O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

31 de mai de 2009

BRINCANDO DE AVIÃOZINHO

Agora Lula vai para o Caribe. Passa por Porto Rico e outros paraísos fiscais vizinhos de Caymã. Como sempre, a viagem é a negócios. Dos mais de 1001 vôos de águia já cometidos em sua bigestão, Lula sobrevoou todos os continentes, da Terra do Fogo à Mandchúria. Além de colocá-lo na vitrine internacional, nada de prático foi conseguido para o Brasil. Nem um mísero negócio da China. Isso é que é atirar dinheiro pro ar.

FICA EM CASA

Com a cara que Deus lhe deu, Sérgio iMoraes, o deputado que se ralou porque se lixa para a opinião pública quer impedir a entrada na Câmara da equipe de humoristas que faz o programa CQC da TV Bandeirantes. Alega que "eles não fazem um jornalismo sério". Se é por "seriedade", então, ele vai ter que ficar em casa.

VELHA RECEITA DE CRIME ORGANIZADO

Primeiro um "Cara" e seus seguidores de fidelidade canina colocam um partido no poder. Criam, então, um governo formal que aos poucos, assim devagar e sempre, vá dominando o Legislativo, o Judiciário e o Executivo - é claro.

Aí, seguem em frente, usando e abusando dos Tribunais de Contas, domando o Leão da Receita, rasgando de ponta a ponta o Ministério da Fazenda e, de lado a lado, o Ministério Público também, enquanto vão azeitando a Máquina da Arrecadação. Na maciota vão mandando e comandando a política econômica, a política fiscal, ao mesmo tempo em que não deixam de lubrificar a máquina de arrecadação.

Nessa longa jornada anos afora, constituem como seus agentes a Mídia, as ONGs, Instituto Educacionais, academias, seitas, sindicatos, movimentos populares, todos os organismos formais de defesa da nação e da cidadania.

Por trás da moita, exercitam suas forças submersas que aparecem em forma de guerrilha urbana, rural e narcoguerrilha, drogas, armas, jogatina, criminalidade patrocinada, violência e medo.

E assim robustos e fortes, vão fazendo de seus instrumentos de poder ideologias baratas, corrupção, violência, terror físico, jurídico, social; mexem e remexem nas regras, na legislação; o casuísmo vira lei; valem-se das diferenças regionais, políticas, econômicas, religiosas, raciais; engambelam as minorias e assumem o controle geral da comunicação de massa.

Tornam-se membros honorários dos clubes de poder multinacionais, emprestando-lhes até dinheiro público, a título de jóia pelo ingresso nessa confraria de especialistas em controle social, dominação, manipulação; e acomodam-se às poltronas que ficam à mão direita dos centros de inteligência, dos banqueiros, das corporações daqui e dali e até de bem pra lá.

Dessa maneira, chegam ao ponto final da soberania nacional. Exploram imunes e impunes a nação, o seu território, seus recursos naturais. Dominam e conduzem a seu bel prazer as potencialidades econômicas, sociais, políticas e militares.

Este é o diagnóstico de um governo que, de corpo inteiro, está contaminado pelo vírus mortal do crime organizado. É a própria sociedade do crime organizado. Máfia de cores nacionais.

Ainda bem que isso não é aqui, nem agora. Isso a humanidade conheceu quando eclodiu a Segunda Guerra Mundial. E tudo porque Adolph Hitler era um “Cara” bom. Só não gostava de ser contrariado.

Este aparece aqui, no rodapé, apenas para você saber a diferença:
Al Capone se blindava com metralhadoras e tacos de basebol. Ele mandava fazer, mas também fazia.
Era chefe do Crime Desorganizado.
Seria apenas um reles deputado do baixo clero em qualquer Parlamento do mundo atual.

30 de mai de 2009

GANDAIA, TEU NOME É PAC

Está nos jornais de hoje:
Governo diminui controle de gastos para preservar PAC.
RODAPÉ - Voltou a blenorragia das burras públicas. A farra agora é bacanal. Vale tudo, até homem dançar com homem e mulher dançar com mulher.

O DIA DO FICA

R. Stucker/PR
Aí então, o povaréu mirim que foi reunido lá em Manguinhos, no Rio de Janeiro, gritou para Lula: - Fica, fica, fica! Lula não se fez de rogado e, balançanado a pança, com o seu melhor tom professoral, comandou a massa: - Os pobres têm que aprender a não mais eleger vigaristas! E foi assim que a platéia agradecida ficou sem entender mais nada.

HIPOCONDRIA POLÍTICA: LULA É MENOS INDIGESTO

Enquanto Serra e Aécio insistem em ser candidatos a candidatos à Presidência da República, Lula não tem dó nem piedade de usar Dilma como degrau para chegar a mais uma temporada no terceiro andar do Palácio do Planalto.

