O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

30 de set de 2009

ZELAYSTA!

Não percam mais tempo com a soberania de Honduras. Lula, sacaneado por Chávez, trocou os pés pelas mãos. Qual é a novidade?!? É disso mesmo que Lula do Brasil vive. Se encherem sua casa com bolsas-famílias, você também vai achar que está tudo bem. Seu frouxo, seu corrompido, seu, seu, seu... seu zelaysta empedernido!

O MAL

Há um determinado tipo de arapuca na vida que ninguém agüenta. Oscar Niemeyer passou mal e agora tem que fazer novos exames. Como é que vocês querem que um homem de 101 anos agüente, depois de toda a sua trajetória de riscos e rabiscos livres, leves, soltos e até um pouco assim, digamos, comunista, um repentino processo de licitação. Isso é perseguição!?!

COMO PREVISTO, INCLUSIVE, NO FUTEBOL

Nenhuma novidade: o senadores fizeram o que Lula do Brasil disse que eles fizessem. Aprovaram Toffoli. Prevaleceu a reputaria ilibada!

Confirmado: Toffolli tem notável sabor político e reputaria ilibada.

Mas, nada disso importa: o que vale é que o Real Madri venceu mais uma, com gols de Kaká e Cristiano Ronaldo.

GALINHAGEM


Probidade? Notório saber jurídico? Reputação ilibada?... Vam pra planfa que lamblanfa! Toffoli na cabeça e tá falado!
Viva o Brasil da Silva! Já pensou esse cara julgando um impeachment contra Luiz Inácio Brasil da Silva?!?
Pois é... Isso já não é sacanagem é pornôplumanagem.
Com licença da expressão: - Vão tomar onde as galinhas tomam!
RODAPÉ - Será que esses frangotes pensam que suas raposices nos convencem?!?

ELELÁ!

Toffoli no Supremo?!? Besteira, Lulalá!

De acordo - como sempre

Conforme as previsões, Toffoli foi aprovado na sabatina. É ministro do Supremo Tribunal Federal, bem como Lula do Brasil queria. Como se vê, o homem não é só bolsa-família. Cê tá pensando o quê?!? O cara é o cara, pô! Desculpe a expressão, mas que oposição de merda! Tá, a gente sabe, a gente sabe... Mas eles não precisam provar mais nada. O gosto dessa vitória tá bom pra eles!

O grande ídolo

Deputados já têm em mãos projeto da "ficha limpa", com mais de 1 milhão e 300 mil assinaturas. Nuncanahistóriadessepaís - nem mesmo no auge da campanha contra a gripe suína - se viu tanto político imitando Poncio Pilatos.

Copenhague do Brasil da Silva

Foto: R. Stuckert/PR
Lula, Pelé e um grupo de brasileiros, em Copenhague. Todos com jeito de que estão abrindo uma lavanderia. Veja como a camisa está sequinha.

Foto: R. Stuckert/PR

Lula se mandando para Copenhague. Aí, lembra Romário, comemorando o título de 94.

Bola Genérica

É hora de parar. . .
Moisés Pereira

Foto: Ag.Câmara
O Deputado Ibsen Pinheiro que, além de ter chegado interinamente à Presidência da República, quando presidia a Câmara, sempre se destacou como um grande fazedor de frases e extraordinário comunicador.

Foi ele quem contou esta historinha: Tendo ido ao médico para uma consulta, este, pessoa de suas relações, não perdeu a oportunidade de mostrar a sua indignação com os recentes escândalos de nossa República e foi detonando principalmente os políticos e suas incontáveis mazelas que vão do Mensalão, passam pelo Detran/RS e afundam na Casa Alta do Congresso - o mais destacado antro de patifaria da atualidade - segundo o doutor.
Terminado o atendimento, o deputado que tudo ouviu e não discordou, perguntou ao médico o valor da consulta. A resposta foi espontânea, sem rodeios: - Com recibo ou sem recibo?

O relato, penso, não pode ser mais emblemático. Quem são os políticos senão o reflexo de nossa sociedade, assim como os empresários que sonegam e cobram propina; os fazendeiros que grilaram terras e agora se apegam ao direito de propriedade; os pregadores religiosos que sem escrúpulos arrecadam em benefício próprio; o vizinho que fez um “gato” na TV a cabo; o revendedor de automóvel que maquiou o carro semi novo; enfim, exemplos não faltam e não falo dos excluídos da sociedade que viraram marginais, falsários, assaltantes e homicidas, porque esses estão todos os dias escancarados na mídia em geral.

E não se diga que é coisa dos tupiniquins, porque isto ocorre em todas as partes do mundo. Nem estou escrevendo para justificar o injustificável apenas para constatar uma realidade que infelizmente cada vez mais somos obrigados a conviver com ela.

O último grande movimento popular nesse país que encheu de esperança o nosso povo foi quando a grande maioria “sem medo de ser feliz” adotou a estrela e elegeu o metalúrgico emergente Lula.
Todos sabemos o que aconteceu. Isto faz com que fiquemos cada vez mais decepcionados e alienados.
Ontem fiquei surpreso quando várias entidades da base popular levaram ao Congresso um pedido embasado por um milhão e trezentas mil assinaturas no sentido de que os candidatos com ficha suja se tornassem inelegíveis.
Seria a indignação voltando para as ruas?!? Eis que, se não quando, o presidente Temer com a maior cara de pau acolheu a proposta protocolarmente e na hora afirmava que a mesma terá que ser “abrandada”, ou sei lá que outro eufemismo foi usado para dizer que não vai acontecer nada com os denunciados, indiciados ou condenados em primeira instância.

Nada mais fez do que corroborar a frase do deputado Moraes, de Santa Cruz do Sul que confessou que está se lixando para a opinião pública.
Isto tudo teria que parar. Por enquanto segundo Joseph Blatter presidente da FIFA só vai parar a “paradinha” na hora da cobrança do penalti .
Pelo menos a decisões da Internacional Board são cumpridas, isto quando os árbitros não interpretam diferente.
RODAPÉ - Peralá, Moisés! Se acabarem com a "paradinha" no pênalti, têm que acabar também com a enganação genérica dos goleiros que na hora da cobrança fingem que vão para um lado e acabam se jogando para o outro.

SOBERANIA

Do Jornal El Heraldo, Tegucigalpa - Honduras:

Llaman a violencia con protección de Brasil
Honduras vivió en paz tres meses, con manifestaciones tolerables, hasta que Zelaya llegó para llamar a la violencia y la muerte.

El presidente de Honduras, Roberto Micheletti, se dirigió anoche a la nación para garantizar que la paz y la tranquilidad retornarán al país y que el estado de excepción fue necesario ante los llamados a la violencia que hace Manuel Zelaya desde la embajada de Brasil.

"Desde su incursión clandestina a Honduras, el ex presidente Manuel Zelaya instiga a la violencia y la insurrección en nuestro país. El mundo entero sabe que el señor Zelaya utiliza la protección de la Embajada de Brasil para quebrantar la paz en nuestro territorio".

Tradução: A Embaixada Da Silva, sob as ordenes de Chávez e a complascência de Lula do Brasil, virou quartel-general do golpista Manuel Zelaya. Com jeito de barraco.
SUPER PODERES
Está em tudo que é página de política de jornais, sites, pautas de rádio e de TV: "Lula libera internet na eleição, voto em trânsito e impresso". Então, quer dizer que numa democracia pura, um presidente tem poder para isso também?!? Se pode "liberar geral" é porque a recíproca também é verdadeira: pode proibir tudo. Esse nosso regime tem cada surpresa... Mas pode chamar de armadilha que pega bem.

OUTRA DE JORNAIS:
"Senado exonera ex-namorado da neta de Sarney". Claro, ele é ex. Se ainda fosse titular, seria promovido.

NO SITE CONTAS ABERTAS:
"STF - gastos com pessoal crescem 64% em 6 anos". A Justiça tarda, mas não falha... no gatilho salarial.

DA SÉRIE VOCÊ SABIA?...
Então, você sabia que, para um senador funcionar, ele tem mais de 70 funcionários ligados ao seu gabinete? Quantas fábricas desse porte você conhece aí na sua cidade?

29 de set de 2009

Novo slogan para o poste de Lula da Silva em 2010

Querendo correr na frente, há algum tempo atrás, Zé Dirceu lançou em seu blog o slogan "Dilma é Lula de Novo". Levou um puxão de orelhas e agora aguarda ordens superiores para inventar uma outra bobageira de efeito, como é do feito de seu partido - bom de slogan e ruim de trabalho.

Enquanto isso não acontece, os hondurenhos tomam a frente e, para demonstrar seus sentimentos com relação ao apadrinhamento do golpista Zelaya, se dirigem a Lula do Brasil em bloco: "Lula, Lula, Lula leva essa Mula"!

Há quem, aqui no Brasil da Silva, já pense em pagar royalties pelo slogan hondurenho, com direito a usá-lo durante o período eleitoral que pretende levar Dilma Roucheffe, o poste preferido de Lula, à Presidência da República dos Calamares.

Bola Genérica

A Síndrome do Centenário
Moisés Pereira

O futebol, que começou no século 19, no Brasil já tem quase uma dezena de clubes centenários. É óbvio que seus dirigentes se programem para comemorar os 100 anos com uma campanha vitoriosa e isso inclui um título importante.

Este é o ano do Centenário do Inter. Nenhum clube nesse país investiu tanto nos últimos anos objetivando o seu crescimento. Nos últimos anos o Colorado cresceu significativamente como clube, no patrimônio, associados, mais de 100 mil, e também no futebol, onde conquistou a Copa Libertadores e o Mundial de clubes em 2006.

