleitoral". A preocupação do tucano é só com a autoria da besteira. Não disse que é tudo jogo de cena. Baixou a cesta básica, subiu tudo o mais nas gôndolas dos supermercados; nas bombas de gasolina; nos aluguéis, nos conmdomínios, nas consultas médicas, nas diárias das domésticas, na prestação de serviços. As contas de água e luz subiram junto com os pedágios das rodovias que já não nos pertencem mais...
 
COLUNA DESDOBRADA
Olha só, meu preclaro Helio Freitag: uma liminar da Justiça Federal do DF acaba de suspender o processo disciplinar instaurado contra um policial federal aqui de Brasília que em e-mail à Dilma Vana, na desdobrada coluna nacional “Fale com a Presidente”, reclamou do salário e das condições de trabalho.
 
RESPEITANDO AS FAIXAS
Jandir Barreto me pautou e, aos poucos vou tentando relembrar as "coisas que vi de bom" nos dois curtíssimos dois dias e meio que passei por Pelotas neste finalzinho de verão. Uma delas é que, pelo menos no centro da cidade, os motoristas têm respeitado a faixa de pedestres. Acho que o pelotense tem viajado mais nesses últimos veraneios.

21 de mar de 2013

DESQUALIFICANDO O PAPA
Esse Francisco é tão simpático que já se configura como o maior risco dos últimos séculos para as outras igrejas que não cabem numa boa reunião ecumênica.

Nunca antes na história das religiões um Papa sofreu uma campanha tão grande e tão cerrada de desqualificação como a que Chiquinho do Vaticano - assim batizado por dom Jandir Barreto - vai padecer no paraíso terrestre.

A coisa vai começar pela Argh!entina mesmo. A torcida do Boca, para vocês terem uma ideia, já começou a espalhar que ele treinava com Di Stéfano, no River Plate, mas seu futebol não dava nem para amarrar as chuteiras do "Flecha Loira". Talvez fosse só um pouquinho melhor que Maradona e olhe lá!
Felipão invicto na CBF
Itália jogou atrás na Suiça para não gastar a pizza.

Tá, eu sei, eu sou teimoso. Lá fui eu para a frente da TV assistir a mais um jogo do time do Felipão. Sou uma porta de teimoso, mas não sou bobo. Desta vez não levei pipoca, nem guaraná do Amazonas. Fui porque continuo quase gostando de futebol.

Faz 30 minutos que o jogho começou a bola ainda não chegou no Neymar. Tenho a impressão
que peguei no sono. Também, quem é que liga a TV para ver Hulk, Fernando, Filipe Luiz ou qualquer coisa assim jogando com a camisa que Garrincha, Pelé, Rivelino vestiram?

Epa, Julio César fez uma defesaço. A propósito, o que é que Júlio César tem que Rpogério Ceni não tem em dobro? Idade é que não é. Talvez ele tenha o mesmo que Felipão tem e Mano Menezes não tinha.

Do jeito que a coisa vai, não demora nada e o cxabelo oxigenado de Daniel Alves vai ser mais titular absoluto que o Neymar com corte de Recruta Zero.

Pronto, 33 minutos, Neymar toca na bola pela primeira vez. Encontra Hulk sozinho - pra quê marcar esse cara? - ele se enreda; afinal, o que é mesmo que você esperava?#@?! o lance encontra o lateral brasileireo que cruza mirando Neymar e acerta Fred que mete de chapinha e sem-pulo: 1x0 !

Em seguidinha, Neymar toca pela segunda vez na bola, despreza e menospreza a defesa italiana e, como se fosse o Pelé falando com Carlos Alberto Torres, diz para Fred: - Toma, faz aí! Goleada: 2x0.

Nunca antes na história desse país a cota racial da defesa de uma seleção da CBF foi tão pequena. Os afro-descendentes são minoria no time de Felipão, gaúcho barbaridade, de Passo Fundo, tchê! O perigo agora é que acabou o primeiro tempo. A turma vai para o vestiário ouvir a preleção de Felipão.

Em 10 minutos de segu7nda etapa, deu pra ver que a reconstituída Família Scolari tinha prestado muita atenção às recomendações do paizão. Logo o jogo estava 2x2. Baixou a Síndrome de Mano Menezes na zaga da CBF.

Aí Neymar deixou Hulk de cara. Como é verde de forte, ele esmagou a bola na cara do Bufão que joga no gol da Itália. O drama de Hulk é que ele é engraçado. Ele guarda até hoje a voz de comando dos seus tempos de serviço militar obrigatório: - Peito pra frente, bunda pra trás!

O diabo disso tudo é que seus companheiros bons e batutas continuam lhe passando a bola, como se ele estivesse em campo para jogar futeboL. Esse Felipão tá se saindo uma encomenda pior que Mano Menezes... Menos, menos. Como Mano não há ninguém.

E lá se vai o jogo. Faz 30 minutos que a bola não chega em Neymar... Pronto, foi só falar. Ele vislumbra Hulka e lança em seu peito de ganso - Epa, Ganso Nem foi chamado! - enrola-se outra vez e a Itália se safa. Neymar já merece ser substituído: não se cansa de passar a bola para Hulk. Já pensou se, numa dessas, Hulk faz um gol? Vira capitão e nunca mais sai do time.

E foi assim que tudo acabou. Os italianos, na Suiça, jogaram atrás pra não gastar a pizza. Do seu time, a melhor coisa era o sobretudo do treinador. E talvez por isso, ou certamente só por isso, Felipão está invicto na Seleção da CBF. Dos dois jogos que dirigiu, já faz um jogo que não perde pra ninguém.
POR ONDE PASSA A PROCISSÃO
De sábado passado a quarta-feira desta semana transitei na minha cidade de Pelotas pelas cercanias do meu velho colégio São Francisco de Assis, dos mendolates e puxa-puxas feitos pelas freirinhas daqueles bons tempos.

Atravessei todo o santo dia a Praça Cel. Pedro Osório e andei pela rota onde um dia foi a Confeitaria Nogueira e a Joalheria Levy Franck; caminhei pela Floriano, gostei da cara com que a Santa Casa de Misricórdia me olhou; fui e vim pelo Calçadão, pela Osório quase que de ponta a ponta; repassei um pouco da minha Barão de Santa Tecla, onde passava o bonde que me levava à escola; relembrei-me de fio a pavio pela Deodoro como se tivesse ainda o canalete cercado de flores.

Circulei a pé pela Avenida Bento Gonçalvez; passei pelos estádios do Farroupilha, do Brasil e do Pelotas; fui aqui e ali; entrei e saí do Café Aquário nem tão depressa como se estivesse fugindo, nem tão devagar que pudesse denunciar o desejo de parar; andei sempre mais ou menos por onde passa a procissão. Olhei de longe e de soslaio para a Catedral de São Francisco de Paula e até me lamentei um pouco por não ser o De Assis - já que assim teria mais representatividade com o Francisco que hoje é Papa.

Saí com saudade da outra cidade de Pelotas que deixei, entre idas e vindas, há mais de três décadas. Não que ela tivesse então muito mais que o ar impoluto e altaneiro da velha Princesa do Sul; sim, porque minha cidade não tinha então essas feições entristecidas de quem pediu para o mundo parar que ela queria descer.

Há por aí, muitas esquinas abandonadas, muitos janelões fechados, muito vitrôs sumidos à francesa e todas as praças esquecidas...

Desta vez não fui ao Laranjal. Quero pensar que talvez tenha perdido a melhor parte da minha cidade. Eu me sinto melhor assim. Pelo menos o Laranjal vai continuar sendo como eu gostaria que ele estivesse agora. O resto está bem perto de ser e estar como eu não gostaria de ter visto a "minha pátria pequena que deixei aí no Sul".

O País do Futebol

QUE PAÍS DO FUTEBOL É ESSE?!?
Secador fanático do Grêmio por causa do Luxemburgo, não perco um jogo do Inter para rir das trapalhadas do carrancudo Dunga e nem do São Paulo só para ver o Ney Franco tornar difícil qualquer compromisso do tricolor do Morumbi, mesmo que seja contra o Arrancatoco.

E, enquanto acho detestável assistir à retranca de Muricy Ramalho que emperra a máquina santista de fazer gols, sou agraciado agora com duas razões para dar uma bisolhada no pachorrento campeonato carioca: o meu Vasco sem rumo e sem treinador e o Flamengo que vai pro brejo com Jorginho, o seu mais novo enganador. Vai ser um prazer ver o roto rir do esfarrapado, o Flu debochar do Mengo tendo Abel como luminar na boca do túnel.

Nesse interim posso me divertir com a falta de charme, veneno e beleza da seleção da CBF que tem como paizão, ninguém mais nem menos que um Felipão determinado a reconstituir a velha Família Scolari que no futebol não ganha nada, nem de ninguém desde 2002. Quer dizer, em 2009 o professor Scolari foi campeão com o pujante Bunyodkor lá no Uzbequistão. Se isso é ganhar, então é desde 2009, há longos e saudosos quatro anos que a vitória não tem scolaridade.

Assim é que, no meio de um Brasil, antigo País do Futebol, não se vislumbra outra saída do que senão pensar em Tite, o mais rude e pernóstico treinador de relativo sucesso que anda por aí. É pouco, muito pouco, quase nada para um já bolorento pentacampeão mundial.

10 de mar de 2013

Cadê o grupelho, cadê?!?

Alguém explica aí de onde surgiram aqueles militantes que "cobriram" os passos dda dissdente cubana, Yoani Sánchez, quando esteve no Brasil? Acabou o grupelho, ou apenas recolheu-se a sua insignificância?!?