Há também uns panos-de-prato que andam se esfregando por aí, mas que não deixam nada em pratos limpos nessa conversa que já chegou na cozinha. O terceiro mandato está cada vez mais quente, apenas aguarda a ordem do chef para ser servido com toda pompa e circunstância.

Lula é comida requentada, mas a hipocôndrica política nacional já está achando que um molusco é menos indigesto que o baião-de-dois que vem de São Paulo e das Minas Gerais. Essa dupla é pirão sem sal. Só os demoníacos e os tucanos ainda não se deram conta disso.

A culinária eleitoral só teria uma chance de agradar ao paladar desses comensais de coisa pública: lula perder a validade como fruto desse mar infestado de tubarões. Aí, para o bem da saúde nacional, Dilma deixa de ser escada e sobe para o grau das coisas palatáveis, onde vai ser uma espécie de prato-feito: ninguém gosta, mas há quem coma.

As outras duas ofertas do cardápio para 2010 são tão insossas que a gente vai acabar digerindo o resto. Como de hábito, vamos ficar com a sobra desse lauto banquete de mendigos. Migalha, nada mais do que migalha dos mexilhões para os mariscos. Sirva-se e bom proveito.

CABEÇADAS DE PRÉ-FRIO

R. Stuckert/PR

Desde que foi a Brasília bater bola e trocar cabeçadas com Lula, Ronaldo Fenômeno jogou três partidas e não fez nenhum gol, sentiu a panturrilha, saiu do time engordou pelo menos cinco quilos.
R. Stuckert/PR

Veja a coragem de Sérgio Cabral. Trocou cabeçadas com Lula. Assessores mais chegados deixaram vazar murmúrios de que o governador carioca anda se queixando de torcicolo.

A SAÍDA DE CARLOS MINC

O ministro Carlos Minc entrou em choque com gente da casa: "Estou debaixo de pancada" - reclamou o Gafanhoto para o Mestre que deu de ombros.

Minc garante que não colocou "a faca no pescoço" de Lula, mas acha que "alguém solapar a própria posição do governo é a casa da mãe joana".

Como se vê o ministro do Meio Ambiente está sozinho...

Sem ambiente.

Só lhe resta uma saída, pedir socorro ao Kung Fu.

David Carradine já mandou avisar: - Só vou se ele parar de usar aqueles coletes ridículos.

29 de mai de 2009

LIVRO PARA SER OUVIDO... E BEBIDO

Cachaças bebendo e aprendendo - Guia prático de degustação, o primeiro e único livro do mundo a tratar dos aspectos sensoriais do destilado brasileiro, lançado bilíngue (port/inglês) em 2006, de autoria do cachaçólogo Marcelo Câmara, vai ganhar uma nova edição, desta vez sonora, em CD, para ser ouvida... e bebida.

O texto, com trilha sonora, música incidental e sonoplastia, começa a ser gravado (narrado) nos estúdios da Editora Livrosonoro, em SP, empresa pioneira no formato audiobook, no segmento Educação e Cultura, onde já editou clássicos como Machado de Assis, José de Alencar, Manuel Antônio de Almeida, Gil Vicente, Eça de Queiroz, Alberto Caieiro, Jorge Amado, Hans Christian Andersen, Conan Doyle, Mahatma Gandhi, e os contemporâneos Elizabeth Gilbert, George Gamow, Moacyr Scliar, Rubem Fonseca, Marcelo Rubens Paiva, entre outros.

Em julho, o CD com o texto em português estará nas lojas e no site da Livrosonoro. Antes do final do ano, a versão em inglês será distribuída para diversos países. Os audiobooks são muito populares na Europa e EUA e começam a ganhar mercado entre nós, onde o formato mp3 vem se popularizando, pois mantém a boa qualidade de som, de forma compactada, e pode ser ouvido na caminhada, na ginástica, no carro, no ônibus, no metrô. Nos EUA, de cada 100 livros vendidos, 15 são audiobooks.
___________________________________________________________________________________________________________________________________________Marcelo Câmara (Marcelo Nóbrega da Câmara Torres) Jornalista, escritor, editor e consultor cultural.- Consultoria em Cultura, Direitos Culturais, História, Folclore, Artes, Música, Bossa Nova (História real, não oficial), Newton Mendonça, Ipanema, Angra dos Reis, Paraty, Baía da Ilha Grande, Comunicação Social e Cachaça.- Trabalhos de revisão e editoração.- Consultoria Legislativa.e-mail: ilhaverde@ilhaverde.netweb sites: www.ilhaverde.net e www.pingadeparaty.comCidade do Rio de Janeiro - RJ - Brasil

JOGO POLÍTICO

R.Stuckert/PR
Lula prepara-se para o grande compromisso na favela do Rio: pênalti contra o governador Sérgio Cabral.
Se Cabral não trai o seu time tirando o corpo fora, Lula era bem capaz de perder esse gol que até você faria.

