O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

29 de abr de 2010

GOVERNO DE HONDURAS ERROU

O presideus Lula agora critica o governo de Honduras por "perdão aos militares que deram o golpe". realmente, o governo hondurenho não tinha nada a perdoar. Errou. Deveria agradecer.

28 de abr de 2010

Vestimenta Adequada

Sem demonstrar nenhuma dor de cotovelo por Santana, Duda Mendonça, podre de chique, disse ontem que o PT "erra na vestimenta de Dilma".


E foi explicando: "Não adianta desvirtuar a Dilma. Tem que deixar a Dilma ser como ela é. As pessoas vão entender como ela é ou não. Pegá-la e fazer outra pessoa...Vai ficar numa vestimenta que não é confortável, vai ficar escorregando volta e meia".

Ele falou assim como Zaratustra, na palestra de duas horas que proferiu na Casa do Saber, em Ipanema, zona sul do Rio de Janeiro. Como se sabe, Duda - o Boquirroto é amigo de Dilma. Certamente é por isso que não sugeriu que lhe dessem uma armadura para vestir.

MIGUÉ DA MIGALHA

CURRAL - Não é nada, não é nada, mais de 2.200 jovens infratores receberão títulos de eleitor este ano aqui no Brasil Da Silva. Ontem, só em São Paulo, 250 deles foram qualificados para votar. Menor infrator agora, ao invés de ser reabilitado é habilitado. Qualquer dia a Fundação Casa deixa de ser fundação para ser curral eleitoral.

Nessa novidade eleitoral, os jovens infratores agora habilitados são 2.231. Bem menos que o número dos desqualificados em quem votarão.

A partir de agora, vai aumentar nas casas de reabilitação de jovens infratores, o número de pessoas nos dias de visita. É o que se chamará de "estratégia eleitoral de coalizão". A moeda de troca já não será um bolsa-famíglia nem uma cesta básica. Vai ser o sol da liberdade.

SÓ EM PALANQUE - Desde que foi bimultado pela Justiça Eleitoral, Luiz Inácio tem deixado Dilma sozinha por aí. É que ele gosta de palanque, mas tem pavor de cadafalso.

MIGUÉ DA MIGALHA - Lula deu sinal verde para o reajuste de 7% a aposentados. O presideus tirou do fundo do saco de maldades uma enganadora dose de bondade eleitoreira e, assim como ameaçou antes que "não dou um centavo acima de 6,14%", agora garante que não vai vetar o reajuste, caso passe na votação da Câmara e do Senado. Sete sempre foi conta de mentiroso. Com 7% ao invés de 6,14% Lula perde 0,86% bem menos do que os propostos 7,7% - migué da migalha que também não resolve a vida dos aposentados. E muito menos faz justiça àqueles que se aposentaram com dez salários mínimos e hoje não ganham nem a metade.

A FONTE DA AMIZADE

Foto: Reuters
A segurança do senador paraguaio Robert Acevedo, estava comendo mosca quando foi alvo de um ataque na segunda-feira. O político que andou metendo a mão com o tráfico de drogas - já que com o resto do contrabando ninguém se mete - deve ter alta ainda nesta quarta-feira do hospital em Pedro Juan Caballero, na fronteira do Brasil com o Paraguai. O carro de Acevedo do levou mais de 40 balaços nesta segunda-feira. Quem pagou o pato foram o seu motorista e o seu segurança particular. O senador pelo Partido Liberal foi atingido por duas balas. nenhuma delas era de hortelã. Acevedo agora está apelidando as Farc de PCC e assim, logo os amigos da corrente majoritária estarão fora disso tudo e a culpa vai ser dos aloprados Marcola e Fernandinho Beira-Mar. Vindo de onde vem, até a notícia pode ser falsa. O trânsito na Ponte da Amizade, continua o mesmo. E a fiscalização, também.
AH, SIM... - O PSB afinal se decidiu! Vai ficar com dois ou três ministérios, algumas estatais de segunda e muitos empregos de terceiros. Ah, sim... Resolveu também que Ciro Gomes já era e que o partido não vai ter candidato próprio ao Palácio.

SUCO - Gomes expremido gomes por gomes, Ciro virou suco. E vai ser consumido em diversos sabores pelos que bebem e comem pelas mãos do presideus.

O QUE FICA - Igreja Universal é acusada de enviar R$ 400 milhões ao exterior. Quem dedura a maracutaia são conhecidos doleiros; eles entregam o esquema a promotores de justiça no Brasil e nos EUA. Isso não é nada. O pior é o que não vai pára o exterior e fica por aqui.

JOGO DE CENA - Lula está feliz, pode vetar quando bem entender e quiser qualquer aumento de salário para aposentados que ganham mais do que um mínimo que ultrapasse 6,14%. Vai fingir que é bonzinho, cedendo caridosamente 7% para um contingente de pelo menos 9 milhões de estrinicados prováveis eleitores - que o presideus não gostaria de perder em outubro.

DESARMADA - Com medo de levar mais esculacho, Dilma não deu risada ontem pela demolição da candidatura Ciro Gomes e fez que falou sério: - Para mim, Ciro sempre foi um parceiro. Note que ela não disse "companheiro". E dessa vez, Dilma parecia - digamos... desarmada.

HANDICAP - Esse problema no olho de Neymar é mais um ponto a seu favor para ser convocado por Dunga para Copa do Mundo, na África do Sul. Pelé e Tostão, com um olho só, foram tricampeões mundiais.

TANQUES - Corintians x Flamengo, não é jogo é uma guerra. Um vai de Ronaldo Fenômeno, outro de Adriano Imperador. Dois tanques. Nada mais que isso.

HAITIS NACIONAIS - Santa Catarina enfrenta o abril mais chuvoso desde 1998. Hoje, 400 mil pessoas foram afetadas pelos temporais que atingem Paraná e Santa Catarina. Só em Santa Catarina, 32 municípios se acham em estado de emergência e Cataratas do Iguaçu está fechada para visitação. Enquanto isso, Lula estava cupulando com a turma do Caribe. Não foi lá, nem sobrevoou os estados do país que preside; em compensação, regorgou que vai enviar "mais dinheiro para o Haiti do que os Estados Unidos".

27 de abr de 2010

QUANTO É CADA APOSENTADORIA DE LULA?!?

Falar de boca cheia é fácil quando a mesa é farta...

"Vamos de 7%, mesmo com derrota", disse o cândido líder governista Vaccarezza. Ele jura que não vai retornar aos 6,14% recomendados por Lula para o reajuste a aposentados. E ainda se pavoneia garantindo que a votação será nesta semana "faça chuva ou faça sol".
É só farol.

Meio com a cola entre as pernas ele anunciou nesta terça-feira que vai apresentar a proposta de reajuste de 7% aos aposentados e adivinha: "mesmo que seja derrotado". Ele é o relator do AI-475 que nesse governo atende pelo apelido de medida provisória.

Ele está pulando por cima do que ele mesmo tinha apresentado como definitivo. É outro irrevogável de meia pataca. Até ontem ele brigava pelas ordens do presideus expressas no Ato Institucional 475 que fincava pé nos miseráveis 6,14%.

Vaccareza está fazendo das tripas coração para que a batata quente não caia no colo de Lula pesando 7,7% a mais, com muitos gramas acrescidos de gordura aliada.
O deputado criticou com dureza e quase perdendo a candura os colegas da base do governo que estão apoiando o reajuste de 7,7%. Ele mete os cachorros e gane que esses deputados se valem de um ano eleitoral, para fazer média com, não é nada, não é nada, cerca de 25 milhões de eleitores portadores de bengala.

E, como se estivesse infeliz, deplora: "Não é correto que, a seis meses da eleição, o Congresso seja pautado pela demagogia e pelo eleitoralismo".

RODAPÉ - Como assim, "demagogia"... "eleitoralismo"?!? Tirando os alhos e bugalhos, quanto é o teu salário, Vaccareza? E quanto é cada uma das aposentadorias de Lula? E ele se aposentou mesmo de quê?!?

HIPERTESÃO...

HIPERTESÃO - Então, se descobre que aumentou o número de hipertensos no Brasil Da Silva. Mais que os "empregos de carteira assinada". Aí, vem o ministro Zé Temporão e dá a receita: fazer sexo seguro para combater a hipertensão. Epa! O que será que Lula andava fazendo quando teve aquele piriPAC hipertensivo, no mês passado?!? Há quem diga que foi uma crise passageira de hipertesão.

O QUE MAIS - Com seus 102 anos, Oscar Niemeyer está internado no hospital com infecção urinária. Com essa idade toda, não há médico no mundo que possa encontrar nele mais alguma coisa.

ABUSO - Depois que a Igreja se desculpou e acenou com a possibilidade de indenizações pessoais, surgiram mais 40 denúncias de pedofilia na Bélgica. Agora, a banda dos coroínhas é que está abusando dos padres.

E O MST ... -Mas que coisa, não? O MST deita e rola, faz e acontece, leva dinheiro de ONGs, não presta conta, derruba laranjais, invade fazendas, ocupa prédios públicos, invade edifícios residenciais, não planta um pé de couve e Lula não fala nada sobre reforma agrária.

MAL... DA BRAHMA - Quando deu na telha do governo Lula de aumentar a legião dos ociosos, o presideus com uma simples medida provisória, seu AI-5 predileto, autorizou 10% de aumento na regalia a quem não trabalha e nem quer trabalhar. Agora, bate o pé e reclama, pede uma Malzebier da Brahma e não quer dar mais do 6,14 para os aposentados que trabalharam a vida inteira e até votaram nele.

BOLSA-CARGO - Um dos programas mais usados na República Da Silva é o Bolsa-Cargo. Hoje, na democracia brasileira, o maior trunfo de um governante é a reserva de emprego público em forma de cargo de confiança. Para se ter uma idéia, quando Zé Arruda foi flagrado com a boca no panetone, ele guardava nas suas gavetas nada mnenos de 20 mil cargos desses, para distribuir conforme a "estratégia de coalizão pela governabilidade". O novo governo dos distritais, querendo ganhar a credibilidade que não tem, anuncia que vai extinguir 9 mil dessas bocas ricas.

SEM VERGONHA - Não se conhece nenhum político, nenhum governante que tenha vergonha de usar essa bolsa-cargo como moeda de compra de partidos, candidatos adversários, cabos eleitorais de alto coturno... É o mensalão instituído que acaba sendo incluído nas contas dos "empregos com carteira assinada". E o seu diploma e os canudos de seus filhos podem ser enfiados no saco, ou trocados por uma carteirinha do partido.