Yoani, a "milionária" só queria mostrar o quanto ela poderia gastar em charuto e banana na ilha tomada de assalto há 54 anos pelos irmãos Castro que já naquele tempo deram um jeito de livrar-se de Che Guevara mandando-o criar asas e voar rumo à morte certa e isolada da grande revolução cubana.

Se era só pra isso; só para obedecer às ordens do PT do Mal que obedecia ao comando de los hermanos Castro, nem precisavam ter saído de casa. Seja lá onde querque fiquem de tocaias para ocasiões perigosas como esta visita de uma franzina blogueira.

DIARISTA
Mais um sinal de descontrole nacional: a legislação e o custo muito acima do ridículo salário de quem não é empregado na máquina pública reduzem o número de empregadas domésticas no Brasil. A limpeza é diária e superficial; o preço é caro e não há parâmetros para controle de qualidade. Para o padrão bolsa-família tá mais que bom.Vida que segue.

GRUDE BRABO
Tem coisas que depois que pegam não desgrudam mais. Piada políticamente incorreta hoje é que nem pastor dessas igrejas de esquina: se alguém abrir a boca, o mundo desaba. E jesus salva!

CABIDÃO
E nasce mais uma pasta de cabides de emprego para novos aliados no governo Dilma: é o Ministério da Micro e Pequena Empresa, assim no singular ou no plural, tanto faz. Vai ter Afif Domingos como ministro. O ministério tem menos dinheiro do que o Sebrae. Só serve para empregar companheiros terceirizados.

PAU VAI COMER
A eleição de Nicolás Maduro foi fixada para 14 de abril. Se der Caprilles, o pau vai comer na Venezuela. Entre Maduro e Caprilles os venezuelanos preferem Hugo Chávez. É que morto não fala.

GOL CONTRA
O PT e o PSDB estão brigando pela autoria do projeto que zerou os impostos na cesta básica. A briga vai continuar até que ambos percebam que esse gol de letra da Dilma foi gol contra. A redução dos impostos vai servir apenas ao bolso dos repassadores. O que sair do preço da cesta básica - um pacote de 11 alimentos dos mais de 30 que deveriam chegar à mesa dos brasileiros - vai parar no bolso dos comerciantes. A inflação vai sair da copa e cozinha para se acomodar na sala e na varanda das nossas casas, nossas vidas.

INFLAÇÃO
A propósito, a unidade de uma moradia do programa Minha Casa, Minha vida que há dois anos custava R$ 30 mil, hoje não sia por menos de R$ 120 mil. Isso é inflação, ou a sua avó é bicicleta?!?

9 de mar de 2013

O ENTERRO DO ANO
Essa gente não pode ver plateia que se inflama. Evo Morales disse ontem na Venezuela, à beira do caixão de cristal do comandante bolivariano estar "quase convencido" que Chávez foi envenenado. Vai ver que foi com chá de coca.
DILMA SE MANDOU
Dilma Vana acertou em cheio quando resolveu dar no pé e escatafeder-se das pompas fúnebres lá na Venezuela. Assim que ouviu dizer que Chávez ficaria embalsamado governando o país numa urna de cristal, viu que deveria tomar uma atitude. Quando escutou então Nicolás Maduro dizer em lágrimas "Hugo Chávez vive, la lucha sigue"! sentiu que não tinha mais nada o que fazer por lá. Afinal, o cara não morreu; aquilo não era velório era comício! Dilma fez as malas e deu no pé. Veio baixar o preço da cesta básica aqui na terrinha em que Lula manda.

A MAIOR AUTORIDADE
Nesta gloriosa sexta-feira, 8 de março, Dia Internacional da Mulher, Dilma abriu um pacote de semibondades na TV e não resistiu à autolouvação: "Não esqueçam jamais que a maior autoridade desse país é uma mulher". Pô, não precisava ofender assim desse jeito o ministro Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal a mais alta e mais soberana corte de Justiça do Brasil.

NA GÔNDOLA
Dilma aliviou os impostos federais nos produtos da cesta básica. Os atravessadores estão morrendo de rir. Quanto ao tomate, a cebola e o pimentão nas gôndolas dos supermercados, os preços vão continuar ardendo no seu bolso.

MADURO JÁ GANHOU
Ex-embaixador americano prevê: "Relação dos Estados Unidos com a Venezuela continuará difícil. Isso quer dizer que Obama já sabe que Nicolás Maduro vai ganhar as próximas eleições para prtesidente-adjunto venezuelano, já que Hugo Chávez continuartá governando o país do alto de seu sarcófago.

CHÁVEZ VIVE!
Zé Dirceu continua esperneando. Está uma tristeza só. Não pelo fato de que não pôde se despedir do grande amigo com quem falou umas duas ou três vezes na vida, mas pelas simples razões de que ficou fora da vitrine, perdeu a chance de dar no pé e se viu flagrado na condição de sujeito aos ditames da lei como um reles brasileiro comum. Esse trem ele perdeu; pode bater pé e reclamar à vontade. Mas, nem tudo está perdido: quem sabe ele vai ao próximo enterro de Hugo Chávez, pois segundo discurso inflamado de Nicolás Maduro diante do caixão do comandante bolivariano "Hugo Chávez vive, la lucha sigue"! Então, é como diz Bento XVI "não tá morto quem peleia"! Ou será que não diss? Ou será que tá morto? Ou será que Chávez não vive? Tanto faz, Zé Dirceu perdeu de novo para Joaquim Barbosa.

PAPA-ADJUNTO
Nesta terça-feira começa o conclave para a escolha do papa-adjunto de Bento XVI que continua papa, posto que vitalício, lúcido e... não tá morto quem peleia.

O MEDIADOR
Com os rumores de que o novo papa pode até ser brasileiro, já se percebe nos bastidores do Instituto Lula movimento intenso para enviar seu dono a Roma como mediador do conclave, caso se dê o previsível impasse.

PAPA BRASILEIRO
Confirmadas as graves suspeitas de que o novo papa possa ser brasileiro, o Deus de Rosemary já deu sinais de fumaça branca no sentido de emprestar seu irrestrito apoio ao Sumo Pontífice nacional. Há indícios de que o Filho do Brasil repasse ao Vaticano os segredos da estratégia de coalizão pela governabilidade que aplica por aqui com tanto êxito. Ninguém caia na asneira de duvidar que, uma vez colocada em prática a teoria brasileira do mensalão, daqui a 10 anos as sacristias estejam falidas e os prelados podres de ricos.

FIM DA OPOSIÇÃO
Um papa brasileiro é só o que falta para acabar de vez com a oposição no Brasil. Bolas, todo mundo sabe que se o conclave escolher um brasileiro para o lugar de Bento XVI será por influência direta da política internacional que Lula desenvolveu nesses 10 Anos de Poder do PT. Aí sim, a turma de FHC vai pro brejo. Vai ter que se agarrar com Edir Macedo, Malafaia, genéricos e similares.

BRUNO NA SELEÇÃO
Condenado a mais de 22 anos de cadeia, o goleiro Bruno continua numa cela de seis metros com rádio, TV e até vaso sanitário. Vai ver que tem direito até a comer macarrão. E assim deverá ficar por pouco mais de três anos. Depois pode voltar a treinar com afinco para ser convocado para a seleção da CBF e disputar a Copa de 2018. Basta que Zé Maria Marin ainda seja dono do futebol brasileiro.

ERROU FEIO
FHC, o Príncipe dos Sociólogos da politiquice nacional é uma versão requintada das catilinárias de Lula, seu mais ferrenho ex-companheiro de luta, bom e batuta, filho querido. Outro dia disse com ácida dose de ironia que Lula era o "presidente-adjunto" do governo Dilma. Errou feio; bolou as trocas: todo mundo sabe que Dilma é que é presidenta-adjunta de Lula.

FICA, RENAN
Pesquisa revela com todas as letras: 74% da população quer Renan Calheiros fora da presidência do Senado. A acreditar-se em pesquisas "científicas" isso quer dizer então que num país com mais de 140 milhões de eleitores, há cerca de 35 milhões de votantes que estão nem aí com a presença dele por lá. É nisso que dá uma democracia assaltada por mensaleiros.

FESTA JUNINA
O presidente do STF, Joaquim Barbosa continua cada vez mais mordaz. Estima para junho a divulgação das sentenças de Zé Dirceu e seus 24 mensaleiros condenados. É o festivo mês das quadrilhas.
ZOINHO
O deputado carioca Zoinho (PR) disse que vai pedir a anulação da sessão que derrubou os vetos da primeira-presidenta Dilma à Lei dos Royalties do Petróleo. Ele garante que a sua assinatura da lista de votação é falsificada. E ameaça: "Eu e a liderança do PR vamos pedir a anulação da sessão”. E ainda disse com toda brabeza: “Vão ter que esclarecer quem assinou no meu lugar. Vou querer inclusive um exame grafotécnico”. Bem feito, quem mandou não abrir os zoínhos.

8 de mar de 2013

Zé Dirceu não foi ao enterro de Chávez
A rã deu carona para o escorpião

Zé Dirceu está triste porque Joaquim Barbosa não lhe "emprestou" o passaporte para ir ao enterro de Hugo Chávez, seu "grande amigo". Dirceu é um sem noção. Um zombeteiro descarado.

Primeiro, quem é Zé Dirceu para ir chorar nas pompas fúnebres de alguém? Não foi sequer ao velório do Celso Daniel, nem do Toninho do PT, por que faria falta no velório de Hugo Chávez?

Depois, quantas vezes Chávez se encontrou ou falou com Zé Dirceu quando esteve aqui no Brasil pedindo e levando milhões de dólares "emprestados" que nunca devolveu?