DEPOIS DE TUDO...

R. Stuckert/PRLula faz embaixada. Deve ser treino para entrar no Itamaraty quando terminar o terceiro mandato.

DA REUTERS NO JB VIRTUAL

Bruno Domingos/ReutersEm inauguração com Lula no Rio, público pede Dilma ou 3o mandato
Rodrigo Viga Gaier, REUTERS

Durante a inauguração de obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) na favela de Manguinhos, zona norte do Rio de Janeiro, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ouviu da plateia gritos de apoio ao terceiro mandato e à ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, candidata à sucessão do presidente em 2010. O público, formado por cerca de mil moradores da comunidade, entoou os coros "Fica, fica, fica (Lula)" e "Dilma, Dilma, Dilma".
- Espero que a profecia que diz que a voz do povo é a voz de Deus esteja correta - disse Lula, em resposta aos gritos da plateia.

Mais cedo, o presidente Lula afirmou em seu discurso que estava cansado dos pedidos por mais recursos vindos do governador do Rio, Sergio Cabral Filho (PMDB), e do vice-governador, Luis Fernando Pezão.

- Ele e o Pezão, quando vão a Brasília, eu estou fechando a minha sala e estou dizendo não estou mais lá, só volto em dezembro de 2010 entregar o mandato para outra pessoa - disse Lula. Dilma também agradeceu o apoio popular.

- Gostaria de agradecer a solidariedade e a força que vocês têm me dado - disse.
O presidente Lula reiterou que as famílias mais pobres são prioridade no seu governo devido ao descaso de governos anteriores. Lula afirmou que as obras que estão sendo realizadas no país mostram que o Brasil pode mudar para melhor.

- Esse país pode ser diferente se a gente aprender a não eleger mais vigaristas. Tem que eleger pessoas com compromisso com o povo e que não tenham medo de pegar na mão de um pobre ou abraçar um negro.

ENTRELINHAS - Peralá! Só um pouquinho: como assim esse negócio de esperar que "a voz de Deus esteja correta"?!? Como assim, cara-pálida, está esperando mesmo o trimandato?!? Outra coisa: se é mesmo pra "não eleger mais vigaristas", então nem precisa mais eleições daqui pra frente nesse país.
RODAPÉ - Enfim, uma foto revela por que Dilma nunca aparece de corpo inteiro.

PAGÃO ESCATOLÓGICO

Nem de leve, nem de longe você deve sonhar que, apenas por pertencer ao baixo clero, esse Jackson Barreto é um pagão escatológico; nem mesmo um patológico escagão. É apenas um cocô do cavalo do bandido se promovendo a cobra-mandada.

Sua venenosa proposta de terceiro mandato foi só o antídoto às picadas que a mãe desnaturada do PAC levaria dos tucanos pelo tempo em que, como ministra das Minas mandava nos desmandos da PTrobrás.

Essa pecaminosa adubada numa tese que pretendia limpar-se no papel da constituição foi só um punhado de bosta jogado na pá do ventilador. Os ventos levaram às ventas dos opositores o odor insuportável da incontinência intestino-cerebral de quem não tem consciência cívica, apenas excremência política.

Demoníacos e tucanos foram obrigados a tapar os narizes e virar os rostos que se voltavam para a maior plataforma de dejetos que um governo já defecou nesse mundo. Esse pagão escatológico é daqueles que têm fé, muitas fezes e orgulhos de tudo que fazem em nome de quem manda fazer. É um pau de galinheiro. Coberto de titica da galinha e de quem canta de galo. Melhor ter cautela e bastante caldo para batizar esse tipo de Geni. O cara não é freira nem santo. Só um pagão escatológico às ordens do casal de padrinhos.

GRIPE LULÁTICA

No caso do auxílio-moradia que recebeu indevidamente, Sarney foi acometido pela gripe Lula: não sabia de nada.

NEGLIGÊNCIA & CONIVÊNCIA

G.Magela/Ag.Senado
Diante dos argumentos PTulantes de que a PTobrás é "herança dos tempos de FHC", o senador coxa-branca, Álvaro Dias, não deixa de ter razão: quer saber por que o governo Lula, ao receber a Petrobrás cheia de falcatruas, rombos, licitações fraudulentas, não mandou investigar e punir os culpados.
RODAPÉ - Das duas, uma: negligência ou conivência. Ou as duas... Você decide.