O grande sonho transformou-se na grande meta, a conquista do Campeonato Brasileiro que há 30 anos está longe do Beira-Rio.

No futebol nem sempre o planejamento e os objetivos são alcançados e, talvez por isso seja tão empolgante. Não há a relação direta entre investimento e conquista, os resultados dependem de tantas circunstâncias que ainda não foi desvendada a fórmula infalível para chegar as vitórias.

Com o Inter não foi diferente. Embora ainda com chances de ser campeão brasileiro, hoje as possibilidades diminuiram. No início do ano era tido como o melhor time do Brasil com contratações milionárias (D'Alessandro, Kleber, Sorondo, Guinhazu) dizia-se que seria campeão de tudo, era apenas uma questão de tempo.

O certo é que essas estrelas nunca formaram um conjunto harmônico e confiável e após uma campanha empolgante no Campeonato Gaúcho, quando revelava Taison como o grande atacante do país, as coisas mudaram.

Na Copa do Brasil os craques amarelaram e o Corinthians de Mano Menezes matou o sonho vermelho. Arrancou com toda a força no Campeonato Nacional mas, à medida que a carruagem foi andando passou a gerar desconfianças. Com a janela de agosto novos nomes apareceram no Beira-Rio assim como os negócios falaram mais alto eNilmar foi vendido; agora Magrão e, numa distração de Fernando Carvalho, Fernandão foi desprezado.

Pesquisei e constatei que poucos times alcançaram grandes glórias no ano do Centenário. O Vasco da Gama é a exceção tendo vencido o Campeonato estadual e a Libertadores em 1998.

O Inter, o Vitória o Náutico e Fluminense foram campeões regionais, no Sul conhecido como Gauchão. O Grêmio e o Botafôgo chegaram em 20º no Campeonato Brasileiro. Diz Richard, meu amigo cabeleireiro, que o Grêmio foi campeão do Carnaval de Porto Alegre no ano do Centenário, acho que o Inter também foi.

É a síndrome dos 100 anos, mais um desafio para o Corinthias em 2010 e para aqueles que soprarem 100 velinhas nos próximos anos.

Democracia para os soldados

Vamos parar de sacanagem. Já está mais do que na hora de parar com esse regabofe que os governos que temos sofrido vêm fazendo conosco aqui no Brasil. É bom que a gente comece a falar sério sobre esse jugo cínico, irônico, hipócrita, escrachado que chamam de democracia.

Há dezenas, quem sabe até centenas, de definições sobre o que é democracia. Democracia do Brasil Da Silva é escracho totalitarista. Começa que, na contramão da liberdade individual - marca fundamental dos regimes democráticos - o eleitor brasileiro é obrigado a votar. Isso é pura contradição à essência, ao espírito, à alma democrática.

Atrás desse entulho que conspurca, mancha e fere a nossa vontade, o nosso direito de escolha, a nossa disposição soberana de ir e vir, ou de não ir nem de vir às urnas em dias de eleição está escondido o saco de autoritarismo que faz do voto o pior e o mais escuro lado da democracia. Um lado em que se omiziam, se hospedam com cinco estrelas, partidos, diretórios, conselhos, comissões, aparelhos, referendos, plebiscitos, tribunais de todos os graus eleitorais - urbanos, estaduais, federal da Silva.

Debocham da nossa cara quando nos emprestam o direito de, em sendo obrigados, não precisarmos escolher as figuras que nos impõem a cada pleito: nosso voto pode ser branco ou nulo. E assim nos enganam - que nós gostamos - e ganham o que apelidam de representatividade popular.

O voto é, no Brasil da Silva, o grande cobertor que cobre os pés-rapados dos nossos ídolos de barro que pululam em andores armados para as procissões eleitorais a que estamos, todos nós maiores de 16 anos de idade, obrigados constitucionalmente a acompanhar em nome da fé inabalável na democracia que já foi morena, no tempo em que Brizola falava e que hoje, sem frescura, daquilo que o caudilho desbibolado dizia serem "dias de sapo barbudo", é um arco-íris de engodos e armações cretinas.

Que democracia é essa, companheiro? Não queremos, não gostamos do que está sendo posto à prova, não desejamos fazer parte desse circo, então por que nos fazem de palhaço? O sarcástico Carlos Imperial dizia que "a vaia é o aplauso de quem não gosta"... Não se pode dizer o mesmo do voto nulo, nem do branco. O jeito de mostrar que não se concorda com a democracia que está aí debruçada na falsidade das urnas é não perdermos tempo, nem ombridade, indo até onde elas, indecentes, desbragueladamente nuas e cruas, se encontram a nossa in/disposição.

Nada está mais próximo de uma ditadura do que a impostura de um voto. Então, que patifaria de democracia é essa, companheiro?!? Para ser meio hondurenho hoje com essa gentalha que comanda a massa e balança a pança: - A otro perro con ese hueso!

Para não anular o dito espanhol, nem deixar que passe em brancas nuvens para os comunicadores do Ministério da Verdade de Lula do Brasil, verte-se o refrão para o português que Lula ortografou sem ler, há bem pouco: - Vá contar essa história para outro que eu não sou trouxa!

Quiuspariu! A democracia teve sua origem na crença de que, sendo os homens iguais em certo aspecto, iguais eles seriam no todo. Já é um tremendo tropeço. Mas, dizem ao correr da chamada liturgia do poder, que "a pior das democracias é melhor que a melhor das ditaduras". Outra piada infame e pornográfica desses biltres: a democracia melhor é a melhor democracia.

É bem desse jeito que os artistas principais - governo e seus circunstantes, ministros, deputados, senadores e palhaços em geral - desempenham seus papéis na arte de fazer crer que, na democracia deles, quem está atuando é o povo.

É bem assim desse jeito de jaquetão que eles outorgam, pelo instituto do voto obrigatório, o direito de cada eleitor ser o opressor de si mesmo. O que se deseja para chegar à democracia verdadeira é muito simples: que ela não seja, pela força do tirânico voto obrigatório, a consagração do vício dos canalhas de sempre colocada ao alcance de todos nós.

A continuar assim, não se arrependam e nem se espantem se, amanhã ou depois, o único remédio contra esse feitio escrachado e torpe de democracia, não sejam os soldados.

EmPACou

O Plano de Aceleração do Crescimento, glorioso PAC foi lançado para ser a locomotiva do governo Lula do Brasil rumo ao "maior canteiro de obras do país". Era para ser, na verdade, uma vitrine do quanto o governo era competente e realizador. Dilma Roucheffe foi ungida pelo pai da idéia como Mãe do PAC.

O que era para ser pano de fundo de uma ilusão megalomaníaca, acabou sendo apenas uma saia justa para a candidata preferida do Palácio para 2010. Todo dia aparece um sinal de que arregaçar as mangas, botar a mão na massa, trabalhar de verdade, não é o forte desse governo e suas heroínas; um governo que - como disse um dia Zé Dirceu - "não rouba, nem deixa roubar". Hoje, a Folha Online estampa esta matéria. É como se fosse um filme que já se viu. Mas vale a pena ler de novo.

OBRAS DO PAC QUE
O TCU MANDOU PARAR


MÁRCIO FALCÃO
da Folha Online, em Brasília

Por unanimidade, os ministros do TCU (Tribunal de Contas da União) aprovaram nesta terça-feira um relatório que recomenda a paralisação de 41 obras do governo federal que apresentaram irregularidades graves durante a fiscalização realizada pelo órgão em 2009.

Deste total, 13 empreendimentos fazem parte do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

O relatório segue para análise do Congresso Nacional, que terá que decidir se haverá o bloqueio de recursos para essas obras na elaboração do Orçamento de 2010.
Veja abaixo as 13 obras do PAC que o TCU mandou parar:

Reforma e ampliação do aeroporto de Guarulhos-SP
Distribuição e energia elétrica programa Luz para Todos (PI)
Melhoramentos no aeroporto de Vitória (ES)
Trechos rodoviários no Corredor Leste BR-265 (RJ-MG-SP)
Implantação perímetro de irrigação Baixio de Irecê (BA)
BR-317 - Boca do Acre - Divisa AM-AC
Adequação da BR-101 (RJ) - Santa Cruz-Itacurussá-Mangaratiba
Modernização da refinaria Pres. Getúlio Vargas (PR)
Construção da Barragem Berizal (MG)
Perímetro de irrigação Santa Cruz-Apodi (RN)
Construção da BR-158 - Divisa PA-MT
Refinaria Abreu e Lima - Recife (PE)
Restauração da BR-364 (RO).

RODAPÉ - E assim é que estamos conversados. Vai ver que Lula está certo. Se JK tivesse um TCU pela frente, não teria construído Brasília. Que coisa esse TCU, não?!?

Brasil Da Silva & Suas Circunstâncias

CAI FORA! - O assessor de qualquer coisa no Palácio de Lula do Brasil, Marco Aurélio Sargento Garcia, diante da trapalhada da hospedagem ao golpista Manuel Zelaya, já foi logo metendo um top-top no ar: "Lula não se envolveu, foi envolvido na crise de Honduras". Pode até ser, mas do jeito que está passivo diante do desempenho de Zelaya só falta agora Lula olhar para trás e avisar: - Você tem todo tempo do mundo pra tirar isso tudo daí em 24 horas!

SURDO & CEGO - Celso Amorim, saiu de sua "mudez" com o tom apropriado da voz do dono e criticou ontem a "surdez" de Micheletti e pediu pressão da ONU para resolver a crise. Micheletti não deu bola para ele e nem disse que se importava com a "cegueira" de Amorim.