Quem é Dirceu além de um político desempregado, deputado cassado, corrupto e quadrilheiro condenado à espera da cadeia, para se dar o direito de levar o Supremo a abrir um prescedente de turismo desenfreado e janela de fuga para os outros 24 mensaleiros do mesmo bando com passaportes retidos pela Justiça?

Pare de se perguntar, apenas diga a si mesmo que Zé Dirceu é mais que um animal social, um bicho político que se julga acima do bem e do mal e que, impedido de ir à vitrine de Caracas, não causou nenhuma comoção que impedisse toda a pompa e circunstância que fazem do sarcófago de Hugo Chávez a plataforma para a consagração de Nicolás Maduro como novo proprietário da Venezuela.

Zé Dirceu não queria ir a nenhum velório; queria estar nos atos de celebração de Nicolás Maduro, a extensão viva do comandante chucro e indomável que mandava e apitava mais no continente americano do que o Deus de Rosemary.

Uma vez no palco iluminado da tragédia bolivariana, Dirceu projetaria sua imagem como o "perseguido político" que ainda poderia reverter na utópica Corte Interamericana de Direitos Humanos a prisão exemplar que o aguarda.

Zé Dirceu perdeu de novo para Joaquim Barbosa, ministro que preside a mais alta corte de Justiça da democracia brasileira que mensaleiros luláticos reiventaram para seu próprio uso e abuso.

Como as suas caravanas da injustiça não juntaram em suas andanças mais que meia dúzia de gatos pingados e respingados, Dirceu queria agora uma carona no avião de Dilma Vana que contabilizou a presença do presidente-adjunto Lula da Silva que, qual carpideira inconsolável, foi derramar lágrimas de crocodilo no esquife de Hugo Chávez, seu líder, amigo, companheiro, camarada bom e batuta.

O chororô de Lula, o "Sapo Barbudo" assim classificado na zoologia política por Leonel Brizola, o ídolo de Dilma, deu certo.

É que agora na condição de mais forte candidato ao trono vago de Chávez no reino da Latinoamérica, ele pode atravessar como uma rã confiante e cheia de si o rio da sul-americanagem com um escorpião  nas costas. Pois que atravesse, então.

E tomara que a vida não imite a fábula de Esopo; que a antiga e sábia narração sirva apenas para nos revelar o que é a natureza de um escorpião.
Maduro tem o melhor cabo eleitoral

Então é assim... Se a oposição venezuelana for esperta, dá um bom tempo para Nicolás Maduro governar até que se realize uma nova eleição. Aí ele cai de maduro. Se for agora, enquanto a morte de Chávez estiver fresquinha, ele ganha de barbada. Não há melhor cabo eleitoral que um cadáver.

Aqui no Brasil Antônio Brito não foi presidente às custas do anúncio fúnebre que fez de Tancredo Neves porque não teve tempo. Figueiredo se apressou e saiu pela porta dos fundos do Palácio do Planalto para não entregar a faixa presidencial a Zé Sarney. E então, como sempre, a pressa foi inimiga da perfeição. Sarney tornou-se imortal na mesma hora.

Naquelas priscas eras foi só dar um tempinho de nada e Antonio Brito virou governador do Rio Grande do Sul.

O governo da Venezuela

Hugo Chávez vai ser embalsamado e colocado numa urna de cristal. O Pai dos Pobres deles lá, ficará nos próximos dez dias em exposição numa redoma transparente. Depois vai para o Museu da República. É de lá que continuará governando a Venezuela.

Quantidade e qualidade

A maior comitiva oficial nas pompas fúnebres de Hugo Chávez foi a do Brasil. A banda larga chegou lá em dois jatos da Presidência da República. Ninguém bateu os brasileiros em quantidade. Já o Zé Mujica, presidente do Uruguai foi apenas com a mulher e com o chanceler Luiz Almagro; pegou carona no avião de Cristina Kirchner, terceira-mulher-presidenta da Argh!entina. Ninguém bateu Zé Mujica em qualidade.

Comitiva contabilizada

Não há notícia de que nessa dupla comitiva de Dilma Vana haja alguma passageira não-contabilizada. Pelo visto os dois jatos que levaram a maior de todas as comitivas oficiais que foram às pompas fúnebres de Hugo Chávez voaram em céu de brigadeiro: nada de núvens róseas; tudo azul.

5 anos para o goleiro Bruno

Dos 20 anos e dois meses que o goleiro Bruno pegou pela morte sem o cadáver de Elisa Samúdio, ele vai curtir apenas 5 anos e dois meses de cadeia fechada. Basta continuar de cabeça baixa lendo a Bíblia no presídio, como fez no tribunal, que a elasticidade das leis brasileiras faz o resto. Se duvidarem, quando sair de lá, ainda vai jogar na seleção da CBF. Bolas, o Dida e o Rogério Ceni têm mais de 40 anos.

Rojão "cabeça-de-negro"

Bomba que explodiu na OAB do Rio de Janeiro foi só um grande susto. Peritos descobriram que se tratava apenas de um rojão conhecido como "cabeça-de-negro". Adivinhe só em quem foi que os audazes causídicos pensaram... Ah é?!? Então, meu camarada, você também já pode presidir a Comissão de Direitos Humanos da Câmara.

7 de mar de 2013

GOL CONTRA

O presidente aquele que não larga o osso fez escola: o goleiro Bruno não sabe de nada, não viu nada, não fez nada.

A grande diferença é que Bruno não tem a torcida do Corinthians a seu favor. Isso pode ser um tremendo gol contra.
ACIMA DA LINHA
Nas simpáticas ditaduras latino-americanas, quando o voto é a arma da democracia, a pobreza é a munição manipulada pelos que mamam nas ricas tetas do governo para atingir o alvo fixo: a sociedade. Com o dinheiro que carregam das burras públicas compram por ninharia os pobres que servem como cartuchos para detonar uma nação. É lindo de ser ver e ouvir dizer que se não fosse o Bolsa-Família e o Fome Zero milhões de brasileiros ainda estariam abaixo da linha da miséria. Cada um desses deputados, senadores, ministros, aspones terceirizados de carteirinha e essa ratatulha toda que tomou de assalto a máquina pública deveria ganhar R$ 70 mensais, sem medo de ser in/feliz.
"Chávez não morreu"
Eleições no Dia de São Nunca
 
Milhares de chavistas fazem fila para ver o esquife de Hugo Chávez. A Venezuela que, desde 11 de dezembro do ano passado, é governada por tubos, vai assistir amanhã pela primeira vez na história da humanidade o enterro de um presidente vivo.
 
Reprodução/Reuters

 
Para os que ficam em seu lugar "Chávez não morreu" e o "seu" governo tem agora 30 dias para decidir quando haverá novas eleições. Ao que tudo indica isso já tem data marcada: vai ser no Dia de São Nunca.

Caravana americana

Chavista não muito fanática, Dilma Vana estará no velório de Hugo Chávez. O encontro que teria com La Kirchner na Argh!entina pode virar tricô em Caracas.


De qualquer maneira, sempre é bom conferir de perto, se um líder do porte de Hugo Chávez, logo agora que estava tão "elétrico e com energia", pode abandonar de repente, o seu povo. Há no ar uma certa expectativa de que, mesmo lá de onde quer que ele agora se encontre, mantenha sua condição de comandante-mor das Américas que não sejam do Norte.

Se assim não for, Dilma se sentirá mais aliviada na sua corrida de volta ao Palácio do Planalto, já que a carava de Lula pode deixar um pouco de lado o Brasil para que ele assuma o posto que era de Chávez até a hora em que um ataque fulminante o pegou de surpresa.

Lula vai esperar pela História

Posando de presidente-adjunto do Brasil e de líder continental-substituto de Hugo Chávez, Luiz Erário Lula da Silva afirmou, em artigo publicado nesta quinta-feira no jornal americano The New York Times, que "somente a história determinará qual foi o papel que Hugo Chávez desempenhou na integração da América Latina, durante seus 14 anos à frente do governo venezuelano".

Pronto, Lula falou tá falado. Pode crer. Então quer dizer que nem ele mesmo, amigo, irmão, companheiro bom e batuta do falecido, pode dizer agora quem foi Hugo Chávez.Tem que esperar, como se fosse um sujeito comum, que a história determine quem foi aquele que, enquanto vivo, ofuscou sempre a figura do brasileiro que hoje realiza a caravana dos 10 Anos de Poder pelo Brasil afora tratando, ao primeiro descuido de Dilma, da sua volta ao Palácio já no ano que vem.
 
Países estrangeiros

O Rio de Janeiro e o Espírito Santo não aceitam a divisão de royalties do petróleo que extraem do Brasil. É como se os dois estados não pertencessem ao território brasileiro. Então, tá... Tirem os dois do Orçamento nacional. Que os dois estrangeiros não tenham então nenhum centavo de ajuda do governo federal. Viverão como dois países independente e soberanos, nadando em petróleo e pronto. Não se fala mais nisso.
DIRCEU EM CARACAS
Zé Dirceu quer ir às pompas fúnebres de Hugo Chávez. Mandou pedir ao Supremo Tribunal Federal o seu passaporte empretsado para ir à festa em Caracas. Quem vai decidir é o presidente do STF, ministro Joaquim Barbosa. Eu daria. Nesse período de espera pela cadeia, quanto mais tempo ele ficar por lá, melhor. Se não voltar vira foragido da Justiça. Aí, é só botar a Interpol nos seus calcanhares. O perigo é que Dirceu se aconselhe com Maluf e aprenda como driblar os homens da lei nesse casos de fuga internacional.

LUTO
Cuba empatou com o Brasil. Raul Castro, assim como Dilma, decretou três dias de luto no "seu" país. Não houve nenhum problema burocrático para isso;desde que o despacharam de volta para Caracas que os cubanos estavam preparados para esse tríduo fúnebre.