SOMOS TODOS IGUAIS...

Sarney, presidente do Senado, "não sabia" que estava recebendo há quase dois anos R$ 3.800 a mais nos seus proventos mensais, por conta do debochativo auxílio-moradia. Para esse pessoal, dinheiro pouco é bobagem. Mas, quando se trata de dar menos de 17% de aumento aos miseráveis salários dos aposentados, Lula veta porque "o governo pode quebrar".

DESMORONOU O TERCEIRO MANDATO

O alto tucanato bicou fundo e os tucanos que tinham revoado para os ares luláticos retornaram ao ninho. Alguns demoníacos trocaram o purgatório por um novo céu de brigadeiro. E assim desmoronou a proposta do terceiro mandato. Oito tucanos e cinco demos despuxassacaram de vez. O tricampeonato eleitoral só poderia ser conquistado se tivesse 171 assinaturas. De início, 194 notórios espécimens da fauna política botaram o chamegão no papel, mas a Secretaria Geral da Câmara só reconheceu 183 garatujas. Ao passarem a borracha nessas 13 criaturas, o documento ficou reduzido a 170 valentes migradores. Menos um do que o necessário para melecar a enganadora democracia nacional.
RODAPÉ - Desde que Fernando Henrique Cardoso deu esse golpe, plagiando a prorrogação de Sarney, não se pode estranhar que hoje isso tenha virado mania de politiqueiros nacionais. O que se estranha é que Lula não tenha dito ainda que "esta é mais uma herança do governo FHC". A bem da verdade, Lula disse até que nem queria e coisa e tal. Quem tem um olho para Dilma e outro na PTrobrás, não precisa se preocupar com isso.

RUMO A LUGAR NENHUM

Mais um grande passo de Vanderlei Luxemburgo rumo à manutenção de seu jejum de títulos internacionais: Palmeiras 1x1 Nacional, do Uruguai. A estréia de Obina no ataque palmeirense foi maquiavelismo estratégico do técnico para garantir o seu currículo de treinador doméstico.

28 de mai de 2009

TIQUITITO, PERO CUMPLIDOR!

Aleluia, aleluia! Há um cara de palavra na Casa do Polvo! O PMDBolchevique Jackson Barreto cumpriu a ameaça e protocolou na Mesa da Câmara a proposta de emenda constitucional do terceiro mandato. Esse é o Cara do Cara. Do baixo clero, tiquitito pero cumplidor! O seu textículo autoriza prefeitos, governadores e o presidente da República a disputar duas reeleições consecutivas. Pela proposta indecorosa os locutores de rádio vão pagar o pato na hora de anunciar que Lula está concorrendo a re-reeleição. O prezado ouvinte vai pensar que o sujeito é gago. Para valer em 2010, o despropósito precisa ser aprovado até a primavera. O tempo é curto. Azar dele e sorte nossa que o setembro negro quando acontece é em outras paragens. Mas, Jackson não está sozinho nessa empreitada tipo PAC - Programa de Avacalhação da Câmara: tem a companhia de 194 deputados. Para fazer vingar seu início de democratura necessitava carregar nas costas apenas 171 caros colegas, um número emblemático até no Código Penal. Nessa banda tocam de ouvido quatro PSDBandalhos e 11 traíras DEMoníacos. Cândido Vacarezza, PTuscalho paulista, líder do partido, resmunga um desaforo servil contra o insurgente Jackson: "O PT vai encaminhar contra essa proposta. O próprio presidente Lula disse que não quer."
Mas, enquanto Lula faz o que mais sabe - fingir que não sabe nada, não vê nada, não escuta nada - é de cair o queixo o que se ouve do PMDBochado alagoano Henrique Eduardo Alves: "A gente não pode ser mais realista que o rei. Se o presidente não quer essa proposta, ela não será uma pauta do PMDB. O deputado Jackson Barreto, tem que levar em consideração a vontade de Lula".
ENTRELINHAS: Todo mundo sabe que Lula já disse que não quer ser Tri, não apóia esse tipo de movimento e não muda nunca de idéia. Só que, às vezes, ele está brincando. É nessas e em todas as horas que os menos realistas levam em conta a vontade do rei.

CPIada da PTbrás

Lula não quer a CPIada da PTbrás; Dilma não quer a CPIada da PTBRás. A partir daí, nenhum PTelho, nenhum aliado de fidelidade canina - seja PMDbosta, PDTraste, PRastejante; PSPicas; nenhum oligarca, nenhum aloprado, nem um reles mensaleiro, vampiro ou sanguessuga quer ver a lavagem das cuecas sujas com o que tem no fundo do poço.