BEM FEITO - Quem acabou com a carreira de candidato do Ciro Gomes foi Lula - que agora finge lamentar a maneira como o neopaulista está saindo da corrida ao Palácio e da vida política para esperar pela história. Ele empurrou goela abaixo de Ciro a única alternativa que o próprio presideus decidira para o ex-cearense: disputar o governo de São Paulo. Bem feito. Agora vai ter aturar Dilma nos cadafalsos e Mercadante nos palanques com meia dúzia de petistas relaxando e gozando.

O EFEITO MAIONESE - Ciro tem que dizer tudo o que tem pra dizer e quer dizer, agora. Amanhã, sem partido, sem mais o que fazer, suas palavras estarão sem força. A esperança dos demotucanos nesse início de campanha é que Dilma, cada vez mais, vai botar força no que diz e quer dizer. Aí, o desastre é inevitável.

INFLAÇÃO - Você já foi ao supermercado hoje? Então, bom tomate e bons ovos pra você. Está ficando cada vez mais difícil adquirir o arsenal para os comícios que vem por aí.

MAL NA FOTO - Pegou mal aquela foto de Norma Bengell que os marqueteiros enfiaram no histórico de Dilma Roucheffe. Foi a mais cafageste tentativa de encontrar um lugar para a decantada guerrilheira urbana nas páginas da luta civilizada pela democracia.

AULA - Você quer aprimorar seu português? Então escute o "Café com o Presidente" ao invés de ler o twitter de Dilma. Mil vezes o idioma de Lula do que os textículos de Marcelo Branco.

CUPULANTES - Que coisa essa Cúpula Brasil-Caribe que o governo acaba de promover... A turma veio aqui só para cupular com Lula. Do esforço conjunto saiu a declaração de lulática de que tudo que não foi feito seria em prol de uma "ordem internacional mais justa". Pronto! O mundo tem jeito.

CONTRA O TEMPO - Alianças até agora proporcionam a Dilma 48% de tempo a mais na TV do que para Serra. Os demotucanos devem estar exultantes: quanto mais tempo Dilma tiver para falar, mais votos conquistará para Zé Serra.


IGUAIS - Norma Bengell diz que Dilma não precisa pedir desculpas pelo uso da sua foto bem comportada em uma antiga manifestação popular que pedia liberdade de expressão. Bobagem, pessoas com passados tão iguais, são tão parecidas que ninguém notará a diferença, amanhã ou depois, quando Norma Bengell assumir a Presidência da República por uns dias, quando Lula estiver de folga, bancando o cabo eleitoral.

COISA MENOR - Os aloprados são tão incompetentes que estão transformando o twitter - que elegeu Barack Obama - numa fábrica de votos para Zé Serra. Conseguiram a proeza de transformar a universalidade da internet "numa coisa menor" - como aquela falcatrua cafajeste da foto da "velha Bengell cansada de guerra".

JÁ NÃO VÊ NADA - Dilma acaba de dizer que não vê nenhuma importância na proposta de criação do Ministério da Segurança, feita por Zé Serra ao rotundo Datena, na TV Bandeirantes. Pronto! Já está imitando o divino mestre outra vez: começa por não ver nada.

PRESSA - Marina Morena, a que se pintou de Verde, disse que vai pedir o apoio de Ciro Gomes na corrida presidencial. Então que peça logo, antes que acabe. Ela, não; o Ciro.

É MESMO? - Diga aí, Mercandante é mesmo candidato irrevogável ao governo de São Paulo? E Marta é casada; tem filhos?

PIOLHO CARO - Na Baixada Fluminense, implante com piolho rende multa de R$ 12 mil a salão de beleza. Antes de ir à Justiça, a dona de casa Maria Aparecida Emiliano de Freitas que levou uma perucagem piolhenta e cheia de lêndeas, ainda foi destratada pela dona do estabelecimento. Pela inflamação que pegou no couro cabeludo e pelo desaforo, vai levar agora R$ 12 mil. Só falta agora dona Maria Aparecida ser chamada de piolho de rico.

PEROLOU DE NOVO - Dilma Roucheffe não conseguiu conter seu gênio forte e se irritou contra a criação de um ministério da Segurança Nacional, proposto pelo tucano Zé Serra:

- O Ministério da Justiça tem desempenhado muito bem essa função de investir na segurança pública. Não vejo muito a importância disso - botou banca sobre a idéia de criação do novo ministério.

Ela contou que 78% dos recursos do Ministério da Justiça vão para a área de segurança pública e garantiu que iniciativas como a construção de unidades de segurança máxima que permitem a separação "dos grandes chefes do crime organizado dos outros presos" revelam a preocupação com a segurança pública. É claro que não disse nada sobre a preocupação real dos brasileiros com a falta de segurança na rua, na casa, na fazenda...

Dilma exaltou o que chama de polícia pacificadora e a bolsa formação destinada a policiais como ações de destaque na área: - Hoje o Ministério da Justiça está muito forte na área de segurança pública.

RODAPÉ - O Ministério pode até estar mais forte. Com essa grana toda que recebeu, nem poderia ser diferente. O que está debilitada, fraca, em estado quase terminal é a segurança da população - que mora atrás de grades, não tem guarda-costas, nem guarda da esquina e morre de bala perdida... Do jeito que morreu o prefeito Celso Daniel...

26 de abr de 2010

Bola pra Frente!...

Ciro Gomes está sentindo até agora, bem ali onde as costas perdem seu digno nome, o pontapé nos fundilhos que levou do PSB por ordem vinda dos vestiários enviada pelo técnico Lula.

Ciro o atacante, agora vê brecha em tudo que é falta com barreira. E bate, sempre com violência, contra seus adversários, em qualquer campo e qualquer modalidade.

No fim de semana, jogou duro na área da Rede TV! e atacou o tempo todo. Chamou o PMDB no apito e disse que não se escala em um "ajuntamento de assaltantes". Logo em seguida endereçou um bolaço contra o capitão do time, Michel Temer, em quem não cuspiu, a quem não chamou de macaco, mas ao qual classificou de "chefe dessa turma de pouco escrúpulo".

Usando o drible da vaca-louca, bateu nas canelas do tucano Zé Serra. Entrou de sola, xingando que Serra "é bastante preparado, mas com personalidade autoritária e tenebrosa". E logo enfiou um carrinho com os dois pés: "Com o poder na mão, ele me parece um grande perigo para o país".

Quer dizer, sem Ciro Gomes, vamos perder feio essa Copa: se Serra é assim, não adianta votar em Dilma que todo treinador de bom senso manda marcar de cima, senão ela vira o jogo, muda as regras e expulsa o árbitro.

Assim é que, como o Brasil é o País do Futebol, a Suderj informa: vai sair o presideus e entrar o presepada. Sai de campo um rei e entra um imperador.

Desse jeito o time do PT nem vai precisar usar a velha tática de comprar o juiz, nem a sua manjada estratégia de desqualificar o adversário. Bola pra frente e seja lá o que Deus quiser! Já que Marina está escalada no banco de reservas... E futebol sempre foi pra homem. Até que Marta foi eleita três vezes pela Fifa como a melhor jogadora do mundo.

A essa altura do campeonato só resta para a maior torcida do mundo pegar o pau do bandeirinha ou, quem sabe lá, da bandeirinha e enfiar nas urnas, em 2 de outubro.

Cadafalseira

Para Dilma sem Lula, todo palanque é um cadafalso: cada gesto, cada aceno, cada som é falso
e basta dar corda. 

Dilma 3x2 Ciro

Até nas pesquisas genealógicas Ciro Gomes perde para Dilma Rucheffe: ele é um cearense que se fez paulista; ela é uma mineira que virou gaúcha por opção, e se anuncia paulista por repentina paixão. Dilma 3x2 Ciro.

Ciro Rata tata... Rá-tá-tá-tá

Ciro Gomes é um garoto que amava os Beatles e os Rolling Stones. E sua metralhadora giratória vem batendo sempre na mesma nota: Rá-tá-tá-tá...

Ra-tá-tá-tá... Lula está navegando na maionese.

Ra-tá-tá-tá... Ele está se sentindo o Todo-Poderoso e acha que vai batizar Dilma presidente da República.

Ra-tá-tá-tá... Ele não é Deus.

Ratátátá... Tiraram de mim o direito de ser candidato. Mas quer saber? Relaxei. Eles não querem que eu seja candidato? Querem apoiar a Dilma? Que apoiem a Dilma. Estou como a Tereza Batista cansada de guerra.

Ra-tá-tá-tá... Não me importava de ser um candidato com 2%, 5%, 10% das intenções de voto. Acho que minha presença nos debates e nos programas de televisão poderia provocar uma discussão no país, uma discussão sobre o futuro do Brasil.

Ra-tá-tá-tá... Minha sensação agora é que o Serra vai ganhar esta eleição. Dilma é melhor do que o Serra como pessoa. Mas o Serra é mais preparado, mais legítimo, mais capaz. Mais capaz inclusive de trair o conservadorismo e enfrentar a crise que conheceremos em um ou dois anos.

Ra-tá-tá-tá... Não me peçam para ir à televisão declarar o meu voto, que eu não vou. Sei lá. Vai ver viajo, vou virar intelectual. Vou fazer outra coisa.

Ra-tá-tá-tá... Em 2011 ou 2012, o Brasil vai enfrentar uma crise fiscal, uma crise cambial. Como estamos numa fase econômica e aparentemente boa, a discussão fica escondida. Mas precisa ser feita.

Ra-tá-tá-tá... Como o PT, apoiado pelo PMDB, vai conseguir enfrentar esta crise? Dilma não aguenta. Serra tem mais chances de conseguir.

Ra-tá-tá-tá... Sabe os aloprados do PT que tentaram comprar um dossiê contra os tucanos em 2006? Veremos algo assim de novo. Vai ser uma merda.…

Tá-tá-tá-tá... Tá-tá-tá-tá... Tá-tá-tá-tá...Sempre fui acusado de ter trocado muito de partido. Minha vida partidária é uma tragédia mesmo.

Ciro cantava Help and Ticket to ride, oh! Lady Dilma and Presiday... Cantava viva à liberdade, mas um chega pra lá sem esperar, da sua candidatura o separou. Hoje não tem amigos, sua pretensão de tomada do Palácio morreu... Stop!

Tatá-ratatá...
Ra-tá-tá-tá... tá-tá.

Dilma, a Pérola

Sem estar sentada à mão direita do presideus todo-poderoso, cada palanque para Dilma é um cadafalso. É então que se percebe que Dilma é apenas mais uma das conhecidas pérolas de Lula.