Leia o Diário Oficial da União
Você vai acabar descobrindo o governo que tem

Leia o Diário Oficial da União. Você vai acabar descobrindo, a cada página, a cada edição, o governo que tem. Agora mesmo o Ministério da Agricultura e Agropeculiaridades baixou uma decisão que acaba com a obrigatoriedade do selo de qualidade do café. Simplesmente revogaram - pode ler anularam - o Controle de Qualidade - leia Padrão de Qualidade - do café.

Isso quer dizer que a olho nu ninguém mais vai poder diferenciar, desculpe o mau jeito, se está usando borra ou uma porra de café.

E adivinhe só quem agradece ao ministro Mendes Ribeiro pelo seu jamegão na Instrução Normativa n° 7 de 22 de fevereiro de 2013? Ninguém mais nem menos do que Takamitsu Sato, presidente da ABIC organismo dos capitães da indústria do café nesse Brasil izoneiro.

Profundamente sensibilizado Takamitsu agradece a canetada de Mendes Ribeiro que tira "por completo" do Ministério a tarefa de exercer a norma n° 16 que regulamentava o café torrado e o moído.

É que Mendes atendeu aos insistentes pedidos da ABIC para que tirasse o chapéu e cantasse o bolero "El Sombrero". E na letra da música - uma canção de amor à velha amizade - está a exaltação ao Selo de Pureza que, agora sim, vai acabar com a "fraude e o uso de impurezas", ao mesmo tempo em que vai trazer "confiança e tranquilidade" ao setor.

Pense bem nisso: o que é mesmo que, até agora, o Ministério estava permitindo que servissem aos brasileiros que tanto gostam de café com pão e manteiga de manhã e cafezinho com pão de queijo à toda hora?!?

O presidente Takamitsu não sabe, ou parece que não sabe, como agradecer aos indigentes esforços dos "companheiros responsáveis pela área do café no Ministério", o Dr. José Carlos Vaz, Secretário Executivo do MAPA; o Dr. Edilson Alcântara, Diretor do Departamento do Café, bem como, o Secretário de Defesa Agropecuária, Dr. Ênio Antonio Marques Pereira e o Dr. Fábio Florêncio Fernandes.

E o representante dos cafeícultores, torradores, moedores e coisas quetais da coisa privada também exalta que o alijamento do Ministério na qualidade do café foi baseado  "em uma extensa e detalhada avaliação dos seus efeitos para o setor, elimina o caráter subjetivo da análise sensorial que existia como parâmetro da norma, cuja execução a nível nacional exigiria elevados investimentos em formação de laboratórios e técnicos treinados permanentemente, sem que se assegurasse resultados confiáveis ao final, prejudicando tanto os consumidores quanto os produtores, fornecedores e industriais".
Por tudo isso e mais um pouco a ABIC reitera então o seu "compromisso de ampliar o escopo e a abrangência de seu programa Selo de Pureza, para monitorar a pureza do café existente no mercado, bem como, desenvolver todos os esforços para que o consumidor brasileiro seja servido por cafés de qualidade cada vez melhor, contando para tanto com a colaboração e os esforços conjuntos de todos os setores do agronegócio e do varejo supermercadista e o atacado".
E assim é que agora a coisa vai. Só não se sabe o que vai acontecer com o pessoal da Secretaria de Defesa Sanitária do Ministério - técnicos, agrônomos, servidores concursados e qualificados - que vinham cumprindo de tal forma as determinações do controle de qualidade do café que agora foram trocados pela garatuja do ministro de plantão numa Instrução Normativa que dá aos que plantam, industrializam e distribuem o poder de dizer se o café está bom ou ruim para o brasileiro beber e sair dirigindo por aí.
 
Talvez tirem o ministro para dançar o bolero "El Sombrero" nos amplos e agora desnecessários salões do Ministério. Enquanto isso, a raposa fica cuidando do galinheiro.

6 de mar de 2013

Republicanagens

ESTIMATIVA
Cortejo público de Chávez reúne multidão nas ruas de Caracas. O que tem de curioso mórbido nesse mundo não é mole. Duvido que tenha tido mais gente do que no cortejo fúnebre de Tancredo Neves. Tem gente especialista em calcular multidões dizendo por aí que Chávez teria que nascer de novo para botar mais gente que Tancredo num desfile.

NÃO BOTO LUTO
Dilma decreta luto oficial de três dias no Brasil. Pode decretar, mas em mim ela não manda. E eu não acho que o Brasil e os brasileiros devam qualquer coisa a Hugo Chávez. Se você acha, tudo bem: está de luto por três dias.
 
COMO ASSIM?
Nicolás Maduro pede união para manter legado de Chávez no país. Como assim, "união"? Como assim "legado"? Ele sabe que vai presidir a Venezuela por 30 dias já a contar de ontem até que nova eleição seja realizada.Tá pedindo é golpe. Mais um, na verdade.
 
Y ENTONCES...
Sabe quem foi que mandou mensagem de condolências ao governo provisório da Venezuela? Ele, o rei Juan Carlos, da Espanha. Uma fonte que não merece a mínima confiança vazou o teor do bilhete: "¿Entonces te calaste, Chavez?.. Gracias, muchas gracias".
 
O JEITO DE SER
Joaquim Barbosa, presidente do STF, mandou repórter do jornal Estado de S. Paulo "chafurdar no lixo". Depois emitiu nota à imprensa pedindo desculpas e pondo as ditas cujas nas costas dele mesmo que "estavam doendo pra burro". Daí o coice, né não?!? Mas quem não é chefe de quadrilha nem mensaleiro já minimiza o rompante do ministro e diz que ele apenas mostrou o seu jeito Dilma de ser.
 

VIDA QUE SEGUE
Hugo Chávez morreu. E você aí, tá rindo de quê?!? E você, tá lacrimejando por quê?!? Sei, sei, tá pensando em quem é o próximo. Caiu a ficha... Agora você já se deu conta de que dessa turma toda, o único imortal é o Sarney. Pois é. Vida que segue. E a fila está andando.

AS NOTAS
Dilma Vana vestiu saia justa no episódio da morte súbita de Hugo Chávez. Disse que ele - apesar de algumas ideias divergentes - "foi um amigo do povo brasileiro". Dilma viajaria para a Argentina nesta quinta-feira, mas mudou os planos para poder comparecer ao velório de Chávez. E à guisa de nota oficial reverberou: "Lamento como presidenta da República e como uma pessoa que tinha por ele um grande carinho". E mais não disse. A nota oficial adjunta, em nome da "nação brasileira" deve sair a qualquer momento lá do Instituto Lula que, por enquanto, faz boca de siri.

A NOTA PADRÃO
Pronto, foi só falar e pronto. Saiu a nota de Lula. Desta feita em formato eletrônico. Foi emitida no popular Facebook: "Foi com muita tristeza que recebi a notícia do falecimento do presidente Hugo Chávez. Tenho orgulho de ter convivido e trabalhado com ele pela integração da América Latina e por um mundo mais justo. Eu me solidarizo com o povo venezuelano, com os familiares e correligionários de Chávez, neste dia tão triste, mas tenho a confiança de que seu exemplo de amor à pátria e sua dedicação à causa dos menos favorecidos continuarão iluminando o futuro da Venezuela". Como se vê, uma nota que já está pronta para o próximo amigo, irmão, camarada bom e batuta que bater as botas. Basta mudar o nome do falecido e do país que estiver deixando livre de sua presença que a nota cabe como uma luva. Pense aí: Fernando Lugo, Paraguai; Evo Morales, Chile; La Kirchner, Argh!entina e outros menos votados... Será sempre "muita tristeza" a notícia de um falecimento assim, ou assado. E sempre se terá perdido alguém que se dedicou à causa "dos menos favorecidos". O que não pode faltar é o pitaco de sempre.

NADA A PERDER
Ao botar o pé na estrada rumo a qualquer canto do Brasil, Lula só tem a ganhar com a sua caravana nacional para autolovar os 10 Anos de Poder do PT. Se não reunir sintomas suficientes para tirar Dilma Vana da corrida pela reeleição, ele reforça a sua própria candidatura como presidente adjunto de um governo que vai até 2018. Tudo a ganhar; nada a perder. Lula vai continuar governando.

5 de mar de 2013

Hugo Chávez?... Morreu!
Há coisas numa democracia que até um governo bolivariano tem que admitir.

 
Eis que de repente, não mais que de repente para o governo bolivariano da Venezuela, morreu Hugo Chávez. As causas ainda não foram reveladas, sabe-se no entanto que para os governantes foi morte súbita. Para o porta-voz do além, Nicolas Maduro, Chávez vendia saúde, energia e boa disposição até às duas horas da tarde de hoje. O governo venezuelano está perplexo. É duro acreditar, mas é a lei da vida. E tem coisas numa democracia que até um governo bolivariano tem que admitir. Pra morrer, basta estar vivo. Ainda mais num país que tem embaixada americana.

Reconstituída a Famiglia Scolari

Luiz Felipe Scolari surpreende o submundo do futebol brasileiro: convoca a sua seleção e deixa de fora o goleiro Bruno. Nem parece mais aquele Felipão que gosta - digamos assim -  de um futebol agressivo e matador. É que o guarda-valas, como se sabe, anda meio enredado.

Como Ronaldinho Gaúcho vem jogando como nunca, o novo dublê de técnico e cartola deixou-o de fora como sempre e trouxe Kaká, o bancário do Real para ser titular aqui. De resto, deixou um Diego pra trás e chamou dois outros Diegos e nenhum capitão Rodrigo.

Scolari já sabe de antemão que não tem ninguém no seu time que seja especialista em bola parada como Marcos Assunção que, por excesso de aniversários, não foi cogitado. A bem da
verdade, nem deveria mesmo.