Já que, deitados em berço esplêndido, dormiram no ponto, a saída se resolve em alta velocidade e, de pronto, os governistas tomarem de assalto a comissão que hoje usa chapa branca.

Por que Lula e Dilma não querem que mexam nesse poço de denúncias e falcatruas deslavadas? Porque Dilma foi ministra das Minas e Energias de Lula, antes de ser dona da sua Casa Civil.

Dito isto, pergunte-se: o que é mesmo que impede um homem desses com as costas largas, um deputado, um senador, de escarafunchar até mais não poder as irregularidades flagrantes da PTbrás?!? Nada! Ninguém!

É só pegar o Ministério Público e ir fundo! Chamar um Eliot Ness desse aí. Pegar no pé da Polícia Federal, sem avisar o chefe deles, Genro - o Tarso de Lula que falta na Justiça e "espetaculizar" o que for sendo descoberto; "holofotizar" as operações dos Intocáveis; "politizar" as averiguações, "retaliar" os poltrões, gigolôs e rufiões que vem CPIlhando essa gigantesca e vergonhosa plataforma com jeito e feitio de propinoduto governamental.

Falta vergonha e pior, ainda: falta um mísero político do alto clero - demoníaco ou atucanado - que esteja no patamar em que se encontra sem ter cravejado em seus palanques de campanha o valioso logotipo da petroleira e seus derivados.
Nesse mar de óleo sujo, esses mexilhões da coisa pública desfrutam de Lula para comer os mariscos.

Moral da história: em governo de lula o que não falta é mexilhão. Nem eleitor com cabeça de camarão.

MÃE DESNATURADA

Vale a pena editar o que o site Contas Abertas levantou a respeito das obras do PAC, único esboço de programa governamental anunciado aos quatro ventos pelo governo Lula. Vá em frente e saiba o que é rir da cara dos outros:

Levantamento inédito realizado pelo Contas Abertas, com base nos relatórios estaduais divulgados pelo comitê gestor do programa, aponta que de um total de 10.914 empreendimentos distribuídos nas 27 unidades federativas do país, apenas 3% foram concluídos e 74% sequer saíram do papel nos dois primeiros anos do PAC.

As informações englobam investimentos previstos pela União, empresas estatais e iniciativa privada - período 2007-2010 e pós 2010 - atualizados até dezembro de 2008. Em relação à quantidade global de empreendimentos, o estado de São Paulo é o mais bem contemplado pelo PAC, com 1.051 projetos exclusivos do programa. Também é o estado com o maior número de obras em andamento (287) e com a maior porção de projetos concluídos em relação às demais unidades federativas (39).

Apesar disso, outros 725 empreendimentos no estado mais rico do país ainda estão no papel; em fase de contratação ou contratado, licitação ou apenas no estágio de ação preparatória. O trem de alta velocidade que ligará as cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Campinas, por exemplo, ainda está listado como ação preparatória, tal como outros quatro projetos para o aeroporto de Viracopos, em Campinas, e dois para o aeroporto internacional de Guarulhos. Já o estado de origem da ministra-chefe da Casa Civil e "mãe do PAC", Dilma Rousseff, é o segundo em quantidade de obras previstas e o terceiro em empreendimentos concluídos. Em Minas, são 1.005 projetos, dos quais 776 ainda estão no papel, o equivalente a 77% do total de obras no estado, como a construção da pista dupla do contorno de Belo Horizonte, BR-381, que está em fase de ação preparatória.

Outros 204 projetos estão em andamento. De acordo com o relatório estadual, 25 obras exclusivas para Minas Gerais foram finalizadas.A Bahia ocupa o terceiro lugar na lista de estados mais favorecidos pelo programa em relação à quantidade de obras. São 917 empreendimentos previstos para a unidade federativa, das quais 80% não passaram das fases licitatória, de contratação, em contratação ou de ação preparatória.

Outros 168 projetos já inauguraram o canteiro de obras, e somente 16 projetos, o que representa 2% do total, foram concluídos. Entre os já inaugurados estão o campo de gás natural de Manati, no sul do estado, e a ampliação e readequação do sistema viário de acesso ao aeoporto de Salvador.O Mato Grosso do Sul, por sua vez, é o terceiro estado com o maior número de obras concluídas (26), atrás de São Paulo e Minas Gerais. Com apenas 300 empreendimentos previstos, o estado tem 104 obras em andamento e 170 ainda em fases precedentes.