Dilma e sua voz

Serra não comentou, mas Dilma acusou o golpe de Ciro Gomes. Em mais um palanque sem Lula contando segredos de liquidificador no seu ouvido, ela meteu uma saia justa em Sérgio Cabral, ao dizer nos microfones - bem ao lado do governador - que não descartava subir em outros palanques, abrindo brecha inclusive para o casal Garotinho. Disse, como se estivesse muito à vontade num cadafalso, que "...eu me julgo capaz, sim senhor! Fui secretária do governo gaúcho, fui ministra das Minas e Energia e da Casa Civil". Não falou do que foi que fez por lá esse tempo todo. Esqueceu de dizer que é a mãe do PAC. Ao falar, deixou evidente que sem Lula ao seu lado, não comove, não agrada, não desempaca. Seus cabelos já não são os mesmos, mas a sua voz...

25 de abr de 2010

12ª Copa do Mundo

Que dupla você prefere: Ronaldo Fenômeno e Adriano, ou Ronaldinho Gaúcho e Neymar? Diga isso ao Dunga, por favor. Não me façam deixar de assistir pela primeira vez, nesses últimos 60 anos, aos jogos de uma Copa do Mundo. Respeitem ao menos, meus cabelos brancos.

O Reizinho

Gordinho, vaidoso, baixinho, hilário, sem noção... O Cara é o Reizinho.

Vendetta

Nossa vingança será malígna! Lula jamais poderá esconder tudo quanto jura que nunca chegou a ganhar no exercício do cargo de presidente da República. Já como cabo eleitoral... (O título da postagem vale, porque dona Marisa Letícia já ostenta nacionalidade italiana).

Novos Velhos Ricos

Você conhece o meu amigo Totonho? o Totonho, cara; aquele que foi batizado comoAntônio Luiz Seabra... E se lembra da Lily? Pô, a Lily Safra, minha chapa. Pois eles estão entre os cem moradores mais ricos do Reino Unido,  conforme uma lista anual do jornal britânico "The Sunday Times". Você já leu o "Sunday" alguma vez na vida? Tá por fora, meu. Precisa de bolsa-familiazar com o sucesso, cara.

O Seabrinha é dono da Natura. Os cosméticos o colocaram na 34ª colocação no ranking dos que não votam em qualquer um. Sua fortuna é calculada pelo jornal que você nunca leu, em 1. 460 bilhão de libras, uma merreca de US$ 2,245 bilhões. Esses 245 aí, um americano desdentado ganhou na loteria, semana passada. Claro, não foram bilhões, foram milhões, mas já ajuda na feira, né não?!?

Já a Lily Safra, viúva do banqueiro Edmond Safra que bateu as botas em 1999, está na 79ª cômoda posição este ano. A fortuna de Safra é estimada em 764 milhões de libras, coisa de US$ 1,175 bilhão. Ela sente uma saudade dele!...

Muito mais, no entanto, que esses dois juntos, está o banqueiro e ex-ator Michel de Carvalho, filho de um brasileiro e uma inglesa. Ele ocupa a 8ª posição em um exercício de kama sutra com a mulher, Charlene de Carvalho. Ela herdou a cervejaria holandesa Heineken do pai dela. A grana do casal é de mais ou menos 4,4 bilhões de libras, nada menos de US$ 6,77 bilhões. Isso dá uma dor de cotovelo no Lula... Afinal, o que lhe sobrou de espólio foi só a herança de FHC. O que é que Lulinha vai fazer com isso?!?

No seu próximo porre, pense nisso, seu babaca. Ou chame qualquer um deles para fazer parte do Caixa-2 da sua campanha para presidente da República. Mesmo que seja lá pelo mundo bretão, ao invés de ser aqui no Reino Da Silva.

Pela mídia, Vasco é Vasco, o resto é o resto...

O RESTO - Cinco milhões de brasileiros tem plano de saúde ruim. E o resto, nem isso tem.

O FIM - Serra: - Não quero acabar com o Mercosul. Não precisa, o Mercosul já acabou.

O ABRIGO - Chuva deixa 9 mil e 500 pessoas fora de casa no Paraná. Grande coisa, a sede do governo Lula é em Brasília.

PORQUINHOS - Tráfico em Mato Grosso: Três são presos com cocaína na sola do sapato. E os caras ainda pagam pra cheirar isso.

NA MOITA - Três ex-diretores da Assembleia do Paraná são presos. Eles são acusados de usar atos secretos para ocultar desvio de verbas. É nisso que dá fazer as coisas às escondidas. Os que fazem às claras, não aparecem no noticiário.

FORA DE HORA - Ciro Gomes: "Lula está perdendo a humildade". Pronto, Ciro Gomes chegou atrasado outra vez.

PESQUISA É OUTRO DEPARTAMENTO

01. Pesquisa Datafolha apontou Serra com 38% e Dilma com 28%. Segundo levantamento, Marina Silva tem 10% e Ciro Gomes, 9%. Aprovação ao governo Lula ficou em 73%.

02. Ibope apontou Serra com 36% e Dilma com 29%, diz jornal. Pesquisa foi encomendada pela Associação Comercial de São Paulo. Levantamento foi divulgado pelo Diário do Comércio nesta quarta-feira (21).

03. Pesquisa Sensus mostrou empate entre Serra e Dilma. A pesquisa foi encomendada por um sindicato e feita entre 5 e 9 de abril. Foram ouvidos 2 mil eleitores em 136 municípios de 24 estados. Sei lá, mas se eu fosse o PT apostava tudo no empate.

O SILÊNCIO VALE VOTO

Depois do que anda vendo e ouvindo de Dilma sozinha pelos palanques, Lula já não consegue entender-se porque não lançou Maria Letícia como sua sucessora. Pelo menos ela não jogaria pérola aos porcos como Dilma joga toda vez que abre a boca. O mais irônico nessa campanha de Dilma é ter o português submetido à revisão de Lula.

SERRA E DILMA NA MESMA MESA

Fim de semana é pra essas coisas. O tucano Zé Serra e a postulante Dilma foram na noite desse sábado à festa que celebrava os 80 anos da economista Maria da Conceição Tavares. Foi lá num clube do Cosme Velho, zona sul do Rio de Janeiro.

O papo entre os dois foi cordial e, se vocês não sabem, dividiram a mesma mesa com a aniversariante. Na saída, os dois deram bola para a imprensa. Nenhum deles mostrou marcas de picadura feitas por Ciro Gomes.

Disseram cuidadosas abobrinhas. Ele: “Foi tudo normal, não houve nada excepcional. Tenho uma relação cordial com a Dilma”. Ela: “Foi muito bom encontrar o Serra. Temos uma relação amigável”.

Serra ainda disse: "Tudo o que eu quero é estar como a Maria da Conceição quando chegar à idade dela”. Não pensava, é claro, em fumar como ela fuma.

E Dilma, batendo em retirada: “Gosto muito da Conceição. Ela foi minha professora no doutorado na Unicamp. Encontrei muita gente daquela época”. Só não deve ter encontrado o diploma.

E assim, com ares de bons mentirosos, foi cada um pro seu canto.

Domingo na República dos Calamares

O GILETE - Ciro Gomes repetiu no jornal do SBT o que já havia atirado na pá do ventilador do Portal iG: "Dilma é melhor do que o Serra como pessoa. Mas o Serra é mais preparado, mais legítimo, mais capaz.”... Depois, como um bom prototipo de gilete, reafirmou tudinho cortando dos dois lados. Além de dizer o que todo mundo já percebeu - "Lula pensa que é Deus"... "Lula se acha o Todo-Poderoso"... "Lula pensa que vai batizar Dilma com presidente"... - Ciro Gomes agora tem pouco mais a dizer. Vão lhe restar mais alguns 15 minutos de fama e depois vai para o ostracismo que ele mesmo já anunciou: “Se eu não for candidato a presidente da República, eu vou me aquietar. Vou sair da política, não sei se definitivamente, mas pelo menos por um longo tempo.”


MAIS UM POSTE - Você já achava o PSB um partido fraco e sem expressão, pois assim que Ciro Gomes abandonar o barco que já o abandonou eles afundam. Afunda o partido e afunda ele, Ciro Gomes. Não se conhece ninguém, a não ser seus pálidos caciques, que se diga pessebista desde criancinha. Lula que fez de tudo para Ciro ser candidato ao governo de São Paulo, acabou com mais um poste para carregar. Em outubro, quem era eleitor de Ciro Gomes ficará onde estava: longe de Dilma. Lula que não consegue transferir seus votos para a postulante, muito menos conseguirá levar os de Ciro para ela. Quanto a Martas e Mercadantes... fica tudo como antes, no quartel de Abrantes.

O BILHETE - Lula não quer demonstrar, é bom de disfarce, mas anda por conta com os quadros do PT. Está tão engasgado que não conseguiu sequer fazer a gentileza de provar o gosto insosso das candidaturas de Mercadante ao governo paulista e de Marta, a eterna Suplicy, ao Senado da República dos calamares. Ao invés de ir lá, mandou um bilhete dizendo que tinha mais o que fazer; e pior, mandou Dilma Roucheffe para falar na cerimônia.

VACINA DA MODA - Para justificar a compra de mais de uma centena de milhões de vacina, o governo empurra injeção a torto e a direito. A gripe suína mata tanto, ou menos, do que a dengue e a febre amarela. Mas, para Luiz Inácio Lula da Dilma, "a saúde no Brasil é quase perfeita". Como assim, "quase"?!?

EFEITO DOMINÓ - Depois da cena da cusparada do zagueiro palmeirense que chamou o atacante paranaense de "macacao", o efeito dominó entrou em campo. No jogo por rapadura e pelo título banal de "campeão do interior", entre Botafogo e São Caetano, o massagista caetanino foi fazer queixa na polícia de que torcedores o estavam xingando de "macaco". Deve processar a torcida botafoguense que, por sua vez, não vai admitir que digam que ela é de Ribeirão... Preto.

VESGUICE - Preconceito no Brasil é de uma cor só. Ninguém diz nada quando alguém é chamado de branquelo, japa, turco, amarelo, careca, feio, vesgo, barrigudo, petista... Nem cota universitária tem para isso. Mas, afinal o que é que o homem tem contra o macaco?!?

BOCA SE TU É HOMEM - No Brasil está assim, o sujeito leva uma cuspida na cara e fica brabo porque foi chamado de macaco. E o tapa nos beiços, não vale mais nada? Nos velhos tempos de guri, se cuspia no chão. Era o velho "apaga se tu é homem!". Quem apagasse primeiro era homem. E já saía no soco.