BARRACO CASEIRO - Essa coisa de não saber o que fazer e pedir ajuda para os outros é a marca registrada de quem não está acostumado a trabalhar. Apelar para a ONU qualquer país pode. Principalmente em casos de conflitos internacionais. Não é o caso do Brasil da Silva em Honduras. Lá ele se meteu em briga doméstica. Na Estalagem Da Silva, em Tegucigalpa, o Brasil de Lula está em casa. Manuel Zelaya já fez da hospedaria um barraco caseiro.

JÁ PRA RUA! - Ato às escâncara do Senado extinguindo cargos vagos foi publicado hoje. Os cortes não atingem comissionados, nem terceirizados, maioria absoluta da Casa do Polvo. O jogo de cena não tem nenhum resultado prático e nem tampouco exonera alguém. Se é para limpar a barra de Sarney... sujou. Sujou e ninguém notou nada.

FICHA LIMPA - Você admitiria em sua empresa um candidato condenado pela Justiça. Mesmo que ainda tivesse a chance de recorrer da sentença?!? Então, contrate o Toffoli.

SEM REMÉDIO - A candidatura à Presidência da República não é mesmo a praia de Dilma Roucheffe. Mal se livrou do linfoma, recebeu o apoio de Paulo Maluf e de Hugo Chávez. Esses males não têm cura.

O SEMEADOR - Marina Morena, a Marina que se pintou de verde, disse ontem no Rio de Janeiro, ao receber homenagem da Câmara de Vereadores, que Lula antecipou o debate eleitoral de 2010. Ela criticou sem dó nem piedade a atitude do presidente: "foi realizada de forma perniciosa e está semeando a desorganização”. Falar sobre sucessão presidencial é sempre bom. Menos quando o próprio presidente da República arrepia a lei eleitoral. Mas isso não é novidade.

GOLEADA -Você sabia que, antes de ser flagrado de pijama e escorraçado de Honduras, Manuel Zelaya tinha sofrido uma fragorosa derrota na Corte Suprema hondurenha? Sua destituição foi decidida por 123 votos contra apenas cinco.

FÊNIX RETARDADO - A UNE - qual Fênix retardado, "renasce das cinzas, surge das brumas" ( à moda Behrensdorf) e, em nota nacional, repudia o "golpe militar" em Honduras. Só faltou no documento a assinatura com o carimbo de Fidel Castro, em nome da Cuba Libre.

SUBIU - O ego de Lula já não cabe mais em si. Subiu pra cabeça: Lula defendeu nesta segunda (28) "uma reserva financeira para ajudar os países mais pobres". Para ele, o Brasil Da Silva precisa "evoluir no campo internacional tornando-se doador". O perdulário quer, porque quer, liderar uma Nova Ordem Mundial. Pode começar lançando o Fome Zero no Zimbabwe. Lá a inflação é de 9.000.000% ao ano. E, de imediato, já pode começar a distribuir bolsa-família para os desamparados de Zelaya, em Honduras. Quanto ao "Minha Casa, Minha Vida" deixa assim como está, só pra ver como é que fica.

MOUCO - Zelaya, o desobediente, continua fazendo ouvidos de mercador para as recomendações de seu amigo Lula do Brasil. Continua insuflando a população e provocando tumultos. Os muros da Estalgem Da Silva são o seu púlpito. Uma verdadeira casa de tolerância.

EFEITO PÓ DE ARROZ -E o Fluminense ganhou uma! Cuca já está de olho no lugar de Luxemburgo que está de olho em Dunga que não tira os olhos de Felipão.

MESA DE BAR
Enquanto isso na folgadíssima Estalagem Brasil da Silva, em Tegucigalpa:
- Vai aí uma boa idéia?
- Prefiro Cuba Libre.

A MESQUITA SAGRADA -Desde que está sob nova direção, o site do Senado se presta ao papel de RCA Victor - A Voz do Dono. Zé Sarney - como se a estrutura de comunicação da Casa fosse um templo, ou mesquita - é endeusado, um dia sim e outro também, nas pautas positivas do organismo que já começa a padecer de descrédito. O Site está fazendo desde o fim da semana passada, a defesa do seu amo e senhor contra as 11 denúncias que foram jogadas no lixo pelo notável e probo reserva do reserva de senador, Paulo CaDuque. O título da peça é "A Verdade". Até que chegue lá, a página vai ter que ser repetida mil vezes. Mesquita de jeito bem estranho: lá é pecado não mentir.

28 de set de 2009

Asuma, Cara!

Foto: El Heraldo/Tegucigalpa
A população hondurenha não gosta do cardápio preparado pelos dois trapalhões do continente americano e seleciona víveres para os militares de seu país.


CONFORME O SCRIPT
Os dois trapalhões das Américas estão conseguindo o que queriam: usando Zelaya como bucha empurram Honduras para uma inexorável ditadura. Os dois patetas desconcheceram e desrespeitaram a decisão do Parlamento e do Judiciário hondurenhos que autorizaram o Exército a expulsar o golpista que arrepiara a Constituição do país que presidia.

Houve exagero e burrice no cumprimento da lei maior de Honduras. Os poderes constituídos deveriam ter julgado logo Manuel Zelaya que, pela letra fria da lei, já teria perdido o cargo e hoje não seria este tipo de estopa, embebida em álcool, prestes a incendiar a Estalagem Da Silva do Brasil em Tegucigalpa.

Chávez e Lula do Brasil meteram os pés pelas mãos e desdenharam o tamanho de Honduras e a importância do seu povo, ao se alçarem a donos da verdade e senhores da democracia que, paravigorar no continente americano, tem que ter a sua cara.

Hoje, o governo de fato de Honduras está cada vez mais longe de realizar as eleições que desejava realizar, como perdeu as estribeiras e, sob pressão, está tomando rumos ditatoriais como cerceando a liberdade de expressão, fechando emissoras de rádio, rompendo canais de comunicação com pretensos interlocutores estrangeiros, desconsiderando embaixadas de países que o desconsideram.

No frigir dos ovos, Lula e Chávez - donos do Brasil e da Venezuela, nessa des/ordem - fizeram uma omelete, fritando Zelaya e queimando Roberto Micheletti. Vão engolir Honduras, conforme a receita. E, como sobremesa, Manuel Zelaya não será julgado pelos crimes que praticou no uso e abuso de seu mandato, quando foi de tudo um pouco: vampiro, sanguessuga, mensaleiro, mala sem alça, cuequeiro e aloprado de pijama e tudo.

ECHO Y PECHO!
Ei, Lula do Brasil! Para falar a língua do momento:
- A lo echo, pecho!
Em bom lulês, arque com as conseqüências dos seus atos!

LETALIDADE
Um dos maiores males de um governo é a permissividade com que deixa se instalar, ou instala, esses vírus criminosos em seus organismos oficiais. Quando você vê, o mal se espalha de tal forma que contamina o tecido social. A sociedade vai definhando gradativamente de morte natural. Como se tivesse complicações linfopolíticas. Chávez, Evo, Fidel e seus comparsas de todas as espécies de fauna, inclusive, frutos do mar, são letais. Carcomem muito mais que qualquer gripe suína, malária, febre amarela, dengue...

Ditadura no Brasil Da Silva

Nuncanomundointeiro houve um governo, como esse de Lula do Brasil, que defendesse tanto a ditadura das urnas, a opressão do voto, como símbolo da democracia.

Votou, tá valendo.
Não importa se o preço é uma bolsa-família!
Conseguiram fazer do voto a pior face da democracia.

Liberdade, liberdade

SIM, SIM - Médicos afirmam que Dilma Roucheffe está livre de linfoma. Mas, em política, quase nunca a recíproca é verdadeira.

E DAÍ?!? - Prefeitos ameaçam fechar prefeituras em Alagoas por falta de verbas. A não ser os prefeitos que não vivem sem grana, ninguém vai notar nada.

SABATINA - Nesta terça-feira Toffoli - o indicado de Lula do Brasil para o STF, carimba seu passaporte para o cargo de ministro. Vai ser sabatinado pelos senadores que não estão nem aí para o notório saber jurídico do advogado amigo velho do PT que foi reprovado duas vezes em concursos para a magistrtura e, muito menos, para a ilibada reputação de réu com condenação suspensa em processo que transitou em julgado no Amapá.

MAL PASSADO - A Brigada Militar encontrou o corpo de um homem esfaqueado e parcialmente carbonizado em churrasqueira em Porto Alegre. Os investigadores suspeitam que os autores não eram gaúchos, tchê.

Farinhas do mesmo saco

Imagem: resistenciaeliberdade.blogspot.com
Lula do Brasil, como se sabe, em matéria de Sarney no Senado é o pai da criança. Pois agora até seu filho mais velho, essa criatura "não-comum" que banaliza qualquer escândalo, resolveu puxar as orelhas do seu criador. Metendo o bedelho na crise de Honduras, marimbondeou: "Eu acho que direito de asilo a Manuel Zelaya o Brasil devia dar. Não podia deixar de dar. Mas o que está havendo agora, eu reconheço, é um certo exagero em ocupação da Embaixada. Transforma a Embaixada em um comitê político". E foi mais longe ainda: "Esse abuso não é bom nem para o Zelaya e nem para o Brasil. A Embaixada brasileira tem que zelar pelas leis que marcam o asilo e não se meter em assuntos internos dos países".

Foto: ABr
Este é Alexandre Padilha - novo ministro das Relações Institucionais do governo Lula do Brasil. Entra no lugar de Zé Múcio, com as bençãos de Dilma Roucheffe. Logo será uma figura manjada nas páginas dos jornais que causam azia presidencial. Vem muito mais para falar de ecologia, por sua experiência de quatro anos como morador da Amazônia, do que para institucionalizar qualquer outra coisa. É o efeito Marina Morena nas hostes palacianas.