Então, o Felipão velho de guerra está certo. A Famiglia Scolari está sendo reconstituída. Sua árvore genealógica está se ramificando. É só dar tempo ao vento:

Goleiros - Diego Cavalieri - Fluminense e Julio Cesar - QPR; Laterais - Daniel Alves - Barcelona,
Filipe Luís - Atletico de Madri e Marcelo - Real Madrid;  Zagueiros - Dante - Bayern de Munique,
David Luiz - Chelsea, Dedé - Vasco e Thiago Silva - PSG; Meio-campistas - Fernando - Grêmio ,
Hernanes - Lazio, Paulinho - Corinthians, Ramires - Chelsea, Luiz Gustavo - Bayern de Munique, Jean - Fluminense, Lucas - PSG, Oscar - Chelsea e Kaká - Real Madrid; Atacantes -o incrível Hulk - Zenit, Fred - Fluminense, Neymar - Santos e Diego Costa - Atlético de Madri.

E é assim e com isso então que, se até lá estiver ainda treinador da CBF, o Felipão vai à luta para manter a 18ª posição no ranking da Fifa. Enfrenta o Chile (sem jogadores alienígenas) no dia 24 de abril, em Belo Horizonte; a Inglaterra, dia 2 de junho, no Maracanã, e a França, uma semana depois, no Mineirão.

A estreia na Copa das Confederações será no dia 15 de junho, contra o Japão, em Brasília. Bem pertinho aqui do meu condomínio. Não movo uma palha para ver esse espetáculo. Já conheço o futebol do Felipão e o jeito de calcular do Carlos Alberto Parreira.

Não compro um saquinho de pipoca para ver a Dilma dar o kickoff. Não que ela não jogue nada; sim porque até lá ela não deve estar totalmente recuperada daquela lesão que sofreu dia desses no dedão do pé ao chutar o pau da barraca de um palanque eleitoral.
LULALÁ
Filha de Hugo Chávez diz que pai "está nas mãos de Deus". Pronto, até que enfim Lula conseguiu entrar na UIT do hospital do político bolivariano. Em todo caso, assim como está, a Venezuela continua sendo governada por tubos.

NOVOS RICOS
Deu nas entrelinhas da revista Forbes: Os novos bilionários Edyr Macedo e Sílvio Santos, não querem nem conversa com Eike Batista.





A Fonte Fidedigna conta a História Oficial

Se há coisa que tenha me incomodado a vida toda no jornalismo é, em nome da imparcialidade, ter que ouvir as fontes oficiais. Suas declarações são sempre dadas como a versão definitiva e com ares de pá de cal para sepultar qualquer história que não seja por eles autorizada. Seus discursos são travestidos com o manto da sua verdade com a etiqueta quase grife de fonte fidedigna.

Dilma aprendeu ligeiro os requebros de palanque. Tem usado um lenço pra cada choro: ontem no Nordeste botou os pés de fora como se usasse cobertor curto e desdenhou da crise econômico-financeira que contamina a Europa e todos os cantões do mundo, exceto o Brasil da Silva: "Com a gripe que vem lá de fora não pegamos pneumonia".

Fez gracinha à moda Deus de Rosemary. Entusiasmou-se e ao passar a mão de leve no "pibinho" basofiou ao mais puro estilo do seu criador: "O Brasil tem R$ 478 bilhões de fundos de reserva".

Pois vai ver que tem mesmo. Mas há controvérsias. Números não são o ponto mais forte de um governo que gosta de verbo.

Com sua fala, Dilma encerrou o assunto. Pronto, tá tudo dominado. E quem quiser saber porque a dívida interna do Brasil chegou neste ano a R$ 2 bilhões, decerto não será a primeira-mulher-presidenta que vai falar nessa "marolinha". As tais reservas não conseguem pagar mais do que a quinta miserável parte do que está no fundo do poço.

Nem é preciso que fale, mas necessário é justificar esse rombo sem prescedentes. Afinal, dívida interna quer dizer o que o governo está devendo para os brasileiros em saúde, educação, segurança, previdência, qualidade de vida, justiça e igualdade social.

Deve, não nega e não paga e nem bufa. Está mais preocupado em azeitar a máquina pública infernal que montou para se garantir no poder para todo o sempre, amém.

E é então que a vida de jornalista passa a ter sentido quando o repórter dá crédito ao outro lado da notícia que, a bem da verdade oficial, não tinha encerrado o assunto; tinha apenas revelado a soberania com que os governos usam e abusam da pá de cal.

E como a isenção é a despersonalização do jornalismo opinativo, procuro sempre saber primeiro a história oficial para só então ir em busca da verdade. Para azia dos fidedignos fico então com a notícia em minhas teclas e meus espaços até que a verdade triunfe de tal maneira que se transforme numa indesmentível falsidade. É o troco que eles merecem.

RODAPÉ - Um PIB de 0,9 é um desastre para qualquer país, mesmo para aqueles que não pegam, pneumonia. Mas celebrar, como Mantega celebrou a promessa de que este ano o PIB será de 3% é uma retumbante confissão de fracasso. Qualquer nação emergente não se contenta com um Produto Interno Bruto abaixo de 5%. Mas para um governo ter vergonha com uma estimativa de 3% é preciso ser sério. Simples assim.

4 de mar de 2013

TRÁFICO DE INFLUÊNCIA
Despencando como vem despencando vergonhosamente no ranking dos mais ricos monitorado pela revista FGorbes, Eike Batista vai mais pegar financiamentos no BNDES e pedir a interferência de Lula junto a Dilma para obtenção de uma Bolsa-Família.
COMO OS MENSALEIROS
Se o goleiro Bruno confessar tudo, tudinho, sua pena pode baixar para 18 anos de cadeia. É um crime sem cadáver. A acusação não conseguiu demonstrar que Elisa Samúdio está morta; não mostrou o corpo; não sabe quem matou: quando matou; nem como, nem com que arma a ex-namorada do goleirão teria sido assassinada. Quer dizer, Bruno vai ser condenado pela teoria do domínio dos fatos. Só para Zé Dirceu e seus mensaleiros não se queixarem por aí que foram perseguidos pelo STF.

POBRETÃO
Eike Batista, o ricaço brasileiro que, com uma fortuna estimada em 30 bilhões de dólares, figurou no 7° lugar do ranking divulgado em 2012 pela revista Forbes, despencou para o 100º lugar, com uma grana acumulada de 10,6 bilhões. Eike Batista é um pobre coitado, né não?
 
Não creio

E os cardeais, menores de 80 anos, estão reunidos com toda a pompa e circunstância que, reza a Santa Madre Igreja, não devem ter os católicos que fazem opção pela pobreza.

Afora as piadas que podem sair de lá antes que a quimera se esfume, nada do que eles estão resolvendo intramuros do Estado sirácido me interessa de verdade.

Há duas coisas na vida que não aceito há bom tempo: governos e religões. E, no entanto, tenho medo dessas duas invencionices humanas. Não temo o  que elas possam fazer por mim; o que me apavora e amedronta é o que ambas podem fazer comigo.

Não acredito que um presidente - seja lá a quantos de todos os sexos ele pertença - possa governar ao mesmo tempo 5.564 municípios e 195 milhões de pessoas que habitam este país.

Não acredito, nem que as vacas de presépio tussam, que um papa, seja lá que Pio ou que João ele encarne aqui na terra, possa pastorear um rebanho de quase 1 bilhão e meio de fiéis, distribuídos por milhões de paróquias e suas respectivas sacrossantas sacristias pelo mundo afora.

Não creio nisso, nem mesmo que o novo papa, ao contrário de Bento XVI, seja vitalício e infalível.
Atropelado por Temer, Odacir Klein
quer ser apenas co-piloto

Pois mal e mal nem explicou o caso dos seus seguranças pessoais habitarem ao arrepio da lei uma mansão no centro de São Paulo, Michel Temer vai mostrando quem é que manda nos dois governos Dilma - o titular que ela encabeça a mando de Lula e o da Série-B em que Lula manda, mas não manda em Temer.
É Michel Temer quem volta seus tentáculos - Epa, tentáculo é de polvo - para o seu Ministério da Agricultura. Como de hábito, Michel finge que deixa pra lá as docas santistas e outras menos notórias - mas nem por isso menos impublicáveis - para cuidar de agropeculiaridades.

Sem alardes e sem riquefafes, bruxo Michel, o vice-mais presidente da história da República, apontou sua vara mágica para o estapafúrdio condutor Odacir Klein que já dirigiu os Transportes nos áureos tempos em que bafejou FHC.

Atropelado pela impostura de Michel, Klein não quis ultrapassar os limites e meteu o pé no freio. Deixou a caravana da sorte passar e resolveu pegar carona na boléia. Ao invés de dirigir, vai ser apenas co-piloto.

A qualquer momento, antes mesmo que Dilma ponha o pé no estribo, Klein deve receber a carteirinha de secretário-geral da pasta que está lotada de passageiros permanentes que transitam à toda brida no Ministério que era dirigido em alta velocidade por Wagner Rossi, um dos cinesíforos prediletos desse grande táxi da rede de veículos públicos que integram a frota de Michel Temer. 
E se você perguntar a caravana passa?
Deixe seu coração inquieto latir, ou diga a César só o que faz a boa fortuna de César.

Se a caravana de Lula sobre os 10 Anos de Poder aparecer amanhã ou depois pela sua cidade, por favor, não fique só parado aí, ouvindo a autolouvação. Pergunte, sobre 2005, o Ano que Não Existiu; e não seja indelicado, pergunte se Rose vai bem e coisa e tal, se ele tem ficha de orelhão, ou se precisa de crédito no celular igual ao aparelhinho aquele que o senador Demóstenes Torres ganhou de Carlinhos Cachoeira.