MISS S. PAULO - Foi realizado neste sábado - quem diria?!? - o concurso Miss São Paulo. Eram 40 candidatas. Todas leram "O Pequeno Príncipe". Todas tem tudo para, um dia, serem candidatas à Presidência da República. Na pior das hipóteses, ao Senado.

24 de abr de 2010

Lula cansou de Dilma

YES, WE CAN - Foi tão monótono, sem graça e desenxabido o lançamento de Mercadante e Marta Suplicy em São Paulo que nem Lula foi conferir o lance de perto. Para se ter uma idéia do quanto foi insíupido, lá estava se autolouvando ninguém mais, ninguém menos do que Dilma Roucheffe. E ainda andou se adonando do mote da campanha de Serra "O Brasil Pode Mais" que, por sua vez teve inspiração na frase de Obama "Yes, we can" - o miraculoso "Sim, Nós Podemos". Daqui pra frente, a coisa fica mais ou menos assim: Com Serra, we can; com Dilma, week end.

CANSAÇO - O presideus Luiz Inácio é mais astuto do que parece. Cansado de carregar um poste nas costas, deu um jeito de infernizar de tal forma a candidatura de Ciro Gomes que, enfim, conseguiu transformá-lo numa espécie de anjo anunciador da campanha de Zé Serra, seu companheiro de velhos tempos, quando ambos se antepunham às forças do mal.

A POSSE - Não estranhem. Mas a posse do novo presidente do novo presidente do Tribunal Superior Eleitoral é um sinal vermelho para a postulante do Palácio ao Palácio. Lula combinou com ela que não iria. Era uma espécie de desaforo ao poder que lhe aplicou duas multas, por infração à legislação. Lá pelas tantas, resolveu dar o ar de sua graça. Não avisou Dilma que viu tudo pela televisão. Um desagradável acidente de percurso para quem não consegue alçar voo.

DESCONVITE - O que ninguém explica é por quê Serra foi convidado e lá esteve, sentado à mesa dos arcanos, bebendo o vinho dos humanos, enquanto Dilma não foi sequer notificada. Na verdade, o cerimonial do tribunal não dispensou a Ciro Gomes nem a Marina Morena, a que se pintou de Verde, a mesma gentileza com que agraciou Zé Serra.

CONFORTO - Travestis já podem usar nome social nas chamadas escolares em nove estados brasileiros: Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Alagoas, Paraíba, Pará e Goiás. A medida foi adotada para minimizar o "desconforto que passam na sala de aula quando são chamados pelo nome de batismo". E qual é o sanitário que eles podem usar?!? Deve ser muito confortável para as alunas dividirem a toalete com eles...

Se...

Se, em 2 de outubro, alguém votar em Lula, ou em Fernando Henrique Cardoso, vai se quebrar...
Zé Serra está mais para Mário Covas do que para FHC.
Dilma está muito mais para Marisa Letícia do que para Lula.

O PEQUENO GRANDE DITADOR

Lula disse uma vez, sem qualquer parcimônia, que era meio JK e meio Getúlio Vargas. De JK, o PAC já mostrou que ele não tem nada; de Vargas, as medidas provisórias revelam que ele tem a estatura do simpático Pequeno Ditador.

Ontem mesmo, depois de mais uma folga pelo 21 de Abril, enquanto o Congresso debatia o assunto, sua meia porção chapliniana baixou mais uma MP - seu AI-5 habitual - fixando em 6,14% o "aumento" do salário dos aposentados, bem do jeito que sempre quis.

Como presideus, e na pele do "Todo Poderoso" que Ciro Gomes denunciou, Lula ditou o humilhante reajuste e menosprezou uma vez mais o poder Legislativo.

23 de abr de 2010

Quando...

Quando é que Dilma vai revelar as realizações dos 40 ministérios desses oito anos de governo Lula? Com um detalhezinho de somenos: tem que matar a cobra e mostrar o pau. E alguém precisa dizer para ela que o candidato do PT à Presidência da República se chama Dilma e não Lula; e que o seu oponente é Zé Serra e não Fernando Henrique Cardoso.

Lula Baixa mais um AI-5: Reajuste de 6,14% para Aposentados

Governo mantém reajuste de 6,14% para aposentados. E o alegre e satisfeito ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, disse que "devido a falta de acordo o valor foi mantido". A vontade de Lula foi feita por meio de uma MP - o AI-5 predileto do governo. Fica evidente, uma vez mais que acordo nesse governo é quando todos concordam com o que o presideus determina.

Coalizão pela Governabilidade derruba Ciro

Ciro Gomes foi escraxinado pelo, digamos, poder de convencimento de Lula pra cima do PSB. Saiu do massacre atirando: "Serra é mais preparado que Dilma"... "Lula viaja na maionese"... "Lula se acha o Todo-Poderoso"... "Lula não é Deus"... E outras bicadas fortes que estão atucanando os núcleos duros, os nervos expostos, os boca-moles da campanha governista rumo ao tricampeonato presidencial.

Agora vem Roberto Amaral, vice-presidente do PSB - Partido Sem Bandeira dizer que as opiniões de Ciro não expressam o pensamento do partido. Amaral bancou o tal, mas perdeu uma grande chance de ficar calado. Claro que Ciro não pensa como o partido. Foi justamente por isso que ele foi fritado. O PSB é só mais uma vítima consentida de Lula e sua "estratégia de coalizão pela governabilidade".

POSE NA POSSE

 

Aí, então, investido de presideus - seu personagem preferido - Luiz Inácio Lula da Dilma foi com a comendadora dona Marisa Letícia à cerimônia de posse do novo presidente do TSE - Tribunal Superior Eleitoral, Ricardo Lewandowski e da vice, Carmem Lúcia. Era só o mais alto mandatário de um poder constituído indo a uma solenidade em outro poder da República. Apesar da pose na posse, repousava ainda na sua "orelha das vaias" o puxão de despedida do ministro Gilmar Mendes do STF - Supremo Tribunal Federal: "Um governante é eleito para ser servo da Constituição, não o seu senhor". (Foto: R. Stuckert/PR).

Dilma, mais dona Marisa do que Lula

Nessa história da Carochinha em que os postes falam, os lobos tem pele de cordeiro, as bruxas que não correm voam - pelo andar da carruagem, todo mundo já está achando que esse conto não vai ter um final feliz. O sapo não vai virar príncipe e Dilma vai continuar sendo uma Marisa Letícia que fala, do que realizar seu sonho de se transformar em Lula.

CIRO: Lula não é Deus!

Ciro Gomes meteu o dedo no gatilho de sua metralhadora giratória e apontou para o governo Lula e seu empenho pela colocação de um poste no Palácio do Planalto no ano que vem. Ele disse poucas e boas, todas com fundo de verdade, na entrevista que concedeu ao portal iG:

Ciro diz que Lula "navega na maionese" e que presidente se acha o "todo-poderoso"

Colaboração para a Folha
Ciro Gomes, deputado federal pelo PSB e até ontem (22) à noite possível candidato à Presidência, disparou ao ver o partido retirar apoio à sua candidatura: "Lula está navegando na maionese". Em entrevista ao portal iG, o pessebista fez referência ao "apoio desmedido" do presidente Luiz Inácio Lula da Silva a sua pré-candidata, a ex-ministra petista Dilma Rousseff.


"Ele está se sentindo o todo-poderoso e acha que vai batizar Dilma presidente da República. Pior: ninguém chega para ele e diz 'Presidente, tenha calma'. No primeiro mandato eu cumpria esse papel de conselheiro, a Dilma, que é uma pessoa valorosa, fazia isso, o Márcio Thomaz Bastos fazia isso. Agora ninguém faz", disse.

A entrevista vai por aí afora, ou adentro. E Ciro acaba dizendo coisas que o presideus Lula e seus apóstolos precisam ouvir. Por exemplo: "Lula não é Deus". Meio Zaratustra, assim falou Ciro, revelando suas desconformidade com o bedelho lulático dentro do seu próprio partido.

Logo adiante, Ciro alerta para o que chama de "atuação indevida de radicais do PT" e antevê e avisa que a candidatura da postulante Dilma poderá sofrer revezes em razão dos aloprados e seu jeito de agir: - Sabe os aloprados do PT que tentaram comprar um dossiê contra os tucanos em 2006? Veremos algo assim de novo.

Na entrevista, Ciro diz que com ele entre os presidenciáveis entrariam em pauta, durante os debates, as principais questões a serem solucionadas nos primeiros anos de mandato do novo presidente da República. E profetizou: - Em 2011 ou 2012, o Brasil vai enfrentar uma crise fiscal, uma crise cambial. Como estamos numa fase economica e aparentemente boa, a discussão fica escondida. Mas precisa ser feita.

Com tudo isso e por tudo isso, daqui a cinco dias, Ciro Gomes deverá capitular. Antes que termine o dia 27, não será mais candidato. Seus eleitores devem migrar para Serra, Marina Morena e, com menor entusiasmo, para Dilma. O estrago foi feito.

Quatro Anos de Impunidade

Há exatamente 11 dias deixou de ser comemorada a data do quarto aniversário da denúncia do procurador-geral da República, Antonio Fernando Barros e Silva de Souza, sobre o escândalo do mensalão. Ele denunciou, em 11 de abril de 2006, 40 "pessoas não comuns" ao STF (Supremo Tribunal Federal). O processo decorreu dos resultados da CPI dos Correios.

A folhas tantas, do processo em que dizia que o mensalão foi ação de organização criminosa ele escrevia e assinava embaixo: "Os denunciados operacionalizaram desvio de recursos públicos, concessões de benefícios indevidos a particulares em troca de dinheiro e compra de apoio político, condutas que caracterizam os crimes de quadrilha, peculato, lavagem de dinheiro, gestão fraudulenta, corrupção e evasão de divisas."

Ele destacava no início da acusação os 20 mais públicos e notórios envolvidos no esquema: Zé Dirceu, Luiz Gushiken, Zé Genoino, Delúbio Soares, Silvio Pereira, Marcos Valério, João Paulo Cunha, Pedro Corrêa, Zé Janene, Valdemar Costa Neto, Professor Luizinho, João Magno, Anderson Adauto, Duda Mendonça, Zé Borba, Carlos Rodrigues, Zilmar Fernandes da Silveira, Simone Vasconcelos, Henrique Pizzolato e Roberto Jefferson.