NOTÓRIO SABER - Jobim - olha a intimidade - Nelson Jobim é ministro da Defesa do Brasil da Silva. Pois ele diz que não cabe à Embraer opinar sobre a compra de caças. E olha que Embraer quer dizer Empresa Brasileira de Aeronáutica. Então, tá. Cabe a Lula do Brasil - sua formação em metalurgia deve ser pré-requisito fundamental para isso. Ou então, cabe a Jobim das Selvas - formado em direito e com notório saber como piloto de altos vôos políticos a vida toda.

INTOCÁVEL - Assim que a Embaixada Da Silva for promovida a Estalagem dos Amigos de Lula do Brasil, ela perderá o status de representação oficial e será tida, havida e reconhecida como um prédio de "pessoas comuns", sem imunidade diplomática. O governo hondurenho de fato já disse que não vai invadir a pensão onde Manuel Zelaya está omiziado. Nem precisa. Basta passar cadeado nas portas e janelas pelo lado de fora. A casa de tolerância do Brasil da Silva em Tegucigalpa restará intacta.

VIVA ZAPATA! - Agora o México se oferece para mediar a crise em Honduras. A chanceler mexicana, Patrícia Espinoza, não diz que sim nem que não, muito pelo contrário para todas as partes conflitantes. Nem sabe explicar porque Zelaya foi parar na hotelaria brasileira, quando tudo indicava a embaixada do México em Tegucigalpa, como o melhor abrigo para Zelaya - o cara que se expressa inclusive no mesmo idioma de Zapata. Se expressa, não. Enrola o que Zapata diria.

Foto: El Heraldo/Tegucigalpa
Manuel Zelaya se abraça, em sinal de paz, ao padre Andrés Tamayo que neste domingo rezou uma missa na casa de tolerância do Brasil da Silva, em Tegucigalpa.

Mui amigos!

Será que depois dessa "armação" de Hugo Chávez pra cima de Lula do Brasil, eles vão continuar "se dando bem"?!? Dá pra responder, até sem dar: esse é o tipo de amizade que permite uma sacanagem assim. O metido a dono desses bocados de América que sobram dos Estados Unidos mandou o golpista do referendo Manuel Zelaya procurar abrigo na Embaixada Da Silva.

Botou no colo de Lula do Brasil o safardana, escorraçado pelo Parlamento e pelo Judiciário hondurenhos. Lula ficou com a mesma cara. Faz que nem se dá conta do absurdo ridículo em que se meteu: asilou o idiota que entrava no próprio país e não o gaiato que foi corrido de lá.

Nuncanahistóriamundial se viu coisa igual: o fugitivo fugiu para dentro da casa que o colocara no olho da rua. E Lula do Brasil faz papel de bobo e violenta a decisão soberana do Legislativo e do Judiciário de Honduras, como se ele mesmo não vivesse alardeando que na soberania do seu Brasil ninguém tasca - dá abrigo a quem não lhe dá a mínima importância.

Zelaya não tem o menor respeito por Lula do Brasil. Mesmo sob a recomendação hospitaleira do discursador brasileiro de que não deveria fazer manifestações políticas, continua insuflando a dissidência, a desobediência civil, a conflagração - como faz bem a Hugo Chávez, seu mentor espiritual e ídolo transacional.

O que se vê disso tudo é que Lula do Brasil está colocando pra fora de si mesmo o pequeno grande ditador que há dentro dele. Antes de arrepiar a decisão judicial de Honduras, já tinha atropelado a Justiça italiana, no caso Cesare Battisti - como se o Direito Romano não fosse um dos pilares mais sólidos da legislação brasileira.

Ao contrário da esperteza política que caracteriza o status quo brasileiro, falta estudo e cultura jurídica para o presidente do Brasil da Silva. E desconfiômetro para medir o tamanho da vergonha que está passando como subalterno de Chávez e cúmplice de um tal de Manuel Zelaya.

Para Lula do Brasil o que importa é que o bolsa-família lhe garante 80% de aprovação em qualquer bosta que jogue na pá do ventilador. Mesmo que isso respingue nos brasileiros.

Brasil da Silva

Agora sim, a candidatura Marina Morena - a que se pintou de verde - ganhou impulso definitivo: Maluf criticou Marina e elogiou Dilma Roucheffe. Nuncanessepaís um candidato sonhou com um ponto tão forte a favor. O maior desastre seria Maluf ter elogiado Marina.

O governo Lula do Brasil está tão aturdido com a candidatura de Marina Morena Silva que chamou o médico Alexandre Padilha para ser o seu articulador político. Ele chega com o amém de Dilma Roucheffe e as bençãos de Gilberto Carvalho, chefe de gabinete do Chefe. Alexandre é militante petista desde criancinha, foi "cara-pintada" no tempo do hoje amigo Fernandinho Beira-Collor, mas sua maior virtude é ter vivido no vasto e esquecido mundo da Amazônia por quatro anos. Vem infectolizar a campanha contra a verdoenga Marina.

O Brasil Da Silva

Foto: El Heraldo/Tegucigalpa
A Embaixada Da Silva virou mesmo casa da sogra, da mãe Joana, de tolerância: neste domingo, a ex-primeira dama Xiomara Castro aplaude o bailado debochado de um seguidor de seu marido Manuel Zelaya no pátio da sede diplomática do Brasil da Silva.

Por enorme fastio, absoluta falta de holofotes e extrema necessidade de provimento bélico, o governo Lula do Brasil pode transferir - nos próximos nove dias - a Força de Paz do Haiti para a beligerante Honduras. Afinal, o Brasil da Silva é um país pacífico. Só tem amigos. E que amigos!

Nuncanessepaís o Itamaraty foi tão trapalhão. Conseguiu aboletar um rufião da coisa pública hondurenha na sede diplomática do governo da Silva, em Tegucigalpa e agora não sabe o que fazer. Nem com o hóspede, nem com a casa que está sendo promovida a estalagem de estrela cadente.

Lula da Silva qualquer dia desses vai agendar uma visitinha ao Brasil. É provável que dê uma chegada rápida ao Palácio do Planalto, antes de passar por Caracas, só para matar a saudade do abraço sincero e puro de seu conselheiro-mor, Hugo Chávez.

Assim que souberam do empate de preferências em mais uma pesquisa de opinião púiblica, Dilma Roucheffe e Ciro Gomes já começaram a bater-boca. Um anda chutando a canela do outro. Se Ciro fosse mais prudente, chamaria a Patrícia Pillar para bater em Dilma. Não correria o risco de apanhar da candidata mais durona dessa notável campanha entre a fome a vontade de comer.

O governo de fato de Roberto Micheletti errou quando, ao invés de pegar Zelaya de pijama e colocá-lo no banco dos reús, mandou-o para o olho da rua. O erro foi menos contra Honduras do que contra o Brasil Da Silva. Zelaya a esta altura já estaria na cadeia e não como um visitante incomodativo que usa e abusa da hospitalidade para promover a conflagração e o tumulto geral no país em que o Parlamento e o Judiciário o escorraçam.

Como o Brasil da Silva não é de guerra, é só de papo, antes de fazer a guerra vai querer a paz. E a paz só será restabelecida com Honduras se o Brasil fechar sua embaixada por lá. O Brasil da Silva de Lula vai sair de lá. E não perde nada. Sai até ganhando: fecha por uns trempos uma embaixada que virou estalagem, hospedaria de um hóspede incômodo, agitador, abusado.

Brasil da Silva, o Provalecido

Imagem: ABr

Hoje é o primeiro dos últi-mos nove dias para que a Em-baixada do Brasil da Silva em Tegu-cigalpa ganhe o status oficial de Estalagem para golpistas de referendos e fanfarrões. É assim que está resolvido pelo provisório governo Micheletti.

Como o governo Lula está do lado de seu honrado hóspede, é bem provável que Celso Amorim, gerente da hospedaria, tenha que pegar em armas e ir à luta contra o povo hondurenho.

Assim é que, depois de atravessar o Século 20 em paz, estreiaremos no 3° Milênio com uma guerra de puro provalecimento. Não bastam os 190 milhões de habitantes que temos para enfrentar os menos de 8 milhões de hondurenhos. O Brasil vai à luta com o apoio de forças aliadas - Venezuela, Chile, Argentina, Cuba, Porto e Costa Rica, Nicarágua, El Salvador - para combater a mui leal e valerosa Honduras - um dos menores e mais pobres países do continente.

E vai com tudo: deslocará seu notável poderio bélico - navios, submarinos, helicópteros e caças Rafale, cujos motores têm sotaque francês.

O Brasil da Silva bem que poderia escolher alguém do seu tamanho para brigar. Porque se calla en cuentra Rússia, China, Índia, Estados Unidos y otros tan menos ticos que la poderosa Honduras?!?

O mais ridículo e humilhante de tudo isso é que, em caso de beligerância concreta, Lula do Brasil vai ter que pedir armas emprestadas para seu comandante-em-chefe, o basofeiro Hugo Chávez. Do contrário, o seu país pode pagar - contra Honduras - o mesmo mico que foi pago na Guerra do Paraguai.

27 de set de 2009

Equação no País do Futebol da Silva

Imagem: flickr.com
A desmoralização do escândalo está para o governo, assim como a banalização do fracasso está para o futebol carioca.