Depois então, se você ainda estiver inteiro, pergunte assim como quem não quer nada, a que horas ele vai falar sobre os assassinatos dos prefeitos petistas Toninho do PT e Celso Daniel; pergunte e me avise. Mas não pare por aí - se você deixar o Cara respirar você dorme - vá em frente e diga para ele rouquejar a respeito de algumas coisinhas que ficaram pra trás e ninguém fala mais. Peça que ele diga algo só a respeito de  coisinhas bobas banalizadas de 2003 pra cá; besteirinhas como essas das quais você ainda se lembra com uma leve impressão de que podem ser chamadas de escândalos:

* Caso Pinheiro Landim
* Caso Celso Daniel
* Caso Toninho do PT
* Escândalo dos Grampos Contra Políticos da Bahia
* Escândalo do Propinoduto (também conhecido como Caso Rodrigo Silveirinha)
* CPI do Banestado
* Escândalo da Suposta Ligação do PT com o MST
* Escândalo da Suposta Ligação do PT com a FARC
* Escândalo dos Gastos Públicos dos Ministros
* Irregularidades do Fome Zero
* Escândalo do DNIT (envolvendo os ministros Anderson Adauto e Sérgio Pimentel)
* Escândalo do Ministério do Trabalho
* Licitação Para a Compra de Gêneros Básicos
* Caso Agnelo Queiroz (O ministro recebeu diárias do COB para os Jogos Panamericanos)
* Escândalo do Ministério dos Esportes (Uso da estrutura do ministério para organizar a festa de aniversário do ministro Agnelo Queizoz)
* Operação Anaconda
* Escândalo dos Gafanhotos (ou Máfia dos Gafanhotos)
* Caso José Eduardo Dutra
* Escândalo dos Frangos (em Roraima)
* Várias Aberturas de Licitações da Presidência da República Para a Compra de Artigos de Luxo
* Escândalo da Norospar (Associação Beneficente de Saúde do Noroeste do Paraná)
* Expulsão dos Políticos do PT
* Escândalo dos Bingos (Primeira grave crise política do governo Lula) (ou Caso Waldomiro Diniz)
* Lei de Responsabilidade Fiscal (Recuos do governo federal da LRF)
* Escândalo da ONG Ágora
* Escândalo dos Corpos (Licitação do Governo Federal para a compra de 750 copos de cristal para vinho, champagne, licor e whisky)
* Caso Henrique Meirelles
* Caso Luiz Augusto Candiota (Diretor de Política Monetária do BC, é acusado de movimentar as contas no exterior e demitido por não explicar a movimentação)
* Caso Cássio Caseb
* Caso Kroll
* Conselho Federal de Jornalismo
* Escândalo dos Vampiros
* Escândalo das Fotos de Herzog
* Uso dos Ministros dos Assessores em Campanha Eleitoral de 2004
* Abuso de Medidas Provisórias no Governo Lula entre 2003 e 2004 (mais de 300)
* Escândalo dos Correios (Segunda grave crise política do governo Lula. Também conhecido como Caso Maurício Marinho)
* Escândalo do IRB
* Escândalo da Novadata
* Escândalo da Usina de Itaipu
* Escândalo das Furnas
* Escândalo do Mensalão (Terceira grave crise política do governo. Também conhecido como Mensalão)
* Escândalo do Leão & Leão (República de Ribeirão Preto ou Máfia do Lixo ou Caso Leão & Leão)
* Escândalo da Secom
* Esquema de Corrupção no Diretório Nacional do PT
* Escândalo do Valerioduto
* Escândalo do Brasil Telecom (também conhecido como Escândalo do Portugal Telecom ou Escândalo da Itália Telecom)
* Escândalo da CPEM
* Escândalo da SEBRAE (ou Caso Paulo Okamotto)
* Caso Marka/FonteCindam
* Escândalo dos Dólares na Cueca
* Escândalo do Banco Santos
* Escândalo Daniel Dantas - Grupo Opportunity (ou Caso Daniel Dantas)
* Escândalo da Interbrazil
* Caso Toninho da Barcelona
* Escândalo da Gamecorp-Telemar (ou Caso Lulinha)
* Caso dos Dólares de Cuba
* Doação de Roupas da Lu Alckmin (esposa do Geraldo Alckimin)
* Doação de Terninhos da Marísia da Silva (esposa do presidente Lula)
* Escândalo da Nossa Caixa
* Escândalo da Quebra do Sigilo Bancário do Caseiro Francenildo (Quarta grave crise política do governo Lula. Também conhecido como Caso Francenildo Santos Costa)
* Escândalo das Cartilhas do PT
* Escândalo do Banco BMG (Empréstimos para aposentados)
* Escândalo do Proer
* Escândalo dos Fundos de Pensão
* Escândalo dos Grampos na Abin
* Escândalo do Foro de São Paulo
* Esquema do Plano Safra Legal (Máfia dos Cupins)
* Escândalo do Mensalinho
* Escândalo das Vendas de Madeira da Amazônia (ou Escândalo Ministério do Meio Ambiente).
* 69 CPIs Abafadas pelo Geraldo Alckmin (em São Paulo)
* Escândalo de Corrupção dos Ministros no Governo Lula
* Crise da Varig
* Escândalo das Sanguessugas (Quinta grave crise política do governo Lula. Inicialmente conhecida como Operação Sanguessuga e Escândalo das Ambulâncias)
* Escândalo dos Gastos de Combustíveis dos Deputados
* CPI da Imigração Ilegal
* CPI do Tráfico de Armas
* Escândalo da Suposta Ligação do PT com o PCC
* Escândalo da Suposta Ligação do PT com o MLST
* Operação Confraria
* Operação Dominó
* Operação Saúva
* Escândalo do Vazamento de Informações da Operação Mão-de-Obra
* Escândalo dos Funcionários Federais Empregados que não Trabalhavam
* Mensalinho nas Prefeituras do Estado de São Paulo
* Escândalo dos Grampos no TSE
* Escândalo do Dossiê (Sexta grave crise política do governo Lula)
* ONG Unitrabalho
* Escândalo dos Fiscais do IBAMA do Rio de Janeiro
* Escândalo da Renascer em Cristo
* Crise no Setor Aéreo Brasileiro
* CPI das ONGs
* Operação Testamento
* CPI do Apagão Aéreo (Câmara dos Deputados)
* CPI da Crise Aérea (Senado Federal e Câmara dos Deputados)
* Operação Hurricane (também conhecida Operação Furacão)
* Operação Navalha
* Operação Xeque-Mate
* Operação Moeda Verde
* Caso Renan Calheiros
* Operação Sétimo Céu
* Operação Hurricane II (também conhecida Operação Furacão II)
* Caso Joaquim Roriz (ou Operação Aquarela)
* Operação Hurricane III (também conhecida Operação Furacão III)
* Operação Águas Profundas (também conhecida como Caso Petrobras)
* Escândalo do Corinthians (ou caso MSI)

Ei, ei!... Acorde! É chato, fastidioso, repetitivo, a gente sabe disso. Mas é que o caravaneiro melhor do que ninguém sabe disso. Então ele banaliza e deixa que você durma no ponto. Acorde! Você precisa escutar o que o palanqueiro contumaz tem para ladrar sobre os 10 Anos de Poder que, como nunca antes na história desse país, alguém exerceu com tanta voracidade e tão perdulária gastança. Deixe seu coração inquieto latir... Talvez a caravana nem passe.

RODAPÉ - Esse convite à indagação é pura utopia. Imagine se o caravaneiro vai deixar que alguém fale quando ele fala; e que história é essa de querer saber coisas que ele não quer que saibam?!?  Vale nessa Democracia da Silva o que valia no velho e charmoso império romano: diz a César só o que faz a boa fortuna de César.

Moda de Rico

Agora, caravana virou moda no Brasil. Foi só Lula iniciar sua caravana nacional para exaltar seus 10 Anos de Poder que, Zé Dirceu - o mais novo papagaio de pirata da República - já ficou todo espevitado e vai sair por aí, mendigando companheiros que derrubem o Supremo Tribunal Federal e o livrem da cadeia.
Caravana assim é coisa de rico. Experimnente viajar no fim de semana com a a família, ali para a praiazinha que fica a 50 Km da cidade onde você vive e trabalha.

Veja quantos fins de semana desse tipo você pode repetir durante o mês. Nem de pau-de-arara, tipo Bye Bye Brasil, você consegue. E, no entanto, você não se importa de financair a gandaia dessa pandilha de sevandijas. Sua mulher e seus filhos não merecem. Ou você é quem não os merece.
Dois papas; dois presidentes

"Não existe isso de dois papas", diz na revista Veja desta semana um professor de direito canônico. Besteira, não dá mesmo para levar em consideração tudo que se lê, ou que se ouve. Bolas, no Brasil também "não existe isso de dois presidentes, duas primeiras-damas". Não existe, uma privica! Então o que é mesmo que andam fazendo por aí o Deus e a Rosemary?!? Só telefonando um para o outro o tempo todo é que não é.

Cadê Rose, cadê?!?
 
A propósito e ainda que mal pergunte a quem de direito e até à turma do governo Série-B da Dilma: Cadê Rose, cadê?!? Se fosse nos tempos em que Moacyr Franco cantava, tinha a resposta na ponta da língua: Pobre da Rose / Pensou que o mundo fosse/ Caixinha que tem brinquedo / Que o mundo não tem segredo / Pobre da Rose / A flor que se fez mulher / A flor que foi tão querida / Hoje é sombra de uma vida. / Pobre da Rose...
 