Para o procurador Antonio Fernando de Souza os denunciados "mantinham um intenso mecanismo de lavagem de dinheiro com a omissão dos órgãos de controle, uma vez que possuíam o apoio político, administrativo e operacional de Zé Dirceu, que integrava o governo e a cúpula do Partido dos Trabalhadores".

E a respeito de Zé Dirceu, o denunciante foi explícito: "É certo que José Dirceu, então ocupante da importante chefia da Casa Civil, em razão da força política e administrativa de que era detentor, competindo-lhe a decisão final sobre a indicação de cargos e funções estratégicas na administração pública federal, foi o principal articulador dessa engrenagem, garantindo-lhe a habitualidade e o sucesso".

Pois é bem assim. Lá se foram quatro anos e Ali Babá e os 40 Mensaleiros continuam por aí, livres, leves, soltos, gozando o sol da liberdade.

Alguns até tem blogs de onde tentam se firmar como formadores de opinião, exalando ares da dignidade que nunca tiveram como zeladores da coisa pública.

Quando os "retratos do momento" não espelham a imagem que eles desejam, aí mesmo é que ficam mais aloprados. Só mais aloprados, não; mais perigosos do que sempre.

Vai que vai...

01. Justiça bloqueia bens do deputado Leonardo Prudente, aquele que escondeu dinheiro nas meias. Tem que bloquear meias, sapatos, cueca...

02. Dilma quer reajuste maior para aposentados. Lula, em 2002, também queria. Agora, Dilma sabe que a tropa de choque do governo faz jogo de cena por um mísero índice de 7% que será vetado por Lula que já disse que não pode gastar dinheiro com isso. De 2002 para cá, aposentado que ganhava o equivalente a dez salários mínimos, hoje ganha quatro, a pau e corda.

03. O Brasil tem 26 milhões de aposentados, pode ser um pouco mais ou menos - a essa altura muitos já bateram as botas de desgosto. Em 2 de outubro, ao invés de voto, eles deveriam meter a bengala na urna. E os que já foram, bem que poderiam voltar pra puxar os pés dessa gente.

04. A Associação Comercial de São Paulo foi a patronesse da última pesquisa do Ibope. Ela apontou 36% para Serra contra 29% de Dilma. Para quem acredita ou apenas acha que esse é apenas o "o retrato do momento", trata-se de uma mixaria de quase 9 milhões de eleitores.

LEI & ELEIÇÃO

O RIGOR DA LEI - Ricardo Lewandowski, afirmou na noite de ontem já como novo presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que a Justiça Eleitoral adotará "máximo rigor" para coibir irregularidades cometidas pelos políticos, como o financiamento ilegal de campanhas, propaganda eleitoral indevida, abuso de poder político e econômico e a captação ilícita de recursos. Se for verdade mesmo, desse jeito esta será a primeira eleição brasileira sem campanha eleitoral. Candidato que se preza no Brasil Da Silva não sobrevive cumprindo a lei.

O QUE NÃO FOI - Ciro Gomes, ex-quase-pré-candidato, nunca teve volta de onde se encontra sem jamais ter chegado lá. O governo tem muito mais para oferecer ao PSB do que uma reles Presidência da República, função que hoje qualquer um pode trocar pelo notável cargo de cabo eleitoral.

ZERO Á ESQUERDA - Ciro Gomes está sendo defenestrado porque os caciques(!?) de seu partido acham que ele não contribuiu com nada até agora para a ascenção da campanha da postulante Dilma Roucheffe. Quer dizer, nem mesmo dentro de sua grei, Ciro foi candidato a qualquer coisa.

O COVEIRO - Lula tem a pá de cal para sepultar de vez a expectativa e a esperança dos aposentados por um aumento salário digno e mais que merecido. Enquanto parlamentares oposicionistas pedem - nem se sabe bem por quê - 7,7% de aumento para quem ganha mais do que um salário mínimo, os tropeiros do Palácio fingem que oferecem 7%. Lula já ameaçou que vai vetar qualquer proposta que chegue em sua mesa acima de 6,14%. Ele alega que não pode "gastar" 1,1 bilhão de reais por ano com os velhinhos. Isso, ele e seus 40 ministros gastam com a gandaia de seus cartões corporativos a um simples grito de "Abre-te Sésamo".

ANTES SÓ - Depois de tudo que seus seguidores fizeram para derrubar a candidatura de Ciro Gomes, Dilma Roucheffe - que como de hábito não sabia de nada - disse ontem numa rádio de Goiás que estará ao lado de Ciro em qualquer situação. Ciro sai com uma mão atrás e outra na frente. Já o seu partido é outro departamento.

Todo dia é dia de índio...

Típica família indígena tem mãe obesa e filho anêmico, revela levantamento.
Perfil está no Inquérito Nacional de Saúde e Nutrição dos Povos Indígenas, o diagnóstico mais abrangente feito sobre saúde, cotidiano e condições de vida e de consumo dos índios no País; estudo mostra que 8 em cada 10 bebês indígenas têm anemia. (Estadão)
É fácil no Dia do Índio, interpretar o cacique Raposa na Terra do Sol, afagar sob holofotes uma indiazinha ainda robusta e dizer que "precisamos fazer mais pelos nossos índios". Depois disso, já se passaram quatro dias em brancas nuvens. No Dia do Índio do ano que vem a gente se fala.

22 de abr de 2010

Roberto Cabrini deve ser excomungado

Estava na cara que aqueles corínhas eram mais do que coroas na velha prática de ronca e fuça com os mausenhores de Arapiraca. Fabiano, de 20 anos foi filmado com a boca na botija por Cícero Flávio, de 22 e agora os dois querem bolsa-famíglia de luxo dos precursores brasileiros do bispo Luga, lá do Paraguai.

Nessa onda de filma daqui, grava dali, bem à moda escândalo do Panetone em Brasília, o advogado Daniel Fernandes, ao fazer a defesa dos vetustos e bem dotados Luiz Marques Barbosa e Raimundo Gomes, torna-se forte candidato a ser convocado por Dunga para ser goleiro da nossa seleção, na África. Ele defende o indefensável.

Com uma maquineta de áudio na mão, acusa os dadivosos ex-coroínhas de pedirem dinheiro àqueles a quem religiosamente obedeciam na hora de ajoelhar e rezar. Na gravação, um dos efebos quer saber do nobre causídico: - Quanto é que vale um escândalo desses?

O protagonista da fita é o padre Luiz Marques Barbosa, mas a estrela maior é Fabiano que consegue levantar o ânimo do venerando parceiro de 83 risonhas primaveras. Esses dois rufiões coroados estão é perdendo tempo. Ao invés de partir para extorsão, deveriam ter procurado fechar com os seus orientadores vocacionais uma parceria com patrocínio do Viagra e similares do ramo de alcova.

Quando o apimentado filme, fadado a um sucesso de bilheteria bem mais previsível do que o água-com-açúcar "Lula, O Filho do Brasil" foi exibido ao público na audiência da CPI da Pedofilia, na velha tarde de domingo passado, no Forum da Justiça Estadual de Arapiraca, o mausenhor Raimundo - feio de cara e bom de fundo - também denunciou a tentativa de extorsão. E endureceu, sem perder a ternura: - Eles só queriam dinheiro.

Bolas, será que ele pensava em casamento? Chutou o balde com os votos do celibato?!? Não há notícia, nem foram editados até agora os proclamas para uma relação duradoura, até que a morte os separe.

O arapirado Raimundo foi adiante e revelou o que lhe foi pedido em segredo confessional: chegaram a exigir R$ 5 milhões para não jogar o vídeo na pá do ventilador e comer em tranca, engolir tudinho, para que nada fosse jogado fora.

Esse lado da história já está nas mãos do delegado regional de Arapiraca, Edno Ribeiro, da Polícia Civil alagoana: - Vamos apurar se o vídeo foi produzido para extorquir os padres ou para denunciá-los por abuso sexual.

O delegado está meio invocado: - Se o objetivo era extorsão, os ex-coroinhas vão ter que responder por extorsão. Até porque, o crime do qual eles foram vítimas, não pode encobrir outro crime que eles possam ter praticado.

Com se vê, meus caros, a linha de investigação do delegado Ribeiro é irrefutável: se o objetivo era extorsão, eles vão responder por extorsão. Simples assim. Nem Sherlock Holmes chegaria a tanto, em tão pouco tempo.

O goleiraço Daniel Fernandes tem, além da gravação, um documento - pode chamar aí de contrato extrajudicial - no qual os dois coroas e o mausenhor Luiz Marques celebram um acordo para evitar que o vídeo caísse no gosto do povo. Por ele o mausenhor dá sua palavra de honra de que pagaria R$ 32.250 pelo chá de sumiço do vídeo. Bobagem do comilão, esse tipo de coisa só vira barraco quando a equipe de dublês já entrou em ação. Tanto é que uma cópia do arapirocado documento já está com o delegado que escarafuncha a tentativa de extorsão.

Na gravação clandestina da conversa com Daniel Fernandes, as duas bibas que gostavam de tocar sineta dizem que querem uma ajuda, porque foram abusadas sexualmente pelos padres. Voz embargada pela emoção, ou pelo brilho dos olhos do advogado, eles dizem ao que vieram: - Estamos aqui para saber o que vocês têm a dizer né, fomos abusados, mas se vocês não quiserem resolver a situação entraremos na Justiça e tem a mídia que pode estar do nosso lado, né...

Fabiano e Cícero Flávio comunicam na gravação que além do primeiro vídeo de sexo com mausenhor Luiz Marques há mais um que ainda não foi mostrado; filmado no mesmo set com imagens em outros ângulos. Os dois pedem, na mão grande, R$ 5 milhões "para resolver todos os problemas". Em nenhum momento, há referências de que o dinheiro será empregado numa operação de aborto.

E aí, Cícero Flávio, cameraman da filmagem de Fabiano bochechando com o mausenhor Luiz Marques, na casa do venerando religioso, em Arapiraca, é explícito: "Eu posso falar em nome de todos, estou autorizado para isto, que por R$ 5 milhões, nunca mais isto aqui virá à tona".

Na gravação, um deles diz que se afastou da Igreja por ter contraído o vírus da Aids e que a Diocese ao saber disso teria virado as costas para ele. Besteira do infeliz, parece até que só ele não sabe que esse é o legítimo vírus de bruços. Mas ele jogou bosta na Geny: - A casa do monsenhor Luiz Marques está servindo como motel e todos em Arapiraca sabem disto.