Somados, os projetos concluídos apenas nestes três estados (MS, SP e MG), 90 no total, equivalem ao mesmo número de obras concluídas em toda a região Nordeste mais as cinco menores unidades federativas do Norte – Acre, Amapá, Rondônia, Roraima e Tocantins.No Nordeste, a propósito, todos os estados apresentam percentual de obras concluídas inferior a 2% em relação ao total de empreendimentos em cada unidade federativa. O Maranhão, por exemplo, tem o pior desempenho, com apenas três obras finalizadas, de um total de 385 empreendimentos previstos para o estado. Mais de 320 deles ainda estão em fase inicial no estado, como a linha de transmissão Açailândia-Presidente Dutra e a construção do berço 108 no porto de Itaqui. No Piauí, dos 418 projetos previstos, mais de 87% das obras também continuam no papel.

Também no Nordeste, o estado natal do presidente da República, Pernambuco, é o segundo com o maior índice de projetos que ainda não estão em fase de execução física. Cerca de 86% dos 679 empreendimentos distribuídos pelo estado se encontram nessa situação. Clique aqui para ver o levantamento dos estágios das obras do PAC por estado.

Ineficiência

Embora os números e resultados não sejam favoráveis ao programa, para José Matias Pereira, especialista em finanças públicas, o desenvolvimento de um projeto da dimensão do PAC não depende apenas de vontade política. “Na prática você encontra uma série de dificuldades e uma delas é a ineficiência da máquina governamental, que não tem estrutura para suportar um programa dessa dimensão”, afirma Matias.

RODAPÉ - Se não consegue ser mãe do PAC, imagine primeira-dama-padroeira do Brasil. A verdade nua e crua desse governo é que discursar é uma coisa, fazer o que a boca fala é outra.

MENOS, MEU REI, MENOS...

O sol da Bahia fez mal à cuca de Lula. Ele disse que nenhum governo desse país fez pelo menos 50% do que o governo dele está fazendo pela educação. Desbibolou. Getúlio Vargas - o Pequeno Ditador, criou as universidades públicas;
Brizola - O Caudilho, inovou no Sul e no Rio, o ensino fundamental com seus Cieps. Há gente mais letrada que mexeu até demais na educação. Passarinho foi um que deu suas revoadas, mas acabou com os cursos superiores seriados. Inventou a desagregação das turmas acadêmicas. Foi aí que a UNE deu os doces. Chamado em baianês de "Lula, meu réi", o presidente Da Silva saiu do encontro com o latin lover Hugo Chávez se achando o grande reformador educacional do Brasil. Ledo engano. Veja aí o que conta esse levantamento fresquinho do Inep, instituo de pesquisas ligado ao próprio MEC:

Os dados do censo da educação básica mostram que 27% dos professores de quinta a oitava série não têm diploma de ensino superior com licenciatura, habilitação legal exigida para dar aula a esses estudantes.Segundo o censo, que aponta pela primeira vez dados individuais dos mais de 1,8 milhão de docentes nas escolas públicas e particulares do Brasil, 0,8% do total de professores estudou apenas até a oitava série. Esses profissionais dão aula a cerca de 600 mil alunos (1% das matrículas).
A pesquisa aponta ainda o descompasso entre a formação dos professores e a disciplina por eles estudada. Dos professores de física no ensino médio, só 25% fizeram curso universitário específico. Até teólogo e bibliotecário dão aulas de física, se você quiser saber.
Uma das principais razões que afastam profissionais de diversas áreas do magistério é o baixo salário oferecido - garantem os que tiram o corpo fora.

DE JOELHOS, OUTRA VEZ

Agora sim, a CPiada da PTbrás vai ser um desastre para o Brasil. A oposição está negociando com o governo um cargo "importante" na comissão. Isso quer dizer que a oposição está de joelho, entregando de mão beijada o seu real poder de obstrução às armadilhas governistas por um posto de rainha da Inglaterra numa reles e calhorda CPI que já nasceu morta e está apenas à espera do sepultamento. Melhor seria para o país que a CPIada ficasse, como está, sob o domínio governista. A oposição teria liberdade para ser digna e eficaz com relação a tudo que está no fundo do poço. Prefere ajoelhar-se. Nuncanessepaís as vontades de um presidente foram tão soberanas.

27 de mai de 2009

OLHA SÓ OS BABACAS!

Não valeram nada para o Brasil os afagos de Lula em Hugo Chávez. Sócios na Refinaria Abreu e Lima que está sendo construída em Pernambuco, Chávez passou de novo a conversa em Lula. Até agora, só o Brasil entrou com o dinheiro. Lula, uma vez mais, foi condescendente com o caloteiro venezuelano. Prorrogou por 90 dias a cobrança da parte do socialóide Chávez. No fim de tudo, ficaram rindo de todos nós. É bem como está aí na foto: - Olha só a cara dos babacas!
RODAPÉ - Claro que os babacas somos nós. Eles, de babaca, não têm nada.