Pelos tubos
 
Não adianta o povo venezuelano espernear: a medicina cubana é mágica! Hugo Chávez continua governando a sua república bolivariana por tubos. A Venezuela está intubada.
 
Segurança malfeita
 
Vale mais que uma unidade do Minha Casa, Minha Vida o sistema de segurança em circuíto fechado de TV e os vidros temperados da mansão que abriga irregularmente os guarda-costas de Michel Temer. A residência localizada em zona estritamente residencial foi alugada por R$ 19.500 mensais com dispensa de licitação. Fica no Alto de Pinheiros, em São Paulo. A proteção irregular às andanças de Michel Temer pela paulicéia é um malfeito que a cada dois meses, só de aluguel, poderia construir o lar de um trabalhador brasileiro pobretão com mulher dois filhos. Coisa de malfeitores.

O MANTO SAGRADO - Bruno pediu para usar a camisa do Flamengo no tribunal. Acusado de planejar a morte de Eliza Samudio, o goleiro pediu para vestir a camiseta do clube durante o seu julgamento. Segundo o advogado, ele "queria usar o manto sagrado porque se sente protegido". Na verdade, é o mesmo manto sagrado que ele vestia quando Eliza Samúdio tomou Doril. Bruno passou esse tempo todo sem vestir a camisa que, até agora, não lhe fez falta nenhuma. Continua até hoje apenas como "suspeito". O Mengão não tá com essa bola toda. Deveria pedir para usar a camisa do Botafogo.
2005, O ANO
E Lula então, sabe-se lá com o dinheiro de quem, vai que vai pelo Brasil afora e a dentro em suas caravanas de exaltação aos 10 anos de poder dele mesmo. Vai que vai e a oposição fica que fica. De tucanos a demos e pepistas nada sai que pareça contraponto. Nem precisa criar grupelhos de avacalhação como o PT fez por ordem de Fidel com as andanças da dissidente cubana Yoani Sánchez aqui no Brasil. Basta acompanhar de perto cada falaçada de Lula, mostrando cartazes do Mensalão 2005 - o ano que, como o governo Série-B de Rosemary, não existiu.

NINGUÉM ESTÁ LIVRE
A chamada esgotosfera, louca que o plano petista de trazer de volta a censura, anuncia que o maior adversário de Dilma na sua luta para manter-se como habitante do Palácio do Planalto é a mídia. Deixa de lado a hipótese de que as caravanas de Lula são o maior ferro em brasa nos cascos da cavalgadura que transporta a primeira-presidenta do nada para lugar nenhum. Até que a eleição se realize, o palanqueiro-mor da República terá aparecido muito mais do que a empacada Mãe do PAC, eis que manterá viva a chama das promessas que faz desde 2002 quando provou e gostou do sabor e dos efeitos do poder. Lula é, cada vez mais, não o maior, mas o pior adversário de Dilma. Ninguém no Brasil está livre de Lula.

DESPERDÍCIO
Esse esforço todo de Lula para manter a imagem de Dilma como futura segunda-mesma-presidenta é mais um de seus enormes desperdícios. Lula sabe que, sem gastar essa dinheirama e esse tempo todo, ele se elegeria sem sair do gabinete do seu instituto, no coração de São Paulo.

GOVERNO VIVO
E Hugo Chávez, entra dia sai dia, vai semana e vem semana, não dá as caras. Nicolas Maduro, o porta-voz do além já não aguenta mais de tanta quimioterapia. Os venezuelanos jamais pensaram que teriam um governo tão vivo.

BRUNO QUER SABER
Goleiro Bruno começa hoje a ser absolvido. Mesmo condenado pode sair da cadeia. Seu argumento republicano é pra lá de conhecido dos brasileiros: - Cadê Elisa, cadê seu corpo, cadê as provas, cadê?!? Todo mundo sabe como esse enorme zelo pelas provas tem funcionado. Não houve um só escândalo nesses 10 anos de poder que resistisse a esse apelo. Feita honrosa exceção ao Mensalão de Zé Dirceu, subgerente dos mensaleiros.

3 de mar de 2013

Faltou gás para Santos e Corinthians

Pipoca na mão e guaraná do Amazonas do lado, vejo o Santos dar a saída de bola contra o Corinthians. Pronto, começou o espetáculo.

Primeira conclusão: Marcos Assunção é o Arouca na terceira idade.

Segunda observação: a torcida do Corinthians desarmada não é nem sombra e nem sinal daquela que lança rojões navais com enorme precisão.

Jogo que segue: alguém sacaneou o atacante André do Santos - ou ele joga no Corinthians? -: colocaram palmilhas de chumbo nas chuteiras dele.

Intervalo. Aparece na tela uma louvação para Zico aos 60 anos. Tá com a cara do Carlos Alberto da Nóbrega. Merece uma estátua na Praça da Alegria.

E vai que vai o clássico Santos x Flamengo. Os caras já estão voltando do vestiário. Aquela escada do túnel do Morumbi é pura armação do Corinthians. Quando chegou no último degrau, o veterano Léo entrou em campo botando os bofes pra fora e com o coração na boca.

Do grupo de arbitragem, os piores apitadores foram Luciano do Vale e um tal de Neto, ambos do elenco alvinegro da TV Bandeirantes, único canal que se animou a transmitir o jogo.

O Santos erra feio sempre que acerta um passe para Montillo.

Como durante o jogo inteirinho, Montillo perdeu mais um lance no meio de campo. Tá provado: Muricy tem medo do argh!entino.

Neymar não brilhou. É que o Corinthians não deu um pontapé. Quem não tá acostumado, estranha.

Fim de jogo. Tudo ficou assim do jeito que começou. Menos a pipoca e o guaraná. Se daqui pra frente Santos e Corinthians se enfrentarem nas próximas nove rodadas que faltam para cada um, terminarão todas empatadas em zero.

Nunca mais compro pipoca para ver essses dois times pipocarem, um com medo do outro. Assim como faltou gás para sair um golzinho sequer, sobrou guaraná. Também por falta de gás.
BENTO É JÂNIO
Já tem gente dizendo por aí que Bento XVI é o Jânio Quadros do Vaticano. Renunciou sem mencionar as forças ocultas pensando que voltaria à Santa Sé nos braços do povo e deu no que deu.

PMDB decidiu que o PT vai repetir Dilma e Temer em 2014
 
Todo mundo sabe que, quando uma voz dublada do PT se faz ouvir, outra bem diferente por trás dos panos se alevanta.

Arautos do petismo de gaveta correram aos detestáveis organismos de imprensa persecutórios do petismo para dizer que a aliança PT e PMDB foi renovada, mas que a permanência de Temer como vice não foi anunciada. Esses petistas são mesmo de uma estroinice tão abundante quanto nauseabunda.

Ora, na convenção nacional do PMDB com Dilma que mostrou mais de 150 correligionários do PT sentados à mesa do laborioso palanque, consagrou de novo Michel Temer como presidente do PMDB. Reticências...

Ora, de novo. Em assim sendo, quem manda e vai continuar mandando no PMDB é o Temer. Ora, uma vez mais. Ele até manda tanto no seu partido como manda na Esplanada dos Ministérios, nos portos, rios e canais dessa terra benfaseja.

Como o PT não diz que quem manda nele é o PMDB, então já se sabe que sem o PMDB o PT não ganha nada, tem tudo a perder. Seria trágica a rabujice indisfarçável da cúpula(?!) do antigo Partido dos Trabalhadores, verdadeiros falsos profetas do acontecido, se não fosse hilária... Hilária, vírgula! Debochada, cínica, impudente e falsa, como é da natureza dos eternos cupulantes.

Ora, pois então, pela última vez, recordemos para sobreviver: quem manda no PMDB que manda no PT é o Michel Temer que manda no Brasil que, mandado, come em tranca e engole sapo. Ponto de exclamação!

Isso posto, Michel Temer vai decidir hoje, amanhã, ou no último dia de registro da chapa concorrente ao Palácio, que o vice-presidente da primeira-mulher-já segunda-presidenta da mesma República será, ninguém mais nem menos do que um almofadinha de meias de seda, colarinho branco e gravata com sotaque italiano que atende pelo codinome social de Michel Temer. Ponto final.
SEM DÚVIDA
Para o PT Dilma Vana é aquela que não resta a menor dúvida. Sua participação no encontro nacional que consagrou uma vez mais Michel Temer na presidência do PMDB e garantiu o repeteco da dupla para as eleições do ano que vem, provou de uma vez por todas que ela de petista não tem nada, só mesmo o cargo de primeira-mulher-presidenta da República.

QUEM MANDA
Surpresa! O PMDB acaba de mostrar para o PT quem é que manda nesse país. Sozinho, o PT fica reduzido apenas a três ou quatro pontos fundamentais do seu plano de poder: consolidação do mensalismo desenfreado, garantia de boca-rica na máquina pública e o controle dos meios de comunicação e da liberdade de expressão.

VASCO É TEMER
O pior de ser torcedor vascaíno é que de vez em quando ele apronta essas arapucas. Ontem ganhou do Fluminenes, de virada, por 3 x2. Agora é candidato à Taça Guanabara, um título que não vale nada para o Campeonato Carioca, a não ser a tradicional flauta pra cima do Flamengo, porque há coisas que só acontecem com o Botafogo. Ninguém tira mais este vice do Vasco. O Vasco da Gama é o Michel Temer do futebol brasileiro.

MOSTRA O CARA
Aos pés da santa cruz, o porta-voz do além, Nicolás Maduro pecou durante a santa missa de ontem na Venezuela: disse que Hugo Chávez "melhorou" e submeteu-se a mais uma sessão de quimioterapia. É como Dilma gostava de dizer nos seus tempos de faxineira: "Cadê as provas, cadê?!?". Mostra o cara, Maduro. Mostra!