Alternância de e nos Poderes

Foto: El Heraldo/Tegucigalpa
No dia 7 de outubro a Embaixada de Lula do Brasil em Tegucigalpa vai perder o status de sede diplomática. O governo de Roberto Micheletti estabeleceu o prazo de 10 dias para o Brasil da Silva decidir qual é a situação de Manuel Zelaya na estalagem do governo brasileiro em Honduras.

Como Lula voltou a rouquejar que não reconhece o mando de Micheletti, então já se pode prever que na primeira quinta-feira do mês que vem, Celso Amorim será promovido ao cargo de gerente da Hotelaria Da Silva, na capital hondurenha.

Dessa maneira - sem salvo-conduto constitucional para bancar o bunker de Zelaya, as forças militares de Honduras podem partir da simples presença em torno da casa-albergue para o grande e definitivo abraço.

E, então, o Brasil da Silva reagirá à altura. Mobilizará sua frota naval, seus submarinos, suas tropas terrestres e seus caças aéreos que ainda não chegaram da França, para colocar as coisas em seus devidos lugares no país dos outros.

E, logo depois, Zelaya deixará o refúgio lulático para... tirar o cavalinho da chuva: Hugo Chávez assumirá a presidência de fato da poderosa Honduras. Dilma Roucheffe pode ser nomeada interventora de Tucigalpa. Zelaya - com a experiência adquirida - será indicado embaixador do governo Lula do Brasil.

Ah, sim... Roberto Micheletti será alçado à condição de ministro da Secretaria de Planejamento de Longo Prazo, no lugar ainda vago de Mangabeira Unger - o que escreveu um dia que o governo Lula era "o mais corrupto da História do Brasil".

O Protetor da Vila Famosa


Enquanto Neymar não tiver como seu procurador um amigo de fé, irmão, camarada de Luxemburgo, vai continuar no banco.
Assim, estará sob a zelosa proteção do treinador que não pode permitir que "um menino tão jovem se 'queime' para o futebol antes do devido tempo".

Luxemburgo está treinador do Santos, o time da Vila Belmiro que ficou famosa porque Pelé era seu astro, aos 15 anos de idade.

Dois lancezinhos:
1) Colocando o menino para jogar pouco mais de 20 minutos por partida, "queima" só um pouquinho?!?
2) Agora que está sem chance para a Libertadores, o sonho de Luxemburgo chegar a um titulozinho internacional fica mais longe. Ele só não deixa o Santos hoje mesmo porque não tem para onde ir.

Toffoli, o membro

Não interessa se, nesse glorioso dia 30 que vem por aí, Toffoli não responder - na sabatina que lhe será feita pelos senadores - aos pré-requisitos de "notável saber jurídico" e "reputação ilibada".
O que importa é que Toffoli será ministro do Superior Tribunal Federal, porque Lula do Brasil quer e pronto!

Toffoli responde a processo no Amapá - terra que já foi do manganês e mais nada e não tem saber notável coisa nenhuma: foi reprovado duas vezes nos concursos que prestou para ser juiz de direito.
Depois do dia 30, Toffoli será mais um membro viril e erecto do STF. O Brasil da Silva, penhorado, vai agradecer.

Dilma, presidente

Então, já se sabe, Dilma Roucheffe é a candidata de Hugo Chávez. Enfim, uma mulher vai presidir a Venezuela. A menos que a capital venezuelana deixe de ser Caracas, para se chamar Brasil da Silva. Do jeito que Chávez invade o país de Lula, falta pouco para isso.

No caso de ser eleita aqui, Dilma Roucheffe será o nosso Hugo Chávez amanhã.

Diante da enorme indecisão para a escolha de um vice para Dilma Roucheffe e das insuperáveis dificuldades em território hondurenho, o mais provável é que Lula do Brasil indique Zelaya para a chapa de seu poste preferido para 2010. Zelaya para vice, já!

E basta!

Resuminho da semana: despautaram Sarney e CPIada da PTrobrás; Lula do Brasil desmoraliza Ciro Gomes e o transforma em bisturi da operação para salvar Dilma e dissecar Zé Serra; Chávez desmoraliza Lula e o transforma em hoteleiro do golpista Zelaya.

Atendam os cupulantes

Foto: R. Stuckert/PRÉ numa hora dessas que o Brasil deixa escapar a oportunidade de dar a uns que outros o que eles verdadeiramente merecem. Com o dinheiro da gente, a turma vai para essas cúpulas e só cupula, cupula e não sai de cima. Digam aí, quem acabou bem nessa cupulagem estéril em Isla Margarita?!?

Em Isla Margarita, na 2ª Cúpula Asa - América do Suil e África, os que foram lá para cupular pedem a "restituição imediata e incondicional do presidente constitucional Manuel Zelaya à Presidência".

Ora, os que bancam o governo Lula do Brasil é que estão fazendo doce. Já deveriam ter entregue esse cara para o povo hondurenho há muito tempo. Atendam os cupulantes. O Parlamento e o Judiciário de Honduras vão adorar.

E aproveitem também para mandar o Celso Amorim desinfetar já, já a Estalagem da Silva, em Tegucigalpa.

CUPULAGEM

Esses caras são mesmo uns cupulantes. E essa 2ª Cúpula, sob o sol inclemente da Ilha Margarida, não poderia ter outro nome: Asa. De longe, a gente fica sabendo e sentindo o quanto eles suam numa hora dessas.

No meio da cupulagem, por pior que seja, há sempre alguma coisa pior ainda: agora se sabe, por exemplo, com quem Dilma Roucheffe conta daqui pra frente. O truculento e histriônico Hugo Chávez botou a boca no trombone, na maior intimidade: "Minha candidata é a Dilma". Dona Dilma, faça o favor. Respeito é bom e a gente gosta.

Só digam uma coisinha: Chávez vota em que Zona Eleitoral aqui no Brasil da Silva? Qual o número do título desse paspalho? Quem foi que pediu a opinião dele? Ninguém vai mandar Chávez meter o nariz em coisas mais Honduras do que essa?!?

Lula do Brasil também é metido a bom cupulante. Aproveitou a Asa para fazer mais um suarento discurso: "Lutamos muito para varrer para a lata do lixo da história as ditaduras militares. Não podemos permitir retrocessos deste tipo no nosso continente". Ele se referia, é claro, à questão de Zelaya que transformou a embaixada de Lula do Brasil em uma reles hospedaria de estrelas cadentes.

O que Lula do Brasil não disse é que jogaram a vassoura fora também. Aqui no Brasil, passaram a usar panos de prato com as digitais de deputados e senadores para empurrar a sujeira para baixo dos tapetes e montaram eficientes redes de lavanderias para serviços gerais e notas derramadas das burras públicas.

E essa história de "lutamos muito"... O quié isso, cumpanhêro?!? A guerrilheira jura que não pegava em armas; o outro virou "papagaio do Araguaia"; mais aquele que detesta bengalada, chefiava os mensaleiros... Tá bom, mesmo estropiados - um dedo pra lá, um susto linfático, um abraço forte de Sarney, um afago de Renan, um beijo na mão de Jader Barbalho, um sorriso de Beira-Collor, um voto de Chávez, uma ordem de Evo Morales, um cândido olhar de Tininha Kirchner - mesmo escalavrados assim, a luta continua! E não podemo se entregá pros home!

E cúpula é pra isso mesmo. Hay que cupular, pero sin perder la ternura. Um dia, o Brasil da Silva vai ser igualzinho à Venezuela e um pouquinho pior que Cuba.

26 de set de 2009

Bola Genérica

TREINOS FECHADOS, NEM PENSAR
Moisés Pereira


Iniciei, digamos assim, minha formação no futebol na década de 50 por intermédio do Correio do Povo que meu pai assinava em parceria com meu tio e que chegava na minha Santa Vitória do Palmar às terças, quintas e sábados via Varig pousando no campo de aviação.

Assim na terça-feira eu lia sobre o Grenal que tinha sido realizado no domingo e muitas vezes com um rádio incipiente e incerto nem sabia o resultado. Acredite se quiser. . . Mas quase nas barrancas do Arroio Chuí era assim que acontecia.

Porque nasci na casa que viria a ser a sede do PTB do Getúlio, do Jango e do Brizola, onde a minha tia alugava a sala para as reuniões do partido, desde cedo fui um animal político, mas gostava mesmo era de futebol.

Do velho Correio lembro a Seção “Na Câmara e no Senado” onde acompanhava os discursos do Rui Ramos, Carlos Lacerda, Brizola e outros, mas sobre futebol na terça eu lia ainda o jornal de domingo e o de segunda-feira.

Hoje com a informação em tempo real e, por vezes tendo a opinião no Sanatório antes do fato virar notícia fico invocado quando contrariando tudo e a todos os nossos gênios-treinadores insistem em fazer treinos secretos para esconder o que todos ja sabem.

Se pela TV os nossos deputados e senadores (palavrão tá liberado no blog) invadem a minha sala na hora em que estão ou deveriam estar legislando, se tudo está sendo escancarado on line, convenhamos fechar os portões dos treinamentos chega a ser ridículo e até uma frescura.

No meu tempo de repórter setorista sentava no banco ao lado do saudoso Galego e do Tenente Fonseca, em Pelotas, assistia e não havia mistério. Era bem melhor.

Infelizmente o poder do técnico de futebol é maior do que sua capacidade e o bom senso. Endeusados por uma mídia intensa e acobertados por dirigentes amadores dão-se o direito de brincar com a inteligência do torcedor e submeter-nos a essas idiossincrasias megalomaníacas.

Uma e outra

Foto: R. Stuckert/PR
As imagens são de Pittsburgh/EUA - Marilyn Monroe e dona Marisa Letícia da Silva. Marilyn é a que está sem a bolsa tamanho família.