A arapirotagem veio à tona, no começo de março, com a apresentação do vídeo no programa "Conexão Repórter", apresentado pelo sóbrio Roberto Cabrini, do SBT. Além dos mausenhores Luiz Marques e Raimundo Gomes, também foi acusado de abusar sexualmente dos dois inocentes coroinhas o padre Edilson Duarte. Este - que o trem não pega - confessou o crime, confirmou as denúncias dos ex-coroinhas e agora está coberto pela delação premiada. Fede como se não fosse delação.

Depois de dar com a língua - dessa vez - nos dentes e acusar de omissão dom Valério Breda, bispo de Penedo, o alcaguete de batina pediu cobertura: - Peço garantias de vida, porque o monsenhor Raimundo é muito perigoso.

Edilson Duarte e os dois mausenhores foram afastados das atidades eclesiásticas que cumpriam nas horas vagas. O afastamento foi determinado por dom Valério que dessa vez não se omitiu; assim que o escândalo ganhou repercussão nacional e chegou ao Vaticano botou os três no olho da rua.

A trinca de safardanas hoje, com certeza, está excomungando Roberto Cabrini.

Brasília, um entulho de 50 anos

Pelas contas dos mais otimistas, havia cerca de 650 mil pessoas na Esplanada dos Ministérios, para comemorar os 50 anos de Brasília. Luiz Inácio Lula da Dilma não estava lá. Nem precisava. Ele não é de Brasília; não mora em Brasília; não sabe nada de Brasília; não faz falta nenhuma em Brasília.

A festa foi dos Paralamas do Sucesso que não tem medo de vaia, como os políticos que balançam a pança mas não comandam a massa. Outra ausência que também não foi sentida foi a de Zé Arruda que, há poucos dias saiu de onde deveriam estar os bandleaders do Panetone e dos Mensaleiros.

No fim da festa pobre, só para a plebe, sobraram 70 toneladas de lixo. Bem menos do que o entulho acumulado pelos que não se misturam com o povo numa hora dessas.

O Representante

Você conhece - não há quem não os conheça - pelo menos um bom e elegante vendedor desses que tem registro na carteira como "representante de laboratório". Há também os que são chamados de "propagandistas laboratoriais". Há outras denominações para o lobista efetivo que visita consultórios da área da saúde, vendendo genericamente remédios e similares. Todos eles ganham bem. Todo mundo sabe disso.
Pois bem, a propósito desse nhenhenhem inicial, saiba que além de Embraer, Petrobrás e outras gigantes estatais, aparece como um dos seis maiores recebedores dos quase 6 bilhões de verbas públicas só neste ano, o laboratório alemão Schering-Plough. Ele é, nada mais nada menos do que um dos fabricantes das 113 milhões de doses da vacina contra a gripe suína que o governo brasileiro comprou este ano.

Você conhece o "representante de laboratório" que intermediou esse pequeno negócio? Conhece alguém que o conheça? Sabe se ele aproveitou o último suspiro do IPI e trocou de carro no fim de março? Tem idéia se ele está inscrito no Bolsa Famíglia? Ele tem residência garantida no Minha Casa, Minha Vida? É casado, tem filhos? O Brasil Da Silva não foi vacinado contra esse tipo de contágio.

21 de abr de 2010

À CALADA DA NOITE

Jantar comemorativo dos 50 anos do jornal Correio Braziliense que já nem é mais dos seus fundadores. Mesa da calada da noite: além dos palradores de sempre, aqui no tradicional escanteio, o retiscente Michel Temer ao lado da prolixa comendadora dona Marisa Letícia. (Foto: R. Stuckert/PR)

Sapato ainda vá lá, mas as cuecas...

Pronto! A Associação Comercial de São Paulo, entre o mau Sensus que deu empate e a Datafolha que meteu dez como se fosse o Santos de Neymar e Robinho, preferiu escalar o Ibope. Acredite, quem quiser: Serra está 7 pontos à frente de Dilma Roucheffe. A levar-se em conta, seria hoje uma goleada de mais de 9 milhões de votos.

Em mais um dia folgado no cargo de presidente da República, Lula continua posando de cabo eleitoral. Ontem, depois de condecorar a própria mulher no evento de formatura de novos diplomatas no Itamaraty, resolveu, sem mais o que fazer, falar de sua política externa: com a ironia de sempre cutucou o governo tucano no cenário internacional.

Em pleno processo eleitoral, Lula regorgou que em sete anos de governo jamais admitiu que seus ministros tirassem o sapato quando passassem pelas alfândegas de outros países.

Como de hábito, atirando a esmo, sem identificar explicitamente seus conhecidos alvos, Lula atingiu o ex-chanceler de FHC, Celso Lafer que, na época, foi obrigado a tirar os sapatos ao passar por revista em um aeroporto nos Estados Unidos.

E, ainda pensando que o candidato que concorre com Dilma é Fernando Henrique Cardoso, o presideus gargarejou: "Eu disse para os meus ministros que aquele que tirasse o sapato deixaria de ser ministro".

RODAPÉ - Seria bom saber como reagiria o governo do Brasil Da Silva, se a turma da alfândega de outros países, resolvesse agora mandar que tirassem as cuecas.

Brasília 50 Anos

Orra, meu - não fosse eu paulistano, diria aos cariocas:
- Parem com esse rancor; Brasília é irreversível.
(Foto: Mike Ronchi)

Metendo a Vara na Bancoop

O juiz Fausto Martin De Sanctis da 6.ª,  meteu a Vara da Fazenda Pública em São Paulo e determinou a quebra do sigilo fiscal e bancário da Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo (Bancoop) e do Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC Bancoop 1 ), que tinha como cotistas os fundos de pensão da Petrobrás (Petros), e do Banco do Brasil (Previ).


A envaretada, decorrente de um inquérito que corre em segredo de Justiça, foi a pedido da Polícia Federal que já não aguentava mais  os rumos daquela investigação sobre eventuais atos de gestão fraudulenta da tal carteira.

A Bancoop também tenta dar o troco a inquérito no Ministério Público Estadual, que escrafuncha acusações de uso de recursos para campanhas eleitorais de candidatos do partido do governo Lula, vulgarmente conhecido como PT.

O tesoureiro do dito cujo e ex-presidente da Bancoop, João Vaccari Neto, é bem capaz de ser ouvido na CPI das ONGs no Senado etambém em uma CPI estadual, já que ambas dizem que investigam o caso. A decisão do juiz rebelde saiu no dia 9 deste glorioso mês de abril.
A investigação dos Intocáveis sobre o que há de fundo na Bancoop 1 começou em 2008, logo depois da compra de cotas pelos fundos de pensão das estatais. A Fundação dos Economiários Federais (Funcef), abrigo de previdência dos empregados da Caixa Econômica Federal, fez um aporte de R$11,2 milhões no fundo de investimento. Petros e Previ despejaram, respectivamente, R$ 10 milhões e R$ 5 milhões no FIDC. É fidecê mesmo, não fodacê.

Lá pelas tantas, numa assembleia de cotistas, no mes do desgosto de 2009, os fundos de pensão e os outros investidores aceitaram encerrar suas participações no FIDC ao receberem da Bancoop os valores correspondentes apenas à metade da rentabilidade-alvo da carteira, que chegou a ser de 12,5% ao ano, acrescido da variação do Índice Geral de Preços ao Consumidor (IGPM).

Aí, então, Funcef, Petros e Previ informaram que o acordo coalizado com a Bancoop deu margem à uma rentabilidade de 6% ao ano mais correção pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Os n´[umeros estão na fronteira de lucratividade fixada pelos fundos, e negaram irregularidades nos investimentos.

Dizem os advogado muito bem pagos da Bancoop que a entidade está "absolutamente tranquila" com a quebra de sigilo. E deitam falação:  "A Bancoop vem sendo auditada há dois anos por auditora independente, o fundo é fiscalizado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e a mesma medida foi tomada há dois anos pela Justiça estadual, que não constatou nenhum problema".

O RCA Victor - Porta-voz do dono da corretora Planner, responsável pela gestão financeira do FIDC, Artur Figueiredo, também se revelou calmo e sereno. "A abertura dos dados é apropriada. Vai demonstrar que tudo o que foi feito estava dentro do regulamento".

Pelo ínclito Figueiredo, os recursos do fundo, administrados pelo Bradesco, foram pagos somente à Bancoop e, posteriormente, aos investidores, sem qualquer chance de terem sido repassados a terceiros.

Brasília 50 Anos

O olhar curioso e atento de Mike Ronchi - essa "Máquina de Tirar Fotografias" - captura o amanhecer de Brasília 50 Anos.

HAI-KAI
Mora lá no Sul / A saudade de minha / Brasília Azul.

Teoria da Conspiração, ou Pensar por Pensar...

HABEAS CORPUS CHRISTI - Esse mau senhor de Alagoas deveria contratar os aloprados do PT para a sua defesa. Logo estaria gozando o pleno sol da liberdade pela desqualificação dos coroínhas e pela vitória da teoria da conspiração, como de hábito usada pelo partido que Lula tem a honra de presidir.

PAÍS DE TOLOS - A propósito da mania persecutória do governo Lula e do PT, o blog "Brasil Um País de Tolos" está ótimo. Clique em http://www.brasilpaisdetolos.blogspot.com/ - você não pode perder.

SOLUÇÃO - Mataram um coordenador de uma dessas unidades de reabilitação de menores em São Paulo. É que o governo resolveu o problema dos menores desajustados no Brasil: trocou o nome de Febem para Fundação Casa.

CAPITAL &... - Se você prestar bem atenção vai ver que o governo é contra o capitalismo puro e simples e a favor do capitalismo governamental. Assim é que a democracia que está no poder manda no capital... e sem trabalho.

A PELE DO PATRÃO - Quem nesse país é mais patrão do que o seu presideus? Nada contra os patrões - são eles que geram emprego; tudo contra quem usa pelego para fingir que não é patrão.

MENOS - As pesquisas sempre saem melhor do que a encomenda, mas às vezes mostram o presideus Macunaíma demais.

DESELETRIZANTE - Popularidade é coisa braba de se transferir. Até outubro todo mundo já terá percebido: Lula falando, emociona; Dilma é um poste que não eletriza.

300 PICARETAS - Dilma promete engajar em sua campanha "mais de 300 deputados". Devem ser aqueles que Lula apontou quando deixou de ser deputado para ser apenas político.

ISENÇÃO - O jornalismo só tem chance de ser isento quando não tem patrão nem patrocínio. Afora isso, todo jornalista tem o direito de ser isento; ou não.