SESSÃO PIPOCA
Hoje tem Santos x Corinthians na TV. Já reservei pipoca e guaraná do Amazonas. Vou assistir a mais um rodízio de tapas e pontapés em Neymar. Hoje ele decide, de uma vez por todas, se Muricy continua como técnico do Santos. Dos seus pés sairá também a notícia de quando vai jogar na Europa. Lá pelo menos ninguém vai implicar com o seu cabelo. Detalhe: para cada falta Neymar tem um drible como revide; quem vai pipocar sou eu.

DILMA ALEGRE
Dilma disse que aliança com PMDB terá "vida longa". É claro que terá, divorciado do PMDB o PT já estaria morto e sepultado. Pensando bem, Dilma seria a viuva alegre da vida partidária nacional.

2 de mar de 2013

NÃO VAI DAR
Sinto muito, mas lançar Joaquim Barbosa como candidato a presidente da República é perda de tempo. Não alcança nem a votação que Marina Silva teve em 2010 quando concorreu com Dilma Vana. É que a bandeira de Barbosa é da honestidade e seriedade. Não há 20 milhões de eleitores querendo isso no Brasil de hoje. O jeito escandaloso de ser que foi implantado nos últimos dez anos nesse país já contaminou a nação. Sinto muito. Não vai dar.

AS DOBRADINHAS
Pronto, o encontro nacional do PMDB consagrou a dobradinha Dilma Vana-Michel Temer para permanecer no Palácio no ano que vem. Com isso, a dupla pensa que está livre de Eduardo Campos. É bom ficar de olho: uma dobradinha Lula-Campos seria imbatível.

AOS PÉS DA SANTA CRUZ
E o porta-voz do além, Nicolás Maduro foi à missa e, diante do altar, anunciou que Hugo Chávez submeteu-se a uma nova sessão de quimioterapia. Disse isso assim, com justificando o estranho fato de Chávez não dar as caras nem em radiografia, quanto mais em fotos de jornal ou programas de TV ao vivo e a cores. Bolas, quimioterapia todo mundo que precisa faz e, não raro, sai pulando e andando... Maduro que até aqui fingiu e enganou, ontem passou dos limites: aos pés da santa cruz, pro povo ele mentiu; pra Deus ele pecou. Isso, há bom tempo, já deu samba aqui no Brasil.

GUIDO MADURO
bem, a fraqueza do PIB do Brasil deixa a impressão de que o Guido Mantega é o nosso Nicolás Maduro: a sua recuperação está em ritmo de Hugo Chávez.
A demagogia é a corrupção da democracia (*)
O demagogo tem jogo de cintura

E porque hoje é sábado, há a perspectiva do domingo e por isso me dedico a pensar coisas aleatórias que me catapultam(!) aos alienados que, como nunca antes na história desse país, habitam os nossos espaços e bagunçam os nossos lugares mais comuns.

E porque hoje é sábado, pode haver um padre à paisana e com a perspectiva do domingo fiquei pensando no demagogo que mais circula pelo mapa do Brasil nesses últimos dez anos.

Cara, o demagogo é aquele que corrompe a democracia. É tipo assim assim como nos velhos tempos o tirano fazia com a monarquia. O demagogo está a um passo sempre de ser um tirano. Basta que a bajulação dos seus servidores de "fidelidade canina", dentre as quatro paredes de um instituto próprio ou de uma organização não-governamental toda dele, o ajude a pensar só nele próprio e não no povo

O demagogo, na contramão dos rumos e das gentes desta nação, passa a conversa e enche de elogios o populacho fazendo a galera toda imaginar que para ele, o Filho da Pátria e Pai dos Pobres, só o bem-estar dos fracos e oprimidos é importante.

Desse jeito, simples assim, o povão é corrompido; mais que isso, manipulado, usado e abusado como se fosse merecer os benefícios que engordam e enriquecem o demagogo e seu quadro particular de servos bajuladores. O demagogo é o mensaleiro que teatraliza o gesto, a voz, as frases de efeito, para fazer da democracia o seu permanente mensalão.

E porque hoje é sábado, há sim a perspectiva de domingo e o insofismável show de Neymar contra o Coringão do demagogo, em verdade, em verdade vos digo: atentai ignaros!

Atentai, pois ao tempo em que o demagogo lhes propicia mais essa perspectiva de churrasquinho de gato e uma arquibancada a preço de banana, a democracia está sendo corrompida graças à demagogia do animal político que não perde gol feito e nem a chance de mais um drible na sua ingênua forma de seguir seus passos em campo.

Quanto mais próximo você estiver do demagogo, mais corre o perigo de levar um gol de placa. O demagogo tem jogo de cintura.

RODAPÉ - (*) - Na sua obra A Política, Aristóteles aponta a demagogia como a corrupção da democracia assim como a tirania correspondia à corrupção da monarquia. O conceito, pois, não é meu; só as divagações de sábado.
LOJA BRASIL 0,9
Não é por nada não, mas o ridículo tamanho do "pibinho" de 0,9 do Brasil Dilma da Silva é apenas a consequência inevitável da fúria uterina com que o governo PTetizou a máquina pública. Maior arrecadador de impostos do mundo, o governo engravidou o Estado de companheiros e aliados sem competência numa orgia sem precedentes que faz jorrar camisinhas de colarinho branco de dentro de tudo quanto é gaveta e escaninho que pague cachês como se fossem merecidos michês. O pibinho brasileiro de hoje só conseguiu ser maior que o 0,25 do Brasil nos Tempos do Collor. Com esse pibinho de 0,9 Mantega está no mesmo caminho daquela lojinha de 1,99 que faliu quando Dilma gozava os velhos tempos de Porto Alegre.


QUEM PAGARÁ O PATO?
Agora se percebe: a compra do passe do atacante Alexandre Pato pelo Corinthians teve o dedo que faltava para ser realizada com o Milan. Foi uma transação casada com a assinatura do patrocínio da Caixa com o Corinthians. Por coincidência, o contrato publicitário teve o mesmo valor da transferência do jogador do Milan para o Timão: R$ 40 milhões. É isso que o Corinthians vai receber da Caixa anualmente.

O patrocínio foi acertado pela agência de propaganda Nova/SB, que tem como sócio o petista Marcos Flora. A agência ganha uma bijuja de R$ 600 milhões para cuidar da propaganda a Caixa, compromisso assumido em 2003 desde o início do governo Lula, tido e havido como o "mais fiel torcedor corintiano".

Agora, com base numa ação popular, o juiz Altair Antonio Gregório, da 6ª Vara do Tribunal Regional Federal do Rio Grande do Sul, melou a maracutaia. Determinou a suspensão do pagamento do patrocínio da Caixa ao Corinthians. A ação popular foi ajuizada pelo advogado gaúcho Antônio Beiriz, que no seu arrazoado alega que o pagamento é lesivo ao patrimônio público da União. Para Antônio Beiriz, a Caixa, empresa pública vinculada ao Ministério da Fazenda, estaria gastando com publicidade indevida, inócua e destituída de caráter informativo, em flagrante desacordo com o art. 37 da Constituição Federal. Disso tudo, uma coisa é certa: de graça, o Pato não vai jogar. Adivinhe quem vai pagar o Pato?

RODAPÉ - Não se espante, crédulo torcedor brasileiro se, nos próximos dias, sair um mega sorteio acumulado para um bolão corintiano. É só aparecer o dedo aquele que falta para mudar a sorte do Timão e o destino de quem caiu como um patinho neste mais recente mensalão.

1 de mar de 2013

O PIB DE MANTEGA
Esse Mantega é um pândego. Justificou o PIBinho de 0,9 na base do "recordar é viver". Disse que o PIB baixou mas que vem num crescendo desde o ano passado. E fez a projeção, dobrando sempre o resultado dos últimos três meses: "No primeiro trimestre de 2012 o PIB foi de 0,1; no segundo trimestre, 0,3; no terceiro trimestre; 0,6 e neste agora 0,9"... Então, como se pode concluir da confiável estimativa de Mantega, tudo leva a crer que no próximo trimestre ( 1° deste ano) será 1,8; no segundo baterá nos 3,6; no terceiro, 7,2 e no fim deste incrível, fantástico, extraordinário ano de 2013, o PIB será de 14,2. Mantega falou, tá falado.

Chávez reacende a chama de Maduro
Teria recebido alta para baixar em família

Enquanto o mundo só pensa naquilo: o PDV - Plano de Demissão Voluntária de Bento XVI para um bom retiro em Castelgandolfo, Hugo Chávez teria tido alta para, segundo torcedores internacionais atentos, "passar seus últimos momentos" em baixa com a família.

Entrementes... Nicolás Maduro faz a sua fezinha: "Chávez adoeceu porque deu toda a sua vida aos que não têm nada". Mais uma frase de efeito eleitoreiro que não cura o cartel de mentiras públicas e notórias que vem pespegando à Venezuela faz já três meses. Maduro aposta no golpe de sua permanência numa presidência sem ato de posse assinado.

Da alta de Chávez para a baixa em família, se deduz agora o que sempre se soube: a medicina cubana não deu alta para Chávez, devolveu-o para a Venezuela, chance de retorno.

Hugo Chávez é o primeiro exemplar em maus lençóis do quinteto de vencedores da panamericandemia de câncer que assolou os políticos do Cone Sul do mundo, com ramificações mais fortes no Paraguai, Argh!entina, Brasil e Venezuela.

RODAPÉ - Este é um quinteto tipicamente latino-americano: é composto por quatro países. É que o Brasil não pode ficar para trás em qualquer tipo de ranking. Contribuiu com duas de suas mais proeminentes figuras.