A salvação da lavoura.

Foto: ABr
Mais do que da lavoura, o pré-sal agora é, em tudo e por tudo, a salva-ção da pátria. Lula do Brasil ao sentir que tinha dado com os burros n'água fria nesse caso lá de Honduras, já anunciou uma bacia de pré-sal na Bahia, maior que qualquer outra. Pelo menos até à próxima mancada.

Como é que o Top Top do Palácio, Marco Aurélio Sargento Garcia, encontra moral e respaldo para dizer que o Brasil da Silva está cheio de razão ao abrigar um "presidente constitucional" como Zelaya.

No mínimo, Lula do Brasil está desrespeitando o Parlamento e o Judiciário de Honduras que rechaçaram com energia - talvez até com demasiada rapidez - a tentativa do golpe do referendo que o novo morador da Embaixada Da Silva, em Tegucigalpa, ia perpetrando nas eleições interrompidas. Isso é atropelo à soberania hondurenha.

Essa atitude, no entanto, não surpreende a mais ninguém. Pelo menos já não causa espanto àqueles que não recebem bolsa-família. O que o Brasil da Silva está fazendo com o Judiciário hondurenho já fez com o Judiciário italiano no caso Battisti. Pala Lula, lei é o malido da laínha.

E se o exército hondurenho não arredar pé do entorno da Embaixada de Lula do Brasil, lá em Tegucigalpa? O que será mesmo que o Brasil da Silva vai fazer: saltitar de raiva, roer as unhas, bater na madeira, mostrar com quantos paus de se faz uma canoa, invadir Honduras, repor os fundilhos de Zelaya no trono que não tem usado no território do Brasil de Lula, chutar o pau do barraco, virar o balde de água de coco na sala de TV da chancelaria, remendar o discurso de Zelaya, lançar Dilma Roucheffe como candidata à presidência de Honduras?...

A maior demonstração de poderio do governo Lula do Brasil da Silva seria, talvez, levar a tropa de choque governista que está montada no Congresso há quase oito anos. Experiência de ataque é que não falta para Almeidas Limas, Salgados, Paulos CaDuques, Idelis Salvattis, Romeros Jucás, Renans Calhordeiros, Fernandinhos Beira-Collors e outros camuflados, como Suplicys, Mercadantes & companhia ilimitada. Tudo sob o comando firme e decidido de Celso Amorim e do Sargento Garcia.

Com esses tropeiros, Honduras não resistiria uma semana. Ó, top-top!

A coroa do rei e confronto do fim dos tempos

Enquanto o G20 se reunia em Pittsburgh para não resolver nada, Lula do Brasil se encontra com seu guru, Hugo Chávez, para um bom fim de semana em Isla Margarita - paraíso venezuelano nas águas do Caribe. É a Cúpula América do Sul-África, presidida pelo rufião Chávez com a digna presença de Muar Kahadafi - o pé de Lula na África.

Seguem transando a formação do G-Sul/Sul - mistura de América do Sul com a África do Sul. E assim vai ficando mais próxima a realização do grande e ambicioso sonho de Lula do Brasil chegar ao trono da ponta extrema do lado de baixo do mundo.

E então ficará logo estabelecido o grande confronto do fim dos tempos; o Sul contra o Norte. Assim é que faz sentido essa hilária corrida à caça de caças, helicópteros e submarinos. O mundo que fica por baixo é um submundo. Vai sentar bem essa coroa.
RODAPÉ - Essa gente não faz História; faz geografia. Estão virando o mundo de cabeça pra baixo.

Onda em Honduras

Fotos: El Heraldo/Tegucigalpa
O padre Andrés Tamayo reza missa no sagrado templo de Lula do Brasil, na Embaixada Da Silva, em Tegucigalpa. O gesto largo é de puro exorcismo.

Os hondurenhos sabem que Zelaya só fez isso o tempo todo.

A verdadeira face

Foto: El Heraldo/Tegucigalpa

O amigo de Lula do Brasil, Manuel Zelaya, albergado da Embaixada Da Silva, em Honduras, mostra sua verdadeira face. Há quem diga que pode se tratar do apresentador Ratinho, em mais uma notável performance no SBT.

O cavalo paraguaio e a dama fora do baralho

Os governistas e seus agregados de"fidelidade canina", como o ex-chefe da Casa Civil e deputado cassado Zé Dirceu, dizem que Ciro Gomes vai tirar votos da oposição e iluminar o poste preferido de Lula para 2010.

Ledo engano. É cavalo paraguaio, larga bem e perde feio na chegada. O próprio Ciro Gomes se ilude e alardeia: "Serra é o meu adversário". A basófia não significa nada mais do que o seguinte: ele considera a dama Dilma Roucheffe carta fora do baralho.

In Memorian

Pelo visto, para o governo Lula do Brasil, o primeiro país a sair da gripe suína foi o Brasil da Silva. Alguém ouviu falar dela por aí?!? Pois saiu de pauta. Morreu.

A vitória dos governistas foi retumbante na CPIada da PTrobrás. Alguém ouviu falar dela por aí?!? Pois saiu de pauta. Morreu.

Alguém ouviu falar por aí de Paulo CaDuque - o reserva do reserva que virou titular da Comissão de É/titica e mandou arquivar os 11 processos contra Zé Sarney?!? Pois saiu de pauta. Só não morreu, porque já estava morto e não sabia.

Alguém ouviu falar por aí do gado do Renan?!? Pois saiu de pauta. Há quem diga que foi transferido para uma fazendola no Pará, logo por onde anda, de quando em vez, Lulinha da Silva. Não morreu. Anda pastando.

25 de set de 2009

Paz no Brasil Da Silva

Para que o país viva em paz, reze para que Lula do Brasil não perca as eleições em 2010. Se outro - que não o seu candidato - for eleito, o Brasil da Silva mudará de figura e o PT inchado de aliados bem nutridos voltará às ruas, aos portões das fábricas, aos comícios-relâmpagos, à panfletagem raivosa à cata dos empregos públicos perdidos, dos cargos desperdiçados, das bocas sumidas, dos tesouros escondidos.

E, de novo se ouvirá a voz rouca das ruas. O povo se levantará e bradará irado contra o governo direitista, conservador, mercantilista, demagogo, aproveitador que a amorfa oposição de hoje não consegue demonstrar.

Que vençam, para todo o sempre, os candidatos do presidente de honra do PT. Para o bem do povo e paz geral na nação.

Brasil Da Silva

RABUJENTA - Respondendo a correspondentes estrangeiros que queriam saber da sua fama de ranzina e de durona, dona Dilma Roucheffe franziu o cenho e disse que "se puder ficar paz e amor, é bom que se fique". E, sem cerimônia, comparou-se com Margareth Tatcher e Hillary Clinton. Quando disse que está "cercada de homens meigos" tinha um ar de rabujenta. Mas deve achar Lula, o homem mais assíduo a seu lado, um exemplo de meiguice.

DESARMADA - No fundo, no fundo, no fundo, Dilma Roucheffe não precisa pegar em armas para meter medo. Para ela, já se vê, é preciso endurecerse pero sin perder la meiguice.

POR QUE NO TE CALLAS, ZÉ?!? - Zé Dirceu botou no seu blog que Dilma Roucheffe tem que "agilizar" sua campanha. Em vez de ficar quieto e tratar de sua complicação lá no STF por sua relação de chefia com os mensaleiros, fica fingindo que é o guru do poste predileto de Lula do Brasil.
PUNHALADA - E, então, Lula do Brasil fez a grande costura: Meirelles sai do Banco Central e vai para o PMDB. Enfim, o partido adesivo, pode pensar em ser cabeça-de-chapa em 2010. Simples assim? Uma pinóia! Michel Temmer acaba de levar uma punhalada lulática bem no meio do seu ego. Isso ainda vai acabar mal.

ARRASOU - Ciro Gomes diz que Zé Serra "é mais feio na alma do que no rosto". Aí doeu. Não deixou nada de fora. A menos que ele tenha alguma queda pelo sorriso do governador paulista.

BONITINHO - Cá pra nós, Ciro Gomes com aquele topete rebelde, à moda Zé Bonitinho arrependido, tipo assim pega-rapaz do Bill Halley e seus Cometas, não é lá essas belezas raras, não. Seu cacife é a Patrícia Pillar - um protótipo de primeira-dama à altura da Carlinha Sarkozy. Mas Ciro nunca vai ser presidente da França.

PRÉ-FRIO - Foi só Lula do Brasil elogiar os caças franceses Rafale que dois deles foram logo caindo no mar. Vai ver que se trata apenas de um teste para saber como se sairão na busca oceânica os submarinos que ele encomendou pra causar inveja em Hugo Chávez. Só falta dois deles afundarem.

Solte seu bichos

Sexta-feira, dia das bruxas. Tempo de soltar os bichos. Então, pegue aí dois pontos a ponderar que não levam a lugar nenhum:

1) Fases etílico-sentimentais - Tudo começou aos 15 anos, com o primeiro e juvenil pileque de um instigante "pesquinho" - licor bem brasileiro e periférico que suga a sua resistência e dá um desgosto genérico às mães, quando se consegue acertar o botão da campaínha no amargo regresso à casa paterna;

seguiu pela adolescência afora, em doses da moda sinatriana de Jack Daniel's, sempre três pedrinhas acima do nível do mar;

foi em frente pela larga fase quase adulta com generosas porções de vodca Konskenkorva com gomos de laranja, deixados às bordas das mais distantes mesas de bar;

agora, no outono que salta os verões e cai em todas as primaveras, o saudável e glamuroso Dry Martini: duas doses de gim, uma de vermouth seco e uma azeitona sem caroço com dois palitos à tiracolo, repassadas em muitas pedras de gelo que se deixa de lado. O gelo, é elementar. E, claro, sempre à espreita do próximo brinde à noite, ao dia, à vida.