26 de mai de 2009

LULA, CHÁVEZ & IDOSOS DE RUA

R. Stuckert/PR

Enquanto Lula repassa, lá na Bahia, dinheiro público - mais de U$ 4,5 bilhões - para o rufião latin lover Hugo Chávez - gigolô preferido dos cofres continentais, mantém o veto à lei que concederia 16,67% de aumento para o salário dos aposentados, desde 2007. Sobre isso, veja o que a Agência Senado assistiu esta manhã na Comissão de Direitos Humanos da Casa do Polvo:

Se o Brasil não se apressar, teremos "idosos de rua", diz gerontólogo social.
Redação Agência Senado

Participando agora de audiência pública, João Batista de Medeiros, que é gerontólogo social, afirmou que o envelhecimento da população brasileira acontece de maneira tão rápida, que, caso esse grupo da população não receba a devida atenção social e de assistência à saúde, o país terá, neste terceiro milênio, "idosos de rua".

O especialista, que participa de audiência conjunta realizada pelas comissões de Direitos Humanos (CDH) e de Assuntos Sociais (CAS), informou que, apesar de os idosos representarem 23 milhões de brasileiros, não estão tendo a maioria de seus direitos, previstos pela Constituição e pelo Estatuto do Idoso, respeitados.

Antes de Medeiros, falou a médica geriátrica Elisa Franco de Assis Costa, que enfatizou a necessidade que têm os idosos de um olhar específico e direcionado por parte do sistema público de saúde, porque, nessa fase da vida, os problemas de saúde se intensificam muito.

Elisa, que é ex-presidente da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG), explicou que essa condição, comum ao Brasil e a todos os países do mundo, e apesar de ser mais ou menos óbvia, precisa ser sempre lembrada. A doutora falou ainda que a maior mortalidade dessa faixa etária ocorre nos hospitais e em pacientes idosos do sexo masculino.

RODAPÉ - São mais de 23 milhões de aposentados no Brasil. Todos fortes candidatos à próxima sacada do governo, a Bolsa-Idoso de Rua.

CPIada da PTbrás

Os quatro senadores da bancada PMDBruços que ajudaram a criar a CPIada da PTbrás foram deixados de lado pelo líder do partido no Senado, o ínclito vendedor de gado e comedor de jornalistas, Renan Calheiros. Pedro Simon, Geraldo Mesquita, Mão Santa e Jarbas Vasconcelos foram tirados para dançar. Dançaram.

NEM BUSH, NEM OBAMA... HILLARY!

Quem manda Lula se deslumbrar pelas exteriorizações de amizade de Bush e Obama?!? Quem derrubou a ministra Ellen Gracie em Genebra, foi a mulher de Bill Clinton. Hillary não gosta nada, nada de ver o Brasil negando a devolução do menino Sean Goldman ao pai americano, viuvo da mãe brasileira. Lula comeu mosca: não telefonou antes para Hillary. Vai abrir vaga na central de telefonia do Palácio.

O APOSENTADO RE/VIVE

Devidamente autorizado pela regra do jogo, o Sanatório reproduz o que pode ser considerado como uma nova derrota de Lula diante dos velhinhos da Previdência:

O senador Paulo Paim (PT-RS) fez, nesta segunda-feira (25), um relato das negociações entre o movimento dos aposentados e pensionistas e os presidentes da Câmara dos Deputados, Michel Temer (PMDB-SP), e do Senado, José Sarney (PMDB-MA), com vistas à votação de matérias que mudam regras da Previdência Social. Conforme o parlamentar, os resultados alcançados no final da tarde foram positivos, por garantir um cronograma de votações.

Ficou acertado com Temer que, em junho, tão logo sejam votadas as medidas provisórias (MPs), serão colocados em votação o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 1/07, que estabelece uma política de valorização do salário mínimo de 2008 a 2023 e que pode vir a atrelar o reajuste das aposentadorias aos aumentos do mínimo, além do PLC 3.299/08, que extingue o fator previdenciário , originário do Senado e da autoria de Paim.

Com a intermediação de parlamentares, os aposentados acertaram, ainda, com Temer, que no dia 8 de julho será realizada uma sessão do Congresso Nacional para o exame dos vetos presidenciais considerados polêmicos, entre os quais o que impediu a extensão do reajuste de 16,67% concedido ao salário mínimo em 2006 a todas as aposentadorias e pensões.

- Os dois mil aposentados avaliaram que era melhor colocar em votação os dois projetos em junho, para em seguida proceder o exame dos vetos, dando um mês de prazo, período em que vão se mobilizar ainda mais. A firmeza e o entusiasmo desses senhores de cabelos brancos me animam a continuar lutando - disse o senador.