DESNUDO - Todo aquele que se vale da cota racial, se despe do direito de ser levado em conta quando diz que sofre preconceito na universidade. Sua escolha foi pela humilhação oportuna, em detrimento da altivez da própria origem.

MAKE LOVE, NOT WAR - Diante da proliferação nuclear, em nome do Brasil, Lula jamais poderia ser pelo "empate". Bancar o mediador é colocar mais lenha na fogueira. Precisa dizer, com todas as letras, se é a favor ou contra. Lula está desperdiçando a oportunidade de transformar o Brasil no grande líder mundial contra a guerra.

DIREITOS HUMANOS - Teu nome é liberdade!

RISCO À DEMOCRACIA - Morrer de amores pelos donos de Cuba, Bolívia, Venezuela...

SUBINDO - Cada vez mais a popularidade nas pesquisas faz o peronismo subir à cabeça de Lula.

FORÇA - Que força tem hoje o PT?... Noves fora Lula, o que sobra para o partido que des/manda no Brasil?!

CAMPANHA - Enfim, se aproxima a hora de mostrar nos horários políticos o que foi feito até agora em matéria de portos, estradas, saúde pública, educação, reforma agrária, reforma urbana, trânsito, defesa civil, sistema carcerário, segurança pública, crime constituído e organizado, evolução social, pobreza absoluta, trabalho, salário de aposentados, qualidade de vida, justiça, igualdade social, dívida interna, dívida externa, comércio exterior, corrupção, educação, impunidade...

FOLGUEDOS DE FERIADO

01. EM CARTAZ - "Chico Xavier" já chegou aos 2 milhões e 200 mil espectadores que pagaram entrada para assisti-lo nos cinemas brasileiros. "Lula - O Filho do Brasil" está encalhado até nos camelódromos. Não há Sensus que contrarie a Vox Populi.


02. DESAFORO - Pernambuco registrou vários tremores de terra nesta semana. Não chegaram a 3 graus na escala Richter. Mas logo em seguida o presideus dá um jeito nisso. Onde já se viu o Peru, daquele tamaínho, tremer mais que o Brasil Da Silva?!?

03. BRASIL DA SILVA - Justiça cedeu. Belo Monte foi leiloada. Agora o grupo Queiroz Galvão saltou fora. Ficou bem do jeito que o governo queria: a Chesf, filhote da Eletrobras, está de dona da usina. Erenice Guerra, já elabora um dossiê para fingir que querem trazer a Construtora de volta para o consórcio. Nesse meio tempo, o Ministério Público recorre para anular a rifa.

04. VEM AÍ BOM TEMPO - São Paulo merece: sexta-feira o PT lança seus candidatos. Aloízio Mercadante para o governo paulista e Marta Suplicy para o Senado. Agora é irrevogável: relaxe e goze.

05. ESTRATÉGIA - Prepare-se: Mercadante não tem programa de governo; tem plano de desmonte do governo Serra. A tática é a mesma que o PT usa sempre: desqualificação geral dos opositores.

06. COROA - Pesquisas confirmam: de dez em dez minutos o homem pensa em sexo. Luiz Marques Barbosa, de 83 anos que, de dez em dez minutos pensava em ser monsenhor, estava preso acusado de pedofilia com os coroínhas da paróquia de Arapiraca, em Alagoas. Ele foi solto ontem à tarde. Vai responder pelo crime em prisão domiciliar, até que um pedido de corpus christi em seu nome seja julgado. O mau senhor estava preso, desde domingo à noite, no quartel do 3º Batalhão da Polícia Militar. E só pensava naquilo. Se a sua batina fosse de bronze, a população de Arapiraca estaria toda sofrendo de insônia.

Para os defensores do religioso, Luiz Marques - o concorrente nacional do bispo Lugo do Paraguai, tem direito a responder em liberdade, pois tem residência fixa, não representa risco às investigações sobre o caso e é réu primário.

O religioso foi flagrado em um vídeo durante relações sexuais com um jovem de 18 anos. Segundo o rapaz, o monsenhor tinha relações com ele desde os 14 anos, algumas vezes nas dependências da Igreja Católica, em Arapiraca. Esse coroínha, já se viu, é coroa há muito tempo.

20 de abr de 2010

GRAN CRUZ, CREDO!


Dia do Diplomata - Dona Marisa Letícia recebe a Gran Cruz da Ordem do Rio Branco, mais alta condecoração nacional. Depois dessa, o Itamaraty nunca mais vai ser o mesmo. (Foto: R. Stuckert/PR)

Livre acesso às tiras de colchão

Essa matéria é da Agência Senado. Leia e depois me diga em quem você anda votando.

Alvaro Dias: juros pagos na era Lula já chegaram a R$ 1,2 trilhão e governo tem 'dívida paralela' de R$ 500 bilhões
PLENÁRIO / Pronunciamentos - 20/04/2010 - 18h02

Usando palavras como "surrealista", "paraíso dos banqueiros" "irresponsabilidade" e "bomba de efeito retardado", o senador Alvaro Dias (PSDB-PR) afirmou em discurso que a dívida pública brasileira já exigiu, nos sete anos do governo Lula, o pagamento de R$ 1,26 trilhão só de juros.

Álvaro Dias considerou o número "um absurdo", especialmente porque os gastos com educação ficaram em R$ 149 bilhões, enquanto a saúde recebeu R$ 310 bilhões e os investimentos da União apenas R$ 93 bilhões. Lembrou que os gastos do governo Lula com o Bolsa Família, nos sete anos, ficaram pouco acima de R$ 50 bilhões. Enquanto isso, comparou, os lucros dos 100 maiores bancos do país, nos sete anos do governo Lula, somaram R$ 127,8 bilhões.

O senador paranaense denunciou que o governo vem alimentando "uma assombrosa dívida paralela", não contabilizada pelo Tesouro Nacional, administrada pelo Banco Central, e que somava em outubro passado R$ 500 bilhões. Explicou que o governo chama essa dívida de "operações compromissadas", onde o Banco Central oferta títulos de até seis meses ao mercado para enxugar a liquidez, ou seja, retirar dinheiro da economia.

Essa "dívida paralela", quando somada aos R$ 2 trilhões da dívida pública bruta interna, conforme Álvaro Dias, ultrapassa os R$ 2,5 trilhões. Observou, no entanto, que o governo emprega o critério de "dívida líquida" para anunciar seus números, o que exclui não só a "dívida paralela" como também transferências do orçamento federal para a Petrobras, o BNDES e a Caixa Econômica Federal.

O senador afirmou que se trata de "uma esperteza para acobertar o real volume da dívida pública brasileira", observando que "vários organismos internacionais" só trabalham com o conceito de dívida pública bruta. A dívida mobiliária (em títulos) do governo, informada pelo Tesouro Nacional, estava no final de 2009 em R$ 1,49 trilhão, lembrou o senador.

- O crescimento da dívida pública brasileira é uma espécie de bomba relógio de efeito retardado que pode explodir no colo do próximo presidente da República. Não há como ignorar essa herança que restará para o futuro governo - disse.

O senador tucano afirmou que tocava no assunto para "convocar" os candidatos à Presidência da República a debater "esse tema árido, mas da maior importância para o futuro dos brasileiros". Para ele, o próximo presidente, seja qual for, terá de "adotar providências drásticas para evitar que esta bomba de efeito retardado venha a explodir".

- No curto e no médio prazos, não existe perigo de insolvência para a dívida interna bruta. Mas, no longo prazo, se medidas corajosas e até impopulares não forem adotadas, a deterioração fiscal será paga pelo velho tripé: contribuintes, consumidores e trabalhadores. É viver para ver - manifestou.

RODAPÉ - Se esse cara estiver mentindo, merece ser preso; se estiver falando a verdade, o governo todo tem que ir em cana. E que, de preferência, tenham todos livre acesso às tiras de colchão de suas celas individuais. Quem nem o psicopata aquele de Luiziânia, comedor de criancinhas.

Brasília, 50 Anos

foto: Mike Ronchi
Um castiçal de névoa abençoa os 50 Anos de Brasília.

14 milhões com Bolsa-Famiglia e tudo

01. Luiz Inácio Lula Da Dilma mandou escrever na coluna semanal que ele pergunta e ele mesmo responde nos jornais que vai encerrar seu bigoverno com mais de 14 milhões de empregos com carteira assinada. Não é por nada, não, mas ele deve estar contando aí o pessoal dos mais de 12 milhões que integram o Bolsa-Famiglia. Na melhor das hipóteses, não deve estar levando em conta nesses 14 milhões os que ficaram desempregados e abriram vaga para os que entraram.

02. Missão Impossível: PSB começa a negociar retirada de Ciro Gomes. Como assim? Ele nunca entrou... E "como assim?", de novo: ainda que mal pergunte, "negociando" o quê e com quem?!?

03. No dia da posse o governador tampão de Arruda prega união e transparência. Choveu no molhado: união a banda do panetone já tem, ou não seria uma banda; e transparência, só se trocarem os piratas por fantasmas.


Michel Temer meteu os cachorros na troca de farpas entre Dilma e Serra e recomenda ‘debate técnico’. Para Temer, a troca de farpas entre candidatos ‘não é aceitável’. Ele quer contribuir de alguma forma para elevar o nível da campanha. Sua atitude comoveu a banda de Dilma de tal maneira que seu mais notório cabo-eleitoral, o cacique Cara-Pálida Raposa na Terra do Sol, já escolheu as armas para o duelo de outubro.

QUEM TEM, TEM MEDO

A TV Globo, com medo dos patrulheiros, tirou do ar uma campanha de autolouvação pelos seus 45 anos de existência. Diz que é para não ser acusada de tendenciosa. Besteira, a patrulha continua, companheiros!


Deixa no ar, Rede Globo. A campanha estava bonita. Dizia o de sempre, acrescentava muito pouco, mas tinha o mérito de irritar os que sofrem de azia.

Saindo do ar, como saiu, a Rede Globo deu razão aos paranóicos de jeito venezuelano, bem à moda Hugo Chávez. A verdade é que, quem tem; tem medo: entre veicular um institucional que só rende imagem para a casa e os planos de mídia da Caixa Federal, do Banco do Brasil, da Petrobrás, o melhor é ficar com a campanha subliminar do governo que apóia um poste.

Cacique Cara-Pálida Raposa na Terra do Sol

Cacique Cara-Pálida Raposa na Terra do Sol ensina índios como usar arco e flecha. O primeiro nativo que atirou depois da aula, acertou num aposentado.