Ao contrário do que se possa imaginar, não bebe todas. Só as absolutamente necessárias, dependendo da lua - dessas luas que surgem no céu, ou tresandam no estado de espírito. A verdade é que, sem mudar a dosagem, a conta de palitos vai pra mais de uma caixa de cem meras unidades por mês. Acho que vai parar com os palitos. A azeitona vai ter que aprender a ser só. E considere: nunca, jamais, em nenhuma dessas etapas, esse bebericador contumaz deixou de lado o sotaque espanhol inconfundível de um Marquês de Riscal de boa safra.

Por tudo isso nunca soube bem se tem se deixado incorporar por um James Bond qualquer, ou um Ernest Hemingway sem depressão. Menos rifle, muito menos; mais Dry Martinis. É um bebedor volúvel. Demorada e ciclicamente volúvel.
Mas, uma coisa é certa: jamais vai sujar a concavidade de seu punho com sumo de limão e sal só para dizer que toma tequila do jeito que se beberica em Cancun e Acapulco. Detesta limão.

2) A musicalidade dos baianos - Essa é fácil. Tudo que eles cantam e dançam com a alma e com os pés - necessariamente nessa ordem - é feito com a cabeça voltada para Rio de Janeiro. Quem nasceu pra Caetano, jamais será Tom Jobim.

BRASIL DA SILVA

CORTANDO O QUE NÃO HÁ - Sob nova direção, a Agência Senado - um verdadeiro templo à moda Mesquita - faz das tripas coração para que qualquer suspiro de Sarney vire manchete. A grande notícia agora é que Sarney autorizou o corte de 500 vagas na Casa do Polvo. Esse carcomano é do que não há: está cortando o que não existe. As vagas estão ainda por lá, à espera de concursados que nunca foram chamados. Estão jogando para a platéia.

AINDA ESTÁ LÁ -Senado deve demitir amanhã ex-namorado da neta de Sarney. Só mesmo porque é ex-namorado. Agora vai ser ex-funcionário também. Já era para ter ido embora de onde nunca deveria ter estado.

BINGO! - Se o senhor não tá lembrado, dá licença eu vou contar: Lula do Brasil, em plena fuzarca do Mensalão, regorgou a todo pulmão: "Bingo é pior do que prostituição infantil". O tempo passou, a missa de 7° Dia já foi rezada, a meninada cresceu e os moínhos não se moveram...

ATOS DE FATO - Senado anula 174 atos secretos. Ainda estão sobrando 500, afora os que foram realizados às escâncaras - que desses, ninguém se importa.

DÚVIDAS - Volante Richarlyson é dúvida para o clássico de domingo. Há outras dúvidas bem piores do que esta no São Paulo.

Acredite quem quiser...

Lula do Brasil, em Pittsburgh: "Vocês vão ter que acreditar num golpista ou em mim".

Ele retrucava assim, desse jeito, a um comunicado do Ministério das Relações Exteriores de Honduras condenando a atitude do governo brasileiro que abrigou o golpista do referendo na Embaixada da Silva, em Tegucigalpa: "houve uma evidente intromissão do governo do senhor Lula da Silva nos assuntos internos de Honduras ao acolher Zelaya".

RODAPÉ - Vocês, quem, cara pálida?!? Quem estiver só um pouquinho atento não tem que acreditar em ninguém que use o referendo popular como trampolim para mergulhos nas águas mais escuras da democracia. Mesmo no maravilhoso e imaculado Brasil da Silva, a democracia tem seu lado escuro.

Plano B

Imagem: JImprensa
Cada vez mais dona Dilma Roucheffe se consagra como poste. Em assim sendo, Lula do Brasil já começa a lhe dar as costas. Já voltou-se, outro dia, para Henrique Meirelles - um dos mandarins da economia do Brasil da Silva - e o aconselhou a assinar ficha com o PMDB.

Pronto, Meirelles já foi recebido de braços abertos e corações compungidos pelos imbatíveis adesistas de qualquer poder vigente no país. Ele é tudo que o partido queria. Mais do que uma boquinha de vice, agora o PMDB pode ser até cabeça de chapa para 2010.

Pedro Simon, Jarbas Vasconcellos & Cia. nem sabem o que dizer. Já Fernando Henrique Cardoso, dá risada. Pode voltar ao poder em 2010. Por sua vez, Lula do Brasil acaba de entrar numa bola dividida: entre uma punhalada nas costas e um gol contra, fica na expectativa de que a decisão seja nos pênaltis.

A marolinha do "Minha Casa, Minha Vida"


Aquela onda toda de Luiz Inácio Lula do Brasil e Dilma Roucheffe prometendo para até o fim do ano que vem um milhão de moradias sob o espalhafatoso título de "Minha Casa, Minha Vida" virou "marolinha".

Até agora, apenas 60 mil casas foram contratadas. Isso é pouco mais de 10% do que a dupla dinâmica palanqueou há seis meses já, com direito a pompa, circunstância, publicidade, marketing político e a claque de sempre.

Toda vez que alguma coisa tem que sair do papel para virar trabalho mesmo, dá nisso que deu: nada. Esse governo - já se sabe - adora o trabalho. É capaz de passar o dia inteiro sem fazer nada, apenas vendo os outros trabalhando.

RODAPÉ - A foto é ilustrativa. Conseqüência de busca na internet, vem com a assinatura www.bahianoticia serve para mostrar o bom gosto do ex-ordenador do Senado, Agaciel Maia e mais: que, com um pouco de esforço, todo brasileiro pode ter uma versão genérica. Basta acreditar em quem promete realizar o seu sonho da casa própria.

24 de set de 2009

Rebeldes com todo gás

Enquanto Lula, presidente do Brasil da Silva se reunia com empresários em Pittsburgh, cães policiais afastavam manifestantes que protestavam contra o G20 com gás lacrimogênio. Seria bom saber o que teria levado esses rebeldes a tamanha revolta. Vai ver o salário deles é um pouco menor do que o da banda que estava reunida. Uma coisa deu pra notar: estavam com todo gás. Outra coisinha: tinha mais revoltosos por lá do que em volta da Embaixada da Silva, em Tegucigalpa.

FORA DE FOCO

Foto: El Heraldo/Tegucigalpa
Zelaya em seu quartel-general, a Embaixada da Silva, em Tegucigalpa.

NO ALVO - Quem acertou na mosca foi Marina Morena - a que se pintou de verde: "Lula perdeu o foco na ONU. O encontro era para falar sobre o clima; ele falou sobre Zelaya e Honduras". Tradução: Lula do Brasil não sabe nada dessas outras coisas sem graça, como meio ambiente, poluição, degradação e outros quetais. Prefere outros quintais.
DEIXA ASSIM -Sarney diz que vai extingüir 500 cargos. Só não extingüe o mais inútil de todos, o dele. Melhor deixar que Lula do Brasil continue mandando lá do Palácio.

A TÁTICA - Dunga admite a possibilidade de entrar com um time misto contra a Bolívia. Pô, parece até o Luxemburgo. Já entra em campo com uma grande desculpa para o caso de uma derrota.

MARIA ANTONIETA VIVE! - Crise em Honduras: "Sobrevivemos com biscoitos" - diz o diplomata brasileiro, Francisco Rezende Catunda. Claro, ele preferia brioches. Bolas, Zelaya instalou uma república na Embaixada da Silva. O que é mesmo que esse Catunda queria?!? Cavacos do ofício, meu.

TIRA DA SALA -Veja só esse depoimento narrado pela BBC Brasil: "Eu não me lavo ou troco de roupa desde que cheguei e durmo de roupa no chão", disse Milton Benitez, de 32 anos, à AP. Benitez é um escritor que diz não ter votado em Zelaya, mas veio apoiá-lo. Benitez disse que só conseguiu escovar os dentes uma vez, e mesmo assim com uma escova de dente que já tinha sido usada por outras nove pessoas. Cá pra nós, melhor seria deixar para escovar os dentes mais tarde. Nos tempos do Epa, a turma ariava os dentes com pó de tijolo. E ninguém morria de escorbuto.

SEM NOÇÃO - No fundo, no fundo, no fundo, essa gente não faz o que tem que fazer: ir se queixar pro Lula do Brasil que tramou com Chávez o asilo do malandrão Zelaya no maior come-dorme lá na Embaixada da Silva.

BELICISMO - Já está passando a hora de Lula do Brasil comprar os caças Rafales da França. Não é por nada, não. É só para dar cobertura aos submarinos que vêm aí, como prevenção contra a Armada paraguaia.
INTRAMUROS - A Embaixada da Silva em Honduras tem status de território estrangeiro. Por isso, a polícia e o exército hondurenhos não podem entrar no prédio. Não podem mesmo, mas só enquanto ele tiver paredes por fora.