Paim fez questão de homenagear o presidente do Senado pela sua disposição em colocar os vetos em exame o mais rápido possível e esclareceu que a ideia de esperar pela apreciação dos vetos mais tarde foi dos próprios aposentados.
Da Redação / Agência Senado.

REVOADA INÚTIL

De nada tem valido essa revoada permanente de Lula pelo mundo afora. Depois de ser "o Cara" para Obama e apertar efusivamente a mão de Hu lá na China, levou uma punhalada tipo assim aquela que tomou do Zé Dirceu no falecido caso mensalão: Estado Unidos e China votaram contra a indicação da juiza Helen Gracie para a esperada vaga no Órgão de Apelação da OMC - Organização Mundial do Comércio.

Lula, a essa altura está todo furado: de nada adiantaram até agora suas visitas a Venezuela, Bolívia, Argentina e por aí afora e adentro... Perdeu petróleo, perdeu gás, pagou dobrado pelo que importa e exporta para o país dos Kirchners. Lula voa por voar. Para se exibir e fazer as duas coisas que mais gosta: discurso e nada mais. Mais do que Ellen perder a vaga para o advogado mexicano Ricardo Ramirez, o candidato de Lula para o lugar de Ellen no STF o advogado Zé AntônioToffoli - advogado-geral da União, perdeu a vaga que seria deixada pela proba magistrada no Supremo Tribunal Federal.

Com essa, Toffoli vai ter que esperar mais um ano para pegar a boca. Já não será a de Ellen Gracie e sim a cadeira de Eros Grau que deixa o togão por tempo de uso. Mas, ele sabe que o futuro a Deus pertence. E até lá Deus - exausto, coitado - já pode ter desistido de ser brasileiro.

A derrota do Brasil em Genebra veio em razão justamente do que Lula pensou que vinha conquistando até agora: a amizade e o prestígio junto aos presidentes dos países que andou revoando esse tempo todo. Nos últimos dias - se achando - Lula desfechou uma blitz telefônica mundial e pediu a indicação de Gracie. A mendicância lulática irritou os mexicanos que foram só até aonde tinham que ir, à OMC. Pediram que fosse levado em conta no momento da escolha o critério do conhecimento técnico. Ellen Gracie passou pela desconfortável humilhação de ser considerada ignara na matéria.

Lula agora e, como sempre, faz de conta que não foi ele e troca de assunto por um dos seus chavões: -Ah, aquela vaia lá na Bahia, foi o aplauso dos que não gostam...

25 de mai de 2009

O TEMPO PASSA...

Um dia, prenderam o juiz Lalau; no outro, trouxeram Salvatore Cacciola de Mônaco; aí, algemaram Daniel Dantas, Celso Pitta e Naji Nahas; encanaram a dona da Daslu; rasgaram o cartão corporativo da Matilde; defenestraram Protógenes... Mas, deputado e senador que é bom, nada! E o tempo passa.

UMA BOCA E DUAS ORELHAS


Lula é um número. Quando vaiado é hilário. Lá na Bahia, onde foi inaugurar uma reforma na Universidade Federal do Recôncavo Baiano que custou perto de R$ 8 milhões, chamou os governos que o antecederam de "relaxados". Agradeceu a Deus que lhe deu uma boca só e duas orelhas, porque assim pode escutar mais do que fala. Deus nos livre e guarde que um dia seja o contrário: tenha duas bocas para falar e um ouvido só para as vaias. Os professores e alunos que o apuparam, ao lado do deslumbrado Jaques Wagner e do maytre-presidente do Senegal, Abdoulaye Wade gritavam que o Brasil não precisa de estudantes auto-didatas - aqueles que se formam sem ter aula, nem mestre e nem carinho. Lula finge que não acusa o golpe. Só gosta de aplausos. Planeja cuidadosamente suas platéias. Os baianos o encanizaram desta feita. Atingido no contrapé, Lula esbravejou num discurso de 20 minutos - curto para sua laudatórias manifestações à moda Fidel Castro - que os companheiros manifestantes deveriam pesquisar para ver se há na história do Brasil "um governo que fez 50% do que estamos fazendo pela educação". Deseducado, perdeu-se quando quis puxar o saco dos protestantes: "Nós demos aos professores um piso de R$ 950, isso está além do que merecem"... Além, é?!? Então diminui mais ainda e vamos ver que inferno isso vai virar. Vigemãe, logo na Bahia, bichim?!?... Abdoulaye Wade retro!

VOCÊ MERECE

Os governos só se sustentam porque o homem até hoje, 2009 anos depois, ainda não sabe se gosta de mandar ou de ser comandado. Como você não manda nada, não tem do que reclamar. Bata palmas que está bom pra você. Você merece!