DIA DE ÍNDIO - Raposa na Terra do Sol

Foto: R. Stuckert/PR
Como dia 19 de abril é aniversário do rei Roberto Carlos; como Lady Laura foi sepultada nesse dia; como a data também é dos índios, tivemos Raposa na Terra do Sol. De cocar e tudo, o Cara-Pálida troca espelhinhos e coisas assim por artesanato, como nesses filmes que passam no cinema. Lá pelas tantas, virado para câmeras e microfones, saiu a pérola: "Precisamos fazer mais pelos índios". Ah, bom. É como se já tivessem feito alguma coisa.

01. Esse vulcão da Islândia desmoraliza o Bin Laden. Vem causando prejuízos diários de U$ 250 milhões às empresas aéreas européias; isso é muito mais que o estrago das torres gêmeas de 11 de setembro.

02. Mais de 70% dos voos foram cancelados, por causa das nuvens de fumaça. Aqui no Brasil 85 voos foram cancelados. Deve ser a tal solidariedade brasileira.

03. Suspenso, uma vez mais, o leilão da hidrelétrica Belo Monte. Tem aloprado por aí à beira de um ataque de nervos. Se até o meio-dia não caçarem a liminar da liminar, o Cara pode ter um novo PiriPAC.

04. Dispensar o Cuca não é nada para o Fluminense; tragédia mesmo vai ser contratar o Muricy Ramalho.

05. Mal sentou na cadeira do governo de São Paulo e Goldman teve que operar a próstata. Sua assessoria investiga indícios da presença de aloprados pelas almofadas do Palácio Bandeirantes.

06. Novo Tampax de Arruda é empossado e tenta evitar a intervenção federal. Para o bem dos brasilienses, tanto faz como tanto fará... Pela lei quem indica o interventor é Lula.

07. Aquele monsenhor é um safardana, mas o coroínha delator premiado, tem todo o jeitinho de que não basta ser fiel, tem que parecer fiel. Ajoelhou tem que rezar. Mas, quando um não quer, dois não botam a boca no trombone.

08. Ao lado de Serra, Aécio diz que "Dilmasia" nunca chegou perto de existir. E Dilmazia?

09. Se aquele zagueiro Danilo, do Palmeiras e o atleticano Manoel jogassem mais e cuspissem menos, os dois times não estariam jogando o futebol que jogam. A essa altura estariam treinando para enfrentar o Santos na final de qualquer campeonato desses que andam por aí.

10. O São Paulo vai punir o atacante Washington porque depois da trigina contra o time santista abriu a fossa: "O que o time tinha de bom, eles tiraram. Quando começo jogando, saio cedo. Quando fico no banco, entro tarde. Estou cansado de ser crucificado por outros erros."  A diretoria deveria punir o treinador Ricardo Gomes que logo contra o Santos resolveu "testar" um tal de Fernandinho ao lado de Dagoberto, deixando o titular na reserva. Washington, com 17 gols, é o goleador do time neste ano.

11. MST reforça ofensiva em 19 estados. É a operação Abril Vermelho. O MST já deve ter gasto toda a grana oficial que recebeu até agora. Como não produz nada, não planta um pé de alface e não gosta de laranjais, deve star precisando ajuda humanitária.

12. O monsenhor de Maceió que está em cana por pedofilia desbragada, já recebeu os jornais com a notícia de que o pedreiro pedófilo de Luiziânia se enforcou. Não adianta, ele sabe que suicídio é pecado.

19 de abr de 2010

Biruta de Aeroporto: Dilma Adere à Campanha de Serra

Dilma falando é um desastre. Sempre que abre a boca, vira cabo eleitoral de Zé Serra. Não consegue encaminhar sequer sua campanha no rumo certo. Falta biruta nas pistas onde pousa.

Nesta segunda-feira ela quis atacar o tucano Zé Serra, depois de uma inauguração com blogueiros em Brasília. Numa coletiva de imprensa, foi indagada se Serra estava agindo como "lobo em pele de cordeiro", porque não elogiou o presidente Lula, hoje em Minas, Dilma se aloprou “Ele está mais agindo como biruta de aeroporto...".

Como assim?!? Biruta é o instrumento usado em aeroportos, para orientar a decolagem e a aterrissagem dos aviões. Essas manobras só podem ser realizadas em sentido contrário ao vento indicado por biruta. Biruta de aeroporto fornece a direção visual de vento de superfície e as informações de velocidade de vento aos pilotos, quando em vôo ou no solo, nos aeroportos ou heliportos.

Se tivesse dito que Serra está agindo como um aloprado, ainda vá. Teria chegado mais perto da ofensa que quis proferir... Mas, ao dizer que ele age como biruta de aeroporto, Dilma Roucheffe deixa sinais evidentes de que ela própria acaba de se integrar à campanha de Zé Serra para a Presidência da República.

Grana para o Bolsa Famiglia tem

Luiz Inácio Lula Da Dilma reluta e manda relutar, sem que usem seu santo nome em vão, em dar o merecido aumento nos ganhos dosaposentados e pensionistas que recebem mais do que um salário mínimo.

Os parlamentares bonzinhos chegaram à conclusão de que os velhinhos que trabalharam mais de quarenta anos por esse Brasil afora, merecem 7,7% de reajuste; a pandilha de Lula que viaja em Mantega bate pé em diz que não dá mais do que 6,14%. De onde eles tiraram esses percentuais, ninguém sabe, ninguém viu.

O que os aposentados merecem é o ressarcimento de tudo quanto perderam em suas pensões e aposentadorias desde que Lula chegou ao Palácio e virou a mesa.

A alegação de que vai faltar dinheiro não cola: os cartões corporativos estão aí e não deixam mentir; as viagens tresloucadas pelo mundo inteiro, também; os roubos com a corrupção e os rombos com gastos do governo, mentem e deixam mentir; os 10% para a nação de ociosos do Bolsa-Famíglia, nem se fala: é selo de garantia para enfiar nas urnas.

Se o voto é mesmo uma arma, esses Caras estão merecendo uma boa bengala no dia 2 de outubro.

Suposta Fraude?!?

Está na Folha Online:

Governo investiga suposta fraude nas verbas de Turismo.

A Polícia Federal e a Controladoria-Geral da União investigam suposta fraude em que políticos associados a organizações não-governamentais são suspeitos de usar dinheiro do Ministério do Turismo para fazer festas, informa reportagem de Dimmi Amora e Fernanda Odilla, publicada nesta segunda-feira pela Folha (íntegra disponível para assinantes do jornal e do UOL).

Levantamento feito pela Folha mostra que, entre as 50 ONGs que mais receberam recursos do Turismo para eventos entre 2007 e 2009, 26 têm relação com políticos e partidos. Há suspeita de pagamento de propina para que as festas recebessem verbas públicas.

Dos recursos para festas em 2010, 95% foram destinados para eventos que os parlamentares incluíram no Orçamento. Na primeiro governo do presidente Lula, o gasto com festas foi de R$ 116,5 milhões. Nos últimos três anos, o valor saltou para R$ 601,2 milhões.

RODAPÉ - No Brasil Da Silva, quando aparece a ressalva "suposta" diante da palavra "fraude" é porque a investigação já nem precisa mais ser feita. Mas, nem assim Dilma consegue ultrapassar Serra nas pesquisas.

Humilhações nacionais

O Brasil Da Silva é um caso sério. O povo se acostumou a ajoelhar-se diante de seus falsos profetas. Como se não bastasse ter que engolir as estultices que saem da cabeça de um presideus que fala e age como se fosse uma multidão, agora, sofre a angústia consentida de esperar o que Dunga vai fazer na hora de convocar a seleção que vai disputar a Copa do Mundo na África.

Mesmo que ele chame Neymar, Ronaldinho Gaúcho e Paulo Henrique Ganso, ainda assim é humilhante ter que aturar Julios Baptistas, Adrianos, Fulanos, Sicranos, Beltranos e Elanos... Só ter que esperar por Dunga já é um desaforo. Já está na hora de o Brasil Da Silva tomar jeito; readquirir sua têmpera e sua capacidade de indignar-se.

18 de abr de 2010

Tudo Sempre Igual em Brasília

Aquele que foi secretário de Desenvolvimento Econômico do Distrito Federal, Rogério Rosso do partido da carona brasileiro é, desde ontem, o Tampax de Arruda no governo do DF. O peemedebista teve13 votos dos distritais do Panetone e fez barba, cabelo e bigode no primeiro turno. É que 13 votos são mais do que uma dúzia que é só metade do cabalístico número 24.

Assim é que, sem nenhuma representatividade popular, o novo governador de Brasília não passa mesmo de um tampão. Agora, falta apenas ressuscitarem o bezerro de ouro de Roriz para que Agnelo Queiroz, o comunista que Lula não reintegrou ao Ministério do Esporte, vá com tudo em 2 de outubro para tomar conta do Diustrito federal.

A verdade é que, ainda que eleito apenas por distritais - já que as pessoas não votaram - Rogério Rosso não será melhor, nem pior do que quem quer que fosse indicado interventor pelo presideus Lula Da Dilma. Tudo é sempre muito igual na paisagem política brasiliense.

Marco Legal da Internet contra a Azia

Mais do que entusiasmada pelas pesquisas de opinião, Dilma Roucheffe anda empolgada com as navegações pelas ondas do twitter, novo brinquedinho nas mãos de milhares de coalizados postos a serviço de sua campanha. Ela nem precisa se dar ao luxo de responder, basta o lixo que ela devolve pelas mãos de seus contratados para isso mesmo.


Essa euforia, no entanto, vai até às fronteiras do que o governo Lula, petistas e coalizados acharem que está bom para eles. Quando perceberem que o que dá pra rir dá pra chorar, jogam uma de suas bomba de efeito imoral pra cima dos rebeldes com causa que ousam contrariar seus planos de poder.

Coisa tipo assim referendo popular, como o arremedo de consulta pública para uma proposta do que está chamando de Marco Legal da Internet no Brasil. Esperaí, só um pouquinho: quem carrega a verdade não tem medo da mentira; então, quem tem medo da verdade?!?

Tome nota aí: essa é apenas mais uma tentativa de criar mecanismos de censura à liberdade de credo, pensamento e expressão no Brasil - fixação de Lula como poderosa cura à azia que o devora quando vê, escuta e consegue ler opiniões contrárias ao que ele enfia goela abaixo do povo como verdade absoluta.

Esse "Marco Legal" é só um codinome da censura, específico para internautas. Os luláticos do outro mundo, astronautas que vivem no mundo da Lua querem apropriar-se também desse terreno e todas as suas crateras. Lula não descansa, enquanto não se curar da azia.