PATRIOTADA - Na quarta-feira, cerca de 100 pessoas ainda permaneciam no prédio da Embaixada da Silva, incluindo a mulher de Zelaya, Xiomara e vários ex-ministros dele. Alguns dos ocupantes do prédio dizem que não notaram o intenso aroma do edifício porque as janelas ficam abertas durante o dia, e como dizem por lá, "todos estão na mesma situação". É comovente o espírito patriótico da turma. Mas basta tirar o bode da sala que tudo muda.
SEM COBERTURA - Lula do Brasil não quer conchavos políticos na Embaixada da Silva. Elementar meu caro, ele não conta com Romero Jucá nem Ideli Salvatti por lá
EUFORIA - O staf de Lula do Brasil não consegue conter sua euforia: o presidente Lula do Brasil da Silva está sentado à mão direita de Barack Houssein Obama. Espalham a boa nova pelo mundo. Escondem o fato de que a ordem de precedência na mesa do G-20 é pelo tempo de antiguidade no posto. Lula do Brasil está há quase oito anos no cargo. Só um no grupo é mais longevo do que ele no poder, o que está à esquerda, lado do coração de Obama.

Pettisburgh por Rottweiler

Foto: R. Stuckert/PR

Então, você vê aí à porta do Aero-51, Lula do Brasil e sua Marisa Letícia, muito mais elegante com seu terninho preto e sua enorme e vistosa bolsa-família do que Dilma Roucheffe e sua bolsa Kelly. Estão deixando Pittsburgh nos Estados Unidos. Lula do Brasil estava ansioso para deixar Pittsburgh e ir ao encontro de Rottweiler, em outro lugar qualquer do mundo.

O GOLPE CONTRA HONDURAS

Não demora nada cai o governo que derrubou Zelaya do poder em Honduras - uma tittica de galinha no contexto mundial, diante das incalculáveis dimensões da bosta que os Estados Unidos representam no ventilador do planeta Terra.

Lula do Brasil, um dos articuladores da volta de Zelaya - o Ratinho de Tegucigalpa, está se reunindo com Houssein Obama, o maior causador da miséria do povo hondurenho alimentada pelo golpista do referendo omiziado na Embaixada da Silva.

Além do cerco econômico já decretado pelos EUA e da retirada do apoio tipo mediação da ONU ao processo eleitoral marcado pelo governo provisório daquele pequeno país, Lula do Brasil e Obama, vão engendrar pressões pesadas e definitivas para recolocar no poder o seu mais recente amigo para o que der e vier.

O governo Micheletti - seja lá quem for esse senhor que o trem não pega - tem os dias contados. Se chegar a tanto. Pode ser que sejam horas. Minutos. Uma piscadela. Com essa gente que não tem mãe viva, não dá pra cochilar; cai o cachimbo.

E simples assim. Zelaya antes de encontrar-se com Lula do Brasil aqui na República da Silva, se mancomunara com Hugo Chávez. Em aqui chegando, acertou os pauzinhos para seu festivo e surpreedente retorno a Tegucigalpa, bem às vésperas da realização das eleições marcadas para consolidar a soberania hondurenha.

E, como estava combinado, chegou bem na hora de bagunçar a eleição e, com esse jeitinho bem brasileiro da silva, ver seu mandato passar de cassado a prorrogado. Zelaya, sem eleições, continua presidente. Ainda que foragido. Foragido, mas presidente amigo velho, mui amigo, de Hugo Chávez, Houssein Obama e Lula do Brasil.

RODAPÉ - Como os hondurenhos já demonstraram que são patriotas e valentes é bem provável que garantam a mudança - tão comum no Brasil da Silva - de um governo provisório para permanente - como se fosse assim como as medidas provisórias daqui mesmo. Sem eleições, o governo Micheletti ou seja lá quem ele indique, representaria o fim da democracia em Honduras. Bem do tamanho daquilo que Hugo Chávez e Lula do Brasil elucubraram para Manuel Zelaya.

Estamos ralados

E então as pesquisas, por mais encomendadas que tenham sido, mostram que a rejeição ao nome de dona Dilma Roucheffe chega a saudáveis níveis de 40%. Então, sabe-se agora que assim que ela vença as eleições de 2010, já se pode iniciar um movimento nacional pelo seu impeachment, por absoluta falta de simpatia. O diabo é que essa idéia já nasce morta: a vereadora e guerrilheira urbana Heloísa Helena, único gênio belicoso nacional capaz de fazer eclodir uma revolução, também é dona de 40% de notáveis graus de antipatia popular. Vai ficar tudo como está. Estamos ralados.

Veja o colarinho...

Foto: Antonio Cruz/ABr
Assim que o Senado aprovou aumento de salário para os ministros do STF, esse cara aí, líder do governo Brasil da Silva, sugeriu equiparação salarial entre os Poderes - lugar onde o crime organizado já se infiltrou há muito tempo. Esse Romero Jucá que já desempenhou o mesmo papel no governo FHC, não toma atitude similar nem genérica com relação ao maldoso veto de Lula do Brasil ao aumento que, desde que se acomodou no Palácio, deve ao salário dos aposentados e pensionistas da Previdência. Veja bem o colarinho que contorna a gravata que enfeita o pescoço de mais esse bigodudo da República dos Calamares. E você aí nesse marasmo...

Liberdade ao PT

n PT agora está com medo de que seus fiéis seguidores, tidos e havidos como aliados, virem a casaca por Zé Serra e Ciro Gomes.

Faz sentido. É que o PT precisa de Dilma para livrar-se do jugo de Lula.

O partido sabe que, assim que o poste tiver luz própria, apaga a chama de seu criador no primeiro sopro. É da sua natureza. Logo que botar o pé no Palácio vai querer ficar para sempre por lá. Pelo menos por oito aninhos. E Lula vai ter que esperar sentado até 2018.

A volta do que não foi

Foto: Ag.Senado
Depois de 90 dias de intenso gozo de licença prêmio, longe do seu bunker mais secreto do que os atos que o levaram a entrar em férias, Agaciel Maia - o Sex Simbol da maior casa de tolerância do país, volta ao trabalho. Seu cargo agora é o de simples consultor do Instituto Legislativo Brasileiro (ILB).

O metrossexual servidor continua imune e impune pelos 663 atos secretos que teria cometido/permitido nos bons tempos em que não se dava com Zé Sarney, Renan Calheiros, Arthur Virgílio e essa penca de dignos representantes do Brasil da Silva. E assim é que volta aquele que nunca foi.

BRASIL DA SILVA

A canalha não age na calada da noite. A canalha esbraguela-se às escâncaras e em blocos concretos em plena luz do dia.

Aumentou o salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal. As pessoas "não-comuns" de lá passam dos magros salários de R$ 24 mil para míseros R$ 26 mil.

Agora a canalha pralmentar quer o mesmo aumento para si mesma. Faz sentido. Como é que deputados e senadores vão receber menos do que os incomuns do Supremo?!?

O que não pode - e Lula não quer e não deixa - é que os aposentados e pensionistas da Previdência ganhem mais do que já deveriam estar ganhando há muito tempo. Deus livre e guarde esse governo de ver um velhinho de bengala ganhando mais que um desempregado com bolsa-família!

MAIS 8 MIL VEREADORES
Foto: J Cruz/ABr
E, nesse meio tempo, assim como quem não quer nada, a maior casa de tolerância do Brasil, aprovou a emenda que nos contempla com quase 8 mil suplentes transformados em vereadores. No fundo, no fundo, no fundo - como rouqueja Lula faceiramente - são mais 8 mil cabos eleitorais para 2010 e todo sempre, amém.

BOCAS PARA SUSTENTAR

Hoje, no Brasil da Silva, todo trabalhador - mesmo solteiro - virou chefe de bolsa-família. Tem 15 milhões de bocas para sustentar.

L'Osservattore Pianíssimo

PASQUINO
De Roma - Carlos Eduardo Behrensdorf

A mais famosa estátua “falante” de Roma está na Piazza di Pasquino, ao lado da Embaixada do Brasil, fundos, na Via Santa Maria dell’Anima, na esquina onde funciona o consulado brasileiro. A “falante” é o Pasquino. Embaixada, consulado e o Pasquino são vizinhos.
A escultura é um fragmento de um antigo grupo de estátuas gregas. Ela representava Menelau carregando o corpo de Patrocolo e foi descoberta em 1501, quase por acaso. Mas esta é outra conversa.
Voltando à vaca fria, haviam outras “estátuas falantes” em Roma: Marforio, Madama Lucrezia, l'abate Luigi, il Facchino e il Babuino. Sobre a origem do nome Pasquino há diversas versões: tanto poderia ser um taberneiro, um barbeiro, um professor ou um sapateiro, todos eles chamados Pasquino. Provavelmente, por acaso as estátuas começaram a ser utilizadas para mostrar sátiras anônimas.

Com o tempo, as esculturas passaram a “receber” sátiras políticas, na maioria das vezes endereçadas ao Papa ou aos personagens importantes da época. Os passantes liam as mensagens coladas no Pasquino.
A leitura tornou-se um hábito romano, assimilado por viajantes e, nos tempos atuais, por turistas. O Pasquino é tão ou mais fotografado do que muita escultura espalhada pelo centro histórico de Roma.

O Pasquino quase foi destruido nos pontificados de Adriano VI, Sisto V e Clemente VIII. Mas, graças a Deus, escapou e continua dando os vários recados, uns anônimos, outros com pseudônimos ou siglas de grupos políticos que se identificam.


Os alvos são os mesmos: papas, governantes, politicos e figurantes da vida italiana.Hoje, quarta-feira 23 de setembro, passei por lá e, com surpresa, vi pendurada no pescoço do Pasquino uma figura conhecida de todos nós e presente em muitas manchetes da atualidade brasileira.


Confiando na equipe de webdesign deste vulnerável Sanatório ai vão as fotos, um primor de composição, perspectiva, atualidade e cores desta humilde voz que vos fala.
Fui...

RODAPÉ - Pois não é que nossa Fontanna Azzurra deu de cara com a cara de Zé Sarney em Roma?!? Fora daí, Behrensdorf. Te escapa que ele tá pegando...